SlideShare uma empresa Scribd logo
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
O MERCANTILISMO:
• Definição: conjunto de práticas econômicas dos Estados
Absolutistas.
• Quando: aproximadamente entre os séculos XV e XVIII.
• Onde: vários países da Europa, principalmente POR, ESP, FRA e
ING.
• Característica básica e fundamental: intervenção do Estado na
economia.
iair@pop.com.br

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
Apóia os
negócios
burgueses

ESTADO ABSOLUTISTA

MERCANTILISMO

OBJETIVOS

METALISMO: Entesouramento
de metais preciosos.
Fortalecimento do poder real.

Sustenta
a nobreza

MEIOS
Protecionismo
Colonialismo
Pirataria
Balança
comercial
favorável.

iair@pop.com.br

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
• Características do mercantilismo na Europa:
– ESPANHA – Bulionismo (estocagem de ouro e prata).
– FRANÇA – Colbertismo: limitação de
importações e desenvolvimento de manufaturas
de artigos de luxo e criação de companhias de
comércio. Devido ao estímulo da indústria,
também ficou conhecido como industrialismo.

COLBERT

– INGLATERRA – Adoção de tarifas protecionistas,
desenvolvimento da frota naval e da marinha mercante para o
comércio externo, desenvolvimento das manufaturas. Política
conhecida como comercialista e posteriormente
industrialista.
iair@pop.com.br

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
AS GRANDES NAVEGAÇÕES OU EXPANSÃO MARÍTIMA:
• Definição: período em que as nações européias iniciaram um
processo de exploração e conquistas em novos territórios, que
ampliou o mundo até então conhecido.
• Quando: aproximadamente entre os séculos XV e XVI.
• Causas:
– busca de especiarias nas Índias;
– busca de metais preciosos;
– tentativa de romper o monopólio comercial das cidades
italianas;
– expansão da fé cristã (justificativa);
iair@pop.com.br

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
– fortalecimento das monarquias nacionais e desenvolvimento
da política mercantilista;
– Renascimento cultural;
– surgimento de novos aparelhos para a navegação (bússola,
astrolábio, caravela, desenvolvimento da cartografia...);
– alívio de tensões sociais (secundário);
– guerras para ocupar e prestigiar nobres (secundário).

iair@pop.com.br

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
• Pioneirismo português:
– centralização prematura;
– burguesia mercantil atuante;
– posição geográfica estrategicamente favorável;
– Escola de Sagres (secundário);
• As principais viagens:
– 1415: Ceuta (POR);

iair@pop.com.br

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
– 1488: Cabo da Boa Esperança - Bartolomeu Dias (POR);
– 1492: América – Cristóvão Colombo (ESP);

iair@pop.com.br

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
– 1498: Índias (via África) – Vasco da
Gama (POR);
– 1500: Brasil – Pedro Álvares Cabral
(POR);
– 1519: Circunavegação – Fernão de
Magalhães (ESP);
CIRCUNAVEGAÇÃO

iair@pop.com.br

ROTA DE VASCO DA GAMA

DESCOBRIMENTO DO BRASIL

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
• Disputa entre POR e ESP pelas novas terras:
– Bula Intercoetera (1493): 100 léguas a partir de Cabo Verde.
Terras no lado Ocidental pertenceriam a Espanha. Terras no
lado Oriental pertenceriam a Portugal.
– Tratado de Tordesilhas (1494): 370 léguas a partir de Cabo
Verde. Terras no lado Ocidental pertenceriam a Espanha.
Terras no lado Oriental pertenceriam a Portugal. Esse tratado
substituiu o anterior.

iair@pop.com.br

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
O TRATADO DE TORDESILHAS:

iair@pop.com.br

Prof. Iair
IDADE MODERNA
MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA
• Conseqüências das navegações:
– deslocamento do eixo econômico do Mar Mediterrâneo para o
Oceano Atlântico (Oriente para Ocidente);
– ampliação do comércio (em escala mundial);
– fortalecimento das monarquias européias;
– desenvolvimento técnico e científico.

iair@pop.com.br

Prof. Iair

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brasil colonial as revoltas coloniais
Brasil colonial   as revoltas coloniaisBrasil colonial   as revoltas coloniais
Brasil colonial as revoltas coloniais
Edenilson Morais
 
Ideologias era industrial
Ideologias era industrialIdeologias era industrial
Ideologias era industrial
luizmourao23
 
12. aula de história geral - revolução inglesa
12. aula de história geral - revolução inglesa12. aula de história geral - revolução inglesa
12. aula de história geral - revolução inglesa
Darlan Campos
 

Mais procurados (20)

Idade Media Oriental - Prof Iair
Idade Media Oriental - Prof IairIdade Media Oriental - Prof Iair
Idade Media Oriental - Prof Iair
 
America sec xix
America sec xixAmerica sec xix
America sec xix
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Baixa Idade Media - Prof Iair
Baixa Idade Media - Prof IairBaixa Idade Media - Prof Iair
Baixa Idade Media - Prof Iair
 
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Reforma
ReformaReforma
Reforma
 
Revolucao russa
Revolucao russaRevolucao russa
Revolucao russa
 
07. brasil aula sobre período regencial
07. brasil aula sobre período regencial07. brasil aula sobre período regencial
07. brasil aula sobre período regencial
 
A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)
 
Idade média baixa idade média (séc. xi-xv)
Idade média   baixa idade média (séc. xi-xv)Idade média   baixa idade média (séc. xi-xv)
Idade média baixa idade média (séc. xi-xv)
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Brasil colonial as revoltas coloniais
Brasil colonial   as revoltas coloniaisBrasil colonial   as revoltas coloniais
Brasil colonial as revoltas coloniais
 
Ideologias era industrial
Ideologias era industrialIdeologias era industrial
Ideologias era industrial
 
Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)Idade média:   Alta Idade Média (séc. v- x)
Idade média: Alta Idade Média (séc. v- x)
 
Brasil colônia
Brasil colôniaBrasil colônia
Brasil colônia
 
06. brasil aula sobre primeiro reinado
06. brasil aula sobre primeiro reinado06. brasil aula sobre primeiro reinado
06. brasil aula sobre primeiro reinado
 
12. aula de história geral - revolução inglesa
12. aula de história geral - revolução inglesa12. aula de história geral - revolução inglesa
12. aula de história geral - revolução inglesa
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
 
Revolução Russa (1917)
Revolução Russa (1917)Revolução Russa (1917)
Revolução Russa (1917)
 

Destaque (8)

Brasil colonia
Brasil coloniaBrasil colonia
Brasil colonia
 
Conflitos oriente
Conflitos orienteConflitos oriente
Conflitos oriente
 
Rebeliões Coloniais Nativistas
Rebeliões Coloniais NativistasRebeliões Coloniais Nativistas
Rebeliões Coloniais Nativistas
 
A política econômica dos governos militares
A política econômica dos governos militaresA política econômica dos governos militares
A política econômica dos governos militares
 
Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)
 
Idade média oriental império bizantino e império árabe
Idade média oriental   império bizantino e império árabeIdade média oriental   império bizantino e império árabe
Idade média oriental império bizantino e império árabe
 
O golpe de 1964
O golpe de 1964O golpe de 1964
O golpe de 1964
 
Brasil império: II reinado (1840-1889)
Brasil império:   II reinado (1840-1889)Brasil império:   II reinado (1840-1889)
Brasil império: II reinado (1840-1889)
 

Semelhante a Mercantilismo navegacoes

Mercantilismo Navegacoes
Mercantilismo NavegacoesMercantilismo Navegacoes
Mercantilismo Navegacoes
dmflores21
 
1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos
cattonia
 
As grandes navegações_QUIZ 7º Anllllllllllllllllllllllllllllllllo.pptxk
As grandes navegações_QUIZ 7º Anllllllllllllllllllllllllllllllllo.pptxkAs grandes navegações_QUIZ 7º Anllllllllllllllllllllllllllllllllo.pptxk
As grandes navegações_QUIZ 7º Anllllllllllllllllllllllllllllllllo.pptxk
AntonioVieira539017
 
Expansão marítima
Expansão marítima Expansão marítima
Expansão marítima
projrp
 

Semelhante a Mercantilismo navegacoes (20)

11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações
11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações
11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações
 
6. mercantilismo e navegações
6. mercantilismo e navegações6. mercantilismo e navegações
6. mercantilismo e navegações
 
Mercantilismo e Grandes Navegações
Mercantilismo e Grandes NavegaçõesMercantilismo e Grandes Navegações
Mercantilismo e Grandes Navegações
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Resumo mercantilismo e expansão marítima
Resumo   mercantilismo e expansão marítimaResumo   mercantilismo e expansão marítima
Resumo mercantilismo e expansão marítima
 
Mercantilismo Navegacoes
Mercantilismo NavegacoesMercantilismo Navegacoes
Mercantilismo Navegacoes
 
1ano-expansomartimaeuropiaeabsolutismo-121025211657-phpapp01.pptx
1ano-expansomartimaeuropiaeabsolutismo-121025211657-phpapp01.pptx1ano-expansomartimaeuropiaeabsolutismo-121025211657-phpapp01.pptx
1ano-expansomartimaeuropiaeabsolutismo-121025211657-phpapp01.pptx
 
1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos1. uma europa a dois ritmos
1. uma europa a dois ritmos
 
Idade moderna i
Idade moderna iIdade moderna i
Idade moderna i
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
rec3411 aula 4 - ecamlat - colonização 2.pptx
rec3411 aula 4 - ecamlat - colonização 2.pptxrec3411 aula 4 - ecamlat - colonização 2.pptx
rec3411 aula 4 - ecamlat - colonização 2.pptx
 
Brasil pré colonial e colonial pdf
Brasil pré colonial e colonial pdfBrasil pré colonial e colonial pdf
Brasil pré colonial e colonial pdf
 
Expansão ultramarina
Expansão ultramarinaExpansão ultramarina
Expansão ultramarina
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - História - Expansão Marítima
www.AulasEnsinoMedio.com.br - História -  Expansão Marítimawww.AulasEnsinoMedio.com.br - História -  Expansão Marítima
www.AulasEnsinoMedio.com.br - História - Expansão Marítima
 
Expansão
ExpansãoExpansão
Expansão
 
As grandes navegações_QUIZ 7º Anllllllllllllllllllllllllllllllllo.pptxk
As grandes navegações_QUIZ 7º Anllllllllllllllllllllllllllllllllo.pptxkAs grandes navegações_QUIZ 7º Anllllllllllllllllllllllllllllllllo.pptxk
As grandes navegações_QUIZ 7º Anllllllllllllllllllllllllllllllllo.pptxk
 
Expansão marítima
Expansão marítima Expansão marítima
Expansão marítima
 

Mais de luizmourao23

Mais de luizmourao23 (20)

Jovem de futuro tutor edital 2015
Jovem de futuro tutor    edital 2015 Jovem de futuro tutor    edital 2015
Jovem de futuro tutor edital 2015
 
Jovem de futuro carta de recomendação
Jovem de futuro   carta de recomendaçãoJovem de futuro   carta de recomendação
Jovem de futuro carta de recomendação
 
Edital cultura2014.2
Edital cultura2014.2Edital cultura2014.2
Edital cultura2014.2
 
Edital especialização-ufal-unilab
Edital especialização-ufal-unilabEdital especialização-ufal-unilab
Edital especialização-ufal-unilab
 
Jovem de futuro resultado seleção
Jovem de futuro   resultado seleçãoJovem de futuro   resultado seleção
Jovem de futuro resultado seleção
 
Enem2009 gabaritos
Enem2009 gabaritosEnem2009 gabaritos
Enem2009 gabaritos
 
Enem2009 prova2
Enem2009 prova2Enem2009 prova2
Enem2009 prova2
 
Enem2009 prova1
Enem2009 prova1Enem2009 prova1
Enem2009 prova1
 
Gabarito 2004
Gabarito   2004Gabarito   2004
Gabarito 2004
 
Gabarito 2005
Gabarito   2005Gabarito   2005
Gabarito 2005
 
Gabarito 2003
Gabarito 2003Gabarito 2003
Gabarito 2003
 
Gabarito.2007
Gabarito.2007Gabarito.2007
Gabarito.2007
 
Enem gabarito 2008
Enem gabarito 2008Enem gabarito 2008
Enem gabarito 2008
 
EGP
EGPEGP
EGP
 
EditalisencaoUECE
EditalisencaoUECEEditalisencaoUECE
EditalisencaoUECE
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Rev liberais
Rev liberaisRev liberais
Rev liberais
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Pre historia
Pre historiaPre historia
Pre historia
 
Independencia eua
Independencia euaIndependencia eua
Independencia eua
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 

Mercantilismo navegacoes

  • 1. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA O MERCANTILISMO: • Definição: conjunto de práticas econômicas dos Estados Absolutistas. • Quando: aproximadamente entre os séculos XV e XVIII. • Onde: vários países da Europa, principalmente POR, ESP, FRA e ING. • Característica básica e fundamental: intervenção do Estado na economia. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 2. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA Apóia os negócios burgueses ESTADO ABSOLUTISTA MERCANTILISMO OBJETIVOS METALISMO: Entesouramento de metais preciosos. Fortalecimento do poder real. Sustenta a nobreza MEIOS Protecionismo Colonialismo Pirataria Balança comercial favorável. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 3. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA • Características do mercantilismo na Europa: – ESPANHA – Bulionismo (estocagem de ouro e prata). – FRANÇA – Colbertismo: limitação de importações e desenvolvimento de manufaturas de artigos de luxo e criação de companhias de comércio. Devido ao estímulo da indústria, também ficou conhecido como industrialismo. COLBERT – INGLATERRA – Adoção de tarifas protecionistas, desenvolvimento da frota naval e da marinha mercante para o comércio externo, desenvolvimento das manufaturas. Política conhecida como comercialista e posteriormente industrialista. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 4. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA AS GRANDES NAVEGAÇÕES OU EXPANSÃO MARÍTIMA: • Definição: período em que as nações européias iniciaram um processo de exploração e conquistas em novos territórios, que ampliou o mundo até então conhecido. • Quando: aproximadamente entre os séculos XV e XVI. • Causas: – busca de especiarias nas Índias; – busca de metais preciosos; – tentativa de romper o monopólio comercial das cidades italianas; – expansão da fé cristã (justificativa); iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 5. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA – fortalecimento das monarquias nacionais e desenvolvimento da política mercantilista; – Renascimento cultural; – surgimento de novos aparelhos para a navegação (bússola, astrolábio, caravela, desenvolvimento da cartografia...); – alívio de tensões sociais (secundário); – guerras para ocupar e prestigiar nobres (secundário). iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 6. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA • Pioneirismo português: – centralização prematura; – burguesia mercantil atuante; – posição geográfica estrategicamente favorável; – Escola de Sagres (secundário); • As principais viagens: – 1415: Ceuta (POR); iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 7. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA – 1488: Cabo da Boa Esperança - Bartolomeu Dias (POR); – 1492: América – Cristóvão Colombo (ESP); iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 8. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA – 1498: Índias (via África) – Vasco da Gama (POR); – 1500: Brasil – Pedro Álvares Cabral (POR); – 1519: Circunavegação – Fernão de Magalhães (ESP); CIRCUNAVEGAÇÃO iair@pop.com.br ROTA DE VASCO DA GAMA DESCOBRIMENTO DO BRASIL Prof. Iair
  • 9. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA • Disputa entre POR e ESP pelas novas terras: – Bula Intercoetera (1493): 100 léguas a partir de Cabo Verde. Terras no lado Ocidental pertenceriam a Espanha. Terras no lado Oriental pertenceriam a Portugal. – Tratado de Tordesilhas (1494): 370 léguas a partir de Cabo Verde. Terras no lado Ocidental pertenceriam a Espanha. Terras no lado Oriental pertenceriam a Portugal. Esse tratado substituiu o anterior. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 10. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA O TRATADO DE TORDESILHAS: iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 11. IDADE MODERNA MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA • Conseqüências das navegações: – deslocamento do eixo econômico do Mar Mediterrâneo para o Oceano Atlântico (Oriente para Ocidente); – ampliação do comércio (em escala mundial); – fortalecimento das monarquias européias; – desenvolvimento técnico e científico. iair@pop.com.br Prof. Iair