Outubro 2011 O Renascimento Asiático  Tópicos para um retrato sócio-económico
O que é a Ásia? Existe uma Ásia? <ul><li>Maior e mais populoso continente, cobrindo 30% da superfície terrestre do globo, ...
A Ásia recupera a centralidade de grande potência  Império do Meio
Uma viagem não sem percalços <ul><li>« The greatest invention of the XX century was air-conditioning! »  Lee Kuan Yew, Che...
O Renascimento Asiático Uma translação implícita
Altíssimas expectativas <ul><li>A ascensão asiática nas últimas cinco décadas é uma história de sucesso económico sem par,...
Duas realidades lado a lado! Source: Education at a Glance 2007: OECD Indicators   High-School Graduates   Source: Wolfram...
Com repercussão económica! Source: Wolfram-Alpha   Source: Wolfram-Alpha   Source: Wolfram-Alpha   Source: Wolfram-Alpha  ...
A ascensão económica da Ásia
Os motores Asiáticos de Crescimento <ul><li>Relatório do Asian Development Bank: “ ASIA 2050 – Realizing the Asian Century...
3 grandes blocos – classificação ADB DESENVOLVIDOS Brunei;  Hong Kong;  Japan;  Republic of Korea;  Macau;  Singapore; Tai...
Um novo paradigma de acumulação de riqueza
Desafios comuns a toda a Ásia <ul><li>Modelo concertado de actuação em 3 níveis </li></ul><ul><li>Terciarização </li></ul>...
Desafios comuns a toda a Ásia <ul><li>Riscos de travagem económica após 30 anos de crescimento acelerado, num modelo não s...
Gerindo uma urbanização massiva <ul><li>Competitividade do modelo asiático repousa em respostas visionárias a desafios nun...
As grandes capitais migram para a Ásia <ul><ul><li>Dianteira em eficiência energética, nas comunicações e com elevada qual...
O lado visivel, quando tudo corre bem Beijing -2010 Jakarta  2011 Hong Kong – Terminal Marítimo 2013 Kuala Lumpur -2011 Mu...
Coalescência de interesses regionais, e imposição duma nova Agenda Global  <ul><li>Progresso exige incremento de cooperaçã...
Os dois epílogos <ul><li>Cenário 1 </li></ul><ul><li>Cenário 1 : Ásia define o seu próprio destino. Salto quântico para ec...
O maior mercado de consumo da classe média!  <ul><li>Se os mercados comandam as economias, entrámos num ciclo virtuoso em ...
Os Blocos Asiáticos em Comparação
O atraso da India sobre a China  <ul><ul><li>xxxx. </li></ul></ul>… pode ser recuperável em menos de 10 anos
CHINA vs. INDIA ..com implicações no resto do Mundo
Miguel Crespo  [email_address]
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

201110 retrato socio económico dos países asiáticos

779 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

201110 retrato socio económico dos países asiáticos

  1. 1. Outubro 2011 O Renascimento Asiático Tópicos para um retrato sócio-económico
  2. 2. O que é a Ásia? Existe uma Ásia? <ul><li>Maior e mais populoso continente, cobrindo 30% da superfície terrestre do globo, e 60% da população mundial . </li></ul><ul><li>Ásia começa às portas da Europa, no Canal do Suez ou Estreito do Bósforo. Toca no Ártico, no Oceano Índico e estende-se pelo Pacífico. </li></ul><ul><li>Ásia, é um conceito cultural para o continente mais geografica- e etnicamente mais heterogéneo . Não há uma história unificadora, uma língua comum, nem alianças históricas. </li></ul><ul><li>Contrastes subsistem apesar do milagre económico: metade dos pobres no mundo vivem na Ásia. A fábrica do mundo, líder em novas tecnologias, mas com exércitos de analfabetos ou desempregados . </li></ul><ul><li>Extensão territorial inesgotável, mas hiper-concentração demográfica em “Cidades-Estado”. </li></ul><ul><li>Países ricos de gente pobre , em contraste com Ocidente Pobre de gente rica </li></ul><ul><li>Modelo ultra-liberal, destituído de estado social . Elevadas taxas de poupança, mas propensão imparável ao consumo. </li></ul><ul><li>“ Can-Do attitude ”, e confiança num futuro brilhante, e materialista </li></ul>
  3. 3. A Ásia recupera a centralidade de grande potência Império do Meio
  4. 4. Uma viagem não sem percalços <ul><li>« The greatest invention of the XX century was air-conditioning! » Lee Kuan Yew, Chefe de Estado fundador de Singapura </li></ul><ul><li>Viagem de Deng Xiao Ping a Cantão em 1979. Criação de Zonas Economicas Especiais (Shenzhen, Zhuhai) </li></ul><ul><li>1995: Entrada da Índia na OMC </li></ul><ul><li>1997: Crise financeira asiática em 1997 (incidindo sobre Tailândia, Coreia, Indonésia, Malásia, Filipinas e HK) </li></ul><ul><li>2001: Entrada da China na OMC </li></ul><ul><li>Jogos Olímpicos de Beijing 2008 / Expo Shanghai 2010: E a China sente que chegou a sua hora! </li></ul><ul><li>2015: China elimina restrições ao fluxo de capitais e permite livre flutuação da moeda, país mostra-se rico e fabrica inflação </li></ul><ul><li>2010-2020: Índia reduz drasticamente barreiras alfandegárias </li></ul><ul><li>2050: Sem Piloto-Automático a Ásia pode recuperar a centralidade perdida para o Ocidente há 500 anos (Descobrimentos) ou 250 anos (Revolução Industrial) </li></ul>
  5. 5. O Renascimento Asiático Uma translação implícita
  6. 6. Altíssimas expectativas <ul><li>A ascensão asiática nas últimas cinco décadas é uma história de sucesso económico sem par, se bem que menor no plano do desenvolvimento social e político. </li></ul><ul><li>A Ásia financiou a expansão consumista do Ocidente entre 1990 e 2010. </li></ul><ul><li>Até 2050: Ásia posiciona-se como principal mercado de consumo, liderando a retoma de longo prazo </li></ul><ul><li>Em 2050, metade da produção, comércio e investimento deverão estar sedeados na Ásia. </li></ul><ul><li>A transformação em curso pode multiplicar por 6 o rendimento per capita na Ásia (10x para a China e 30x para a India), para níveis similares aos da Europa, e o padrão consumista virá ao de cima. </li></ul><ul><li>Marcha para a Prosperidade encerra enormes desafios: </li></ul><ul><ul><li>suster taxas de crescimento aceleradas, </li></ul></ul><ul><ul><li>gerir expectativas, </li></ul></ul><ul><ul><li>controlar desemprego, </li></ul></ul><ul><ul><li>conter desigualdades, </li></ul></ul><ul><ul><li>diminuir pegada ecológica e </li></ul></ul><ul><ul><li>gerir tensões geo-políticas </li></ul></ul>
  7. 7. Duas realidades lado a lado! Source: Education at a Glance 2007: OECD Indicators High-School Graduates Source: Wolfram-Alpha Source: Wolfram-Alpha Source: Wolfram-Alpha Source: Wolfram-Alpha <ul><li>Demografia, educação e grandes megalópolis produzem resultados. </li></ul>
  8. 8. Com repercussão económica! Source: Wolfram-Alpha Source: Wolfram-Alpha Source: Wolfram-Alpha Source: Wolfram-Alpha 3 factores explicativos: Avanço tecnológico / acumulação de capital / crescimento da população activa Ocidente: Populações ricas em Países Pobres Ásia: Países ricos com Populações Pobres
  9. 9. A ascensão económica da Ásia
  10. 10. Os motores Asiáticos de Crescimento <ul><li>Relatório do Asian Development Bank: “ ASIA 2050 – Realizing the Asian Century ” </li></ul><ul><li>Poder de propulsão concentrado em 7 países: República Popular da China, Índia, Indonésia, Japão, Coreia do Súl, Malásia e Tailândia. </li></ul><ul><ul><li>2010: 78% da pop.asiática / 87% do PIB asiático </li></ul></ul><ul><ul><li>2050: 73% da pop.asiática / 90% do PIB asiático, ou 45% do PIB mundial! </li></ul></ul><ul><li>2050: Rendimento per capita atinge USD 46,000 em PPP, 25% acima da média mundial prevista em USD 37,000. </li></ul>
  11. 11. 3 grandes blocos – classificação ADB DESENVOLVIDOS Brunei; Hong Kong; Japan; Republic of Korea; Macau; Singapore; Taiwan; c/ Rendimento per Capita >USD12,196 LOCOMOTIVAS Armenia; Azerbaijan; Cambodia; China; Georgia; India; Indonesia; Kazakhstan; Malaysia; Thailand ; Viet Nam IRRELEVANTES : 31 países tais como Afghanistan; Bangladesh; Bhutan; Iran ; Laos; Mongolia; Myanmar; Nepal; Pakistan ; Philippines ; Sri Lanka.  Progresso tecnológico  Acumulação de capital  Crescimento da força de trabalho
  12. 12. Um novo paradigma de acumulação de riqueza
  13. 13. Desafios comuns a toda a Ásia <ul><li>Modelo concertado de actuação em 3 níveis </li></ul><ul><li>Terciarização </li></ul><ul><li>Envelhecimento </li></ul><ul><li>Intensidade energética </li></ul><ul><li>Modelo social </li></ul><ul><li>Cidades sustentáveis </li></ul><ul><li>Partilha de recursos naturais </li></ul><ul><li>Politicas ambientais </li></ul><ul><li>Transportes </li></ul><ul><li>Fronteiras e fluxos migratórios </li></ul><ul><li>Segurança </li></ul><ul><li>Espaços económicos alargados </li></ul><ul><li>Crescimento inclusivo </li></ul><ul><li>Mercado comum / União monetária </li></ul><ul><li>Conquista de relevo político </li></ul><ul><li>Modelo civilizacional distinto </li></ul><ul><li>Novo Kyoto </li></ul>
  14. 14. Desafios comuns a toda a Ásia <ul><li>Riscos de travagem económica após 30 anos de crescimento acelerado, num modelo não sustentável. Como recrear em permanência a vantagem comparativa? </li></ul><ul><li>Competição feroz por recursos naturais finitos (energia, água, terra fértil, ar puro, alimentos não-contaminados). </li></ul><ul><li>Urbanização acelerada, com risco de exclusão das classes mais desfavorecidas em ghettos. </li></ul><ul><li>Gestão de megalópolis sem precedentes: população urbana duplica para 3.1bn, com 80% do PIB gerado em cidades. </li></ul><ul><li>Aumento do fosso entre ricos e pobres, em regimes sem Estado Social. </li></ul><ul><li>Declínio continuado na qualidade e credibilidade das instituições (políticas, judiciais, económicas, de segurança). </li></ul><ul><li>Riscos económicos, sociais e de instabilidade política. </li></ul><ul><ul><li>Escalada de tensões geopolíticas não-geríveis em organismos não-asiáticos. Rescaldo da 2ª Guerra Mundial nunca foi concluído. </li></ul></ul><ul><ul><li>Disputas sérias sobre águas territoriais </li></ul></ul><ul><ul><li>Disputa sobre rios (Himalaias, Kashmir, Tailândia) </li></ul></ul><ul><ul><li>Sociedade civil organiza-se </li></ul></ul><ul><li>Cultura hermética, pouco aberta ao mundo (ocidental) nos últimos séculos </li></ul><ul><li>Retrocessos ocorrem: Brasil 1930, Japão 1980 </li></ul>..com implicações no resto do Mundo
  15. 15. Gerindo uma urbanização massiva <ul><li>Competitividade do modelo asiático repousa em respostas visionárias a desafios nunca antes colocados, de organização em mega-cidades. </li></ul><ul><ul><li>Dianteira económica-científica-inovação-tecnologia </li></ul></ul><ul><ul><li>Dianteira em eficiência energética, nas comunicações e com elevada qualidade de vida percepcionada </li></ul></ul>
  16. 16. As grandes capitais migram para a Ásia <ul><ul><li>Dianteira em eficiência energética, nas comunicações e com elevada qualidade de vida percepcionada </li></ul></ul><ul><ul><li>Em 2025, 25 das 50 cidades mais poderosas do mundo, estarão na Ásia. Em 2007 eram 8! </li></ul></ul>
  17. 17. O lado visivel, quando tudo corre bem Beijing -2010 Jakarta 2011 Hong Kong – Terminal Marítimo 2013 Kuala Lumpur -2011 Mumbai -2020
  18. 18. Coalescência de interesses regionais, e imposição duma nova Agenda Global <ul><li>Progresso exige incremento de cooperação e integração regionais: </li></ul><ul><ul><li>Suster conquistas económicas em caso de choques externos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Alavancagem de posições comuns fora da Ásia, e respaldo para reformas difíceis </li></ul></ul><ul><ul><li>Criação dum mercado único asiático implica fomento da interconectividade (transportes, energia, capital financeiro, capital humano) </li></ul></ul><ul><ul><li>Mitigação de assimetrias sociais entre países </li></ul></ul><ul><ul><li>Sinergias em gestão de recursos naturais, energéticos, e gestão de catástrofes </li></ul></ul><ul><ul><li>Construção de laços políticos em ciclo favorável. </li></ul></ul><ul><ul><li>Articulação de agenda diplomática comum perante Ocidente / África / Rússia / LatAm </li></ul></ul><ul><ul><li>“ As Asia becomes the center of the global economy, it ill be in its self-interest that the rest of world is also doing well economically and politically.” </li></ul></ul><ul><ul><li>ADB Report, Realizing the Asian Century, May 2011 </li></ul></ul>
  19. 19. Os dois epílogos <ul><li>Cenário 1 </li></ul><ul><li>Cenário 1 : Ásia define o seu próprio destino. Salto quântico para economia baseada em ganhos de produtividade. </li></ul><ul><li>Cenário 2 : Ásia na sombra do mundo ocidental. Estagnação, se Ásia não evoluir de modelo assente em disponibilidade de recursos (humanos e capital) </li></ul>Cenário 2
  20. 20. O maior mercado de consumo da classe média! <ul><li>Se os mercados comandam as economias, entrámos num ciclo virtuoso em que inovação, divulgação, penetração, consolidação se transferem para a Ásia. </li></ul><ul><li>O consumo privado passou a ser principal motor do crescimento económico nestes países. </li></ul>2010* Middle Class Population 200-400 50-100 10 100 25 8 * - estimativa do autor, com base em fontes variadas
  21. 21. Os Blocos Asiáticos em Comparação
  22. 22. O atraso da India sobre a China <ul><ul><li>xxxx. </li></ul></ul>… pode ser recuperável em menos de 10 anos
  23. 23. CHINA vs. INDIA ..com implicações no resto do Mundo
  24. 24. Miguel Crespo [email_address]

×