SlideShare uma empresa Scribd logo
STARTUP WEEKEND


EDUCATION
Líder de


Inovação
Marlos


Carmo
E


DU


CA


ÇÃO
TEC


NO


LO


GI


A
E


DU


CA


ÇÃO
TEC


NO


LO


GI


A
EM


PRE


ENDE


DO


RIS


MO
E


DU


CA


ÇÃO
Líder de


Inovação
Startup Weekend Education - 2018
Núcleo de Inovação
Núcleo de Inovação
PESQUISA


ESTRATÉGICA
INVESTIMENTO


EM STARTUPS
VENTURE


BUILDING
INFLUENCIAR


EQUIPE
PÚBLICO


EXTERNO
PÚBLICO


INTERNO
REPUTAÇÃO &


EVANGELIZAÇÃO
PRODUTOS


EDTECH
Startup Weekend Education - 2018
Líder,
Líder,
Inspirador
Líder,
Inspirador
& Corajoso
Papa


Francisco
Justiça Social
Justiça Social
Mudança Climática
Justiça Social
Mudança Climática
Migração Global
Justiça Social
Mudança Climática
Reconhecimento do LGBT+
Migração Global
Justiça Social
Mudança Climática
Reconhecimento do LGBT+
Diálogo com outras religiões
Migração Global
CHICO,


para os íntimos
Startup Weekend Education - 2018
500 jovens até 35 anos
500 jovens até 35 anos
pacto economia global
500 jovens até 35 anos
pacto economia global
justa, humana e sustentável
Assis, Itália
Assis, Itália
São Francisco
Joseph Stiglitz
Economista Chefe


do Banco Mundial
Amarty Sen
Prêmio Nobel de
Economia e professor


de Harvard
Vandana Shiva
Ativista e Diretora do
Fórum Internacional


sobre Globalização
Kate Raworth
Professora de Oxford,
Cambridge e criadora da
Economia Donut
Mohammad Yunus
Nobel da Paz, pai do
microcrédito, dos
negócios sociais e
“banqueiro” dos pobres.
Não é a falta de recursos
No mundo se produz anualmente


85 trilhões por ano, o que, bem
distribuído, asseguraria 15 mil reais por
mês por família de quatro pessoas.
1% > 99%
Mais Ricos Mais Pobres
No Brasil
6 famílias
Família Marinho


Família Safra


Família Ermírio de Moraes


Família Moreira Salles


Família Camargo


Família Villela
são mais
ricas que
106
milhões da
base da
pirâmide
Mudança Climática
Perdemos 52% dos
vertebrados em
apenas 40 anos
Startup Weekend Education - 2018
Em setembro, 181 das
maiores corporações
mundiais assinaram uma
carta com 5 compromissos
para suas corporações
Business


Roundtable
Entregar serviços
ou bens de valor
aos clientes.
1.
Investir nos
funcionários e
recompensá-los
de maneira justa.
2.
Negociar de forma
justa e ética com
os fornecedores
3.
Apoiar as
comunidades em
que as empresas
estão inseridas.
4.
Gerar rentabilidade
de longo prazo
para os acionistas.
5.
… ou seja,
Fazer o BÁSICO!
Um objetivo de uma
empresa não deve ser
somente gerar lucro
para o acionista.
Startup Weekend Education - 2018
A mudança do mundo é
uma responsabilidade de
TODOS
Os temas praticados
aqui são essenciais
para esta mudança.
E


DU


CA


ÇÃO
TEC


NO


LO


GI


A
E


DU


CA


ÇÃO
TEC


NO


LO


GI


A
EM


PRE


ENDE


DO


RIS


MO
E


DU


CA


ÇÃO
EDUCAÇÃO
A Educação é a


arma mais poderosa
que podemos usar
para mudar o mundo.


Nelson Mandela
O Brasil tem 11,3 milhões de
analfabetos, uma taxa de 6,8%
de pessoas acima dos 15 anos
que não sabem ler ou escrever.
Não é somente sobre saber


ler e escrever, é sobre ter
auto-con
fi
ança.
Brasil possui quase 2,5 milhões
de crianças e adolescentes
fora da escola, diz estudo.
Não é sobre aprender, é
sobre abdicar do futuro.
Ipea: 23% dos jovens brasileiros
nem trabalham nem estudam
Não é sobre fazer algo,


é sobre dignidade.
Um empreendedor deve
ter um olhar apurado
Um empreendedor deve
ter um olhar apurado,
pois onde tem problema
Um empreendedor deve
ter um olhar apurado,


pois onde tem problema,
tem oportunidades.
...o campo educativo não se limita
à escola convencional. Procurai
com coragem novas formas de
educação não convencionais,
segundo as necessidades dos
lugares, dos tempos e das pessoas


(Respostas às perguntas dos representantes das


escolas dos Jesuítas na Itália e na Albânia, 07.06.13).
TECNOLOGIA
A possibilidade de ser trocado
por um robô ou um programa
de computador põe em risco
54% dos empregos formais
no país, mostra estudo com
dados brasileiros.
Quem irá construir e
operar estas tecnologias?
UNIVERSALIZAÇÃO


DA TECNOLOGIA
Dar acesso ao


conhecimento
Torná-los visíveis
Diminuir


distâncias
No primeiro curso de
ensino a distância de
Engenharia Elétrica do
MIT, o melhor aluno
tinha 15 anos e
morava na Mongólia.
EMPRENDEDORISMO
O que é
capitalismo?
Capitalismo é um sistema econômico
baseado na propriedade privada dos
meios de produção e sua operação
com
fi
ns lucrativos.
O capitalismo
pode ser bom!
CAPITALISMO


CONSCIENTE
CAPITALISMO


CONSCIENTE
Os negócios não se restringem apenas à
geração de lucro, renda e empregos mas
também a valores de bem-estar sociais.
CULTURA


CONSCIENTE
PROPÓSITO


MAIOR
Valores que vão além do
lucro e que inspiram,
envolvem e energizam o
empresário, bem como os
colaboradores e
consumidores, que,
engajados, con
fi
am e até
mesmo amam essas
empresas.
ORIENTAÇÃO


PARA O


STAKEHOLDER
PROPÓSITO


MAIOR
Valores que vão além do
lucro e que inspiram,
envolvem e energizam o
empresário, bem como os
colaboradores e
consumidores, que,
engajados, con
fi
am e até
mesmo amam essas
empresas.
Foco em maximizar
retornos para todos os
envolvidos em seu
negócio — colaboradores,
consumidores, comunidade,
governo e investidores —
entendem que, tendo todos
envolvidos e engajados, é
possível formar uma
empresa forte, saudável e
sustentável.
ORIENTAÇÃO


PARA O


STAKEHOLDER
LIDERANÇA


CONSCIENTE
PROPÓSITO


MAIOR
Valores que vão além do
lucro e que inspiram,
envolvem e energizam o
empresário, bem como os
colaboradores e
consumidores, que,
engajados, con
fi
am e até
mesmo amam essas
empresas.
Foco em maximizar
retornos para todos os
envolvidos em seu
negócio — colaboradores,
consumidores, comunidade,
governo e investidores —
entendem que, tendo todos
envolvidos e engajados, é
possível formar uma
empresa forte, saudável e
sustentável.
O papel do líder consciente
é servir ao propósito da
organização para buscar o
que há de melhor em seus
colaboradores,
promovendo transformações
positivas e agregando valor
para consumidores e
investidores.
ORIENTAÇÃO


PARA O


STAKEHOLDER
LIDERANÇA


CONSCIENTE
CULTURA


CONSCIENTE
PROPÓSITO


MAIOR
Valores que vão além do
lucro e que inspiram,
envolvem e energizam o
empresário, bem como os
colaboradores e
consumidores, que,
engajados, con
fi
am e até
mesmo amam essas
empresas.
Foco em maximizar
retornos para todos os
envolvidos em seu
negócio — colaboradores,
consumidores, comunidade,
governo e investidores —
entendem que, tendo todos
envolvidos e engajados, é
possível formar uma
empresa forte, saudável e
sustentável.
O papel do líder consciente
é servir ao propósito da
organização para buscar o
que há de melhor em seus
colaboradores,
promovendo transformações
positivas e agregando valor
para consumidores e
investidores.
Cultiva o amor e o cuidado e
desenvolve uma relação de
con
fi
ança entre os membros
da equipe da empresa e seus
investidores. Em algumas das
empresas mais bem-sucedidas e
amadas, a cultura consciente
parece ser palpável, pois é
baseada em con
fi
ança,
integridade e transparência.
EMPRESA


CONSCIENTE
ORIENTAÇÃO


PARA O


STAKEHOLDER
LIDERANÇA


CONSCIENTE
CULTURA


CONSCIENTE
PROPÓSITO


MAIOR
Valores que vão além do
lucro e que inspiram,
envolvem e energizam o
empresário, bem como os
colaboradores e
consumidores, que,
engajados, con
fi
am e até
mesmo amam essas
empresas.
Foco em maximizar
retornos para todos os
envolvidos em seu
negócio — colaboradores,
consumidores, comunidade,
governo e investidores —
entendem que, tendo todos
envolvidos e engajados, é
possível formar uma
empresa forte, saudável e
sustentável.
O papel do líder consciente
é servir ao propósito da
organização para buscar o
que há de melhor em seus
colaboradores,
promovendo transformações
positivas e agregando valor
para consumidores e
investidores.
Cultiva o amor e o cuidado e
desenvolve uma relação de
con
fi
ança entre os membros
da equipe da empresa e seus
investidores. Em algumas das
empresas mais bem-sucedidas e
amadas, a cultura consciente
parece ser palpável, pois é
baseada em con
fi
ança,
integridade e transparência.
Peço que vocês sejam revolucionários, eu peço
que vocês vão contra a corrente; sim, nisto peço
que se rebelem: que se rebelem contra esta
cultura do provisório que, no fundo, crê que
vocês não são capazes de assumir
responsabilidades, crê que vocês não são
capazes de amar de verdade. Eu tenho confiança
em vocês, jovens, e rezo por vocês. Tenham a
coragem de “ir contra a corrente”. E tenham
também a coragem de ser felizes!”


Encontro com os Voluntários da XXVIII JMJ no


Pavilhão 5 do Rio Centro (Rio de Janeiro,


28 de julho de 2013)
Startup Weekend Education - 2018
Como podemos construir um
mundo mais humano, mais
justo e mais sustentável
através do empreendedorismo,
da educação e da tecnologia?
Eu estou em busca destas
respostas. Se isso faz sentido
para você, vamos juntos.
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual do Jovem Empreendedor
Manual do Jovem EmpreendedorManual do Jovem Empreendedor
Manual do Jovem Empreendedor
Rodrigo Mesquita
 
Quem são elas? | Perfil da Mulher Empreendedora no Brasil
Quem são elas? | Perfil da Mulher Empreendedora no BrasilQuem são elas? | Perfil da Mulher Empreendedora no Brasil
Quem são elas? | Perfil da Mulher Empreendedora no Brasil
Daniele Carlini
 
Apostila de e.r.a. disponível para download]
Apostila de e.r.a. disponível para download]Apostila de e.r.a. disponível para download]
Apostila de e.r.a. disponível para download]
José Alberto
 
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
CRIST1976
 
Manual do jovem empreendedor
Manual do jovem empreendedorManual do jovem empreendedor
Manual do jovem empreendedor
André Quintão
 
Plataforma Liderança Sustentável - Ricardo Voltolini
Plataforma Liderança Sustentável - Ricardo VoltoliniPlataforma Liderança Sustentável - Ricardo Voltolini
Plataforma Liderança Sustentável - Ricardo Voltolini
Sistema FIEB
 
Negócios sociais
Negócios sociaisNegócios sociais
6. conjuntura
6. conjuntura6. conjuntura
6. conjuntura
PAULO Moreira
 
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Responsabilidade Pessoal - Aba
Responsabilidade Pessoal - AbaResponsabilidade Pessoal - Aba
Responsabilidade Pessoal - Aba
guestc944c57
 
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALAPRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
INSTITUTO VOZ POPULAR
 
Artigo09 alberto augusto perazzo
Artigo09   alberto augusto perazzo Artigo09   alberto augusto perazzo
Artigo09 alberto augusto perazzo
Denise Antunes
 
88-89_INOSocial-Rivadavia
88-89_INOSocial-Rivadavia88-89_INOSocial-Rivadavia
88-89_INOSocial-Rivadavia
Rivadávia C. Drummond A. Neto,PhD
 
Natura - Entrevista
Natura - EntrevistaNatura - Entrevista
Natura - Entrevista
Laura Somoggi
 
Grli call for action portuguese uma chamada para a ação 2009
Grli call for action portuguese uma chamada para a ação 2009Grli call for action portuguese uma chamada para a ação 2009
Grli call for action portuguese uma chamada para a ação 2009
Globally Responsible Leadership Initiative
 
Manual
ManualManual
Jovens Gestores
Jovens GestoresJovens Gestores
Jovens Gestores
Adeildo Caboclo
 
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Agitação Social - Empreendedorismo Social na Educação
Agitação Social - Empreendedorismo Social na EducaçãoAgitação Social - Empreendedorismo Social na Educação
Agitação Social - Empreendedorismo Social na Educação
Tiago Amorim
 

Mais procurados (20)

Manual do Jovem Empreendedor
Manual do Jovem EmpreendedorManual do Jovem Empreendedor
Manual do Jovem Empreendedor
 
Quem são elas? | Perfil da Mulher Empreendedora no Brasil
Quem são elas? | Perfil da Mulher Empreendedora no BrasilQuem são elas? | Perfil da Mulher Empreendedora no Brasil
Quem são elas? | Perfil da Mulher Empreendedora no Brasil
 
Apostila de e.r.a. disponível para download]
Apostila de e.r.a. disponível para download]Apostila de e.r.a. disponível para download]
Apostila de e.r.a. disponível para download]
 
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
ENCOAD 2015: Administrador: Formação e Transformação.
 
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
 
Manual do jovem empreendedor
Manual do jovem empreendedorManual do jovem empreendedor
Manual do jovem empreendedor
 
Plataforma Liderança Sustentável - Ricardo Voltolini
Plataforma Liderança Sustentável - Ricardo VoltoliniPlataforma Liderança Sustentável - Ricardo Voltolini
Plataforma Liderança Sustentável - Ricardo Voltolini
 
Negócios sociais
Negócios sociaisNegócios sociais
Negócios sociais
 
6. conjuntura
6. conjuntura6. conjuntura
6. conjuntura
 
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
ENCOAD 2015: A Teoria Visionária e a Participação do Administrador no Process...
 
Responsabilidade Pessoal - Aba
Responsabilidade Pessoal - AbaResponsabilidade Pessoal - Aba
Responsabilidade Pessoal - Aba
 
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALAPRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
 
Artigo09 alberto augusto perazzo
Artigo09   alberto augusto perazzo Artigo09   alberto augusto perazzo
Artigo09 alberto augusto perazzo
 
88-89_INOSocial-Rivadavia
88-89_INOSocial-Rivadavia88-89_INOSocial-Rivadavia
88-89_INOSocial-Rivadavia
 
Natura - Entrevista
Natura - EntrevistaNatura - Entrevista
Natura - Entrevista
 
Grli call for action portuguese uma chamada para a ação 2009
Grli call for action portuguese uma chamada para a ação 2009Grli call for action portuguese uma chamada para a ação 2009
Grli call for action portuguese uma chamada para a ação 2009
 
Manual
ManualManual
Manual
 
Jovens Gestores
Jovens GestoresJovens Gestores
Jovens Gestores
 
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
ENCOAD 2015: A responsabilidade do Administrador no Desenvolvimento da Cultur...
 
Agitação Social - Empreendedorismo Social na Educação
Agitação Social - Empreendedorismo Social na EducaçãoAgitação Social - Empreendedorismo Social na Educação
Agitação Social - Empreendedorismo Social na Educação
 

Semelhante a Startup Weekend Education - 2018

ExpoGestão 2020 - Gino Oyamada - Governança na empresa familiar: a construção...
ExpoGestão 2020 - Gino Oyamada - Governança na empresa familiar: a construção...ExpoGestão 2020 - Gino Oyamada - Governança na empresa familiar: a construção...
ExpoGestão 2020 - Gino Oyamada - Governança na empresa familiar: a construção...
ExpoGestão
 
Artemisia
ArtemisiaArtemisia
Artemisia
artemisianis
 
EDUCAÇÃO EMPRENDEDORA PARA JOVENS COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL – FOMENT...
EDUCAÇÃO EMPRENDEDORA PARA JOVENS COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL – FOMENT...EDUCAÇÃO EMPRENDEDORA PARA JOVENS COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL – FOMENT...
EDUCAÇÃO EMPRENDEDORA PARA JOVENS COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL – FOMENT...
Caio Flavio Stettiner
 
Princípios de Empreendedorismo Social
Princípios de Empreendedorismo SocialPrincípios de Empreendedorismo Social
Princípios de Empreendedorismo Social
Emmanoel Messias
 
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
emprendedorismo & inovação
emprendedorismo & inovaçãoemprendedorismo & inovação
emprendedorismo & inovação
annoni
 
Diálogo natal curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
Diálogo natal   curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014Diálogo natal   curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
Diálogo natal curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
FIFE2014
 
empreendedorismo social.pdf
empreendedorismo social.pdfempreendedorismo social.pdf
empreendedorismo social.pdf
Ricardo Pereira
 
Apresentação final Amai-vos/Ana Couto B&D
Apresentação final Amai-vos/Ana Couto B&DApresentação final Amai-vos/Ana Couto B&D
Apresentação final Amai-vos/Ana Couto B&D
Amai-vos Instituto
 
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
Ink_conteudos
 
Conteúdo palestra liderança colaborativa faap ( 16 de setembro)
Conteúdo palestra liderança colaborativa   faap ( 16 de setembro)Conteúdo palestra liderança colaborativa   faap ( 16 de setembro)
Conteúdo palestra liderança colaborativa faap ( 16 de setembro)
Marina Paula de Faria
 
Empreendedorismo Motivacao
Empreendedorismo MotivacaoEmpreendedorismo Motivacao
Empreendedorismo Motivacao
geceli
 
Startups e Recursos Humanos
Startups e Recursos HumanosStartups e Recursos Humanos
Startups e Recursos Humanos
Cínthia Demaria
 
Relatório Brazil Youth to Business 2013 1
Relatório Brazil Youth to Business 2013 1Relatório Brazil Youth to Business 2013 1
Relatório Brazil Youth to Business 2013 1
ivanchagasp
 
Da Experiência, Um Método - Manual de Sistematização de Jornada Integral para...
Da Experiência, Um Método - Manual de Sistematização de Jornada Integral para...Da Experiência, Um Método - Manual de Sistematização de Jornada Integral para...
Da Experiência, Um Método - Manual de Sistematização de Jornada Integral para...
Everton742248
 
Comunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de CriseComunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de Crise
Approach Comunicação
 
Revista Ser Educacional - No. 2 - dezembro 2017
Revista Ser Educacional - No. 2 - dezembro 2017Revista Ser Educacional - No. 2 - dezembro 2017
Revista Ser Educacional - No. 2 - dezembro 2017
LeiaJaOnline
 
180hub Human-centered business
180hub   Human-centered business180hub   Human-centered business
180hub Human-centered business
Guilherme Sarkis
 
Toolkit de design thinking Nestea
Toolkit de design thinking NesteaToolkit de design thinking Nestea
Toolkit de design thinking Nestea
Colaborativismo
 
Revista Exit 22 Fundraising Etica e Transparencia
Revista Exit 22 Fundraising Etica e TransparenciaRevista Exit 22 Fundraising Etica e Transparencia
Revista Exit 22 Fundraising Etica e Transparencia
Dianova
 

Semelhante a Startup Weekend Education - 2018 (20)

ExpoGestão 2020 - Gino Oyamada - Governança na empresa familiar: a construção...
ExpoGestão 2020 - Gino Oyamada - Governança na empresa familiar: a construção...ExpoGestão 2020 - Gino Oyamada - Governança na empresa familiar: a construção...
ExpoGestão 2020 - Gino Oyamada - Governança na empresa familiar: a construção...
 
Artemisia
ArtemisiaArtemisia
Artemisia
 
EDUCAÇÃO EMPRENDEDORA PARA JOVENS COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL – FOMENT...
EDUCAÇÃO EMPRENDEDORA PARA JOVENS COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL – FOMENT...EDUCAÇÃO EMPRENDEDORA PARA JOVENS COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL – FOMENT...
EDUCAÇÃO EMPRENDEDORA PARA JOVENS COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL – FOMENT...
 
Princípios de Empreendedorismo Social
Princípios de Empreendedorismo SocialPrincípios de Empreendedorismo Social
Princípios de Empreendedorismo Social
 
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
DIÁLOGOS SOBRE AVALIAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA
 
emprendedorismo & inovação
emprendedorismo & inovaçãoemprendedorismo & inovação
emprendedorismo & inovação
 
Diálogo natal curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
Diálogo natal   curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014Diálogo natal   curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
Diálogo natal curso planejamento e gestão de institutos e fundações mar-2014
 
empreendedorismo social.pdf
empreendedorismo social.pdfempreendedorismo social.pdf
empreendedorismo social.pdf
 
Apresentação final Amai-vos/Ana Couto B&D
Apresentação final Amai-vos/Ana Couto B&DApresentação final Amai-vos/Ana Couto B&D
Apresentação final Amai-vos/Ana Couto B&D
 
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
 
Conteúdo palestra liderança colaborativa faap ( 16 de setembro)
Conteúdo palestra liderança colaborativa   faap ( 16 de setembro)Conteúdo palestra liderança colaborativa   faap ( 16 de setembro)
Conteúdo palestra liderança colaborativa faap ( 16 de setembro)
 
Empreendedorismo Motivacao
Empreendedorismo MotivacaoEmpreendedorismo Motivacao
Empreendedorismo Motivacao
 
Startups e Recursos Humanos
Startups e Recursos HumanosStartups e Recursos Humanos
Startups e Recursos Humanos
 
Relatório Brazil Youth to Business 2013 1
Relatório Brazil Youth to Business 2013 1Relatório Brazil Youth to Business 2013 1
Relatório Brazil Youth to Business 2013 1
 
Da Experiência, Um Método - Manual de Sistematização de Jornada Integral para...
Da Experiência, Um Método - Manual de Sistematização de Jornada Integral para...Da Experiência, Um Método - Manual de Sistematização de Jornada Integral para...
Da Experiência, Um Método - Manual de Sistematização de Jornada Integral para...
 
Comunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de CriseComunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de Crise
 
Revista Ser Educacional - No. 2 - dezembro 2017
Revista Ser Educacional - No. 2 - dezembro 2017Revista Ser Educacional - No. 2 - dezembro 2017
Revista Ser Educacional - No. 2 - dezembro 2017
 
180hub Human-centered business
180hub   Human-centered business180hub   Human-centered business
180hub Human-centered business
 
Toolkit de design thinking Nestea
Toolkit de design thinking NesteaToolkit de design thinking Nestea
Toolkit de design thinking Nestea
 
Revista Exit 22 Fundraising Etica e Transparencia
Revista Exit 22 Fundraising Etica e TransparenciaRevista Exit 22 Fundraising Etica e Transparencia
Revista Exit 22 Fundraising Etica e Transparencia
 

Mais de Marlos Carmo

Pesquisa Nacional para Educação Básica - ANEC
Pesquisa Nacional para Educação Básica - ANECPesquisa Nacional para Educação Básica - ANEC
Pesquisa Nacional para Educação Básica - ANEC
Marlos Carmo
 
Gente - Geração Alpha
Gente - Geração AlphaGente - Geração Alpha
Gente - Geração Alpha
Marlos Carmo
 
Pesquisa Nacional de Educação Básica - ANEC
Pesquisa Nacional de Educação Básica - ANECPesquisa Nacional de Educação Básica - ANEC
Pesquisa Nacional de Educação Básica - ANEC
Marlos Carmo
 
TALK LESS AND DO MORE: O que aprendi nos últimos 18 anos
TALK LESS AND DO MORE: O que aprendi nos últimos 18 anosTALK LESS AND DO MORE: O que aprendi nos últimos 18 anos
TALK LESS AND DO MORE: O que aprendi nos últimos 18 anos
Marlos Carmo
 
Produção de Conteúdo para Publicidade de Marcas
Produção de Conteúdo para Publicidade de MarcasProdução de Conteúdo para Publicidade de Marcas
Produção de Conteúdo para Publicidade de Marcas
Marlos Carmo
 
Marketing de Resultado
Marketing de ResultadoMarketing de Resultado
Marketing de Resultado
Marlos Carmo
 
Porque os $19 bi pagos ao WhatsApp pelo Facebook pode ter sido um grande negó...
Porque os $19 bi pagos ao WhatsApp pelo Facebook pode ter sido um grande negó...Porque os $19 bi pagos ao WhatsApp pelo Facebook pode ter sido um grande negó...
Porque os $19 bi pagos ao WhatsApp pelo Facebook pode ter sido um grande negó...
Marlos Carmo
 
A (r)evolução do front-end
A (r)evolução do front-endA (r)evolução do front-end
A (r)evolução do front-end
Marlos Carmo
 

Mais de Marlos Carmo (8)

Pesquisa Nacional para Educação Básica - ANEC
Pesquisa Nacional para Educação Básica - ANECPesquisa Nacional para Educação Básica - ANEC
Pesquisa Nacional para Educação Básica - ANEC
 
Gente - Geração Alpha
Gente - Geração AlphaGente - Geração Alpha
Gente - Geração Alpha
 
Pesquisa Nacional de Educação Básica - ANEC
Pesquisa Nacional de Educação Básica - ANECPesquisa Nacional de Educação Básica - ANEC
Pesquisa Nacional de Educação Básica - ANEC
 
TALK LESS AND DO MORE: O que aprendi nos últimos 18 anos
TALK LESS AND DO MORE: O que aprendi nos últimos 18 anosTALK LESS AND DO MORE: O que aprendi nos últimos 18 anos
TALK LESS AND DO MORE: O que aprendi nos últimos 18 anos
 
Produção de Conteúdo para Publicidade de Marcas
Produção de Conteúdo para Publicidade de MarcasProdução de Conteúdo para Publicidade de Marcas
Produção de Conteúdo para Publicidade de Marcas
 
Marketing de Resultado
Marketing de ResultadoMarketing de Resultado
Marketing de Resultado
 
Porque os $19 bi pagos ao WhatsApp pelo Facebook pode ter sido um grande negó...
Porque os $19 bi pagos ao WhatsApp pelo Facebook pode ter sido um grande negó...Porque os $19 bi pagos ao WhatsApp pelo Facebook pode ter sido um grande negó...
Porque os $19 bi pagos ao WhatsApp pelo Facebook pode ter sido um grande negó...
 
A (r)evolução do front-end
A (r)evolução do front-endA (r)evolução do front-end
A (r)evolução do front-end
 

Último

Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 

Último (20)

Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 

Startup Weekend Education - 2018