Saiba o que mudou na ortografia brasileira
-Douglas Tufano(Organizado por Maurício Santos)
Mudanças no alfabeto


O alfabeto passa a ter 26 letras. Foram
introduzidas as letras K, W e Y.
o alfabeto completo passa...
As letras K, W e Y são
usadas em várias situações:
a) na escrita de símbolos de
unidade de medida: Km
(quilômetro), Kg
(qu...
b) Na escrita de palavras e
nomes estrangeiros ( e seus
derivados):
show, playboy, playground, wi
ndsurf, william, kaiser,...
TREMA
Não se usa mais o
trema(¨), sinal colocado
sobre a letra u para indicar
que
ela
deve
ser
pronunciada nos grupos
gue,...
TREMA


Como era:

Agüentar
Argüir
Bilíngüe
Cinqüenta
Delinqüente
Eloqüente
Freqüente
Lingüiça
Seqüestro
Tranqüilo



Co...
ATENÇÃO:

o trema permanece apenas
nas palavras estrangeiras e
em derivadas. Exemplos:
Müller - mülleriano
1- Não se usa mais o acento
dos ditongos abertos éi e ói
das palavras paroxítonas
(palavras que têm acento
tônico na penúl...
 Como














era:

Alcalóide
Alcatéia
Andróide
Apóia (verbo apoiar)
Apóio (verbo apoiar)
Asteróide
Bóia...
 Como














Epopéia
Estóico
Estréia
Geléia
Heróico
Idéia
Jibóia
Jóia
Odisséia
Paranóia
Platéia
tramói...
ATENÇÃO:
essa regra é válida somente para
palavras paroxítonas.
Assim, continuam a ser
acentuadas as palavras oxítonas
ter...
2Nas
palavras
paroxítonas, não se usa
mais o acento no i e no u
tônicos quando vieram
depois de um ditongo.
 Como

era:

 Como fica:



Baiúca



Baiuca



Bocaiúva



Bocaiuva



Cauíla



Cauila



feiúra



feiura
ATENÇÃO:
se a palavra for oxítona e
o i ou o u estiverem em
posição final (ou seguidos
de s), o acento
permanece. Exemplos...
3- Não se usa mais o acento das
palavras terminadas em êem e
ôo(s).


Como era:

Abençôo
Crêem (verbo crer)
Dêem (verbo d...
4- Não se usa mais o acento que
diferenciava os pares pára/
para, péla(s)/pela(s), pêlo(s)/pelo(s),pólo(
s)/polo(s)
e pêra...
USO DO HÍFEN
1- Com prefixos, usa-se sempre o hífen
diante de palavra iniciada por h. Ex.:
 Anti-higiênico
 Anti-históri...
2- Não se usa o hífen quando o prefixo
termina em vogal diferente da vogal com
que se inicia o segundo elemento. Ex.:
Aero...
Não se usa hífen,também:
Coedição
 Extraescolar
 Infraestrutura
 Plurianual
 Semiaberto
 Semianalfabeto
 Semiesféric...
Exceção: o prefixo co aglutina-se
em geral com o segundo
elemento, mesmo quando este se
inicia por o

coobrigação, coobrig...
3- Não se usa o hífen quando o prefixo
termina em vogal e o segundo elemento
começa por consoante diferente de r ou s.
Ant...
Não se usa hífen, ainda:
Semicírculo
 Semideus
 Seminovo
 Ultramoderno


Atenção: com o prefixo vice, usa-se
sempre o ...
4- Não se usa o hífen quando o prefixo
termina em vogal e o segundo elemento
começa por r ou s. Nesse caso, duplicam-se
es...
Não se usa hífen, ainda:
Infrassom
 Microssistema
 Minissaia
 Multissecular
 Neorrealismo
 Neossimbolista
 Semirreta...
5- Quando o prefixo termina por
vogal, usa-se o hífen se o segundo
elemento começar pela mesma vogal.
Anti-ibérico
 Anti-...
6- Quando o prefixo termina por
consoante, usa-se o hífen se o 2° elemento
começar pela mesma consoante.

Hiper-requintado...
Atenção:
Nos demais casos não se usa o hífen.
Ex.:
hipermercado, intermunicipal, superinter
essante, superproteção.
 Com ...
7- Quando o prefixo termina por
consoante, não se usa o hífen se o 2º
elemento começar por vogal.
 Hiperacidez

 Superam...
8Com
os
prefixos
ex, sem, além, aquém, recém, pós
, pré, usa-se sempre o hífen.










Além-mar
Além-túmulo
Aqu...
RESUMO
EMPREGO DO HÍFEN COM
PREFIXOS
Regra básica

Sempre se usa o hífen diante
de h:

Anti-higiênico, super-homem
Outros casos
1- Prefixo terminado em vogal:
 Sem hífen diante de vogal diferente:
Autoescola, antiaéreo.
 Sem hífen dian...
2- Prefixo terminado em
consoante:


Com hífen diante de mesma consoante:
Inter-regional, sub-bibliotecário.




Sem hí...
Observações
1- Com o prefixo sub, usa-se o hífen
também
Diante de palavra iniciada por r sub-região,
Sub-raça etc. Palavra...
2Com
os
prefixos
vice, ex, sem, além, aquém, r
ecém, pós, pré, pró, usa-se
sempre o hífen: vice-rei, exaluno,
sem-terra,
a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guia prático da

432 visualizações

Publicada em

Adaptação do Guia Prático do Acordo Ortográfico do Professor Douglas Tufano.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
432
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guia prático da

  1. 1. Saiba o que mudou na ortografia brasileira -Douglas Tufano(Organizado por Maurício Santos)
  2. 2. Mudanças no alfabeto  O alfabeto passa a ter 26 letras. Foram introduzidas as letras K, W e Y. o alfabeto completo passa a ser: ABCDEFGHI JKLMNOPQR STUVWXYZ
  3. 3. As letras K, W e Y são usadas em várias situações: a) na escrita de símbolos de unidade de medida: Km (quilômetro), Kg (quilograma), W (watt);
  4. 4. b) Na escrita de palavras e nomes estrangeiros ( e seus derivados): show, playboy, playground, wi ndsurf, william, kaiser, kafka, kafkiano
  5. 5. TREMA Não se usa mais o trema(¨), sinal colocado sobre a letra u para indicar que ela deve ser pronunciada nos grupos gue, gui, que, qui.
  6. 6. TREMA  Como era: Agüentar Argüir Bilíngüe Cinqüenta Delinqüente Eloqüente Freqüente Lingüiça Seqüestro Tranqüilo  Como fica: Aguentar Arguir Bilíngue Cinquenta Delinquente Eloquente Frequente Linguiça Sequestro Tranquilo
  7. 7. ATENÇÃO: o trema permanece apenas nas palavras estrangeiras e em derivadas. Exemplos: Müller - mülleriano
  8. 8. 1- Não se usa mais o acento dos ditongos abertos éi e ói das palavras paroxítonas (palavras que têm acento tônico na penúltima sílaba).
  9. 9.  Como            era: Alcalóide Alcatéia Andróide Apóia (verbo apoiar) Apóio (verbo apoiar) Asteróide Bóia Celulóide Colméia Coréia debilóide  Como            Alcaloide Alcateia Androide Apoia Apoio Asteroide Boia celuloide Colmeia Coreia debiloide fica:
  10. 10.  Como             Epopéia Estóico Estréia Geléia Heróico Idéia Jibóia Jóia Odisséia Paranóia Platéia tramóia era:  Como             Epopeia Estoico Estreia Geleia Heroico Ideia Jiboia Joia Odissieia Paranoia Plateia tramoia fica:
  11. 11. ATENÇÃO: essa regra é válida somente para palavras paroxítonas. Assim, continuam a ser acentuadas as palavras oxítonas terminadas em eís, éu, éus,ói, óis. Exemplos: papéis, herói, heróis, troféu, trof éus.
  12. 12. 2Nas palavras paroxítonas, não se usa mais o acento no i e no u tônicos quando vieram depois de um ditongo.
  13. 13.  Como era:  Como fica:  Baiúca  Baiuca  Bocaiúva  Bocaiuva  Cauíla  Cauila  feiúra  feiura
  14. 14. ATENÇÃO: se a palavra for oxítona e o i ou o u estiverem em posição final (ou seguidos de s), o acento permanece. Exemplos: tuiuiú, tuiuiús, Piauí.
  15. 15. 3- Não se usa mais o acento das palavras terminadas em êem e ôo(s).  Como era: Abençôo Crêem (verbo crer) Dêem (verbo dar) Dôo (verbo doar) Enjôo Lêem (verbo ler) Magôo (verbo magoar) Perdôo Vêem (verbo ver) vôo  Como fica: Abençoo Creem Deem Doo Enjoo Leem Magoo Perdoo Veem voo
  16. 16. 4- Não se usa mais o acento que diferenciava os pares pára/ para, péla(s)/pela(s), pêlo(s)/pelo(s),pólo( s)/polo(s) e pêra/pera. Como era Ele pára o carro. Ele foi ao pólo Norte. O gato tem pêlos brancos. Comi uma pêra. Como fica Ele para o carro. Ele foi ao polo Norte. O gato em pelos ... Comi uma pera.
  17. 17. USO DO HÍFEN 1- Com prefixos, usa-se sempre o hífen diante de palavra iniciada por h. Ex.:  Anti-higiênico  Anti-histórico  Co-herdeiro  Macro-história  Mini-hotel  Sobre-humano  Super-homem  Ultra-humano Exceção: subumano
  18. 18. 2- Não se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal diferente da vogal com que se inicia o segundo elemento. Ex.: Aeroespacial  Agroindustrial  Anteontem  Antiaéreo  Antieducativo  Autoaprendizagem  Autoescola  coautor 
  19. 19. Não se usa hífen,também: Coedição  Extraescolar  Infraestrutura  Plurianual  Semiaberto  Semianalfabeto  Semiesférico  semiopaco 
  20. 20. Exceção: o prefixo co aglutina-se em geral com o segundo elemento, mesmo quando este se inicia por o coobrigação, coobrigar, co ordenar, cooperar, coopera ção, cooptar,
  21. 21. 3- Não se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por consoante diferente de r ou s. Anteprojeto  Antipedagógico  Autopeça  Autoproteção  Coprodução  Geopolítica  Microcomputador  pseudoprofessor 
  22. 22. Não se usa hífen, ainda: Semicírculo  Semideus  Seminovo  Ultramoderno  Atenção: com o prefixo vice, usa-se sempre o hífen. Ex.: vice-rei, vicealmirante etc.
  23. 23. 4- Não se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por r ou s. Nesse caso, duplicam-se essas letras.  Antirrábico  Antirracismo  Antirreligioso  Antirrugas  Antissocial  Biorritmo  Contrarregra  Contrassenso
  24. 24. Não se usa hífen, ainda: Infrassom  Microssistema  Minissaia  Multissecular  Neorrealismo  Neossimbolista  Semirreta  ultrarresistente  Ultrassom 
  25. 25. 5- Quando o prefixo termina por vogal, usa-se o hífen se o segundo elemento começar pela mesma vogal. Anti-ibérico  Anti-imperialista  Anti-inflacionário  Anti-inflamatório  Auto-observação  Contra-atacaque  Micro-ônibus  Semi-internato  Semi-interno 
  26. 26. 6- Quando o prefixo termina por consoante, usa-se o hífen se o 2° elemento começar pela mesma consoante. Hiper-requintado  Inter-racial  Inter-regional  Sub-bibliotecário  Super-racista  Super-reacionário  Super-resistente  Super-romântico 
  27. 27. Atenção: Nos demais casos não se usa o hífen. Ex.: hipermercado, intermunicipal, superinter essante, superproteção.  Com o prefixo sub, usa-se o hífen também diante de palavras iniciada por r: sub-região, sub-raça  Com os prefixos circum e pan, usa-se o hífen diante de palavra iniciada por m, n e vogal: circum-navegação, panamericano etc.
  28. 28. 7- Quando o prefixo termina por consoante, não se usa o hífen se o 2º elemento começar por vogal.  Hiperacidez  Superamigo  Hiperativo  Superaquecimento  Interescolar  Supereconômico  Interestadual  Superexigente  Interestelar  Superinteressante  Interestudantil  superotimismo
  29. 29. 8Com os prefixos ex, sem, além, aquém, recém, pós , pré, usa-se sempre o hífen.         Além-mar Além-túmulo Aquém-mar Ex-aluno Ex-diretor Ex-hospedeiro Ex-prefeito Ex-professor         Ex-presidente Pós-graduação Pré-história Pré-vestibular Pró-europeu Recém-casado Recém-nascido Sem-terra
  30. 30. RESUMO EMPREGO DO HÍFEN COM PREFIXOS Regra básica Sempre se usa o hífen diante de h: Anti-higiênico, super-homem
  31. 31. Outros casos 1- Prefixo terminado em vogal:  Sem hífen diante de vogal diferente: Autoescola, antiaéreo.  Sem hífen diante de consoante diferente de r e s: anteprojeto, semicírculo.  Sem hífen diante de r e s. Dobram-se essas letras: antirracismo, antissocial, ultrassom.  Com hífen diante de mesma vogal: contra-ataque, micro-ondas.
  32. 32. 2- Prefixo terminado em consoante:  Com hífen diante de mesma consoante: Inter-regional, sub-bibliotecário.   Sem hífen diante de consoante diferente: intermunicipal, supersônico. Sem hífen diante de vogal: Interestadual, superinteressante.
  33. 33. Observações 1- Com o prefixo sub, usa-se o hífen também Diante de palavra iniciada por r sub-região, Sub-raça etc. Palavras iniciadas por h perdem Essa letra e juntam-se sem hífen: subumano, Subumanidade.
  34. 34. 2Com os prefixos vice, ex, sem, além, aquém, r ecém, pós, pré, pró, usa-se sempre o hífen: vice-rei, exaluno, sem-terra, alémmar, aquém-mar, recémcasado, pós-graduação, prévestibular, pró-europeu.

×