SlideShare uma empresa Scribd logo
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
1 – CARACTERÍSTICAS GERAIS:
• Formação e apogeu do
Feudalismo.
• Período de constantes
invasões e deslocamentos
populacionais.
• Síntese de elementos do
antigo Império Romano +
povos bárbaros + cristianismo.
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
2 – OS POVOS BÁRBAROS:
• Povos fora das fronteiras (sem cultura greco-romana).
• Germânicos – principal grupo (suevos, lombardos, teutônicos, francos,
godos, visigodos, ostrogodos, vândalos, burgúndios, anglos, saxões...).
• Economia agropastoril.
• Ausência de comércio e moeda.
• Ausência de escrita.
• Politeístas.
• Inicialmente sem propriedade privada.
• Poder político = casta de guerreiros.
• Direito Consuetudinário (tradição).
• COMITATUS (laços de dependência entre guerreiros).
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
3 – O FEUDALISMO
• Economia: agrícola, auto-suficiente (subsistência), sem comércio e moeda.
• Unidade econômica básica: FEUDO (benefício).
– MANSO SENHORIAL – castelo + melhores terras.
– MANSO SERVIL – terras arrendadas (lotes = glebas ou tenências).
– MANSO COMUNAL – bosques e pastos (uso comum)
Visão interna da casa dos servos
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
• Sociedade:
– Estamental (posição social definida pelo nascimento).
– Poder vinculado à posse e extensão da terra.
– Laços de dependência pessoal:
 SUSERANIA e VASSALAGEM (entre nobres);
 SENHOR e SERVOS.
–CLERO: terra + poder político + poder ideológico (salvação)
–NOBREZA: terra + poder político (defesa)
–SERVOS: obrigações (corvéia, talha, banalidades,
tostão de Pedro, dízimo, mão-morta, capitação,
formariage...) e VILÕES: quase servos, porém com
menos obrigações
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
• Política: descentralização;
• Ideologia:
– Teocentrismo
– IGREJA: maior instituição (atuante em todos os setores)
– Conformismo, continuismo
– Ética paternalista cristã
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
• Elementos feudais:
ROMANOS GERMÂNICOS
Clientela (dependência entre
servos e senhores)
Comitatus (dependência entre
nobres – base da suserania e
vassalagem)
Colonato (fixação na terra –
origem da servidão)
Subsistência (ausência de
comércio e moeda)
Vilas (grandes propriedades rurais
– origem dos feudos)
Economia agropastoril
Igreja Direito consuetudinário (tradição
oral)
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
4 – O IMPÉRIO CAROLÍNGEO ou REINO CRISTÃO DOS
FRANCOS
• Atual França.
• Único reino bárbaro relativamente duradouro.
• Dinastia Merovíngea:
– Clóvis (496) – conversão ao cristianismo.
– Conquista da Gália.
– Ruralização.
– Distribuição de terras entre clero e nobreza.
 Fragmentação do poder.
– Últimos reis da dinastia: Reis Indolentes (incompetência administrativa).
– Poder de fato: Mordomos do Paço ou do Palácio (espécies de “prefeitos” ou
primeiro ministro).
– Carlos Martel (732) – Bloqueio aos árabes na França (Batalha de Poitiers).
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
• Dinastia Carolíngea
– Pepino, o Breve (751 – 768):
Expulsão dos lombardos
da Península Itálica.
Doação para a Igreja
(Patrimônio de São
Pedro).
Apoio da Igreja.
– Carlos Magno (768 – 814):
Auge.
Guerras de conquista.
Doações para nobres
(laços de dependência).
Centralização relativa.
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
Apoio da Igreja (expansão do cristianismo).
Tentativa de reconstruir o Império Romano do Ocidente.
Divisão imperial em 300 partes (condados, ducados e
marcas).
Missi Dominici – funcionários imperiais (burocracia).
Capitulares – leis imperiais.
Renascimento carolíngeo – preservação de obras
clássicas em escolas eclesiásticas.
– Luís, o Piedoso (814 – 841)
Enfraquecimento.
Agravamento da descentralização política.
– Disputas pela sucessão imperial após morte de Luís, o
Piedoso.
CARLOS MAGNO
IDADE MÉDIA
Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos
ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X)
– Tratado de Verdum (843):
Divisão do Império.
OCIDENTE – Carlos, o
Calvo (atual França);
CENTRO – Lotário
(atuais Itália e Suíça);
ORIENTE – Luís, o
Germânico (atual
Alemanha).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Feudalimo baixaidademedia2
Feudalimo baixaidademedia2Feudalimo baixaidademedia2
Feudalimo baixaidademedia2
Eduardo Gomes
 
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Edenilson Morais
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
Priscila Azeredo
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
luizmourao23
 
História Geral: idade média
História Geral: idade médiaHistória Geral: idade média
História Geral: idade média
Rafael Lucas da Silva
 
Feudalismo (476-1453)
Feudalismo (476-1453)Feudalismo (476-1453)
Feudalismo (476-1453)
Munis Pedro
 
Slide revolução francesa
Slide revolução francesaSlide revolução francesa
Slide revolução francesa
Isabel Aguiar
 
Romanos monarquia e república
Romanos   monarquia e repúblicaRomanos   monarquia e república
Romanos monarquia e república
Fatima Freitas
 
Resumo - Primeira Guerra Mundial (1914-1918) - História Pensante.
Resumo - Primeira Guerra Mundial (1914-1918) - História Pensante.Resumo - Primeira Guerra Mundial (1914-1918) - História Pensante.
Resumo - Primeira Guerra Mundial (1914-1918) - História Pensante.
História Pensante
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
historiamurialdo
 
Barbaros
BarbarosBarbaros
Barbaros
Lilian Larroca
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
Isabel Aguiar
 
Reinos bárbaros e reino franco
Reinos bárbaros e reino francoReinos bárbaros e reino franco
Reinos bárbaros e reino franco
Adriana Gomes Messias
 
Uniao iberica slide
Uniao iberica slideUniao iberica slide
Uniao iberica slide
Isabel Aguiar
 
Partilha da Africa
Partilha da AfricaPartilha da Africa
Partilha da Africa
Dênis Valério Martins
 
A Era das Revoluções
A Era das RevoluçõesA Era das Revoluções
A Era das Revoluções
Paulo Alexandre
 
República Oligárquica
República OligárquicaRepública Oligárquica
República Oligárquica
dmflores21
 
República Oligárquica
República OligárquicaRepública Oligárquica
República Oligárquica
Portal do Vestibulando
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Edenilson Morais
 
Civilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-ColombianasCivilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-Colombianas
joana71
 

Mais procurados (20)

Feudalimo baixaidademedia2
Feudalimo baixaidademedia2Feudalimo baixaidademedia2
Feudalimo baixaidademedia2
 
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
 
História Geral: idade média
História Geral: idade médiaHistória Geral: idade média
História Geral: idade média
 
Feudalismo (476-1453)
Feudalismo (476-1453)Feudalismo (476-1453)
Feudalismo (476-1453)
 
Slide revolução francesa
Slide revolução francesaSlide revolução francesa
Slide revolução francesa
 
Romanos monarquia e república
Romanos   monarquia e repúblicaRomanos   monarquia e república
Romanos monarquia e república
 
Resumo - Primeira Guerra Mundial (1914-1918) - História Pensante.
Resumo - Primeira Guerra Mundial (1914-1918) - História Pensante.Resumo - Primeira Guerra Mundial (1914-1918) - História Pensante.
Resumo - Primeira Guerra Mundial (1914-1918) - História Pensante.
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Barbaros
BarbarosBarbaros
Barbaros
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
 
Reinos bárbaros e reino franco
Reinos bárbaros e reino francoReinos bárbaros e reino franco
Reinos bárbaros e reino franco
 
Uniao iberica slide
Uniao iberica slideUniao iberica slide
Uniao iberica slide
 
Partilha da Africa
Partilha da AfricaPartilha da Africa
Partilha da Africa
 
A Era das Revoluções
A Era das RevoluçõesA Era das Revoluções
A Era das Revoluções
 
República Oligárquica
República OligárquicaRepública Oligárquica
República Oligárquica
 
República Oligárquica
República OligárquicaRepública Oligárquica
República Oligárquica
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Civilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-ColombianasCivilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-Colombianas
 

Destaque

Marketing Político Estratégico
Marketing Político Estratégico Marketing Político Estratégico
Marketing Político Estratégico
Darlan Campos
 
Alta idade média
Alta idade médiaAlta idade média
Alta idade média
marcos ursi
 
ALTA IDADE MÉDIA
ALTA IDADE MÉDIAALTA IDADE MÉDIA
Resumo alta idade média
Resumo   alta idade médiaResumo   alta idade média
Resumo alta idade média
Claudenilson da Silva
 
1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
Daniel Alves Bronstrup
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
Aulas de História
 
07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média
07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média
07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média
Darlan Campos
 
Feudalismo - Alta Idade Média
Feudalismo - Alta Idade MédiaFeudalismo - Alta Idade Média
Feudalismo - Alta Idade Média
Valeria Kosicki
 
Idade média oriental império bizantino e império árabe
Idade média oriental   império bizantino e império árabeIdade média oriental   império bizantino e império árabe
Idade média oriental império bizantino e império árabe
jfquirino
 
O mundo industrializado no
O mundo industrializado noO mundo industrializado no
O mundo industrializado no
maria40
 
Sociedade Medieval
Sociedade MedievalSociedade Medieval
Sociedade Medieval
Carlos Vieira
 
Tratado de verdún
Tratado de verdúnTratado de verdún
História medieval francos, bizantinos
História medieval   francos, bizantinosHistória medieval   francos, bizantinos
História medieval francos, bizantinos
pmarisa
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Aula de historia
Aula de historiaAula de historia
Aula de historia
Rose chaves
 
História Idade Média Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
História Idade Média Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]História Idade Média Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
História Idade Média Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
Marco Aurélio Gondim
 
Sistema feudal
Sistema feudalSistema feudal
Sistema feudal
Vania Acosta
 
Feudalismo e Bárbaros
Feudalismo e BárbarosFeudalismo e Bárbaros
Feudalismo e Bárbaros
dmflores21
 
06. aula sobre idade média parte 2 império bizantino
06. aula sobre idade média parte 2 império bizantino06. aula sobre idade média parte 2 império bizantino
06. aula sobre idade média parte 2 império bizantino
Darlan Campos
 
Idade média alta idade média (séc. v- x)
Idade média   alta idade média (séc. v- x)Idade média   alta idade média (séc. v- x)
Idade média alta idade média (séc. v- x)
jfquirino
 

Destaque (20)

Marketing Político Estratégico
Marketing Político Estratégico Marketing Político Estratégico
Marketing Político Estratégico
 
Alta idade média
Alta idade médiaAlta idade média
Alta idade média
 
ALTA IDADE MÉDIA
ALTA IDADE MÉDIAALTA IDADE MÉDIA
ALTA IDADE MÉDIA
 
Resumo alta idade média
Resumo   alta idade médiaResumo   alta idade média
Resumo alta idade média
 
1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
 
07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média
07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média
07. aula sobre idade média parte 3 baixa idade média
 
Feudalismo - Alta Idade Média
Feudalismo - Alta Idade MédiaFeudalismo - Alta Idade Média
Feudalismo - Alta Idade Média
 
Idade média oriental império bizantino e império árabe
Idade média oriental   império bizantino e império árabeIdade média oriental   império bizantino e império árabe
Idade média oriental império bizantino e império árabe
 
O mundo industrializado no
O mundo industrializado noO mundo industrializado no
O mundo industrializado no
 
Sociedade Medieval
Sociedade MedievalSociedade Medieval
Sociedade Medieval
 
Tratado de verdún
Tratado de verdúnTratado de verdún
Tratado de verdún
 
História medieval francos, bizantinos
História medieval   francos, bizantinosHistória medieval   francos, bizantinos
História medieval francos, bizantinos
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
 
Aula de historia
Aula de historiaAula de historia
Aula de historia
 
História Idade Média Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
História Idade Média Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]História Idade Média Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
História Idade Média Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
 
Sistema feudal
Sistema feudalSistema feudal
Sistema feudal
 
Feudalismo e Bárbaros
Feudalismo e BárbarosFeudalismo e Bárbaros
Feudalismo e Bárbaros
 
06. aula sobre idade média parte 2 império bizantino
06. aula sobre idade média parte 2 império bizantino06. aula sobre idade média parte 2 império bizantino
06. aula sobre idade média parte 2 império bizantino
 
Idade média alta idade média (séc. v- x)
Idade média   alta idade média (séc. v- x)Idade média   alta idade média (séc. v- x)
Idade média alta idade média (séc. v- x)
 

Semelhante a 05. aula de história geral - idade média parte 1 alta idade média

Alta Idade Média
Alta Idade MédiaAlta Idade Média
Alta Idade Média
cecilianoclaro
 
Idade media1
Idade media1Idade media1
Idade media1
luizmourao23
 
O feudalismo
O feudalismoO feudalismo
O feudalismo
Denis Gasco
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média 1 ano
Idade média 1 anoIdade média 1 ano
Idade média 1 ano
Over Lane
 
Idade média 1 ano
Idade média 1 anoIdade média 1 ano
Idade média 1 ano
Over Lane
 
Feudalimo 3
Feudalimo 3Feudalimo 3
Feudalimo 3
Jorge Basílio
 
Idade media1
Idade media1Idade media1
Idade media1
vithor
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
Luana Alves
 
3 Bimestre
3 Bimestre3 Bimestre
3 Bimestre
dmflores21
 
Idade media
Idade mediaIdade media
Idade media
Sarah Lima
 
A idade média no ocidente
A idade média no ocidenteA idade média no ocidente
A idade média no ocidente
guest85fbf7c
 
A idade média no ocidente
A idade média no ocidenteA idade média no ocidente
A idade média no ocidente
guest85fbf7c
 
Os francos e o feudalismo
Os francos e o feudalismoOs francos e o feudalismo
Os francos e o feudalismo
maida marciano
 
Povos Barbaros
Povos BarbarosPovos Barbaros
Povos Barbaros
Anuque
 
5
55
Idade Media
Idade MediaIdade Media
O feudalismo 2015
O feudalismo 2015O feudalismo 2015
O feudalismo 2015
Denis Gasco
 
5. idade média
5. idade média5. idade média
5. idade média
José Augusto Fiorin
 

Semelhante a 05. aula de história geral - idade média parte 1 alta idade média (20)

Alta Idade Média
Alta Idade MédiaAlta Idade Média
Alta Idade Média
 
Idade media1
Idade media1Idade media1
Idade media1
 
O feudalismo
O feudalismoO feudalismo
O feudalismo
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
 
Idade média 1 ano
Idade média 1 anoIdade média 1 ano
Idade média 1 ano
 
Idade média 1 ano
Idade média 1 anoIdade média 1 ano
Idade média 1 ano
 
Feudalimo 3
Feudalimo 3Feudalimo 3
Feudalimo 3
 
Idade media1
Idade media1Idade media1
Idade media1
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
 
3 Bimestre
3 Bimestre3 Bimestre
3 Bimestre
 
Idade media
Idade mediaIdade media
Idade media
 
A idade média no ocidente
A idade média no ocidenteA idade média no ocidente
A idade média no ocidente
 
A idade média no ocidente
A idade média no ocidenteA idade média no ocidente
A idade média no ocidente
 
Os francos e o feudalismo
Os francos e o feudalismoOs francos e o feudalismo
Os francos e o feudalismo
 
Povos Barbaros
Povos BarbarosPovos Barbaros
Povos Barbaros
 
5
55
5
 
Idade Media
Idade MediaIdade Media
Idade Media
 
25022008053407
2502200805340725022008053407
25022008053407
 
O feudalismo 2015
O feudalismo 2015O feudalismo 2015
O feudalismo 2015
 
5. idade média
5. idade média5. idade média
5. idade média
 

Mais de Darlan Campos

O posicionamento digital e o impacto na carreira -
O posicionamento digital e o impacto na carreira - O posicionamento digital e o impacto na carreira -
O posicionamento digital e o impacto na carreira -
Darlan Campos
 
Palestra em busca da reeleição
Palestra   em busca da reeleiçãoPalestra   em busca da reeleição
Palestra em busca da reeleição
Darlan Campos
 
éTica e formação profissional
éTica e formação profissional   éTica e formação profissional
éTica e formação profissional
Darlan Campos
 
Universidade e a formação profisisonal dos docentes novos questionamentos
Universidade e a formação profisisonal dos docentes   novos questionamentosUniversidade e a formação profisisonal dos docentes   novos questionamentos
Universidade e a formação profisisonal dos docentes novos questionamentos
Darlan Campos
 
éTica na formação profissional uma reflexão
éTica na formação profissional   uma reflexãoéTica na formação profissional   uma reflexão
éTica na formação profissional uma reflexão
Darlan Campos
 
A formação profissional no século xxi desafios e dilemas
A formação profissional no século xxi   desafios e dilemasA formação profissional no século xxi   desafios e dilemas
A formação profissional no século xxi desafios e dilemas
Darlan Campos
 
ética profissional e formação em educação
ética profissional e formação em educaçãoética profissional e formação em educação
ética profissional e formação em educação
Darlan Campos
 
Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino
Darlan Campos
 
Um salto para o presente a educação básica no brasil
Um salto para o presente   a educação básica no brasilUm salto para o presente   a educação básica no brasil
Um salto para o presente a educação básica no brasil
Darlan Campos
 
Educacão basica no brasil na decada de 90 a lógica do mercado
Educacão basica no brasil na decada de 90   a lógica do mercadoEducacão basica no brasil na decada de 90   a lógica do mercado
Educacão basica no brasil na decada de 90 a lógica do mercado
Darlan Campos
 
Educação básica no brasil agenda da modernidade
Educação básica no brasil   agenda da modernidade Educação básica no brasil   agenda da modernidade
Educação básica no brasil agenda da modernidade
Darlan Campos
 
Educação básica no brasil
Educação básica no brasil Educação básica no brasil
Educação básica no brasil
Darlan Campos
 
Políticas públicas educacionais aula 2
Políticas públicas educacionais   aula   2Políticas públicas educacionais   aula   2
Políticas públicas educacionais aula 2
Darlan Campos
 
Políticas públicas educacionais aula 1
Políticas públicas educacionais   aula   1Políticas públicas educacionais   aula   1
Políticas públicas educacionais aula 1
Darlan Campos
 
Professor, um lider na arte de educar
Professor, um lider na arte de educarProfessor, um lider na arte de educar
Professor, um lider na arte de educar
Darlan Campos
 
Metodologia científica Aula - Pós Graduação em Educação
Metodologia científica   Aula - Pós Graduação em EducaçãoMetodologia científica   Aula - Pós Graduação em Educação
Metodologia científica Aula - Pós Graduação em Educação
Darlan Campos
 
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientificaWillian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Darlan Campos
 
Pesquisa em educação buscando rigor e qualidade
Pesquisa em educação   buscando rigor e qualidadePesquisa em educação   buscando rigor e qualidade
Pesquisa em educação buscando rigor e qualidade
Darlan Campos
 
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasilAs crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
Darlan Campos
 
Competências comportamentais fabra jan 2014
Competências comportamentais  fabra jan 2014Competências comportamentais  fabra jan 2014
Competências comportamentais fabra jan 2014
Darlan Campos
 

Mais de Darlan Campos (20)

O posicionamento digital e o impacto na carreira -
O posicionamento digital e o impacto na carreira - O posicionamento digital e o impacto na carreira -
O posicionamento digital e o impacto na carreira -
 
Palestra em busca da reeleição
Palestra   em busca da reeleiçãoPalestra   em busca da reeleição
Palestra em busca da reeleição
 
éTica e formação profissional
éTica e formação profissional   éTica e formação profissional
éTica e formação profissional
 
Universidade e a formação profisisonal dos docentes novos questionamentos
Universidade e a formação profisisonal dos docentes   novos questionamentosUniversidade e a formação profisisonal dos docentes   novos questionamentos
Universidade e a formação profisisonal dos docentes novos questionamentos
 
éTica na formação profissional uma reflexão
éTica na formação profissional   uma reflexãoéTica na formação profissional   uma reflexão
éTica na formação profissional uma reflexão
 
A formação profissional no século xxi desafios e dilemas
A formação profissional no século xxi   desafios e dilemasA formação profissional no século xxi   desafios e dilemas
A formação profissional no século xxi desafios e dilemas
 
ética profissional e formação em educação
ética profissional e formação em educaçãoética profissional e formação em educação
ética profissional e formação em educação
 
Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino
 
Um salto para o presente a educação básica no brasil
Um salto para o presente   a educação básica no brasilUm salto para o presente   a educação básica no brasil
Um salto para o presente a educação básica no brasil
 
Educacão basica no brasil na decada de 90 a lógica do mercado
Educacão basica no brasil na decada de 90   a lógica do mercadoEducacão basica no brasil na decada de 90   a lógica do mercado
Educacão basica no brasil na decada de 90 a lógica do mercado
 
Educação básica no brasil agenda da modernidade
Educação básica no brasil   agenda da modernidade Educação básica no brasil   agenda da modernidade
Educação básica no brasil agenda da modernidade
 
Educação básica no brasil
Educação básica no brasil Educação básica no brasil
Educação básica no brasil
 
Políticas públicas educacionais aula 2
Políticas públicas educacionais   aula   2Políticas públicas educacionais   aula   2
Políticas públicas educacionais aula 2
 
Políticas públicas educacionais aula 1
Políticas públicas educacionais   aula   1Políticas públicas educacionais   aula   1
Políticas públicas educacionais aula 1
 
Professor, um lider na arte de educar
Professor, um lider na arte de educarProfessor, um lider na arte de educar
Professor, um lider na arte de educar
 
Metodologia científica Aula - Pós Graduação em Educação
Metodologia científica   Aula - Pós Graduação em EducaçãoMetodologia científica   Aula - Pós Graduação em Educação
Metodologia científica Aula - Pós Graduação em Educação
 
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientificaWillian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
 
Pesquisa em educação buscando rigor e qualidade
Pesquisa em educação   buscando rigor e qualidadePesquisa em educação   buscando rigor e qualidade
Pesquisa em educação buscando rigor e qualidade
 
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasilAs crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
 
Competências comportamentais fabra jan 2014
Competências comportamentais  fabra jan 2014Competências comportamentais  fabra jan 2014
Competências comportamentais fabra jan 2014
 

05. aula de história geral - idade média parte 1 alta idade média

  • 1. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) 1 – CARACTERÍSTICAS GERAIS: • Formação e apogeu do Feudalismo. • Período de constantes invasões e deslocamentos populacionais. • Síntese de elementos do antigo Império Romano + povos bárbaros + cristianismo.
  • 2. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) 2 – OS POVOS BÁRBAROS: • Povos fora das fronteiras (sem cultura greco-romana). • Germânicos – principal grupo (suevos, lombardos, teutônicos, francos, godos, visigodos, ostrogodos, vândalos, burgúndios, anglos, saxões...). • Economia agropastoril. • Ausência de comércio e moeda. • Ausência de escrita. • Politeístas. • Inicialmente sem propriedade privada. • Poder político = casta de guerreiros. • Direito Consuetudinário (tradição). • COMITATUS (laços de dependência entre guerreiros).
  • 3. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) 3 – O FEUDALISMO • Economia: agrícola, auto-suficiente (subsistência), sem comércio e moeda. • Unidade econômica básica: FEUDO (benefício). – MANSO SENHORIAL – castelo + melhores terras. – MANSO SERVIL – terras arrendadas (lotes = glebas ou tenências). – MANSO COMUNAL – bosques e pastos (uso comum) Visão interna da casa dos servos
  • 4. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) • Sociedade: – Estamental (posição social definida pelo nascimento). – Poder vinculado à posse e extensão da terra. – Laços de dependência pessoal:  SUSERANIA e VASSALAGEM (entre nobres);  SENHOR e SERVOS. –CLERO: terra + poder político + poder ideológico (salvação) –NOBREZA: terra + poder político (defesa) –SERVOS: obrigações (corvéia, talha, banalidades, tostão de Pedro, dízimo, mão-morta, capitação, formariage...) e VILÕES: quase servos, porém com menos obrigações
  • 5. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) • Política: descentralização; • Ideologia: – Teocentrismo – IGREJA: maior instituição (atuante em todos os setores) – Conformismo, continuismo – Ética paternalista cristã
  • 6. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) • Elementos feudais: ROMANOS GERMÂNICOS Clientela (dependência entre servos e senhores) Comitatus (dependência entre nobres – base da suserania e vassalagem) Colonato (fixação na terra – origem da servidão) Subsistência (ausência de comércio e moeda) Vilas (grandes propriedades rurais – origem dos feudos) Economia agropastoril Igreja Direito consuetudinário (tradição oral)
  • 7. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) 4 – O IMPÉRIO CAROLÍNGEO ou REINO CRISTÃO DOS FRANCOS • Atual França. • Único reino bárbaro relativamente duradouro. • Dinastia Merovíngea: – Clóvis (496) – conversão ao cristianismo. – Conquista da Gália. – Ruralização. – Distribuição de terras entre clero e nobreza.  Fragmentação do poder. – Últimos reis da dinastia: Reis Indolentes (incompetência administrativa). – Poder de fato: Mordomos do Paço ou do Palácio (espécies de “prefeitos” ou primeiro ministro). – Carlos Martel (732) – Bloqueio aos árabes na França (Batalha de Poitiers).
  • 8. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) • Dinastia Carolíngea – Pepino, o Breve (751 – 768): Expulsão dos lombardos da Península Itálica. Doação para a Igreja (Patrimônio de São Pedro). Apoio da Igreja. – Carlos Magno (768 – 814): Auge. Guerras de conquista. Doações para nobres (laços de dependência). Centralização relativa.
  • 9. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) Apoio da Igreja (expansão do cristianismo). Tentativa de reconstruir o Império Romano do Ocidente. Divisão imperial em 300 partes (condados, ducados e marcas). Missi Dominici – funcionários imperiais (burocracia). Capitulares – leis imperiais. Renascimento carolíngeo – preservação de obras clássicas em escolas eclesiásticas. – Luís, o Piedoso (814 – 841) Enfraquecimento. Agravamento da descentralização política. – Disputas pela sucessão imperial após morte de Luís, o Piedoso. CARLOS MAGNO
  • 10. IDADE MÉDIA Prof. Darlan CamposProf. Darlan Campos ALTA IDADE MÉDIA (SÉC V – X) – Tratado de Verdum (843): Divisão do Império. OCIDENTE – Carlos, o Calvo (atual França); CENTRO – Lotário (atuais Itália e Suíça); ORIENTE – Luís, o Germânico (atual Alemanha).