Justiça e Misericórdia

1.033 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.033
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
357
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • o
  • Justiça e Misericórdia

    1. 1. JUSTIÇA E MISERICÓRDIA
    2. 2. A justiça de Deus é a expressão de sua misericórdia. A misericórdia de Deus é a expressão da justiça.
    3. 3. Seria insensatez apegar-nos a um destes atributos e menosprezar o outro. Justiça e Misericórdia
    4. 4. O Filho Pródigo, da parábola, foi recebido caridosamente pelo pai, que comemorou a sua volta, com grande festa. Justiça e Misericórdia
    5. 5. A atitude do pai foi um ato de justiça ou misericórdia? Na parábola do filho pródigo:
    6. 6. O rapaz voltou arrependido, depois de ter suportado, com resignação, as consequências de seus desvarios. Na parábola do filho pródigo: Estava regenerado, compreendeu e confessava a grandeza de sua culpa.
    7. 7. Logo, a atitude do pai, recebendo-o com amor em seus braços, foi um ato de justiça expresso através da sua misericórdia. Na parábola do filho pródigo:
    8. 8. Se o pai deixasse de agir precisamente como agiu, não seria justo, seria cruel. Sendo misericordioso, foi também justo. Na parábola do filho pródigo:
    9. 9. O objeto da justiça é a misericórdia; o objeto da misericórdia é a justiça. Eis uma verdade, por mais paradoxal que pareça. Justiça e Misericórdia
    10. 10. A justiça de Deus tem o objetivo de regenerar o pecador. Justiça e Misericórdia
    11. 11. A lei da causalidade, que faz recair as consequências do mal sobre quem o pratica, acaba incompatibilizando o culpado com a culpa. Justiça e Misericórdia
    12. 12. O pecador convencer-se-á, após amargas experiências, de que toda dor que o fere, no fisico ou no moral, é fruto de seus atos, é efeito de causas por ele mesmo criadas. Justiça e Misericórdia
    13. 13. Imaginemos se Deus houvesse organizado suas leis de modo que somente a misericórdia existisse. Justiça e Misericórdia Qual seria o resultado?
    14. 14. O pecado não terminaria; e, com isso, o homem jamais se elevaria acima dos vícios e das paixões, tornando-se eterno escravo destas. Justiça e Misericórdia Isto seria a própria negação de sua misericórdia.
    15. 15. Que benefício poderá haver em evitar a dor, privando ao mesmo tempo o homem da conquista do seu maior bem – a liberdade, o triunfo do espírito sobre a matéria? Justiça e Misericórdia
    16. 16. Deus é Pai. Justiça e Misericórdia Mas é pai cujo caráter é perfeito. Ele quer o bem dos seus filhos, e sabe querê-lo inteligentemente.
    17. 17. Por isso é justo, e, ao mesmo tempo, misericordioso. Justiça e Misericórdia Sua justiça não compromete sua misericórdia, e sua misericórdia não compromete sua justiça.
    18. 18. QUE DEUS ABENÇOE A TODOS.

    ×