SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
 
 
INTRODUÇÃO   Meus pais sempre estiveram presentes tanto na minha vida escolar, quanto, dos meus irmãos. Acredito que por isso nos tornamos pessoas felizes, sociáveis, críticas e cultas. Durante minha vida de estudante, meu pai sempre participou das reuniões de pais e mestres, às vezes questionando as abordagens pedagógicas das escolas particulares em relação às escolas públicas nas quais estudou.
Importância “ qualidade do, ou de quem é importante; influência; autoridade; de grande valor”. (Wikipédia, s.d.)
Família que “representa  o conjunto das propriedades de alguém, incluindo escravos e parentes,  familia  vem de  famulus , que significa  escravo doméstico ; respeitável, responsável, recatado; pessoas que vivem numa mesma habitação”. (Wikipédia, s.d.)
Âmbito “ recinto, contorno, campo de ação; esfera; contexto; e “escola”  a instituição social que tem a missão de educar; casa ou estabelecimento onde se ensina; conjunto dos professores e dos alunos; doutrina; sistema; aprendizagem; método; estilo”. (Priberam, s.d.)
A escola é uma instituição potencialmente socializadora. Ela abre um espaço para que os aprendizes construam novos conhecimentos, dividam seus universos pessoais e ampliem seus ângulos de visão assim como aprendam a respeitar outras verdades, outras culturas e outros tipos de autoridade. Nessa instituição, o mundo do conhecimento, da informação, ou seja, o mundo objetivo, mistura-se ao dos sentimentos, das emoções e da intuição, ao dito mundo do subjetivo. É emoção e razão que se fundem em busca de sabedoria.  (Parolin, 2005, p. 61)
  Problematização Qual a importância da família nas atitudes escolares? Como seria se todos tivessem os pais ao seu lado em todos os momentos, principalmente na convivência escolar? C omo a família pode influenciar na vida escolar e quais as conseqüências para a vida e formação do cidadão? A importância, qualitativamente, da presença dos pais na vida escolar, demonstrando os aspectos negativos e positivos que trazem para o desenvolvimento na vida do ser humano e em sua formação como cidadão.
  Metodologia A minha pesquisa é qualitativa, pois se refere às histórias de vidas de pessoas que tiveram e das que não tiveram o apoio da família na vida escolar. Uma verificação das regularidades para análise dos significados que os indivíduos dão as suas ações no meio ecológico em que constroem suas vidas, e suas relações, a compreensão do sentido dos atos e das decisões dos atores sociais ou, então, dos vínculos indissociáveis das ações particulares com o contexto social em que estas se dão. Significando assim, uma pesquisa do comportamento Humano e Social.  (Chizzotti, 2000, p. 79) Entrevista não-diretiva será o recurso metodológico.
Teóricos Tanto a família quanto a escola desejam a mesma coisa: preparar as crianças para o mundo; no entanto, a família tem as suas particularidades que a diferenciam da escola, e suas necessidades que a aproximam dessa mesma instituição. A escola tem sua metodologia e filosofia para educar uma criança, no entanto, ela necessita da família para concretizar o seu projeto educativo.  (Parolin, 2005, p. 99) “ Cada nova etapa do desenvolvimento da criança é um desafio à criatividade e à flexibilidade dos pais, pelo muito que deles exige em termos de padrões de conduta e entendimento às necessidades e solicitações do filho”  (Maldonado, 1983, p. 9)  “ ... viver num apartamento pequeno implica em maior interação com a criança, e também em maiores restrições ao seu comportamento...”  (Maldonado, 1983, p. 10)
“ O toque e o diálogo são mágicos, criam uma esfera de solidariedade, enriquecem a emoção e resgatam o sentido da vida”. (Cury, 2003, p. 45) “ O mundo pode não apostar em nossos filhos, mas jamais devemos perder a esperança de que eles se tornem grandes seres humanos”. (Cury, 2003, p. 51)
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A Lei nº 4.024/61, já revogada, conhecida como Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, em seu artigo 30, preceituava que: “ Art. 30. Não poderá exercer função pública, nem ocupar emprego em sociedade de economia mista ou empresa concessionária de serviço público o pai de família ou responsável por criança em idade escolar sem fazer prova de matrícula desta, em estabelecimento de ensino, ou de que lhe está sendo ministrada educação no lar”. A Constituição Federal de 1988, o artigo 205 aduz que: “ Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.
“ Art. 4. É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária”. (Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990) O artigo 6º da Lei 9.394/96, que trata das Diretrizes e Bases da Educação Nacional modificada  pela  Lei Nº 11.114, DE 16 DE MAIO DE 2005. “ Art. 6. É dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula dos menores, a partir dos seis anos de idade, no ensino fundamental”.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
[object Object],[object Object],[object Object]
 
Reportagem Globo Repórter (4 de agosto de 2006) Dona Tereza e Aldelino moravam em um pequeno sítio onde trabalhavam. Tiveram filhos para criar. Os dois eram analfabetos, mas sabiam muito bem como deveria ser a educação daquelas crianças, eram 9 meninas e 1 menino.  ” Estuda filho, eu não tive oportunidade de estudar e hoje em dia só vai pra frente quem tem oportunidade de saber”.
Conclusões Parciais O desenvolvimento social, físico e emocional da criança depende do sucesso acadêmico. E o sucesso acadêmico só é realizado com a colaboração escolar, familiar e da comunidade: bairro, vizinhança e as instituições locais. Trabalhando em conjunto, escola, família e comunidade, o sucesso na formação do educando será garantido. Com incentivo e ajuda os pais sentem-se implicados na atividade escolar dos filhos, aumentando as expectativas quanto ao percurso escolar e, tornando-se autoconfiantes, melhorando a auto-estima e o conceito acadêmico. O fundamental é a conscientização dos professores e pais, além da administração escolar para o trabalho em conjunto. O envolvimento dos pais na vida escolar os torna participantes da vida pública. Possibilitar a relação escola e família torna possível a reflexão sobre o tipo de sociedade que queremos mais democrática, responsável e crítica.
Não pode ser professor quem não tem preparação, pois seu dever não é apenas ensinar, mas, também participar nos órgãos de gestão, contatos com os pais de diferentes níveis e conhecimentos, assim deve estar preparado para atender um público de pais e alunos heterogêneos. A pesquisa tornou-me consciente do quanto a minha família foi importante durante o meu desenvolvimento infantil e escolar, tive oportunidades únicas. Os profissionais de educação envolvidos com a minha aprendizagem foram pessoas excelentes e participativas na formação como cidadã e na minha escolha profissional. Acredito que a família deve participar, integralmente, da vida de seu filho, observando cada passo de desenvolvimento, criando possibilidades, indicando os caminhos, enfim, auxiliando da melhor forma.  A educação não precisa de tecnologias inexplicáveis, nem milhões de reais para formação e desenvolvimento do aluno, mas um currículo transformador da realidade do educando, onde professor, aluno e familiares se compreendam, socializando objetivos equivalentes.
 
Agradecimentos: Dedico esta pesquisa à todas as pessoas que fizeram parte da minha vida durante o meu período de aprendizagem. Em especial, meus pais que proporcionaram todos os aportes para a minha formação. A orientadora e professora Cecília de Carvalho, ao Marcelo, meu namorado e a todos os profissionais e colegas do curso de Pedagogia que subsidiaram a monografia.
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Diretrizescurriculares 2012
Diretrizescurriculares 2012Diretrizescurriculares 2012
Diretrizescurriculares 2012angelafreire
 
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?Elisandra Manfroi
 
O eterno conflito entre pais e educadores
O eterno conflito entre pais e educadoresO eterno conflito entre pais e educadores
O eterno conflito entre pais e educadoresSamantha de Sá
 
A importância da família para o processo da aprendizagem escolar por flávia...
A importância da família para o processo da aprendizagem escolar   por flávia...A importância da família para o processo da aprendizagem escolar   por flávia...
A importância da família para o processo da aprendizagem escolar por flávia...Psicanalista Santos
 
Reflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escolaReflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escolaSonia Piaya
 
Interação escola e familia
Interação escola e familiaInteração escola e familia
Interação escola e familiaEDILENE CABRAL
 
Relação Família Escola_Monografia_Michele_Cristine_Costa_Fonseca_ UFMG_2011
Relação Família Escola_Monografia_Michele_Cristine_Costa_Fonseca_ UFMG_2011Relação Família Escola_Monografia_Michele_Cristine_Costa_Fonseca_ UFMG_2011
Relação Família Escola_Monografia_Michele_Cristine_Costa_Fonseca_ UFMG_2011Michele Costa
 
Família x Escola
Família x EscolaFamília x Escola
Família x Escolaestercotrim
 
Relação Família Escola
Relação Família EscolaRelação Família Escola
Relação Família EscolaJoaquim Colôa
 
Pesquisa qualitativa: Relação escola e família
Pesquisa qualitativa: Relação escola e famíliaPesquisa qualitativa: Relação escola e família
Pesquisa qualitativa: Relação escola e famíliamarlova2012
 
Slide monografia familia e escola
Slide monografia familia e escolaSlide monografia familia e escola
Slide monografia familia e escolaAntonia Carla Costa
 
A família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integralA família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integralDianaricardo28
 
A problemática da relação família escola e a criança com necessidades educati...
A problemática da relação família escola e a criança com necessidades educati...A problemática da relação família escola e a criança com necessidades educati...
A problemática da relação família escola e a criança com necessidades educati...Joaquim Colôa
 
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...Elisandra Manfroi
 

Mais procurados (20)

Pesquisa UNESCO
Pesquisa UNESCOPesquisa UNESCO
Pesquisa UNESCO
 
A familia e a escola
A familia e a escolaA familia e a escola
A familia e a escola
 
Diretrizescurriculares 2012
Diretrizescurriculares 2012Diretrizescurriculares 2012
Diretrizescurriculares 2012
 
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
 
O eterno conflito entre pais e educadores
O eterno conflito entre pais e educadoresO eterno conflito entre pais e educadores
O eterno conflito entre pais e educadores
 
A importância da família para o processo da aprendizagem escolar por flávia...
A importância da família para o processo da aprendizagem escolar   por flávia...A importância da família para o processo da aprendizagem escolar   por flávia...
A importância da família para o processo da aprendizagem escolar por flávia...
 
Reflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escolaReflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escola
 
Interação escola e familia
Interação escola e familiaInteração escola e familia
Interação escola e familia
 
Família
FamíliaFamília
Família
 
Relação Família Escola_Monografia_Michele_Cristine_Costa_Fonseca_ UFMG_2011
Relação Família Escola_Monografia_Michele_Cristine_Costa_Fonseca_ UFMG_2011Relação Família Escola_Monografia_Michele_Cristine_Costa_Fonseca_ UFMG_2011
Relação Família Escola_Monografia_Michele_Cristine_Costa_Fonseca_ UFMG_2011
 
Família x Escola
Família x EscolaFamília x Escola
Família x Escola
 
Relação Família Escola
Relação Família EscolaRelação Família Escola
Relação Família Escola
 
Pesquisa qualitativa: Relação escola e família
Pesquisa qualitativa: Relação escola e famíliaPesquisa qualitativa: Relação escola e família
Pesquisa qualitativa: Relação escola e família
 
Família e escola
Família e escolaFamília e escola
Família e escola
 
Slide monografia familia e escola
Slide monografia familia e escolaSlide monografia familia e escola
Slide monografia familia e escola
 
A família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integralA família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integral
 
A problemática da relação família escola e a criança com necessidades educati...
A problemática da relação família escola e a criança com necessidades educati...A problemática da relação família escola e a criança com necessidades educati...
A problemática da relação família escola e a criança com necessidades educati...
 
Preleção família e escola
Preleção família e escolaPreleção família e escola
Preleção família e escola
 
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
Importância da parceria família/escola no desenvolvimento e aprendizagem das ...
 
Politicas publicas paulo freire
Politicas publicas paulo freirePoliticas publicas paulo freire
Politicas publicas paulo freire
 

Destaque

Trabalho sobre EAD
Trabalho sobre EADTrabalho sobre EAD
Trabalho sobre EADkalebsoares
 
As Amizades E Sua InfluêNcia
As Amizades E Sua InfluêNciaAs Amizades E Sua InfluêNcia
As Amizades E Sua InfluêNciaAndré rug
 
A INFLUÊNCIA DA AMIZADE
 A INFLUÊNCIA DA AMIZADE A INFLUÊNCIA DA AMIZADE
A INFLUÊNCIA DA AMIZADELH Tools
 
Diag. e interv nas dif. de leitura e escrita
Diag. e interv nas dif. de leitura e escritaDiag. e interv nas dif. de leitura e escrita
Diag. e interv nas dif. de leitura e escritaMaria Masarela Passos
 
Estrategias de suporte para os transtornos ou dificuldades de leitura e escri...
Estrategias de suporte para os transtornos ou dificuldades de leitura e escri...Estrategias de suporte para os transtornos ou dificuldades de leitura e escri...
Estrategias de suporte para os transtornos ou dificuldades de leitura e escri...EFIGÊNIA NERES
 
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...Vândria Regina J C
 

Destaque (9)

Trabalho sobre EAD
Trabalho sobre EADTrabalho sobre EAD
Trabalho sobre EAD
 
As Amizades E Sua InfluêNcia
As Amizades E Sua InfluêNciaAs Amizades E Sua InfluêNcia
As Amizades E Sua InfluêNcia
 
A INFLUÊNCIA DA AMIZADE
 A INFLUÊNCIA DA AMIZADE A INFLUÊNCIA DA AMIZADE
A INFLUÊNCIA DA AMIZADE
 
A Infancia, Escola E Brincadeiras
A Infancia, Escola E BrincadeirasA Infancia, Escola E Brincadeiras
A Infancia, Escola E Brincadeiras
 
Diag. e interv nas dif. de leitura e escrita
Diag. e interv nas dif. de leitura e escritaDiag. e interv nas dif. de leitura e escrita
Diag. e interv nas dif. de leitura e escrita
 
Estrategias de suporte para os transtornos ou dificuldades de leitura e escri...
Estrategias de suporte para os transtornos ou dificuldades de leitura e escri...Estrategias de suporte para os transtornos ou dificuldades de leitura e escri...
Estrategias de suporte para os transtornos ou dificuldades de leitura e escri...
 
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
Sugestões de atividades para projetos de leitura para educação infantil e ens...
 
32
32 32
32
 
Modelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de PesquisaModelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de Pesquisa
 

Semelhante a Importância da Família na Vida Escolar

Citacoes sobre familia
Citacoes sobre  familiaCitacoes sobre  familia
Citacoes sobre familiaLohan Viana
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica
AsespecificidadesdaacaopedagogicaAsespecificidadesdaacaopedagogica
AsespecificidadesdaacaopedagogicaGeuza Livramento
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppAsespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppMarcia Gomes
 
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptxMayraAzevedo3
 
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantilEduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantilMary Konopka
 
Diferentes fontes de informação sobre sexualidade.
Diferentes fontes de informação sobre sexualidade.Diferentes fontes de informação sobre sexualidade.
Diferentes fontes de informação sobre sexualidade.Fábio Fernandes
 
Cleosimarina maia de lima professor inovador
Cleosimarina maia de lima   professor inovadorCleosimarina maia de lima   professor inovador
Cleosimarina maia de lima professor inovadorSimoneHelenDrumond
 
Ensino fundamental de 9 anos
Ensino fundamental de 9 anosEnsino fundamental de 9 anos
Ensino fundamental de 9 anosNaysa Taboada
 
A criança de seis anos no ensino fundamental
A criança de seis anos no ensino fundamentalA criança de seis anos no ensino fundamental
A criança de seis anos no ensino fundamentalThiago Cellin Duarte
 
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO InfantilO Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO Infantilmarlene_herter
 
Resolução diretrizes infantil2
Resolução diretrizes infantil2Resolução diretrizes infantil2
Resolução diretrizes infantil2Erica Destéfani
 
Sexualidade na escola 06-04-16
Sexualidade na escola 06-04-16Sexualidade na escola 06-04-16
Sexualidade na escola 06-04-16flor Oliveira
 
TCC_ARTIGO EM CONSTRUÇÃO_Danielly.docx
TCC_ARTIGO EM CONSTRUÇÃO_Danielly.docxTCC_ARTIGO EM CONSTRUÇÃO_Danielly.docx
TCC_ARTIGO EM CONSTRUÇÃO_Danielly.docxJHony342614
 
Brincadeiras invenções e transgressões de gênero na educação infantil
Brincadeiras invenções e transgressões de gênero na educação infantilBrincadeiras invenções e transgressões de gênero na educação infantil
Brincadeiras invenções e transgressões de gênero na educação infantilRenata Cunha
 

Semelhante a Importância da Família na Vida Escolar (20)

Citacoes sobre familia
Citacoes sobre  familiaCitacoes sobre  familia
Citacoes sobre familia
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica
AsespecificidadesdaacaopedagogicaAsespecificidadesdaacaopedagogica
Asespecificidadesdaacaopedagogica
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppAsespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
 
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
 
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantilEduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
 
Diferentes fontes de informação sobre sexualidade.
Diferentes fontes de informação sobre sexualidade.Diferentes fontes de informação sobre sexualidade.
Diferentes fontes de informação sobre sexualidade.
 
Ens fund nove apres1
Ens fund nove apres1Ens fund nove apres1
Ens fund nove apres1
 
Cleosimarina maia de lima professor inovador
Cleosimarina maia de lima   professor inovadorCleosimarina maia de lima   professor inovador
Cleosimarina maia de lima professor inovador
 
Ana carla gisela
Ana carla giselaAna carla gisela
Ana carla gisela
 
Arte cultura e linguística
Arte cultura e linguísticaArte cultura e linguística
Arte cultura e linguística
 
Arte cultura e linguística
Arte cultura e linguísticaArte cultura e linguística
Arte cultura e linguística
 
Ensino fundamental de 9 anos
Ensino fundamental de 9 anosEnsino fundamental de 9 anos
Ensino fundamental de 9 anos
 
A criança de seis anos no ensino fundamental
A criança de seis anos no ensino fundamentalA criança de seis anos no ensino fundamental
A criança de seis anos no ensino fundamental
 
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO InfantilO Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
 
Formas de intervenção psicomotora
Formas de intervenção psicomotoraFormas de intervenção psicomotora
Formas de intervenção psicomotora
 
Resolução diretrizes infantil2
Resolução diretrizes infantil2Resolução diretrizes infantil2
Resolução diretrizes infantil2
 
Sexualidade na escola 06-04-16
Sexualidade na escola 06-04-16Sexualidade na escola 06-04-16
Sexualidade na escola 06-04-16
 
TCC_ARTIGO EM CONSTRUÇÃO_Danielly.docx
TCC_ARTIGO EM CONSTRUÇÃO_Danielly.docxTCC_ARTIGO EM CONSTRUÇÃO_Danielly.docx
TCC_ARTIGO EM CONSTRUÇÃO_Danielly.docx
 
Brincadeiras invenções e transgressões de gênero na educação infantil
Brincadeiras invenções e transgressões de gênero na educação infantilBrincadeiras invenções e transgressões de gênero na educação infantil
Brincadeiras invenções e transgressões de gênero na educação infantil
 
Educação Doméstica
Educação DomésticaEducação Doméstica
Educação Doméstica
 

Mais de Luciana Raspa Marcelo Lopes

Educação no século XXI - Desafio de Pais e Educadores
Educação no século XXI - Desafio de Pais e EducadoresEducação no século XXI - Desafio de Pais e Educadores
Educação no século XXI - Desafio de Pais e EducadoresLuciana Raspa Marcelo Lopes
 
Ler E Escrever Num Mundo Em Transforma Transp[1][1]
Ler E Escrever Num Mundo Em Transforma  Transp[1][1]Ler E Escrever Num Mundo Em Transforma  Transp[1][1]
Ler E Escrever Num Mundo Em Transforma Transp[1][1]Luciana Raspa Marcelo Lopes
 

Mais de Luciana Raspa Marcelo Lopes (20)

Projeto Minha Família e Eu
Projeto Minha Família e EuProjeto Minha Família e Eu
Projeto Minha Família e Eu
 
Projeto: Reciclagem
Projeto: ReciclagemProjeto: Reciclagem
Projeto: Reciclagem
 
Projeto: Cantigas de roda
Projeto: Cantigas de roda Projeto: Cantigas de roda
Projeto: Cantigas de roda
 
Projeto: Páscoa
Projeto: PáscoaProjeto: Páscoa
Projeto: Páscoa
 
ApresentaçãO A Defav
ApresentaçãO A DefavApresentaçãO A Defav
ApresentaçãO A Defav
 
Apresentação do projeto monográfico
Apresentação do projeto monográficoApresentação do projeto monográfico
Apresentação do projeto monográfico
 
Educação no século XXI - Desafio de Pais e Educadores
Educação no século XXI - Desafio de Pais e EducadoresEducação no século XXI - Desafio de Pais e Educadores
Educação no século XXI - Desafio de Pais e Educadores
 
Visita ADEFAV
Visita ADEFAVVisita ADEFAV
Visita ADEFAV
 
CurríCulo Prof Gouvea Palestra
CurríCulo  Prof Gouvea PalestraCurríCulo  Prof Gouvea Palestra
CurríCulo Prof Gouvea Palestra
 
ApresentaçãOlu
ApresentaçãOluApresentaçãOlu
ApresentaçãOlu
 
Children[1]
Children[1]Children[1]
Children[1]
 
Pestalozzi Final
Pestalozzi   FinalPestalozzi   Final
Pestalozzi Final
 
ApresentaçOa Da Infancia
ApresentaçOa Da InfanciaApresentaçOa Da Infancia
ApresentaçOa Da Infancia
 
SensibilizaçãO Tcc
SensibilizaçãO TccSensibilizaçãO Tcc
SensibilizaçãO Tcc
 
FormuláRio AlfabetizaçãO E Letramento
FormuláRio   AlfabetizaçãO E LetramentoFormuláRio   AlfabetizaçãO E Letramento
FormuláRio AlfabetizaçãO E Letramento
 
Ler E Escrever Num Mundo Em Transforma Transp[1][1]
Ler E Escrever Num Mundo Em Transforma  Transp[1][1]Ler E Escrever Num Mundo Em Transforma  Transp[1][1]
Ler E Escrever Num Mundo Em Transforma Transp[1][1]
 
Mannheim
MannheimMannheim
Mannheim
 
FormuláRio AlfabetizaçãO E Letramento[1]
FormuláRio   AlfabetizaçãO E Letramento[1]FormuláRio   AlfabetizaçãO E Letramento[1]
FormuláRio AlfabetizaçãO E Letramento[1]
 
ApresentaçãO De Sondagem
ApresentaçãO De SondagemApresentaçãO De Sondagem
ApresentaçãO De Sondagem
 
Mannheim FormuláRio
Mannheim   FormuláRioMannheim   FormuláRio
Mannheim FormuláRio
 

Último

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 

Último (20)

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 

Importância da Família na Vida Escolar

  • 1.  
  • 2.  
  • 3. INTRODUÇÃO Meus pais sempre estiveram presentes tanto na minha vida escolar, quanto, dos meus irmãos. Acredito que por isso nos tornamos pessoas felizes, sociáveis, críticas e cultas. Durante minha vida de estudante, meu pai sempre participou das reuniões de pais e mestres, às vezes questionando as abordagens pedagógicas das escolas particulares em relação às escolas públicas nas quais estudou.
  • 4. Importância “ qualidade do, ou de quem é importante; influência; autoridade; de grande valor”. (Wikipédia, s.d.)
  • 5. Família que “representa o conjunto das propriedades de alguém, incluindo escravos e parentes, familia vem de famulus , que significa escravo doméstico ; respeitável, responsável, recatado; pessoas que vivem numa mesma habitação”. (Wikipédia, s.d.)
  • 6. Âmbito “ recinto, contorno, campo de ação; esfera; contexto; e “escola” a instituição social que tem a missão de educar; casa ou estabelecimento onde se ensina; conjunto dos professores e dos alunos; doutrina; sistema; aprendizagem; método; estilo”. (Priberam, s.d.)
  • 7. A escola é uma instituição potencialmente socializadora. Ela abre um espaço para que os aprendizes construam novos conhecimentos, dividam seus universos pessoais e ampliem seus ângulos de visão assim como aprendam a respeitar outras verdades, outras culturas e outros tipos de autoridade. Nessa instituição, o mundo do conhecimento, da informação, ou seja, o mundo objetivo, mistura-se ao dos sentimentos, das emoções e da intuição, ao dito mundo do subjetivo. É emoção e razão que se fundem em busca de sabedoria. (Parolin, 2005, p. 61)
  • 8. Problematização Qual a importância da família nas atitudes escolares? Como seria se todos tivessem os pais ao seu lado em todos os momentos, principalmente na convivência escolar? C omo a família pode influenciar na vida escolar e quais as conseqüências para a vida e formação do cidadão? A importância, qualitativamente, da presença dos pais na vida escolar, demonstrando os aspectos negativos e positivos que trazem para o desenvolvimento na vida do ser humano e em sua formação como cidadão.
  • 9. Metodologia A minha pesquisa é qualitativa, pois se refere às histórias de vidas de pessoas que tiveram e das que não tiveram o apoio da família na vida escolar. Uma verificação das regularidades para análise dos significados que os indivíduos dão as suas ações no meio ecológico em que constroem suas vidas, e suas relações, a compreensão do sentido dos atos e das decisões dos atores sociais ou, então, dos vínculos indissociáveis das ações particulares com o contexto social em que estas se dão. Significando assim, uma pesquisa do comportamento Humano e Social. (Chizzotti, 2000, p. 79) Entrevista não-diretiva será o recurso metodológico.
  • 10. Teóricos Tanto a família quanto a escola desejam a mesma coisa: preparar as crianças para o mundo; no entanto, a família tem as suas particularidades que a diferenciam da escola, e suas necessidades que a aproximam dessa mesma instituição. A escola tem sua metodologia e filosofia para educar uma criança, no entanto, ela necessita da família para concretizar o seu projeto educativo. (Parolin, 2005, p. 99) “ Cada nova etapa do desenvolvimento da criança é um desafio à criatividade e à flexibilidade dos pais, pelo muito que deles exige em termos de padrões de conduta e entendimento às necessidades e solicitações do filho” (Maldonado, 1983, p. 9) “ ... viver num apartamento pequeno implica em maior interação com a criança, e também em maiores restrições ao seu comportamento...” (Maldonado, 1983, p. 10)
  • 11. “ O toque e o diálogo são mágicos, criam uma esfera de solidariedade, enriquecem a emoção e resgatam o sentido da vida”. (Cury, 2003, p. 45) “ O mundo pode não apostar em nossos filhos, mas jamais devemos perder a esperança de que eles se tornem grandes seres humanos”. (Cury, 2003, p. 51)
  • 12.
  • 13. A Lei nº 4.024/61, já revogada, conhecida como Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, em seu artigo 30, preceituava que: “ Art. 30. Não poderá exercer função pública, nem ocupar emprego em sociedade de economia mista ou empresa concessionária de serviço público o pai de família ou responsável por criança em idade escolar sem fazer prova de matrícula desta, em estabelecimento de ensino, ou de que lhe está sendo ministrada educação no lar”. A Constituição Federal de 1988, o artigo 205 aduz que: “ Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.
  • 14. “ Art. 4. É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária”. (Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990) O artigo 6º da Lei 9.394/96, que trata das Diretrizes e Bases da Educação Nacional modificada pela Lei Nº 11.114, DE 16 DE MAIO DE 2005. “ Art. 6. É dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula dos menores, a partir dos seis anos de idade, no ensino fundamental”.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.  
  • 20.
  • 21.  
  • 22. Reportagem Globo Repórter (4 de agosto de 2006) Dona Tereza e Aldelino moravam em um pequeno sítio onde trabalhavam. Tiveram filhos para criar. Os dois eram analfabetos, mas sabiam muito bem como deveria ser a educação daquelas crianças, eram 9 meninas e 1 menino. ” Estuda filho, eu não tive oportunidade de estudar e hoje em dia só vai pra frente quem tem oportunidade de saber”.
  • 23. Conclusões Parciais O desenvolvimento social, físico e emocional da criança depende do sucesso acadêmico. E o sucesso acadêmico só é realizado com a colaboração escolar, familiar e da comunidade: bairro, vizinhança e as instituições locais. Trabalhando em conjunto, escola, família e comunidade, o sucesso na formação do educando será garantido. Com incentivo e ajuda os pais sentem-se implicados na atividade escolar dos filhos, aumentando as expectativas quanto ao percurso escolar e, tornando-se autoconfiantes, melhorando a auto-estima e o conceito acadêmico. O fundamental é a conscientização dos professores e pais, além da administração escolar para o trabalho em conjunto. O envolvimento dos pais na vida escolar os torna participantes da vida pública. Possibilitar a relação escola e família torna possível a reflexão sobre o tipo de sociedade que queremos mais democrática, responsável e crítica.
  • 24. Não pode ser professor quem não tem preparação, pois seu dever não é apenas ensinar, mas, também participar nos órgãos de gestão, contatos com os pais de diferentes níveis e conhecimentos, assim deve estar preparado para atender um público de pais e alunos heterogêneos. A pesquisa tornou-me consciente do quanto a minha família foi importante durante o meu desenvolvimento infantil e escolar, tive oportunidades únicas. Os profissionais de educação envolvidos com a minha aprendizagem foram pessoas excelentes e participativas na formação como cidadã e na minha escolha profissional. Acredito que a família deve participar, integralmente, da vida de seu filho, observando cada passo de desenvolvimento, criando possibilidades, indicando os caminhos, enfim, auxiliando da melhor forma. A educação não precisa de tecnologias inexplicáveis, nem milhões de reais para formação e desenvolvimento do aluno, mas um currículo transformador da realidade do educando, onde professor, aluno e familiares se compreendam, socializando objetivos equivalentes.
  • 25.  
  • 26. Agradecimentos: Dedico esta pesquisa à todas as pessoas que fizeram parte da minha vida durante o meu período de aprendizagem. Em especial, meus pais que proporcionaram todos os aportes para a minha formação. A orientadora e professora Cecília de Carvalho, ao Marcelo, meu namorado e a todos os profissionais e colegas do curso de Pedagogia que subsidiaram a monografia.
  • 27.