Aulas 23 e 24
Gramática
Apostila caderno 2015
TURMA 103 – 10 e 12/06/15
TURMAS 101 e 102 – 10/06/15
TURMA 104 – 12/06/15
As palavras da língua
1. Léxico  conjunto de palavras de um idioma.
2. O léxico é dinâmico, já que é expressão da cultura...
As palavras da língua
A criação de palavras configura NEOLOGISMO (contrário
de ARCAÍSMO).
1 - Neologismo semântico - quand...
As palavras da língua
2 - Neologismo lexical - quando de fato a palavra é nova e
detém novo conceito:
Exemplos: deletar (e...
As palavras da língua
O processo neológico exige duas condições:
1.ª estruturação adequada em nosso idioma;
2.ª ausência d...
As palavras da língua
Para se conferir se determinado vocábulo existe oficialmente
na língua (e não só na nossa imaginação...
As palavras da língua
As palavras da língua
5. Toda língua possui mecanismos próprios para criar as
palavras de que seus falantes necessitam.
6....
As palavras da língua
Para compreender os processos de formação de palavras do
português, são necessários três conceitos b...
As palavras da língua
Exemplos:
real
real ista
real ismo
real izar
real idade
Radical
significado
básico
Aquele que pratic...
As palavras da língua
Afixos: prefixos e sufixos
Afixo é o nome genérico que se dá a certos segmentos
agregados a um radic...
As palavras da língua
Prefixos
Os prefixos alteram o sentido das palavras, mas não a
classe gramatical a que elas pertence...
As palavras da língua
Sufixos
É muito comum o sufixo ser usado para promover a
mudança da palavra de uma classe para outra...
As palavras da língua
A essas mínimas unidades de sentido denominamos
elementos mórficos ou morfemas. Exemplos:
bel + íssi...
As palavras da língua
LIVREIROS PEDREIRO Φ
Radical
significado
básico
Radical + Sufixo
MORFEMAS
LEXICAIS
Vazio
informação ...
As palavras da língua
MORFEMAS
Radical – traz a significação básica da palavra
nominal - fecha a palavra primitiva: mesa ...
As palavras da língua
RADICAL
FELIZ – palavra atemática, não tem vogal temática
PREFIXO SUFIXO
Há também as vogais ou cons...
As palavras da língua
Processos de formação de palavras - No Português, há dois
processos básicos para formar palavras nov...
As palavras da língua
Tipos de derivação
15. Prefixal: é o processo pelo qual se criam palavras novas por
meio da anexação...
As palavras da língua
17. Parassintética: é o processo pelo qual se criam palavras
novas pela agregação simultânea de pref...
As palavras da língua
18. Regressiva: processo pelo qual se criam palavras novas
pela subtração de um segmento da base. Po...
As palavras da língua
19. Imprópria é o mecanismo pelo qual uma palavra muda de
classe gramatical sem alterar a forma (bas...
As palavras da língua
As palavras da língua
Tipos de composição
20. Justaposição: quando as bases agregadas conservam a
mesma pronúncia que poss...
As palavras da língua
Tipos de composição
21. Aglutinação: quando as bases agregadas alteram, de
alguma forma, a pronúncia...
As palavras da língua
Palavras cognatas e hibridismo
22. Palavras cognatas ou da mesma família etimológica: são
aquelas qu...
As palavras da língua
Palavras cognatas e hibridismo
23. Hibridismos: são palavras em cuja formação entram
elementos de id...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Profª Márcia Lídia |1º ANO |Gramática aulas 23 e 24

419 visualizações

Publicada em

Profª Márcia Lídia |Gramática aulas 23 e 24 |1º ANO

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
419
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
54
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Profª Márcia Lídia |1º ANO |Gramática aulas 23 e 24

  1. 1. Aulas 23 e 24 Gramática Apostila caderno 2015 TURMA 103 – 10 e 12/06/15 TURMAS 101 e 102 – 10/06/15 TURMA 104 – 12/06/15
  2. 2. As palavras da língua 1. Léxico  conjunto de palavras de um idioma. 2. O léxico é dinâmico, já que é expressão da cultura de um povo. 3. Todo idioma tem necessidade de criar palavras novas para preencher espaços vazios no léxico. 4. Criam-se palavras ou para denominar novas descobertas do mundo da ciência e da técnica, ou para exprimir novas interpretações de fenômenos já conhecidos. Formam-se palavras também para transportar palavras de uma classe para outra e para acrescentar certos traços de significado às palavras tomadas como base.
  3. 3. As palavras da língua A criação de palavras configura NEOLOGISMO (contrário de ARCAÍSMO). 1 - Neologismo semântico - quando uma palavra já existente passa a ter nova conotação, novo significado: Exemplos: Estou a fim de Juca. (estou interessada); Vou fazer um bico. (trabalho provisório). ”…a palavra, frase ou expressão nova, ou palavra antiga com sentido novo". (Aurélio Buarque de Holanda) “Palavra ou expressão antiga que já caiu em deduso.” Ceroula (cueca) / Vosmecê (você) / Quiçá (talvez)
  4. 4. As palavras da língua 2 - Neologismo lexical - quando de fato a palavra é nova e detém novo conceito: Exemplos: deletar (eliminar); juridiquês (linguagem do Direito). 3 - Neologismo sintático - combina elementos já existentes na língua para criar um novo vocábulo, por esquema de derivação ou composição, entre outros: Exemplos: infralegal; indenizatório; dialeticidade; saudadear; desinquieto; desfeliz…
  5. 5. As palavras da língua O processo neológico exige duas condições: 1.ª estruturação adequada em nosso idioma; 2.ª ausência de sinônimo em nossa língua. Se não conveniente nem corretamente formado, o neologismo passa a ser barbarismo e a configurar vício de linguagem.
  6. 6. As palavras da língua Para se conferir se determinado vocábulo existe oficialmente na língua (e não só na nossa imaginação), devemos consultar dicionários e, especialmente, o VOLP - Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, catálogo de toda a língua portuguesa que detém a palavra oficial e final sobre a matéria, disponível em http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=23
  7. 7. As palavras da língua
  8. 8. As palavras da língua 5. Toda língua possui mecanismos próprios para criar as palavras de que seus falantes necessitam. 6. Em princípio, não se inventam palavras a partir do nada, mas aproveitam-se elementos já existentes, recombinando-os entre si. 7. Para entender os processos de formação das palavras do Português é preciso levar em conta que a palavra não é a menor unidade de significado. Dentro dela há outras unidades menores que se combinam entre si.
  9. 9. As palavras da língua Para compreender os processos de formação de palavras do português, são necessários três conceitos básicos: radical , prefixos e sufixos. O RADICAL é um segmento constituinte da palavra, que pode ser definido por três propriedades: • é sempre base do significado da palavra; • é indivisível em unidades de sentido menores; • é comum a uma série de palavras da língua.
  10. 10. As palavras da língua Exemplos: real real ista real ismo real izar real idade Radical significado básico Aquele que pratica uma atividade ou é adepto de um movimento ideológico: oftalmologista, pianista, reformista. Doutrina, sistema, teoria, tendência, corrente etc. Terminação de verbo da 1ª conjugação. Sufixo formador de subst. abstratos derivados de adjetivo.
  11. 11. As palavras da língua Afixos: prefixos e sufixos Afixo é o nome genérico que se dá a certos segmentos agregados a um radical, ou a uma palavra-base, para formar palavras novas. Os afixos recebem o nome específico de prefixos, quando se agregam antes do radical, e de sufixos, quando se agregam depois.
  12. 12. As palavras da língua Prefixos Os prefixos alteram o sentido das palavras, mas não a classe gramatical a que elas pertencem. Exemplos: infeliz (feliz – adjetivo / infeliz – adjetivo) ilegal (in + legal / in = i antes de palavra iniciada por L) desleal conviver (viver – verbo / conviver – verbo)
  13. 13. As palavras da língua Sufixos É muito comum o sufixo ser usado para promover a mudança da palavra de uma classe para outra. Exemplos: formar + ção = formação calmo(a) + mente = calmamente social + ismo = socialismo verbo substantivo adjetivo advérbio adjetivo substantivo
  14. 14. As palavras da língua A essas mínimas unidades de sentido denominamos elementos mórficos ou morfemas. Exemplos: bel + íssim + a + s belíssimas LIVRO LIVRARIA LIVREIROS Radical – Elemento que serve como base para o significado. significado básico acréscimo de significação à base: “aquele que trabalha com” informação gramatical {relativo ao universo linguístico) Vogal Temática
  15. 15. As palavras da língua LIVREIROS PEDREIRO Φ Radical significado básico Radical + Sufixo MORFEMAS LEXICAIS Vazio informação gramatical: singular (MUNDO LINGUÍSTICO ) acréscimo de significação à base: “aquele que trabalha com” MORFEMA GRAMATICAL informação gramatical: plural
  16. 16. As palavras da língua MORFEMAS Radical – traz a significação básica da palavra nominal - fecha a palavra primitiva: mesa / quadro Vogal temática verbal – indica a conjugação do verbo: amar / vender / partir TEMA= radical + vogal temática  prefixo – antes do radical – altera significado Afixos  sufixo – após ou no lugar da vogal temática – pode alterar a classe  gramatical Desinências – marcações que vão indicar nos nomes: singular, plural (DG), marcar o masculino, o feminino (D N.º); gatas verbos: modo, tempo (DMT), número e pessoa (DNP). cant á va mos
  17. 17. As palavras da língua RADICAL FELIZ – palavra atemática, não tem vogal temática PREFIXO SUFIXO Há também as vogais ou consoantes de ligação: cafe T eira= cafeteira gás Ô metro= gasômetro INFELIZMENTE
  18. 18. As palavras da língua Processos de formação de palavras - No Português, há dois processos básicos para formar palavras novas: 13. Derivação – processo pelo qual se criam palavras novas pelo acréscimo de afixos a uma única base. Ex.: 14. Composição – processo pelo qual se criam palavras novas pela combinação de duas ou mais bases. Ex.: triste + eza = tristeza base + sufixo= palavra nova ponta+ pé = pontapé base + base = palavra nova
  19. 19. As palavras da língua Tipos de derivação 15. Prefixal: é o processo pelo qual se criam palavras novas por meio da anexação de um prefixo a uma base. Ex.: 16. Sufixal: é o processo pelo qual se criam palavras novas pela agregação de um sufixo a uma base. Ex.: des + igual = desigual sufixo + base = palavra nova igual + mente = igualmente base + sufixo = palavra nova
  20. 20. As palavras da língua 17. Parassintética: é o processo pelo qual se criam palavras novas pela agregação simultânea de prefixo e sufixo a uma base. Observação Note-se que, se a agregação de prefixo e sufixo não for simultânea, não fica definida a parassíntese. Ex.: + triste + ecer = entristecer base + sufixo = palavra nova en prefixo Não existe! Não existe!
  21. 21. As palavras da língua 18. Regressiva: processo pelo qual se criam palavras novas pela subtração de um segmento da base. Por esse processo, formam-se substantivos abstratos a partir da subtração da desinência r do infinitivo. Exemplos:
  22. 22. As palavras da língua 19. Imprópria é o mecanismo pelo qual uma palavra muda de classe gramatical sem alterar a forma (base). Exemplo: O homem cego precisa de ajuda (adjetivo). O cego precisa de ajuda (substantivo). Essa mudança de classe gramatical , sem alteração de forma, é que caracteriza a derivação imprópria. No caso, a derivação é feita pela mudança de contexto.
  23. 23. As palavras da língua
  24. 24. As palavras da língua Tipos de composição 20. Justaposição: quando as bases agregadas conservam a mesma pronúncia que possuíam em separado. + sol = girassol base = palavra nova gira base + mala = porta-mala base = palavra nova porta base Há compostos por justaposição que não conservam a grafia das formas separadas. Isso não importa, desde que a pronúncia seja a mesma.
  25. 25. As palavras da língua Tipos de composição 21. Aglutinação: quando as bases agregadas alteram, de alguma forma, a pronúncia que possuíam em separado. + homem = lobisomem base = palavra nova lobo prefixo
  26. 26. As palavras da língua Palavras cognatas e hibridismo 22. Palavras cognatas ou da mesma família etimológica: são aquelas que têm um radical comum. i(n) legal legal ista legal idade legal izar Radical Palavra cognata deriva do latim cognatus, cujo significado é “parente, relacionado, ligado ou semelhante”. O prefixo “co”, que significa “junto”, mais “nato”, que significa “nascido”, é o substantivo que usamos para nomear as palavras que “nasceram juntas”. Quando o assunto é língua portuguesa, dizemos que as palavras cognatas são aquelas que apresentam a mesma raiz ou que têm a mesma origem etimológica que outra palavra.
  27. 27. As palavras da língua Palavras cognatas e hibridismo 23. Hibridismos: são palavras em cuja formação entram elementos de idiomas diferentes. + nauta latim “navegante” astro grego “estrela” = astronauta

×