O Verdadeiro Ensinamento

549 visualizações

Publicada em

Palestra do dia 30/04/2011

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
549
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
311
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Verdadeiro Ensinamento

  1. 1. O VERDADEIRO ENSINAMENTOPercepção e Aplicação
  2. 2. A sabedoria divina organiza tudo comtanta perfeição que, não só os bons,mas também os maus, concorrempara a mesma finalidade:O bem comum e a felicidade detodos.
  3. 3. Não devemos só aos espíritoselevados (nossos protetores)o nosso progresso.Devemo-lo também aos que nostentam, molestam e atribulam.
  4. 4. A psicologia da tentação funda-senas falhas e senões do nossocaráter.Cada um de nós é tentado atravésdas fraquezas próprias a cada um.
  5. 5. Se fossemos perfeitos estaríamosinacessíveis pelas tentações.Mesmo as pessoas que, aparentemente,não demonstram ter defeitos, sãoenvolvidas pelos espíritos“indesejáveis”, que descobrem abrecha, e atingem certeiramente o alvo.
  6. 6. Até mesmo os rinocerontes, quaseinvulneráveis às armas de fogo,possuem um ponto vulnerável,descoberto pelos caçadores = ofocinho.
  7. 7. Assim procedem os tentadores doespaço, quando querem fazer suascaçadas entre nós.Eles pressentem nossas fraquezascomo as aves da rapina farejam, delonge, a carne em decomposição.
  8. 8. O espíritos sem esclarecimento, noentanto, nos dão a oportunidade denos inteirarmos e convencermos deque somos realmente portadores detais ou quais imperfeições.
  9. 9. Os “indesejáveis” procedem comoos caricaturistas, com a diferençade que estes exageram os senõesfísicos, enquanto eles exageram ossenõesmorais ou psíquicos.Fazendo um paralelo aos caricaturistas...
  10. 10. Os “caricaturistas espirituais”acirram nossas tendênciaspecaminosas, incitam e fomentamtudo que podem encontrar em nósde inconfessável e vil.Dando às nossas paixões egoísticasdesmesurada expansão.Fazendo um paralelo aos caricaturistas...
  11. 11. Não há rinoceronte sem focinho enem Aquiles sem calcanhar.Quando nos apercebemos, já é tarde:caímos na tentação.Basta duvidar do conselho do Mestre:Orai e Vigiai, para que tal nosaconteça.
  12. 12. Passada a tormenta, serenado onosso ânimo e acalmada a fúria daspaixões, ficamos confusos eenvergonhados da figura quefizemos, vendo, refletida noespelho da consciência, a nossacaricatura moral !
  13. 13. E tantas vezes sucede, queacabamos por conhecermos a nósmesmos, condição essa essencialpara a obra de nossa regeneração eaperfeiçoamento.
  14. 14. Iniciamos então, a corrigir asdesarmonias de caráter, a fim denão sermos mais atingidos pelos“indesejáveis”, que, pretendendotentar-nos, acabam por nos prestarum dos mais relevantes serviços.
  15. 15. Oremos, pois, em favor dos nossoscaricaturistas, e louvemos aoSenhor que tudo organizou edispôs, visando ao nosso bem e aonosso progresso.
  16. 16. Jesus sempre ensinou através deparábolas, a fim de melhorinteressar e impressionar aos seusouvintes.E o nosso progresso deve ser buscado emtodos os momentos...
  17. 17. Da mesma forma que parasaborearmos os frutos despojamo-los de seus respectivos envoltórios,da mesma sorte para envolver oespírito ao entendimento dasparábolas, temos que despojá-lo daletra que a envolve.E o nosso progresso deve ser buscado emtodos os momentos...
  18. 18. Jamais se viu alguém pretenderque o trabalho em descascar ofruto, não compense o proveito quedele tiramos, já como alimento e jácomo portador de vitaminasessenciais a saúde e a vida docorpo.E o nosso progresso deve ser buscado emtodos os momentos...
  19. 19. Outros há, extravagantes, quecomem qualquer fruta com casca, equerem convencer os outros de queé assim que devem comê-la.E o nosso progresso deve ser buscado emtodos os momentos...
  20. 20. Estas pessoas desprezam o espíritoque vivifica e pregam a letra que mata.Ainda não experimentaram o legítimopaladar das parábolas de Jesus, cheiasde doçura e aroma, visto comoinsistem em comer qualquer frutacom casca!E o nosso progresso deve ser buscado emtodos os momentos...
  21. 21. Errar é humano.Permanecer, porém, no erro,tornar-se contumaz nesta ounaquela falta, escravizar-se aosmaus hábitos é, realmente, umadesonra para o homem.E qual é a necessidade do momento?
  22. 22. Não é, portanto, o erro que nosdegrada: é a submissão ao seudomínio.Deixar de reagir contra as própriasimperfeições é sinal evidente defraqueza moral.E qual é a necessidade do momento?
  23. 23. Ser tentado não é vergonha.O que afeta a nossa dignidade é cairna tentação.A tentação nobremente vencidacontribui para a consolidação docaráter, porque desenvolve asenergias anímicas.E qual é a necessidade do momento?
  24. 24. O mal não está propriamente natentação, mas na queda.Caso contrário ter-nos-ia Ele nosensinado a suplicar que aProvidência nos eximisse detentações.E qual é a necessidade do momento?
  25. 25. O homem progride e melhora,agindo, lutando.Impedir-lhe o passo, nesse terreno,é um crime.É preciso deixá-lo errar, para queaprenda a acertar.E qual é a necessidade do momento?
  26. 26. Se Deus quisesse, teria criado ohomem perfeito, mas não o fez.Criou-o perfectível, facultando-lhemeios e oportunidade deaperfeiçoar-se.E qual é a necessidade do momento?
  27. 27. A História da Humanidade tem sidoa eterna luta de raça contra raça,nacionalidade contranacionalidade, povo contra povo,igreja contra igreja, indivíduocontra indivíduo.
  28. 28. Este problema angustioso só temuma solução, que é aquelaapontada por Jesus ao seusprimitivos discípulos e da qual Eledeu o mais edificante exemplo:a renúncia de si mesmo pelo bemcoletivo.
  29. 29. Só a responsabilidade com nossaprópria vida resolvesatisfatoriamente os problemascapitais de nossa existência.

×