PROJETO INTEGRADO DE APRENDIZAGEM O USO DA TECNOLOGIA A FAVOR DA EDUCAÇÃO.    TUTOR: JOSÉ SOARES DA CUNHA FILHO AUTORES:  ...
Apresentação Após ter assistido a um vídeo com o depoimento de Ladislau Dowbor, argumentando que, apesar da explosão atual...
Desenvolvimento Para ministrar o conteúdo de Ciências que tratava da Reprodução Humana, dos Métodos Contraceptivos e das D...
Resultados Diante dos argumentos utilizados por Ladislau Dowbor, percebemos que se a Escola souber utilizar a tecnologia d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apr primavera

196 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
196
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
47
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apr primavera

  1. 1. PROJETO INTEGRADO DE APRENDIZAGEM O USO DA TECNOLOGIA A FAVOR DA EDUCAÇÃO.   TUTOR: JOSÉ SOARES DA CUNHA FILHO AUTORES: ANA PAULA DO CARMO SILVA, ELZA GOMES LEITE, MARIA DAS GRAÇAS FERREIRA VALE, MARIA GOMES FERREIRA MENDES, MARILEUDA GOMES COSTA, MARILEUZA FERNANDES COSTA SILVA E NENÍVEA DE MOURA COELHO.  
  2. 2. Apresentação Após ter assistido a um vídeo com o depoimento de Ladislau Dowbor, argumentando que, apesar da explosão atual do universo do conhecimento e das tecnologias correspondentes, a escola ainda está muito voltada para o repasse dos conteúdos dos livros e em sua visão, a escola deveria ter uma preocupação maior em capacitar o aluno na fase da organização das informações que adquire nas mais variadas fontes, para que elas sejam aproveitadas da melhor maneira na sua formação intelectual, proporcionando ao aluno a oportunidade de conhecer a teoria e a prática paralelamente, para evitar que, ao terminar os estudos, o aluno esteja alheio ao que acontece à sua volta, tendo aprendido apenas a teoria, mas esteja preparado para construir o seu próprio posicionamento diante do mundo. Concordando com o pensamento de Ladislau Dowbor resolvemos experimentar fazer uma aula de Ciências em que os alunos do 8º ano utilizassem a tecnologia para obter as informações e organizá-las da maneira que achassem melhor, demos a eles a missão de repassar tudo que aprenderam à turma do 7º ano no dia seguinte, o conteúdo tratava da Reprodução Humana, dos Métodos Contraceptivos e das Doenças Sexualmente Transmissíveis.
  3. 3. Desenvolvimento Para ministrar o conteúdo de Ciências que tratava da Reprodução Humana, dos Métodos Contraceptivos e das Doenças Sexualmente Transmissíveis, dividimos os alunos do 8º ano em grupos e levamos ao Laboratório de Informática para que pesquisassem na internet as informações sobre o assunto, elaborassem slides ou cartazes com as partes que julgassem de maior relevância. Pedimos a eles que estudassem em casa e se preparassem para no dia seguinte ministrar uma palestra para a turma do 7º ano. No dia todos estavam apreensivos e ansiosos, porém, realizaram a palestra com tanto entusiasmo que até pareciam profissionais da área, a turma que assistia ficou muito atenta, fizeram algumas perguntas, alguns sorriam ao conhecer alguns métodos contraceptivos, enfim, a palestra foi um sucesso.
  4. 4. Resultados Diante dos argumentos utilizados por Ladislau Dowbor, percebemos que se a Escola souber utilizar a tecnologia de maneira inteligente, estimulando o aluno a manter uma posição crítica diante das informações oferecidas pelas mídias, para construir o seu próprio conhecimento, a formação do aluno não será apenas de caráter acadêmico, mas também de caráter cidadão, desta maneira estará preparado para encarar os desafios propostos pelo mercado de trabalho e pela sociedade competitiva do mundo atual. Percebemos que quando é o próprio aluno quem constrói o conhecimento, ele dificilmente abrirá mão dele, pois ele vivenciou cada etapa da seleção e organização das informações. Isso nos fez acreditar que quanto mais o aluno trabalha na execução de uma tarefa, percebendo-se como sujeito ativo na produção do conhecimento, mais ele consegue absorver de tudo que é proposto para a sua formação.

×