O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 12 - Milagres de nosso tempo

703 visualizações

Publicada em

Subsídios para lições bíblicas da CPAD elaborados pelo Pastor Natalino das Neves (IEADC-Sede).
Assista aos demais vídeos com estudos bíblicos e baixe os arquivos de slides referentes aos vídeos no blog:
http://goo.gl/PPDRnr

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

LBJ 2017 3 TRI LIÇÃO 12 - Milagres de nosso tempo

  1. 1. TEXTO DO DIA "Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente." (Hb 13.8)
  2. 2. SÍNTESE Os milagres são eventos naturais para Deus, mas sobrenaturais para os homens.
  3. 3. TEXTO BÍBLICO Lucas 1.26,27, 29-31, 34,35, 37,38.
  4. 4. 26 E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27 a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. 29 E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras e considerava que saudação seria esta. 30 Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus, 31 E eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.
  5. 5. 34 E disse Maria ao anjo: Como se fará isso, visto que não conheço varão? 35 E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; pelo que também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. 37 Porque para Deus nada é impossível. 38 Disse, então, Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra- se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.
  6. 6. INTRODUÇÃO
  7. 7. INTRODUÇÃO • O verdadeiro Cristianismo acredita nos milagres de Deus. • O materialismo, porém, defende que a natureza é a única realidade existente (Engels), sendo ela própria sua causa primeira (e não Deus), a qual funcionaria com base em leis naturais fundamentais. • Milagre é uma questão de fé e nem tudo é possível comprovação científica. • Einstein dizia: "o mais incompreensível do mundo é que ele seja compreensível".
  8. 8. I - MILAGRE: A INVASÃO DO SOBRENATURAL
  9. 9. 1. Possibilidade universal. • A possibilidade universal (a ideia de que tudo é possível) é um dos pressupostos da ciência. • Para analisar a ocorrência de um milagre, o cientista deve despir-se de qualquer preconceito quanto ao resultado de sua pesquisa, fato extremamente raro nos dias atuais. • Deus é a causa de tudo e tem poder sobre tudo. AP – Você crê na soberania de Deus e na existência de milagres divinos?
  10. 10. 2. Evidência histórica dos milagres • Os céticos dos milagres bíblicos comentam sobre as superstições dos escritores, do comprometimento das testemunhas, das aparentes contradições dos relatos. • No entanto, todos os apóstolos, à exceção de João, foram martirizados. Eles não morreriam por uma mentira. • As narrativas dos Evangelhos são complementares e contadas a partir de várias perspectivas, de acordo com a origem e propósito dos autores. • Os Evangelhos são imparciais ao narrar sobre episódios de traição, covardia, dúvida, fraqueza, desunião, inveja, envolvendo as pessoas do ciclo íntimo de Jesus. AP – Você acredita nas evidências bíblicas dos milagres?
  11. 11. 3. Definição - a invasão • O milagre não quebra nem suspende as leis da natureza, mas simplesmente a invade. • Lázaro, a filha de Jairo ou o filho da viúva de Naim experimentaram uma invasão do sobrenatural, mas logo depois seus corpos estavam novamente normais, sujeitos à morte, como sempre. • O que aconteceu foi uma intervenção, uma invasão, que logo foi absorvida pela vida natural. Seus resultados seguem de acordo com a lei natural. • Essa invasão de um poder de fora da natureza é intolerável para os materialistas e até para certos cristãos.
  12. 12. PENSE Será que, para Deus, existe diferença entre coisas naturais e sobrenaturais?
  13. 13. PONTO IMPORTANTE Na ótica humana é possível distinguir entre natural e sobrenatural, mas para o Senhor todos os fenômenos são naturais, por isso tudo é possível para Ele (Lc 1.37).
  14. 14. II - CRISTIANISMO: A HISTÓRIA DE UM GRANDE MILAGRE
  15. 15. 1. O fenômeno milagroso na fé cristã • Diferentemente do hinduísmo, budismo e islamismo, dentre outras, "o Cristianismo é a história de um grande Milagre“ (C. S. Lewis). • Sem dúvida, toda a narrativa bíblica é envolta em milagres. • O Deus criador também intervém na criação, segundo o seu propósito. • A teologia pode ser considerada um efeito residual dos milagres, pois eles sustentam quase tudo que se conhece sobre o caráter do Altíssimo.
  16. 16. 2. Encarnação - o principal milagre • A Encarnação de Cristo foi o principal milagre que ocorreu, ela representa a total desconstrução da razão humana: • a capacidade do Todo-Poderoso apequenar-se, • do Eterno tornar-se temporal, • do Transcendente vir a ser imanente, • da Suprema Vida sujeitar-se à morte, a fim de harmonizar-se com uma humanidade decaída, escravizada pelo pecado. • O exemplo vegetal da semente é utilizada para ilustrar o maior dos milagres, a encarnação, que para cumprir sua missão, precisa primeiramente morrer. • Como pode o ser humano entender essa revelação?
  17. 17. 3. Milagres que escravizam • Dostóievski escreveu que Jesus, dias antes da crucificação, não fez milagres, porque não queria escravizar os homens. • Isso não aconteceu somente na semana da crucificação, Jesus nunca quis conquistar discípulos pelos milagres. • Há igrejas modernas que fazem o milagre ser importante em si mesmo. • O milagre é um referencial no relacionamento com Deus. • Os milagres não são para a dominação e exploração humana, mas para manifestação do poder e misericórdia de Deus.
  18. 18. PENSE Por que a grande mídia não repercute com frequência os milagres verdadeiros do nosso tempo?
  19. 19. PONTO IMPORTANTE Grandes milagres acontecem o tempo todo, o problema é que alguns formadores de opinião tentam esconder "as montanhas" de Deus apenas fechando os olhos.
  20. 20. III - MILAGRE: O SIMBOLISMO DO PODER DE DEUS
  21. 21. 1. Definição • A palavra milagre, do latim miraculum, significa "maravilhar-se", que é o sentimento que deve envolver quem o presencia. • A coisa mais maravilhosa em qualquer milagre é a ação, em amor, do Todo-Poderoso na vida de um mortal. • O simbolismo do milagre, o que ele significa, supera em muito o milagre em si (Êx 3; 2 Rs 2; Ap 1). • Os evangelistas destacam alguns milagres por causa daquilo que eles simbolizam. • Por isso, se faz necessário analisar cuidadosamente o contextos das narrativas dos milagres para entender o que simbolizam.
  22. 22. 2. O Céu tocando a Terra • O ponto de intersecção entre a natureza e o milagre é a causa primária de ambos: Deus. • O criador pode invadir as leis fixas, regulares da vida material, sem prévia licença e sem alterá-las. • Jesus chegou justamente no 4º dia (acreditava-se que a alma permanecia até o 3º dia no corpo) para ressuscitar a Lázaro para dissipar qualquer dúvida sobre sua identidade. Ele falou disso explicitamente aos discípulos. • Lucas, em Atos, narra uma pequena quantidade de milagres de Pedro e Paulo, mas cita que realizaram muitos milagres, mas não os especifica. • O importante é o simbolismo deles e não a quantidade.
  23. 23. 3. O milagre nosso de cada dia • A vida de cada cristão é permeada por pequenos milagres, diariamente. • Livramentos, provisões, curas etc., afinal "o justo viverá da fé". • Os milagres não acontecem somente com os cristãos. Deus é soberano e faz o que lhe apraz. • Nem tudo é para ser entendido. Em algumas ocasiões Jesus deixou isso claro aos seus discípulos. AP – Você acredita que acontecem milagres no nosso dia a dia?
  24. 24. PENSE O simbolismo dos milagres é mais importante que o próprio milagre? Como pode ser isso?
  25. 25. PONTO IMPORTANTE O milagre deve ser observado, sobretudo, simbolicamente, porque seu objetivo maior é trazer uma conexão mais importante que ele mesmo - o maravilhamento!
  26. 26. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  27. 27. CONSIDERAÇÕES FINAIS 1. A forma como os apóstolos deram a sua vida pelo Evangelho e a imparcialidade dos escritores evangelistas são evidências da veracidade de milagres. 2. Toda a narrativa bíblica e a história do cristianismo é envolta em milagres. 3. O que importa nos milagres é o que eles simbolizam. Por isso, deve-se analisar cuidadosamente o contextos das narrativas dos milagres para entender o que simbolizam.
  28. 28. REFERÊNCIAS COLSON, Charles; PEARCEY, Nancy. O Cristão na Cultura de Hoje. 2.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006. COMENTÁRIO BÍBLICO BEACON. Rio de Janeiro: CPAD, 2005. DANIELS, Robert. Pureza Sexual. Rio de Janeiro: CPAD, 2001. DEVER, M. A Mensagem do Antigo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2008. DICIONÁRIO BÍBLICO WYCLIFF. Rio de Janeiro: CPAD, 2009. LIÇÕES BÍBLICAS JOVENS. Tempo para todas as coisas. 3º Trim., Edição Professor, Rio de Janeiro, CPAD, 2017. McDOWELL, Josh; McDOWELL, Sean. Evidências da Ressurreição. Rio de Janeiro: CPAD, 2012
  29. 29. REFERÊNCIAS RICHARDS, Lawrence O. Guia do Leitor da Bíblia: Uma análise de Gênesis a Apocalipse capítulo por capítulo. 10ª ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2012. RICHARDS, Lawrence. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2007. SOARES, Reynaldo Odilo Martins. Tempo para todas as coisas. Rio de Janeiro: CPAD, 2017. SWINDOLL, Charles R. Vivendo Provérbios. Rio de Janeiro: CPAD, 2013.
  30. 30. Pr. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br Facebook: www.facebook.com/natalino.neves Contatos: natalino6612@gmail.com (41) 98409 8094 (TIM)

×