SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
"  O orientador , professor e escola frente as novas tecnologias".
Será que o homem está sendo dominado pela sua própria criação? Até que ponto o homem exerce controle sobre seus inventos? Hoje somos totalmente  dependentes daquilo que criamos. Nossa vida não pode mais nem ser imaginada sem a tecnologia, em praticamente todos os setores da vida humana.
O homem já nasceu com inteligência e poder de criação. A inteligência humana é capaz de coisas inimagináveis. Até  há pouco tempo atrás, ninguém ousaria pensar que hoje seria assim, que poderíamos cruzar o mundo com um simples clique .
Estamos correndo atrás da informação. Hoje  não sabemos  mais, porque o que era ontem, já não é. Se olharmos à nossa volta, dentro de nossa casa, cada vez mais a tecnologia está presente no dia a dia: o celular, o microondas, a TV, o DVD, etc, etc. No banco, no hospital, na loja... Somos movidos pela máquina. E a escola, como está acompanhando tudo isso?
A escola tem uma função social. Deve preparar o educando para ser um cidadão do mundo. Ignorar a tecnologia dentro da escola é não promover a futura  inclusão social.
Como o educador reage a essa necessidade de incorporar a tecnologia à sua prática pedagógica? A grande maioria tenta justificar  o não uso, afinal em toda a sua vida profissional nunca houve quem os preparasse para isso. De repente, uma criança de 3 ou 4 anos domina a ferramenta muito melhor que o coitado do professor que ralou durante uma vida inteira, em cima de livros e livros. Isso é um choque!
Num primeiro momento o professor se sente um inútil, incapaz. Portanto evita o confronto, evita assumir novas posturas frente o aluno. Afinal durante anos, ficou sacramentada a idéia de que o mestre ensina , o aluno aprende. E nunca se cogitou que talvez se poderia aprender junto, fazendo trocas de saberes.
Na verdade, mesmo que o professor seja um excelente orientador dentro da sala de aula, aproveitar as tecnologias, enriquece muito mais as possibilidades de ter uma aula de maior qualidade, oferecendo ao educando possibilidades impossíveis sem ela.
Através da grande rede, a internet, é possível estabelecer relação da escola com o mundo, contextualizar a aprendizagem, dando mais sentido ao aprender.
A grande questão atual quanto ao professor é  que ele mesmo vá em busca do conhecimento para que possa estar competente a atuar com a tecnologia. Para isso, inserir-se em comunidades virtuais, participar de listas de discussão, fóruns, etc, é de grande valia para sua formação. O professor multiplicador deve fazer essa ponte com os colegas, deve mostrar essas possibilidades, deve facilitar a aproximação dos colegas ao ambiente virtual.
A simples presença da tecnologia na escola não é garantia de  melhoria na ação pedagógica. E isso é ainda o grande nó  que precisa ser desfeito, através da formação continuada do professor.
Outra questão que o professor deve se perguntar  não é “vou ou não usar” , mas sim “como vou usar”. A cada dia descobrimos novas possibilidades, novas ferramentas. No entanto existe por vezes  a supervalorização destas em detrimento do projeto pedagógico que deva ser viabilizado através delas.
Não podemos  cair na armadilha do modismo, vestir  um verniz de modernidade, se temos por dentro ainda as mesmas velharias. Por outro lado, temos experiências fantásticas que vem acontecendo através das mais variadas ferramentas. tecnológicas, que priorizam a criatividade e a construção cooperativa dos educandos, fazendo-o sujeito de seu processo de construção do conhecimento.
As tecnologias devem servir para o exercício da cidadania, para facilitar contatos, para aproximar, humanizar o homem, por trás de sua frieza aparente.
Até quando a resistência??? É preciso que alguém abra caminhos, é preciso acreditar no sonho,voar alto, mesmo sofrendo a solidão dos incompreendidos. Marli                                  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Argumentos de um Tecnófobo
Argumentos de um TecnófoboArgumentos de um Tecnófobo
Argumentos de um Tecnófobokaiqueesouza
 
Apresentação cristiana proinfo odp
Apresentação cristiana proinfo odpApresentação cristiana proinfo odp
Apresentação cristiana proinfo odpCristiana Souza
 
Reunião equipe de monitores
Reunião equipe de monitoresReunião equipe de monitores
Reunião equipe de monitoresguest1aa669
 
3ª Reunião com Monitores de Informática
3ª Reunião com Monitores de Informática3ª Reunião com Monitores de Informática
3ª Reunião com Monitores de Informáticaguest496c2b9
 
O uso de computadores nas escolas
O uso de computadores nas escolasO uso de computadores nas escolas
O uso de computadores nas escolasJanine Moraes
 
Uso do computador slide atividade 6
Uso do computador slide atividade 6Uso do computador slide atividade 6
Uso do computador slide atividade 6Denise Cris
 
Qual a importância da informática para os profissionais do curso Normal Super...
Qual a importância da informática para os profissionais do curso Normal Super...Qual a importância da informática para os profissionais do curso Normal Super...
Qual a importância da informática para os profissionais do curso Normal Super...Andrea Toledo
 
Tecnologia em sala de aula proinfo
Tecnologia em sala de aula   proinfoTecnologia em sala de aula   proinfo
Tecnologia em sala de aula proinfoMirtes Galvão
 
Uso da tecnologia na educação
Uso da tecnologia na educaçãoUso da tecnologia na educação
Uso da tecnologia na educaçãoEvaldo P Santos
 
Atividade3izabeladepaulalourdescosta
Atividade3izabeladepaulalourdescostaAtividade3izabeladepaulalourdescosta
Atividade3izabeladepaulalourdescostaIzabeladePauladeMaria
 
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.Diego Marinho Morais
 

Mais procurados (18)

Argumentos de um Tecnófobo
Argumentos de um TecnófoboArgumentos de um Tecnófobo
Argumentos de um Tecnófobo
 
Apresentação cristiana proinfo odp
Apresentação cristiana proinfo odpApresentação cristiana proinfo odp
Apresentação cristiana proinfo odp
 
Reunião equipe de monitores
Reunião equipe de monitoresReunião equipe de monitores
Reunião equipe de monitores
 
3ª Reunião com Monitores de Informática
3ª Reunião com Monitores de Informática3ª Reunião com Monitores de Informática
3ª Reunião com Monitores de Informática
 
Tecnófobo
TecnófoboTecnófobo
Tecnófobo
 
Aula 7
Aula 7Aula 7
Aula 7
 
O uso de computadores nas escolas
O uso de computadores nas escolasO uso de computadores nas escolas
O uso de computadores nas escolas
 
Uso do computador slide atividade 6
Uso do computador slide atividade 6Uso do computador slide atividade 6
Uso do computador slide atividade 6
 
Aprendizagem invertida: Uma abordagem colaborativa para ensinar e aprender
Aprendizagem invertida: Uma abordagem colaborativa para ensinar e aprenderAprendizagem invertida: Uma abordagem colaborativa para ensinar e aprender
Aprendizagem invertida: Uma abordagem colaborativa para ensinar e aprender
 
Resenha critica
Resenha criticaResenha critica
Resenha critica
 
Atividade3marcostorresteixeira
Atividade3marcostorresteixeiraAtividade3marcostorresteixeira
Atividade3marcostorresteixeira
 
Qual a importância da informática para os profissionais do curso Normal Super...
Qual a importância da informática para os profissionais do curso Normal Super...Qual a importância da informática para os profissionais do curso Normal Super...
Qual a importância da informática para os profissionais do curso Normal Super...
 
Slide
SlideSlide
Slide
 
Slides
SlidesSlides
Slides
 
Tecnologia em sala de aula proinfo
Tecnologia em sala de aula   proinfoTecnologia em sala de aula   proinfo
Tecnologia em sala de aula proinfo
 
Uso da tecnologia na educação
Uso da tecnologia na educaçãoUso da tecnologia na educação
Uso da tecnologia na educação
 
Atividade3izabeladepaulalourdescosta
Atividade3izabeladepaulalourdescostaAtividade3izabeladepaulalourdescosta
Atividade3izabeladepaulalourdescosta
 
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
 

Destaque

El papel docente en la era digital
El papel docente en la era digitalEl papel docente en la era digital
El papel docente en la era digitalAndrea Rodriguez
 
Evolución y retos de la educación virtual presentación Dan Horta SINADEP
Evolución y retos de la educación virtual presentación Dan Horta SINADEPEvolución y retos de la educación virtual presentación Dan Horta SINADEP
Evolución y retos de la educación virtual presentación Dan Horta SINADEPDan Horta Martínez
 
Evolución y retos de la educación virtual:construyendo el e-learning
Evolución y retos de la educación virtual:construyendo el e-learningEvolución y retos de la educación virtual:construyendo el e-learning
Evolución y retos de la educación virtual:construyendo el e-learningTrinidelS
 
NUEVO ROL DOCENTE SIGLO XXI: SER TUTOR VIRTUAL.
NUEVO ROL DOCENTE SIGLO XXI: SER TUTOR VIRTUAL.NUEVO ROL DOCENTE SIGLO XXI: SER TUTOR VIRTUAL.
NUEVO ROL DOCENTE SIGLO XXI: SER TUTOR VIRTUAL.APOYO Escolar _en línea
 
Equipo 5
Equipo  5Equipo  5
Equipo 5yolyq
 
Retos del docente ante el Elearning
Retos del docente ante el ElearningRetos del docente ante el Elearning
Retos del docente ante el ElearningKarlaqb10
 
Alexandra loaiza tecnología_educativa
Alexandra loaiza tecnología_educativaAlexandra loaiza tecnología_educativa
Alexandra loaiza tecnología_educativaalexaloaiza
 
Acciones del docente en línea
Acciones del docente en líneaAcciones del docente en línea
Acciones del docente en líneaJuan ZApata
 
Rol del docente virtual
Rol del docente virtualRol del docente virtual
Rol del docente virtualMartha Cortes
 
Presentacion siglo 21[1]
Presentacion siglo 21[1]Presentacion siglo 21[1]
Presentacion siglo 21[1]cala123
 
Evolución y retos de la educación virtual.
Evolución y retos de la educación virtual. Evolución y retos de la educación virtual.
Evolución y retos de la educación virtual. Profesortamayo
 
10 habilidades del docente de la post era digital
10 habilidades del docente  de la post era digital 10 habilidades del docente  de la post era digital
10 habilidades del docente de la post era digital Alma de Docente
 
Linea del tiempo aula virtual
Linea del tiempo aula virtualLinea del tiempo aula virtual
Linea del tiempo aula virtualmagosolis
 
Un Buen Perfil Del Maestro
Un Buen Perfil Del MaestroUn Buen Perfil Del Maestro
Un Buen Perfil Del Maestrostratford
 
10 habilidades del docente de la post-era digital
10 habilidades del docente de la post-era digital10 habilidades del docente de la post-era digital
10 habilidades del docente de la post-era digitalcamicc94
 
El Conocimiento, las nuevas exigencias del siglo XXI
El Conocimiento, las nuevas exigencias del siglo XXIEl Conocimiento, las nuevas exigencias del siglo XXI
El Conocimiento, las nuevas exigencias del siglo XXIRosarodriguez2013
 
integrar tic: docente virtual
integrar tic: docente virtualintegrar tic: docente virtual
integrar tic: docente virtualBelén Nadal
 
Rol docente en la era digital
Rol docente en la era digitalRol docente en la era digital
Rol docente en la era digitalmteUBASem3 grupo1
 

Destaque (20)

El papel docente en la era digital
El papel docente en la era digitalEl papel docente en la era digital
El papel docente en la era digital
 
Evolución y retos de la educación virtual presentación Dan Horta SINADEP
Evolución y retos de la educación virtual presentación Dan Horta SINADEPEvolución y retos de la educación virtual presentación Dan Horta SINADEP
Evolución y retos de la educación virtual presentación Dan Horta SINADEP
 
Evolución y retos de la educación virtual:construyendo el e-learning
Evolución y retos de la educación virtual:construyendo el e-learningEvolución y retos de la educación virtual:construyendo el e-learning
Evolución y retos de la educación virtual:construyendo el e-learning
 
NUEVO ROL DOCENTE SIGLO XXI: SER TUTOR VIRTUAL.
NUEVO ROL DOCENTE SIGLO XXI: SER TUTOR VIRTUAL.NUEVO ROL DOCENTE SIGLO XXI: SER TUTOR VIRTUAL.
NUEVO ROL DOCENTE SIGLO XXI: SER TUTOR VIRTUAL.
 
Equipo 5
Equipo  5Equipo  5
Equipo 5
 
Retos del docente ante el Elearning
Retos del docente ante el ElearningRetos del docente ante el Elearning
Retos del docente ante el Elearning
 
Alexandra loaiza tecnología_educativa
Alexandra loaiza tecnología_educativaAlexandra loaiza tecnología_educativa
Alexandra loaiza tecnología_educativa
 
Acciones del docente en línea
Acciones del docente en líneaAcciones del docente en línea
Acciones del docente en línea
 
Rol del docente virtual
Rol del docente virtualRol del docente virtual
Rol del docente virtual
 
Presentacion siglo 21[1]
Presentacion siglo 21[1]Presentacion siglo 21[1]
Presentacion siglo 21[1]
 
Evolución y retos de la educación virtual.
Evolución y retos de la educación virtual. Evolución y retos de la educación virtual.
Evolución y retos de la educación virtual.
 
10 habilidades del docente de la post era digital
10 habilidades del docente  de la post era digital 10 habilidades del docente  de la post era digital
10 habilidades del docente de la post era digital
 
Linea del tiempo aula virtual
Linea del tiempo aula virtualLinea del tiempo aula virtual
Linea del tiempo aula virtual
 
Un Buen Perfil Del Maestro
Un Buen Perfil Del MaestroUn Buen Perfil Del Maestro
Un Buen Perfil Del Maestro
 
Brecha digital
Brecha digitalBrecha digital
Brecha digital
 
10 habilidades del docente de la post-era digital
10 habilidades del docente de la post-era digital10 habilidades del docente de la post-era digital
10 habilidades del docente de la post-era digital
 
Evolución y retos de la educación virtual
Evolución y retos de la educación virtualEvolución y retos de la educación virtual
Evolución y retos de la educación virtual
 
El Conocimiento, las nuevas exigencias del siglo XXI
El Conocimiento, las nuevas exigencias del siglo XXIEl Conocimiento, las nuevas exigencias del siglo XXI
El Conocimiento, las nuevas exigencias del siglo XXI
 
integrar tic: docente virtual
integrar tic: docente virtualintegrar tic: docente virtual
integrar tic: docente virtual
 
Rol docente en la era digital
Rol docente en la era digitalRol docente en la era digital
Rol docente en la era digital
 

Semelhante a Orientador, tecnologia e escola

Comunicação mediada pela tecnologia
Comunicação mediada pela tecnologiaComunicação mediada pela tecnologia
Comunicação mediada pela tecnologiaVanessa Bartoski
 
Atividade3pedroivogaudenciodeoliveira
Atividade3pedroivogaudenciodeoliveiraAtividade3pedroivogaudenciodeoliveira
Atividade3pedroivogaudenciodeoliveirapedro oliveira
 
Atividade3FernandoLucioSoaresRamos
Atividade3FernandoLucioSoaresRamosAtividade3FernandoLucioSoaresRamos
Atividade3FernandoLucioSoaresRamosFLSR1
 
Ad1 ead-130227170126-phpapp02
Ad1 ead-130227170126-phpapp02Ad1 ead-130227170126-phpapp02
Ad1 ead-130227170126-phpapp02Rita Coelho
 
Educação e mídia
Educação e mídiaEducação e mídia
Educação e mídiaMárcia Reis
 
Unirio as mídias digitais na e além da sala de aula
Unirio   as mídias digitais na e além da sala de aulaUnirio   as mídias digitais na e além da sala de aula
Unirio as mídias digitais na e além da sala de aulaTatiane Martins
 
tecologia e esola - Eduardo Chaves
tecologia e esola - Eduardo Chavestecologia e esola - Eduardo Chaves
tecologia e esola - Eduardo Chavesgandhiferrari
 
Educação a Distância - por Laura Palis e Juliana Figueiredo
Educação a Distância - por Laura Palis e Juliana FigueiredoEducação a Distância - por Laura Palis e Juliana Figueiredo
Educação a Distância - por Laura Palis e Juliana FigueiredoJuliana Figueiredo
 
Ti cs e novo papel professor versao 19 06 (03)
Ti cs e novo papel professor versao 19 06 (03)Ti cs e novo papel professor versao 19 06 (03)
Ti cs e novo papel professor versao 19 06 (03)Adail Sobral
 
Atividade2 stelladalvaoliveira
Atividade2 stelladalvaoliveiraAtividade2 stelladalvaoliveira
Atividade2 stelladalvaoliveiraStellaOliveira26
 

Semelhante a Orientador, tecnologia e escola (20)

Comunicação mediada pela tecnologia
Comunicação mediada pela tecnologiaComunicação mediada pela tecnologia
Comunicação mediada pela tecnologia
 
Atividade3pedroivogaudenciodeoliveira
Atividade3pedroivogaudenciodeoliveiraAtividade3pedroivogaudenciodeoliveira
Atividade3pedroivogaudenciodeoliveira
 
Documento
DocumentoDocumento
Documento
 
Atividade3FernandoLucioSoaresRamos
Atividade3FernandoLucioSoaresRamosAtividade3FernandoLucioSoaresRamos
Atividade3FernandoLucioSoaresRamos
 
Ad1 ead-130227170126-phpapp02
Ad1 ead-130227170126-phpapp02Ad1 ead-130227170126-phpapp02
Ad1 ead-130227170126-phpapp02
 
Documento
DocumentoDocumento
Documento
 
Educação e mídia
Educação e mídiaEducação e mídia
Educação e mídia
 
Unirio as mídias digitais na e além da sala de aula
Unirio   as mídias digitais na e além da sala de aulaUnirio   as mídias digitais na e além da sala de aula
Unirio as mídias digitais na e além da sala de aula
 
Tecnologias e Educação
Tecnologias e EducaçãoTecnologias e Educação
Tecnologias e Educação
 
tecologia e esola - Eduardo Chaves
tecologia e esola - Eduardo Chavestecologia e esola - Eduardo Chaves
tecologia e esola - Eduardo Chaves
 
Orestina ativ2
Orestina  ativ2Orestina  ativ2
Orestina ativ2
 
Re
ReRe
Re
 
Tecnofilo (2)
Tecnofilo (2)Tecnofilo (2)
Tecnofilo (2)
 
Uso do celular em sala de aula
Uso do celular em sala de aula Uso do celular em sala de aula
Uso do celular em sala de aula
 
Educação a Distância - por Laura Palis e Juliana Figueiredo
Educação a Distância - por Laura Palis e Juliana FigueiredoEducação a Distância - por Laura Palis e Juliana Figueiredo
Educação a Distância - por Laura Palis e Juliana Figueiredo
 
Ti cs e novo papel professor versao 19 06 (03)
Ti cs e novo papel professor versao 19 06 (03)Ti cs e novo papel professor versao 19 06 (03)
Ti cs e novo papel professor versao 19 06 (03)
 
Semiformação 2
Semiformação 2Semiformação 2
Semiformação 2
 
Atividade2 stelladalvaoliveira
Atividade2 stelladalvaoliveiraAtividade2 stelladalvaoliveira
Atividade2 stelladalvaoliveira
 
Slides dalucellya
Slides dalucellyaSlides dalucellya
Slides dalucellya
 
Tecnologia
TecnologiaTecnologia
Tecnologia
 

Mais de marlidf

Releitura do livro
Releitura do livroReleitura do livro
Releitura do livromarlidf
 
Relato de Experiências
Relato de ExperiênciasRelato de Experiências
Relato de Experiênciasmarlidf
 
Marli net
Marli netMarli net
Marli netmarlidf
 
Pedacinhos
PedacinhosPedacinhos
Pedacinhosmarlidf
 
A imensa alegria_de_servir
A imensa alegria_de_servirA imensa alegria_de_servir
A imensa alegria_de_servirmarlidf
 
Feira do Livro 2009
Feira do Livro 2009Feira do Livro 2009
Feira do Livro 2009marlidf
 
Roteiro Da Viagem
Roteiro Da ViagemRoteiro Da Viagem
Roteiro Da Viagemmarlidf
 
Aprendendocomos Gansos
Aprendendocomos GansosAprendendocomos Gansos
Aprendendocomos Gansosmarlidf
 
PremiaçãO Microsoft Educadores Inovadores – SãO Paulo
PremiaçãO Microsoft Educadores Inovadores – SãO PauloPremiaçãO Microsoft Educadores Inovadores – SãO Paulo
PremiaçãO Microsoft Educadores Inovadores – SãO Paulomarlidf
 
contexto histórico
contexto históricocontexto histórico
contexto históricomarlidf
 
apresentação
apresentaçãoapresentação
apresentaçãomarlidf
 
Machadode assis
Machadode assisMachadode assis
Machadode assismarlidf
 
ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1marlidf
 

Mais de marlidf (20)

H1N1
H1N1H1N1
H1N1
 
Colares
ColaresColares
Colares
 
Releitura do livro
Releitura do livroReleitura do livro
Releitura do livro
 
Relato de Experiências
Relato de ExperiênciasRelato de Experiências
Relato de Experiências
 
Marli net
Marli netMarli net
Marli net
 
Pedacinhos
PedacinhosPedacinhos
Pedacinhos
 
A imensa alegria_de_servir
A imensa alegria_de_servirA imensa alegria_de_servir
A imensa alegria_de_servir
 
Saberes
SaberesSaberes
Saberes
 
Feira do Livro 2009
Feira do Livro 2009Feira do Livro 2009
Feira do Livro 2009
 
Roteiro Da Viagem
Roteiro Da ViagemRoteiro Da Viagem
Roteiro Da Viagem
 
Aprendendocomos Gansos
Aprendendocomos GansosAprendendocomos Gansos
Aprendendocomos Gansos
 
PremiaçãO Microsoft Educadores Inovadores – SãO Paulo
PremiaçãO Microsoft Educadores Inovadores – SãO PauloPremiaçãO Microsoft Educadores Inovadores – SãO Paulo
PremiaçãO Microsoft Educadores Inovadores – SãO Paulo
 
contexto histórico
contexto históricocontexto histórico
contexto histórico
 
obras
obrasobras
obras
 
machado
machadomachado
machado
 
apresentação
apresentaçãoapresentação
apresentação
 
Machadode assis
Machadode assisMachadode assis
Machadode assis
 
machado
machadomachado
machado
 
81
8181
81
 
ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1
 

Orientador, tecnologia e escola

  • 1. " O orientador , professor e escola frente as novas tecnologias".
  • 2. Será que o homem está sendo dominado pela sua própria criação? Até que ponto o homem exerce controle sobre seus inventos? Hoje somos totalmente dependentes daquilo que criamos. Nossa vida não pode mais nem ser imaginada sem a tecnologia, em praticamente todos os setores da vida humana.
  • 3. O homem já nasceu com inteligência e poder de criação. A inteligência humana é capaz de coisas inimagináveis. Até há pouco tempo atrás, ninguém ousaria pensar que hoje seria assim, que poderíamos cruzar o mundo com um simples clique .
  • 4. Estamos correndo atrás da informação. Hoje não sabemos mais, porque o que era ontem, já não é. Se olharmos à nossa volta, dentro de nossa casa, cada vez mais a tecnologia está presente no dia a dia: o celular, o microondas, a TV, o DVD, etc, etc. No banco, no hospital, na loja... Somos movidos pela máquina. E a escola, como está acompanhando tudo isso?
  • 5. A escola tem uma função social. Deve preparar o educando para ser um cidadão do mundo. Ignorar a tecnologia dentro da escola é não promover a futura inclusão social.
  • 6. Como o educador reage a essa necessidade de incorporar a tecnologia à sua prática pedagógica? A grande maioria tenta justificar o não uso, afinal em toda a sua vida profissional nunca houve quem os preparasse para isso. De repente, uma criança de 3 ou 4 anos domina a ferramenta muito melhor que o coitado do professor que ralou durante uma vida inteira, em cima de livros e livros. Isso é um choque!
  • 7. Num primeiro momento o professor se sente um inútil, incapaz. Portanto evita o confronto, evita assumir novas posturas frente o aluno. Afinal durante anos, ficou sacramentada a idéia de que o mestre ensina , o aluno aprende. E nunca se cogitou que talvez se poderia aprender junto, fazendo trocas de saberes.
  • 8. Na verdade, mesmo que o professor seja um excelente orientador dentro da sala de aula, aproveitar as tecnologias, enriquece muito mais as possibilidades de ter uma aula de maior qualidade, oferecendo ao educando possibilidades impossíveis sem ela.
  • 9. Através da grande rede, a internet, é possível estabelecer relação da escola com o mundo, contextualizar a aprendizagem, dando mais sentido ao aprender.
  • 10. A grande questão atual quanto ao professor é que ele mesmo vá em busca do conhecimento para que possa estar competente a atuar com a tecnologia. Para isso, inserir-se em comunidades virtuais, participar de listas de discussão, fóruns, etc, é de grande valia para sua formação. O professor multiplicador deve fazer essa ponte com os colegas, deve mostrar essas possibilidades, deve facilitar a aproximação dos colegas ao ambiente virtual.
  • 11. A simples presença da tecnologia na escola não é garantia de melhoria na ação pedagógica. E isso é ainda o grande nó que precisa ser desfeito, através da formação continuada do professor.
  • 12. Outra questão que o professor deve se perguntar não é “vou ou não usar” , mas sim “como vou usar”. A cada dia descobrimos novas possibilidades, novas ferramentas. No entanto existe por vezes a supervalorização destas em detrimento do projeto pedagógico que deva ser viabilizado através delas.
  • 13. Não podemos cair na armadilha do modismo, vestir um verniz de modernidade, se temos por dentro ainda as mesmas velharias. Por outro lado, temos experiências fantásticas que vem acontecendo através das mais variadas ferramentas. tecnológicas, que priorizam a criatividade e a construção cooperativa dos educandos, fazendo-o sujeito de seu processo de construção do conhecimento.
  • 14. As tecnologias devem servir para o exercício da cidadania, para facilitar contatos, para aproximar, humanizar o homem, por trás de sua frieza aparente.
  • 15. Até quando a resistência??? É preciso que alguém abra caminhos, é preciso acreditar no sonho,voar alto, mesmo sofrendo a solidão dos incompreendidos. Marli