Florestamento e
Reflorestamento
Míria Cirqueira
Florestamento
 É a implantação de florestas em áreas que não eram florestadas
naturalmente.
 É a conversão diretamente i...
 Consiste na prática econômica, dentro da engenharia florestal, de cultivo
intensivo de árvores para a produção de madeir...
Reflorestamento
 É a conversão diretamente induzida pelo homem de terreno não florestal para terreno
florestal através da...
 Os objetivos podem ser comerciais (produção de produtos madeireiros e não-
madeireiros)
 ou ambientais (recuperação de ...
As árvores mais indicadas para o
florestamento e ou reflorestamento
manejado são:Pinus
 Por ter rápido crescimento é larg...
PINUS( P. elliottii e P.taeda)
Eucalipto (GRANDIS, UROGRANDIS, CITRIODORA E
UROPHILA).
 O Eucalipto está se tornando uma excelente alternativa de negóci...
Florestamento e reflorestamento,tecnicas de trabalho!!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Florestamento e reflorestamento,tecnicas de trabalho!!

3.365 visualizações

Publicada em

Tudo que sei sobre Florestamento e Reflorestamento

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
88
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Florestamento e reflorestamento,tecnicas de trabalho!!

  1. 1. Florestamento e Reflorestamento
  2. 2. Míria Cirqueira
  3. 3. Florestamento  É a implantação de florestas em áreas que não eram florestadas naturalmente.  É a conversão diretamente induzida pelo homem de terreno que não foi floresta por um período de pelo menos 50 anos para floresta, através da plantação, semeadura, ou promoção induzida pelo homem de fontes naturais de sementes. É a conversão induzida diretamente pelo homem de terra que não foi florestada por um período de pelo menos 50 anos, em terra florestada por meio de plantio, semeadura e/ou a promoção induzida pelo homem de fontes naturais de sementes (definição empregada para as atividades de uso da terra, mudança no uso da terra e florestas, no âmbito do Artigo1.3, parágrafos 3 e 4, do Protocolo de Quioto).
  4. 4.  Consiste na prática econômica, dentro da engenharia florestal, de cultivo intensivo de árvores para a produção de madeira, celulose, carvão vegetal, etc. Difere do reflorestamento na medida em que neste o cultivo se dá com árvores nativas, objetivando a recuperação do ecossistema nativo - enquanto no florestamento espécies econômicas são o objeto de plantio, tais como eucalipto, coníferas, erva-mate, canela e outras. O termo designa, ainda, à formação de matas em lugares onde não existiam originalmente florestas, ou estas tenham sido arrancadas há muito tempo.
  5. 5. Reflorestamento  É a conversão diretamente induzida pelo homem de terreno não florestal para terreno florestal através da plantação, semeadura, ou promoção induzida pelo homem de fontes naturais de sementes, em terreno que foi florestal mas que foi convertido para terreno não florestal.  Dando uma mãozinha à natureza, aceleramos a recuperação das áreas atingidas pelo desmatamento de causas naturais ou causado pelo homem.  Sendo assim uma forma moderna além de rápida e segura, o Reflorestamento deve ser feito não apenas com o plantio de árvores, mas uma mistura de todas as espécies da região, para que as formas transitórias e não transitórias de pequeno e médio porte forneçam subsídios por ex. sombra, para que as de porte elevado que demoram mais a se desenvolver por serem mais exigentes, se desenvolvam "protegidas".  Não devemos esquecer que as árvores têm um papel importante também na preservação e conservação da FLORA, sendo assim, devemos adicionar à nossa "mistura" árvores que produzem flores e frutos. 
  6. 6.  Os objetivos podem ser comerciais (produção de produtos madeireiros e não- madeireiros)  ou ambientais (recuperação de áreas degradadas, melhoria da qualidade da água, etc.)  Reflorestamento é um ato de consciência ambiental, mas tem de ser feito com cuidado, pois seu resultado pode sair extremamente errado.   O desmatamento causado pela corte de árvores nativas, usadas nos diversos setores industriais de beneficiamento, ou pura e simplesmente para a produção de carvão vegetal tem causado sérios problemas à natureza e ao nosso meio ambiente, como o aquecimento global, sem contar que muitas das árvores já se extinguiram ou estão em extinção.  Nesta área nossa empresa oferece serviços de reflorestamento para fins econômicos ou ecológicos em áreas:
  7. 7. As árvores mais indicadas para o florestamento e ou reflorestamento manejado são:Pinus  Por ter rápido crescimento é largamente utilizado na confecção de móveis, construção leve e pesada, na produção de lâminas e chapas, na indústria de papel e celulose, por ter fibras longas é bastante requisitado na produção de embalagens, etc.  A extração de Resina do PINUS é usada para a produção de breu (para elaboração de tintas, vernizes, laquês, sabões, colas, graxas, esmaltes, ceras, adesivos, explosivos, desinfetantes, isolantes térmicos, etc.) e terebintina ( na elaboração de tintas, vernizes, corantes, vedantes para madeira, reagentes químicos, cânfora sintética, desodorantes, inseticidas, germicidas, óleos, líquidos de limpeza, etc.) , etc.  A madeira do PINUS tem um tom de cor branco/amarelo.  Já o pinus, quando para madeira nobre, pode ser derrubado, em média, com 17 anos.  Se for para a fabricação de papel, este prazo cai para até 7 anos. 
  8. 8. PINUS( P. elliottii e P.taeda)
  9. 9. Eucalipto (GRANDIS, UROGRANDIS, CITRIODORA E UROPHILA).  O Eucalipto está se tornando uma excelente alternativa de negócio, pois pode ser utilizado para produção de mudas, na fabricação de cercas, palanques, mourões, postes, carvão, fabricação de papel e celulose, na construção civil, indústria de móveis, etc.  Uso - de 12 a 15 anos após o plantio  O EUCALIPTO historicamente sempre ocupou um lugar de destaque na extração de ÓLEO ESSENCIAL para obtenção de compostos aromáticos e produção de fragrâncias e aromas, destinadas às indústrias de perfumes, cosméticos, produtos alimentares, farmacêuticos e de higiene, pela simples destilação de suas folhas mediante o uso de vapor d'água.  As folhas depois de destiladas fornecem energia para geração de vapor, bem como são usadas como adubo orgânico.

×