Conteúdo - Fonética/Fonologia

3.652 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Conteúdo - Fonética/Fonologia

  1. 1. FONOLOGIA PROF. FERNANDA BRAGA PARTE DA GRAMÁTICA QUEESTUDA OS SONS DA LÍNGUA, SUA ORGANIZAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO.
  2. 2. Fonema Unidade sonora elementar empregada na língua falada. Sinal gráfico com que se representam Letra os sons (fonemas). O conjunto de letras forma o alfabeto.
  3. 3. Fonemas da Língua Portuguesa Vogais Semivogais Consoantes Orais /a, é, i, ó, Fonemas u, ê, ô/ Letras que / i, u/ Nasais representam /ã, ẽ, ĩ, õ, ũ/ coisa, réu um som só /an, en, in, on, un//am, em, im, om, um/
  4. 4. Encontros vocálicosAgrupamento de vogais e semivogais  1. Ditongo: duas vogais em uma mesma sílaba.  2. Tritongo: três vogais em uma mesma sílaba.  3. Hiato: encontro de duas vogais pronunciadas em dois impulsos de voz, em sílabas diferentes.
  5. 5. ENCONTROS CONSONANTAIS:GRUPOS DE CONSOANTES SEMVOGAIS INTERMEDIÁRIAS FLOR GRADE DIGNO
  6. 6. DÍGRAFOS: 2 LETRAS QUE REPRESENTAM UM ÚNICO SOM CH CHuvoso LH moLHado NH maNHã SS páSSaros RR teRRa QU parQUe GU GUindaste SC floreSCer SÇ deSÇa XC eXCeSSo
  7. 7. AM tAMpaAN cANtoEM tEMpoEN vENtoIM lIMpoIN cINtoOM cOMprarON tONtoUM tUMbaUN mUNdo
  8. 8. ACENTUAÇÃO GRÁFICA Acentuam-se os monossílabos tônicos terminados em –a, -e –o; o -i e o –u tônicos formadores de hiatos.Ex.: fé, pá, só, chapéu, saúde, juízes. Oxítonas: última sílaba tônica.Ocorre acento nas últimas sílabas tônicas terminadas em –a, -e, -o, -em, -ens.Ex.: Pará, café, jiló, refém, parabéns. Paroxítonas: penúltima sílaba tônica.Ocorre acento nas paroxítonas terminadas em –ditongos, -ã, -ão, -um,-uns, ps e RINLUX.Ex.: distância, órfã, órfão, bíceps, córtex, estável, líquen, caráter. Proparoxítonas: antepenúltima sílaba tônica acentuada. TODAS são acentuadas.Ex.: Matemática, lâmpada.
  9. 9. ORTOGRAFIA Ante = anterioridade Anti = oposição Cálculo Viagem = substantivo (a viagem) Viajem = verbo Presente do Subjuntivo (Que eles viajem) Berinjela Usa-se –S antes ou depois de ditongos (ousar), substituindo –D (aludir – alusão), -ND (defender – defesa), etc. Usa-se –Z em substantivos abstratos derivados de adjetivos (ácido – adjetivo = acidez (substantivo) , nos sufixos –izar e -ização (suavizar, civilização). Xampu, lagartixa, mexer, mecha, (ditongos) baixo, trouxa.
  10. 10. ACORDO ORTOGRÁFICA GUIA RÁPIDO
  11. 11. O Que muda?Mudanças no alfabetoO alfabeto passa a ter 26 letras. Foramreintroduzidas as letras k, w e y :ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ
  12. 12. TREMANão se usa mais o trema (¨), nos grupos gue, gui, que, qui.Antes: Agora:agüentar aguentar argüir arguircinqüenta cinquentao trema permanece apenas nas palavras estrangeiras e em suas derivadas.Exemplos: Müller, mülleriano.
  13. 13. REGRAS DE ACENTUAÇÃO Não se usa mais o acento dos ditongos abertos éi e ói das palavras paroxítonas (palavras que têm acento tônico na penúltima sílaba).Antes: AgoraAlcalóide alcaloideCoréia Coreiageléia geleiaAtenção: essa regra é válida somente para palavras paroxítonas. Assim, continuam a ser acentuadas as palavras oxítonas terminadas em éis, éu, éus, ói, óis. Ex: papéis, herói
  14. 14. REGRAS DE ACENTUAÇÃONas palavras paroxítonas, não se usa mais o acento no i e no u tônicos quando vierem depois de um ditongo.Antes AgoraBaiúca Baiucabocaiúva bocaiuvacauíla cauilaFeiúra feiuraAtenção: se a palavra for oxítona e o i ou o u estiverem em posição final (ou seguidos de s), o acento permanece. Ex: tuiuiús, Piauí.
  15. 15. REGRAS DE ACENTUAÇÃONão se usa mais o acento das pala-vrasterminadas em êem e ôo(s).Antes abençôocrêem (verbo crer)dêem (verbo dar)enjôolêem (verbo ler)AgoraabençoocreemDeemenjooleem
  16. 16. REGRAS DE ACENTUAÇÃONão se usa mais o acento que diferenciava os pares: pára/para, péla(s)/ pela(s), pêlo(s)/pelo(s), pólo(s)/polo(s) e pêra/pera.Antes Ele pára o carro. Ele foi ao pólo Norte. Ele gosta de jogar pólo. Esse gato tem pêlos brancos. Comi uma pêra.Agora Ele para o carro. Ele foi ao poloNorte. Ele gosta de jogarpolo. Esse gato tem pelos brancos. Comi uma pera.
  17. 17. Regras de acentuação•Permanece o acento diferencial em: pôde - forma do passado do verbo poder Pode - forma do presente do indicativo, na 3ª pessoa do singular. Ex: Ontem, ele não pôde sair mais cedo, mas hoje ele pode.• Permanece o acento diferencial em: Pôr - verbo e Por- preposição.Ex: Vou pôr o livro na estante que foi feita por mim.•Permanecem os acentos que diferenciam o singular do plural dosverbos ter e vir, assim como de seus derivados (manter, deter, reter,conter, convir, intervir, advir etc.)Ex:Ele tem dois carros. / Eles têm dois carros.Ele vem de Sorocaba. / Eles vêm de Sorocaba.Ele mantém a palavra. / Eles mantêm a palavra.
  18. 18. Regras de acentuaçãoÉ facultativo o uso do acento circunflexopara diferenciar as palavras forma/fôrma.Ex.: Qual é a forma da fôrma do bolo?Não se usa mais o acento agudo ou tônicodas formas (tu) arguis, (ele) argui, (eles)arguem, do presente do indicativo dosverbos arguir e redarguir.
  19. 19. Uso do hífenAs Dicas a seguir referem-se ao uso do hífen em palavrasformadas por prefixos ou por elementos que podemfuncionar como prefixos, como:aero, agro, além, ante, anti, aquém, arqui,auto, circum, co, contra, eletro, entre, ex,extra, geo, hidro, hiper, infra, inter, intra,macro, micro, mini, multi, neo, pan, pluri,proto, pós, pré, pró, pseudo, retro, semi,sobre, sub, super, supra, tele, ultra, vice etc.
  20. 20. Uso do hífenCom prefixos, usa-se sempre o hífen diante de palavrainiciada por h. Exemplos:anti-herói anti-higiênico anti-histórico macro-históriamini-hotel proto-história sobre-humano super-homemultra-humano extra-humano
  21. 21. Uso do hífenNão se usa o hífen quando o prefixo termina emvogal diferente da vogal com que se inicia osegundo elemento. Ex: aeroespacial agroindustrial anteontem antiaéreoantieducativo autoaprendizagem autoescolaautoestrada autoinstrução coautor coediçãoextraescolar infraestruturaExceção: o prefixo co aglutina-se em geral com osegundo elemento, mesmo quando este se iniciapor o: coobrigar, coobrigação, coordenar, cooperar,cooperação, cooptar, coocupante etc.
  22. 22. Uso do hífenNão se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal eo segundo elemento começa por consoante diferente der ou s.Ex: anteprojeto antipedagógicoautopeça autoproteção coprodução geopolítica microcomputadorpseudoprofessor semicírculo semideus seminovo ultramoderno.Atenção: com o prefixo vice, usa-se sempre o hífen.Exemplos: vice-rei, vice-almirante etc.Não se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal eo segundo elemento começa por r ou s. Nesse caso,duplicam-se essas letras.Ex: antirrábico antirracismo antirreligioso antirrugasantissocial biorritmo
  23. 23. Uso do hífenQuando o prefixo termina por vogal, usa-se o hífen se o segundo elemento começar pela mesma vogal. Ex: anti-ibérico anti-imperialista anti-inflacionário Quando o prefixo termina por consoante, usa-se o hífen se o segundo elemento começar pela mesma consoante. Ex: hiper-requintado inter-racial inter-regional sub-bibliotecário super-racista Atenção: Nos demais casos não se usa o hífen. Ex: hipermercado, intermunicipal
  24. 24. Uso do hífenCom o prefixo sub, usa-se o hífen também diante de palavra iniciada por R:sub-região, sub-raça.Com os prefixos circum e pan, usa-se o hífen diante de palavra iniciada por M,N e vogal:circum-navegação, pan-americano
  25. 25. Uso do hífenQuando o prefixo termina por consoante, não se usa o hífen se o segundo elemento começar por vogal.Ex: hiperacidez interestadual interestelar superamigo superaquecimentoCom os prefixos ex, sem, além, aquém, recém, pós, pré, pró, usa- se sempre o hífen.Ex: além-mar além-túmulo aquém-mar ex-aluno ex-diretor ex- hospedeiro pós-graduação pré-vestibular pró-europeu recém-casado sem-terra
  26. 26. Deve-se usar o hífen com os sufixos de origem tupi-guarani: açu, guaçu e mirim.Ex: amoré-guaçu, anajá-mirim, capim-açu.Deve-se usar o hífen para ligar duas ou mais palavras que ocasionalmente se combinam, formando não propriamente vocábulos, mas encadeamentos vocabulares.Ex: ponte Rio-Niterói, eixo Rio-São Paulo.Não se deve usar o hífen em certas palavras que perderam a noção de composição.Ex: girassol madressilva mandachuva paraquedas paraquedista pontapé

×