SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 134
1 1
KLEITOR
Lean SS Black Belt certified
Kanban Coach certified
Scrum Coach certified
Lean expert and QA specialist
Gestão Ágil do Backlog
TASKBOARDS
kleitor.franklint@gmail.com
br.linkedin.com/in/kfranklint
2 2
Um olhar sem pretensão
de verdade com
Lean / Kanban / Scrum
Contínua atenção à excelência técnica e bom
design, aumenta a agilidade.
4 4 4
Agenda
- Introdução a gestão visual
- Desenhando o taskboard
- Adicionando funcionalidades e tarefas
- Mapeando relações
- Gerindo com o taskboard
5 5 5
Gestão
BACKLOG
Restrospectiva
Reunião
Diária
Taskboard
Princípios
Burndown
6 6
TaskBoards x dashboards
Não objetiva ser um
dashboard macro
7 7
TaskBoards
São para ação!!!
8 8
TaskBoards
Painel de gestão visual do
time: release, sprint
9 9
Se você não pode ver,
não pode gerenciar
10 10
Melhoria colaborativa é quase
impossível se o trabalho e o workflow
forem invisíveis e as políticas de
processo não são explicitas
David J Anderson
Visualize
11 11
TaskBoards
Por que usar outdoors,
banners, quadros brancos?
12 12
TaskBoards
De
parede ou
digital?
Tom Wujec: 3 maneiras com que o cérebro cria significado
https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=wPFA8n7goio
13 13
lógica seletiva: o ato de se engajar e olhar cria
sentido
Imagens:
-Criar imagens interativas enriquece o significado
-Imagens ajudam a clarificar o que está tentando
dizer
14 14
Imagens:
-Desenhos trazem à tona ideias-chave
-Estimulam o momento "a-ha“
15 15
O grande muro
- Todo mundo
consegue ver tudo
-Tornar as ideias claras e visualiza-las
-Torna as imagens interativas
16 16
O grande muro
-Criar modelos
mentais
compartilhados
-Contribuir coletivamente na
construção de uma imagem
transforma a colaboração
17 17The Brown Book of Design Thinking, 2013
18 18The Brown Book of Design Thinking, 2013
19 19
TaskBoards
Não é sobre estar
na parede ou
digital...
... é sobre o que precisa
ser lembrado e
desenvolvido.
20 20
TaskBoards
Não é sobre estar
na parede ou
digital...
... é sobre dar significado as
coisas. Significado é tudo.
21 21
TaskBoards
Não é sobre
times maduros
ou imaturos
... é sobre amadurecimento
constante, trazer à tona ideias-
chave. Encontrar o momento
“A-há”.
22 22
TaskBoards
De parede
ou digital?
-Espaço cultural não ágil?
-TVs grandes e suficientes?
-Time distribuído?
-O foco é melhoria contínua ou
conformismo?
23 23
TaskBoards
De parede
ou digital?
Cuidado com o labirinto invisível!
A sub, da sub, da subtarefa
24 24
TaskBoards
De parede
ou digital?
Não transforme seu Quadro de
tarefas em somente quadro de
tarefas.
25 25
TaskBoards
Não abra mão da
visualização!!!
De parede
ou digital?
26 26
Pessoas
melhoram
produtos
Não só
falando
Comunicação face a face como ferramenta
kaizen
7%= verbal ou escrito
93%= não verbal corporal
Virtual vs Face-to-Face Communication
https://www.youtube.com/watch?v=YzS3ZyksogU
27 27
Visualização é muito importante para o
processo de design. Permite pensar de uma
maneira não verbal
Comunicação
7%= verbal ou escrito
93%= não verbal
corporal
28 28
TaskBoards
Algumas questões
iniciais
29 29
TaskBoards
Quem usa?
O time, PO, SM,
GP, etc.
Quem elabora?
O time, Scrum Master e o PO
Quem atualiza?
O time
30 30
TaskBoards
Criação, manutenção
Quando preencher?
A partir da reunião
planejamento.
31 31
TaskBoards
Gerir o que?
Fluxo contínuo
Integração do
Time
Capacidade de resolver
problemas, etc.
Quanto
significado tem
aqui?
32 32
Gerindo
TaskBoards
Quem atualiza?
O time
Quando limpar? Hum...
Antes do próximo ciclo de entrega
Quando atualizar?
Nas reuniões diárias do time.
Quanto
significado tem
aqui?
33 33
Menos é mais
Taskboard kanban ou scrum?
Quantos taskboards?
34 34
Desenhando o
TASKBOARD
35 35
Localização do Quadro
Fácil visualização e manipulação
( comunitária) do time.
36 36
Por que o Ágil usa post-it?
Atividade
Não precisa ser só papel. 
37 37
Por que o Ágil usa post-it?
Estimular a comunicação.
38 38
O que há
em um
TaskBoard?
Necessidades
Microgenéricas
-Time participante
-Tipos de atividades a
serem feitas
-Tarefas a serem feitas
-Priorização
-Itens do Backlog -Impedimentos
-Estado da tarefas
-Progresso
-Restrições
-Calendário
39 39
Desenhando TaskBoards
Uma proposta de
layout
Esclareça as
regras sobre
cada item
40 40
Taskboards refletem a
maturidade e a necessidade
de um time
41 41
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
Fluxo Progresso x layout
Taskboard
42 42
Fluxo de Progresso, layout, Itens
TaskBoards – Alguns modelos
43 43
Alguns modelos
Quanto
significado tem
aqui?
44 44
Alguns modelos
Quanto
significado tem
aqui?
45 45
Quanto significado tem aqui?
http://www.strongandagile.co.uk/index.php/super-hero-scrum-board/
46 46
Analisando modelos - kANBAN
47 47
Analisando modelos - Scrum
Quanto
significado tem
aqui?
48 48
TaskBoards
Qual o melhor modelo?
49 49
TaskBoards
Qual o melhor modelo?
Qual a necessidade?
50 50
Mapas: o que ainda falta?
Identificando
a origem:
Projeto, release
sprint
51 51
Mapas: E o sprint?
2
1
1 1
1 2
Sprint 1
Projeto X: Release 1
Indique o projeto, release e sprint no seu
taskboard
52 52
Adicionando
funcionalidades
Uma
proposta
Quanto
significado tem
aqui?
53 53
Modelo para histórias,
funcionalidades
#6 Prev: 6
Real: 8
Cadastro de
Alunos
Irregulares
EstimativaId
Funcionalidade
54 54
Funcionalidades: priorizando
Cadastro de
Alunos
Irregulares
PV:3Prioridade
por
pontos
Prioridade
por cor
55 5555
Da esquerda pra direita, de cima para baixo
Funcionalidades:
priorizando por disposição
56 56
-Altere as funcionalidades/ historias do
planejamento para este modelo
-Indique suas prioridades
-Adicione ao taskboard
#6 Real: 8
Cadastro de
Alunos
Irregulares
Exercitando
57 57
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
Cole as funcionalidades ou histórias
na coluna Backlog
58 58
Adicionando
Tarefas
Uma proposta de
modelo
WIP
59 59
Um monte de
texto é valor
ou desperdício?
Comunicação, emoção,
entendimento, documentação viva
Tarefas
60 60
Nome da tarefa:
0 100
01/07 04/07
Kleitor
Forçar logout
após 20 minutos
de inatividade
PV:3
-Objetivo
-Atômico
61 61
Atomicidade da
tarefa
Criar modelo
de dados de
funcionario
Criar modelo
conceitual de
do ator
funcionário
62 62
Atomicidade da
tarefa – exemplo 2.
Criar estrutura
de dados de
funcionario
Criar tabela
do ator
funcionário
63 63
Prioridade da tarefa:
PV, cor, disposição
0 100
01/07 04/07
Kleitor
Forçar logout
após 20 minutos
de inatividade
PV:3
64 64
E o verso do
taskcard?
Critérios,
Observações,
etc.
65 65
WIP
Um visão ampla de um taskcard:
#6
0 100
01/07 04/07
Real: 8Kleitor
Forçar logout
após 20 minutos
de inatividade
Estimativa
Responsável
Tarefa
Deadline
Início
PV:3Pontos de
valor
66 66
O “quando” de cada coisa na tarefa
Quando adicionar cada item do taskcard?
67 67
Atividade
Atualize as tarefas para este
modelo e as adicione no taskboard
#6
0 50 100
01/07 04/07
Prev: 6
Real: 8
Kleitor
Forçar logout
após 20 minutos
de inatividade
PV:3
68 68
Mapeamento de
relações no
Taskboard
Time+Backlog+tarefas
69 69
Mapa de relações
Backlog
e tarefas
70 70
Mapa de relações
Funcionalidades -> tarefas:
Algumas propostas:
- Por cor
- Por alinhamento vertical ou horizontal
- Por ID
71 71
Mapas de
Funcionalidades -> tasks: Por cor
Tarefas associadas por
cor
Funcionalidade
por cor
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
72 72
Mapas de
Funcionalidades -> tasks: Por alinhamento
Tarefas associadas por
alinhamento horizontal
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
73 73
Mapas de
Funcionalidades -> tasks: Por Id
Tarefas associadas por ID
da funcionalidade
2
1 1 1
1 2
74 74
E se o task card for digital?
Mapas de Funcionalidades -> tasks
75 75
Correlacione Sempre!!!!
76 76
Exercício
-Correlacione time, funcionalidades e tarefas
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
77 77
Gerindo com o
TASKBOARD
78 7878
O escopo do release e do Sprint
O backlog e as tarefas de um
sprint podem vir...
 Do sprint anterior e do atual?
 Do atual e do próximo?
 Um mix dessas opções?
79 79
As atividades do time estão
associadas ao sprint atual ou ao
próximo?
Analista:
- Modela necessidades do próximo sprint
- Suporta o sprint atual
- Testa
-Desenvolvedor:
-Implementar necessidades do
sprint atual
- Testa
80 80
Status
Gestão com Taskboard
1. Cuidado com a subutilização da
cadência
2. Gerencie filas, não a linha do tempo.
Progresso
81 81
“Um pouco de esforço
contínuo ajuda muito
Um monte de esforço ajuda um pouco”
82 82
Exercício
-Faça uma reunião diária e inicie as tarefas
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
83 83
Exercitando
-Que valores você percebeu nos
taskboards vistos?
-Porque eram valores?
84 84
Gerencie filas,
não tempo
Fluidez
The principles of product development flow; Reinertsen
85 85
Melhoria
contínua
Cuidado com a adoração a
conformismo
The principles of product development flow; Reinertsen
86 86
Por que se reunir na frente do taskboard?
-Comunicação com gerentes
-Recuperação rápida da informação
-Refletir sobre comunicação eficaz
Quanto
significado tem
aqui?
87 87
Exercício
-Faça uma reunião diária e atualize o
progresso das tarefas em
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
88 88
Resolva problemas complexos com
visão colaborativa
Tom Wujec:
Got a wicked problem? First, tell me how you make toast
https://www.youtube.com/watch?v=_vS_b7cJn2A
89 89
Resolva problemas complexos
com visão colaborativa
Times Ágeis: como fazer melhor? (obtenha) Modelos unificados ajudam
-Melhorar a representação da necessidade: MVP
e estados emocionais
-Refinamento constante leva a melhoria
-Visão colaborativa, repetição e refinamento
- Integração de diversidade de pontos de vista
90 90
Resolva problemas complexos
com visão colaborativa
Times Ágeis: como fazer melhor? (obtenha) Modelos unificados ajudam
-É essencial rápida interação: exprimir,
refletir e analisar = clareza!
-Mobilidade na representação = fluidez
-Facilidade de mudar a representação
correlaciona-se com o interesse de
melhorar o modelo.
-Nodos + links = modelo de sucesso
91 91
Resolva problemas complexos
com visão colaborativa
Times Ágeis: como fazer melhor? (obtenha) Modelos unificados ajudam
-Visualizar o negócio gera ROI: Ex: 50,000,000.00
-Melhoria no conceito dos consumidores –
sucesso!
-Dividir em partes pequenas e depois junta-las
-Enquadramento visual dá referência
-O aspecto importante é a comunicação
- Simples, divertido e poderoso
92 92
Limite de trabalho em progresso
Por que limitar
itens em
progresso?
93 93
Por que limitar itens em progresso?
-Impedir que a capacidade produtiva fuja do
controle.
-Se as coisas estão fluindo bem, os limites das
atividades em andamento não são usados.
94 94
WIP- limitar pelo que?
 Por tamanho de item
 Por quantidade de itens
 Pela capacidade do time
 Por espaço físico disponível
 Para a conversação
 etc
95 95
Limite de trabalho em progresso
Como representar a limitação?
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
(3)(6) (2)
96 96
Só entra mais um item depois de...
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO EITO
(3) (6) (2)
Exemplo de critério quando se chega
ao limite
97 97
Que colunas limitar e por quê?
Quais os critérios para delimitar?
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
(3) (6) (2)
Exercício
98 98
Backlog de
tamanho variável
O que é?
Ter ou
não ter?
99 99
Backlog de
tamanho variável
O que não é?
Estender o tamanho
do backlog.
100100
Backlog de
tamanho variável
O que pode
ser?
Adição de itens no
backlog mantendo a
capacidade.
101101
Backlog e tamanho variável
Adição de novas funcionalidades
-Prioridade é a chave: entra um
sai um.
-Disponibilidade é chave: cabe
mais uma demanda?
-Novas demandas: descritas em notas e fixadas em
um local específico do quadro (novas demandas)
-Como confirmar a entrada? PO+time+necessidade
102102
IMPEDIMENTOS
E fluidez
103103
IMPEDIMENTOS
Certifique-e de que todos
podem vê-los.
104104
Impedimentos
-Definição: impede progresso em
relação sprint.
-Qual o prazo para resolve-los? Até a
próxima reunião diária
-Quem os resolve?
O time e externos
Sm e PO
105105
Escreva no verso do WIP A
CAUSA do impedimento
106106
Impedimentos
O que fazer quando um aparecer?
-Resolver já o que for possível;
-Rever planejamento do Sprint
-Avaliar espaço de movimentação
107107
Delimite e monitore
Impedimentos
Sugestões:
-Coluna do impedimento menor
- Coluna impedimento
explicitamente limitada
IMPEDIDO
Max 4.
FEITO
108108
Cuidado com
Impedimentos “invisíveis”
-Cliente pedindo melhoria no sprint em
andamento
-Times que ampliam prazo do sprint para
compensar gestão ruim.
-Retrospectiva que não agrega valor
-Crença na milagrosa solução externa
109109
- Escolha duas tarefas a atribua
impedimento. Proponha solução: ação,
envolvidos, delimitação.
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
Exemplo: time não conhece
Arquitetura.
110110
Ágil com teste!!!!
Teste como atividade!!!
111111
Ágil é test-first
Correção de Bug
x
Solução de problema
(Kaizen)
112112
Quando mover as tarefas?
Progresso: 100%, cancelado, impedido
113113
Quando mover as tarefas?
Produção puxada
Ex: teste não começa quando o dev termina,
mas quando tester está pronto
114114
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
Quando o espaço
permite
Proposta 1 –
Coluna “Testando”
115115
TESTANDO
Forçar logout
após 20 minutos
de inatividade
Proposta 1 –
Coluna “Testando”
116116
-Represente o estado de teste no taskboard
para duas tarefas.
BACKLOG A FAZER FAZENDO TESTANDO IMPEDIDO FEITO
117117
Resultados de testes
Produção puxada e o DONE
O que fazer com eles?
118118
Testes: Resultados aceitos?
NÃO? Algumas sugestões
119119119
Sugestão 1
FAZENDO
Etiquetando
a tarefa com
bug.
Descrever
Bugs em
outro
local.
120120120
FAZENDO
Sugestão 2
Etiquetando
a tarefa com
bug.
Bugs com a
tarefa.
121121121
Exemplo
Na coluna
“Impedido”
IMPEDIDO
Sugestão
122122122
Limite a coluna “Testando”
TESTANDO
(4)
Fluxo Contínuo
e Done.
Limite máximo
de tarefas de teste
pendentes.
Implementar
Salvar
“Avaliação
individual”
T1
123123123
Exercício
FAZENDO
Atribua duas tarefas a um
estado pós-teste com base em:
-1 tarefa será corrigida já
-1 tarefa não será corrigida e não
tem o done do cliente.
124124
Represente visualmente o
“feito”:
-Funcionalidade
-Tarefa
125125
Funcionalidade: o “feito”:
126126
Tarefa : o “feito”:
-100% x “o feito”
-Mover à coluna “Feito”
127127
Exercício
-Atribua “Feito” para todas as
funcionalidades e tarefas
128128
De onde vêm
as boas
ideias?
https://www.youtube.com/watch?v=NugRZGDbPFU
129129
De onde vêm as
boas ideias?
-No começo não há visão completa
-Espaço contribui para a criatividade e inovação
-Criatividade cria ambiente favorável
-Criatividade = Intuição + pequenas ideias
130130
De onde vêm as
boas ideias?
-Muitas pequenas ideias permitem convergência -
para um grande ideia
-A soma das partes é maior que o todo
-Criatividade está associada a nossa capacidade
de se comunicar
-Principal motor = trocar ideias
131131
O poder da colaboração x a defensiva
-Não se consegue colaborar externamente senão
colaborarmos internamente
-Defensiva impossibilita o contato
-Aprenda gerir a defensiva: por que me sinto tão
vulnerável?
-Se diminuir a defesa, aumenta capacidade de resolver
problemas
Cultivating Collaboration: Don't Be So Defensive
https://www.youtube.com/watch?v=vjSTNv4gyMM
The power of collaboration:
https://www.youtube.com/watch?v=VmQVNE-MbKI
132132
O poder da colaboração x a defensiva
-Contração e expansão: defensiva e colaboração
-Estar atento ao que fazemos com nossos sinais exteriores
-Sinais: pensamento obsessivo, querer ter a última
palavra, inundar para provar um ponto
-Colaborar : deixar as pessoas editarem
minhas ideias
Cultivating Collaboration: Don't Be So Defensive
https://www.youtube.com/watch?v=vjSTNv4gyMM
The power of collaboration:
https://www.youtube.com/watch?v=VmQVNE-MbKI
133133
Gratidão
134134
Parabéns!!!!!
Seu time conseguiu

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterPaulo Lomanto
 
[TDCPOA2019] Upstream Kanban: exercitando a eficácia criativa do seu fluxo de...
[TDCPOA2019] Upstream Kanban: exercitando a eficácia criativa do seu fluxo de...[TDCPOA2019] Upstream Kanban: exercitando a eficácia criativa do seu fluxo de...
[TDCPOA2019] Upstream Kanban: exercitando a eficácia criativa do seu fluxo de...Vinicius Campos Silva
 
Part3. 아이디어를 게임기획으로 발전시키기
Part3. 아이디어를 게임기획으로 발전시키기Part3. 아이디어를 게임기획으로 발전시키기
Part3. 아이디어를 게임기획으로 발전시키기태성 이
 
Product Discovery Scrum Day 2018-06-05
Product Discovery Scrum Day 2018-06-05Product Discovery Scrum Day 2018-06-05
Product Discovery Scrum Day 2018-06-05Andressa Chiara
 
Métricas em times ágeis: O essencial que você precisa saber, mas não te conta...
Métricas em times ágeis: O essencial que você precisa saber, mas não te conta...Métricas em times ágeis: O essencial que você precisa saber, mas não te conta...
Métricas em times ágeis: O essencial que você precisa saber, mas não te conta...Cleiton Luis Mafra
 
Gestão ágil de projetos com Scrum
Gestão ágil de projetos com ScrumGestão ágil de projetos com Scrum
Gestão ágil de projetos com ScrumBlog Eu na TI
 
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do ScrumScrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do ScrumAndré Borgonovo
 
Gestão Ágil - O RH mais estratégico
Gestão Ágil - O RH mais estratégicoGestão Ágil - O RH mais estratégico
Gestão Ágil - O RH mais estratégicoDaniel de Amaral
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)Manoel Pimentel Medeiros
 
O Product Owner e o Scrum
O Product Owner e o ScrumO Product Owner e o Scrum
O Product Owner e o ScrumVitor Massari
 
Métricas para times Ágeis usando Estatística Básica
Métricas para times Ágeis usando Estatística BásicaMétricas para times Ágeis usando Estatística Básica
Métricas para times Ágeis usando Estatística BásicaDiego Eis
 
Diffusion de la méthode BDD chez AXA via les 3 amigos
Diffusion de la méthode BDD chez AXA via les 3 amigosDiffusion de la méthode BDD chez AXA via les 3 amigos
Diffusion de la méthode BDD chez AXA via les 3 amigosEmilie-Anne GUERCH
 
STATIK para facilitadores
STATIK para facilitadoresSTATIK para facilitadores
STATIK para facilitadoresNatalia Manha
 
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream KanbanAlinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream KanbanTaller Negócio Digitais
 

Mais procurados (20)

Trabalho scrum
Trabalho scrumTrabalho scrum
Trabalho scrum
 
Pare de começar e comece a previsibilizar
Pare de começar e comece a previsibilizarPare de começar e comece a previsibilizar
Pare de começar e comece a previsibilizar
 
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
 
[TDCPOA2019] Upstream Kanban: exercitando a eficácia criativa do seu fluxo de...
[TDCPOA2019] Upstream Kanban: exercitando a eficácia criativa do seu fluxo de...[TDCPOA2019] Upstream Kanban: exercitando a eficácia criativa do seu fluxo de...
[TDCPOA2019] Upstream Kanban: exercitando a eficácia criativa do seu fluxo de...
 
Part3. 아이디어를 게임기획으로 발전시키기
Part3. 아이디어를 게임기획으로 발전시키기Part3. 아이디어를 게임기획으로 발전시키기
Part3. 아이디어를 게임기획으로 발전시키기
 
Product Discovery Scrum Day 2018-06-05
Product Discovery Scrum Day 2018-06-05Product Discovery Scrum Day 2018-06-05
Product Discovery Scrum Day 2018-06-05
 
Métricas em times ágeis: O essencial que você precisa saber, mas não te conta...
Métricas em times ágeis: O essencial que você precisa saber, mas não te conta...Métricas em times ágeis: O essencial que você precisa saber, mas não te conta...
Métricas em times ágeis: O essencial que você precisa saber, mas não te conta...
 
Gestão ágil de projetos com Scrum
Gestão ágil de projetos com ScrumGestão ágil de projetos com Scrum
Gestão ágil de projetos com Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do ScrumScrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
 
Gestão Ágil - O RH mais estratégico
Gestão Ágil - O RH mais estratégicoGestão Ágil - O RH mais estratégico
Gestão Ágil - O RH mais estratégico
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
 
Scrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosScrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutos
 
O Product Owner e o Scrum
O Product Owner e o ScrumO Product Owner e o Scrum
O Product Owner e o Scrum
 
Métricas para times Ágeis usando Estatística Básica
Métricas para times Ágeis usando Estatística BásicaMétricas para times Ágeis usando Estatística Básica
Métricas para times Ágeis usando Estatística Básica
 
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com ScrumGerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum
 
Diffusion de la méthode BDD chez AXA via les 3 amigos
Diffusion de la méthode BDD chez AXA via les 3 amigosDiffusion de la méthode BDD chez AXA via les 3 amigos
Diffusion de la méthode BDD chez AXA via les 3 amigos
 
STATIK para facilitadores
STATIK para facilitadoresSTATIK para facilitadores
STATIK para facilitadores
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream KanbanAlinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
 

Destaque (8)

Gestão Agil de tudo - Retrospectivas
Gestão Agil de tudo - RetrospectivasGestão Agil de tudo - Retrospectivas
Gestão Agil de tudo - Retrospectivas
 
Gestao Ágil de Projeto - Reunião Diária
Gestao Ágil de Projeto - Reunião DiáriaGestao Ágil de Projeto - Reunião Diária
Gestao Ágil de Projeto - Reunião Diária
 
Introdução de teste de segurança app web
Introdução de teste de segurança app webIntrodução de teste de segurança app web
Introdução de teste de segurança app web
 
Agil - coisas essenciais de sempre
Agil - coisas essenciais de sempreAgil - coisas essenciais de sempre
Agil - coisas essenciais de sempre
 
Requisitos ageis para times sem tempo
Requisitos ageis para times sem tempoRequisitos ageis para times sem tempo
Requisitos ageis para times sem tempo
 
Curso Java Basico
Curso Java BasicoCurso Java Basico
Curso Java Basico
 
How to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & TricksHow to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
 
Getting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShareGetting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShare
 

Semelhante a Gestão Ágil do Backlog com TASKBOARDS

Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareRoberto Brandini
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPaulo Furtado
 
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATEDScrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATEDDanilo Bardusco
 
Treinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumTreinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumEduardo Bregaida
 
Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2Eduardo Bregaida
 
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Ari Amaral
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbokMarisa Wittmann
 
Scrum na pratica, para developers
Scrum na pratica, para developersScrum na pratica, para developers
Scrum na pratica, para developersComunidade NetPonto
 
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...Amanda Varella
 
Kanban, o Método - Melhorando seu fluxo de trabalho de forma realmente eficiente
Kanban, o Método - Melhorando seu fluxo de trabalho de forma realmente eficienteKanban, o Método - Melhorando seu fluxo de trabalho de forma realmente eficiente
Kanban, o Método - Melhorando seu fluxo de trabalho de forma realmente eficientethiagodacosta
 
SCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
SCRUM - Produzindo Mais com Menos TempoSCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
SCRUM - Produzindo Mais com Menos TempoDev PP
 
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework SCRUM
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework  SCRUMAplicando métodos ágeis utilizando o Framework  SCRUM
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework SCRUMSony Maia
 
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdfAprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdfmatheusreismota
 

Semelhante a Gestão Ágil do Backlog com TASKBOARDS (20)

Treinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptxTreinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptx
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbok
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em Juazeiro
 
DDD + BDD + TDD + Scrum
DDD + BDD + TDD + ScrumDDD + BDD + TDD + Scrum
DDD + BDD + TDD + Scrum
 
Metodologias ageis
Metodologias ageisMetodologias ageis
Metodologias ageis
 
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATEDScrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
Scrum na Globo.com - Derrubando mitos - UPDATED
 
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
 
Treinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumTreinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrum
 
Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2
 
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
 
Mini-curso Scrum e Kanban WES 2015
Mini-curso Scrum e Kanban WES 2015Mini-curso Scrum e Kanban WES 2015
Mini-curso Scrum e Kanban WES 2015
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbok
 
Agile testing
Agile testing Agile testing
Agile testing
 
Scrum na pratica, para developers
Scrum na pratica, para developersScrum na pratica, para developers
Scrum na pratica, para developers
 
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
 
Kanban, o Método - Melhorando seu fluxo de trabalho de forma realmente eficiente
Kanban, o Método - Melhorando seu fluxo de trabalho de forma realmente eficienteKanban, o Método - Melhorando seu fluxo de trabalho de forma realmente eficiente
Kanban, o Método - Melhorando seu fluxo de trabalho de forma realmente eficiente
 
SCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
SCRUM - Produzindo Mais com Menos TempoSCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
SCRUM - Produzindo Mais com Menos Tempo
 
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework SCRUM
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework  SCRUMAplicando métodos ágeis utilizando o Framework  SCRUM
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework SCRUM
 
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdfAprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
Aprensentação SCRUM _ KANBAN.pptx (1).pdf
 

Mais de Kleitor Franklint Correa Araujo

Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasAutomação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasKleitor Franklint Correa Araujo
 
Gestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil - praticas de fundamentos
Gestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil -  praticas de fundamentosGestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil -  praticas de fundamentos
Gestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil - praticas de fundamentosKleitor Franklint Correa Araujo
 

Mais de Kleitor Franklint Correa Araujo (20)

Engenharia de software Lean Kanban
Engenharia de software  Lean KanbanEngenharia de software  Lean Kanban
Engenharia de software Lean Kanban
 
Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e QualidadeFundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
 
MBA em projetos - Gestao Ágil
MBA em projetos - Gestao ÁgilMBA em projetos - Gestao Ágil
MBA em projetos - Gestao Ágil
 
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasAutomação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
 
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional ScrumPapeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
Papeis Ágeis - uma proposta operacional Scrum
 
Teste de software gestao e kaizen
Teste de software gestao e kaizenTeste de software gestao e kaizen
Teste de software gestao e kaizen
 
Introdução ao design de teste de software
Introdução ao design de teste de softwareIntrodução ao design de teste de software
Introdução ao design de teste de software
 
Teste de segurança do lado servidor - Nível 1
Teste de segurança do lado servidor - Nível 1Teste de segurança do lado servidor - Nível 1
Teste de segurança do lado servidor - Nível 1
 
Gestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil - praticas de fundamentos
Gestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil -  praticas de fundamentosGestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil -  praticas de fundamentos
Gestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil - praticas de fundamentos
 
Gestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciaisGestão de projeto- conceitos essenciais
Gestão de projeto- conceitos essenciais
 
Test First, TDD e outros Bichos
Test First, TDD e outros BichosTest First, TDD e outros Bichos
Test First, TDD e outros Bichos
 
Teste Ágeis para todo o time
Teste Ágeis para todo o timeTeste Ágeis para todo o time
Teste Ágeis para todo o time
 
Estrategias Ágeis para testes sob pressão
Estrategias Ágeis para testes sob pressãoEstrategias Ágeis para testes sob pressão
Estrategias Ágeis para testes sob pressão
 
Teste de Segurança orientado a valor
Teste de Segurança orientado a valorTeste de Segurança orientado a valor
Teste de Segurança orientado a valor
 
Mobile App Security Test
Mobile App Security TestMobile App Security Test
Mobile App Security Test
 
Estimativa de Teste sem medo - parte 2
Estimativa de Teste sem medo - parte 2Estimativa de Teste sem medo - parte 2
Estimativa de Teste sem medo - parte 2
 
Estimativa de Teste sem medo - Introdução 2015
Estimativa de Teste sem medo - Introdução 2015Estimativa de Teste sem medo - Introdução 2015
Estimativa de Teste sem medo - Introdução 2015
 
Agiidade na Qualidade de Software -2011
Agiidade na Qualidade de Software -2011Agiidade na Qualidade de Software -2011
Agiidade na Qualidade de Software -2011
 
Desenvolvimento Seguro- 2011
Desenvolvimento Seguro- 2011Desenvolvimento Seguro- 2011
Desenvolvimento Seguro- 2011
 
Entendendo o Ciclo de Desenvolvimento Seguro
Entendendo o Ciclo de Desenvolvimento SeguroEntendendo o Ciclo de Desenvolvimento Seguro
Entendendo o Ciclo de Desenvolvimento Seguro
 

Gestão Ágil do Backlog com TASKBOARDS