SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 85
Baixar para ler offline
Scrum:	
  	
  A	
  Arte	
  de	
  Fazer	
  o	
  Dobro	
  
do	
  Trabalho	
  na	
  Metade	
  do	
  Tempo
Me.	
  Ari	
  do	
  Amaral	
  
CSM,	
  CSPO,	
  CSD,	
  CSP	
  e	
  REP	
  da	
  Scrum	
  Alliance
Sprint	
  1
• Objetivo	
  -­‐	
  	
  Inspeção	
  	
  e	
  Conhecer	
  o	
  ambiente	
  e	
  
deixar	
  claro	
  os	
  objetivos	
  da	
  palestra.	
  
• Planejamento.	
  
• Execução	
  
• Alinhamento	
  
• Review	
  
• Retrospectiva
2
Quem	
  Sou	
  Eu	
  ?	
  
3
Mais	
  sobre	
  mim…
4
Ari	
  do	
  Amaral	
  Torres	
  Filho,	
  Me
5
Perfil	
  Management	
  3.0
6
Seus	
  projetos	
  funcionaram	
  
porque…
7
Seus	
  projetos	
  não	
  funcionaram	
  
porque…
8
Investigação
• Quem	
  são	
  vocês	
  ?	
  	
  
• O	
  que	
  te	
  trouxe	
  a	
  estar	
  aqui	
  hoje?	
  
• O	
  que	
  Procuram	
  Aprender	
  nessa	
  palestra	
  ?	
  
• Quem	
  leu	
  algo	
  sobre	
  o	
  assunto	
  antes	
  de	
  vir	
  
para	
  a	
  palestra?
9
E	
  sobre	
  o	
  Scrum	
  ?
Qual o nível dos profissionais aqui presentes em

relação a Scrum?
✓ É meu primeiro contato com SCRUM
✓ Já li a respeito mas nunca apliquei!
✓ Já li e estou tentando aplicar.!
✓ Já uso Scrum e conheço bem o Framework!
10
Visão	
  do	
  Produto
11
● Uma visão é uma clara imagem de um
produto que gera satisfação a clientes,
pois tende a resolver um problema
existente
● O Product Owner é o responsável pela
criação da visão
● Ele compartilha essa visão com o time
● Ele refina essa visão com o time
Visão do Produto
● Uma visão é uma clara imagem de um produto que
gera satisfação a clientes, pois tende a resolver um
problema existente
● O Product Owner é o responsável pela criação da visão
● Ele compartilha essa visão com o time
● Ele refina essa visão com o time
Uma boa visão de produto
permanece relativamente
constante ao passo que o
caminho para
implementação da visão é
frequentemente adaptado
Elevator
Statement
Breve e concisa declaração sobre um
negócio ou situação de negócio que pode
ser entregue ao mercado .
Como descrever uma Visão
Para (cliente alvo)
Que (declaração da necessidade ou oportunidade)
O [nome do produto] é um [estratégia do produto]
Que (benefícios, boa razão para comprar)
Diferentemente (outras opções de produto)
Nosso produto (diferenças-chave)
Visão	
  da	
  Palestra
Para Lideres, gestores, professores, alunos, empresários que
tem o desejo de conhecer melhor sobre o Scrum e melhorar
a produtividade do seu trabalho, A Palestra : “Scrum : A
Arte de fazer do dobro do trabalho na metade do tempo" é
uma palestra colaborativa, participativa com duração de 2
horas que analisaremos algumas problemáticas,
entenderemos conceitos básicos de Scrum e sua
aplicabilidade para ajudar a resolver alguns problemas ,
também veremos algumas empresas que usam Scrum com
sucesso. Diferentemente de outras palestras, nossa
palestra tem por objetivo gerar valor para os participantes
permitindo-os já aplicarem alguns conceitos aprendidos
aqui no seu dia a dia. 16
Sprint	
  2
• Objetivo	
  :Visão	
  Sistêmica,	
  Multiratefas,	
  Lei	
  de	
  
Parkinson	
  ,Sindrome	
  do	
  Estudante,	
  Sucesso,	
  
Multitarefas	
  e	
  Multidisciplinaridade.
17
O	
  Mundo	
  Mudou	
  !
• Precisamos	
  estar	
  preparados	
  para	
  mudança!	
  
• Mudanças	
  são	
  Problemas	
  ou	
  oportunidades?	
  
• Por	
  que	
  continuamos	
  fazendo	
  gestão	
  da	
  
mesma	
  forma	
  que	
  50	
  anos	
  atrás	
  ?
18
Visão	
  Sistêmica
19
Visão	
  Sistêmica
20
System	
  Thinking
21
Quanto	
  mais	
  controle	
  mais	
  fraco	
  é	
  
seu	
  modelo	
  de	
  gestão	
  !
22
O	
  que	
  é	
  sucesso	
  ?
23
Doenças	
  da	
  Gestão	
  
• Lei	
  de	
  Parkinson	
  	
  
• Sindrome	
  do	
  Estudante	
  
• Multitarefas	
  Nocivas
24
Multitarefas
25
Multitarefas
• Exercício	
  :	
  Escrever	
  os	
  números	
  cardinais	
  de	
  1	
  
a	
  10,	
  Romanos	
  de	
  I	
  a	
  X	
  e	
  as	
  letras	
  de	
  A	
  até	
  L.	
  
Módelo	
  1	
  -­‐	
  colunas
26
27
Multidisciplinaridade
28
“É assim que eu

quero meu produto!”
“Ok! Entendi perfeitamente que

você deseja um balanço para

brincar com as crianças!”
Comunicação
Mais	
  globalização!
Mais	
  inovação!
Mais	
  democratização!
Mais	
  diversificação!
32
Mais	
  Incertezas! ?
?
?
?
?
?
? ?
?
?
?
?
?
?
??
?
?
???
?
?
?
?
33
Sprint	
  3
• Conceitos,	
  Papéis	
  e	
  Cerimônias	
  do	
  Scrum.
34
Scrum	
  Gerencia	
  Incertezas!
35
36
Valores	
  do	
  Scrum
37
• É	
  um	
  Framework	
  ágil,	
  simples	
  e	
  leve	
  utilizado	
  
para	
  gestão	
  do	
  desenvolvimento	
  de	
  produtos	
  
complexos!	
  
• Scrum	
  é	
  embasado	
  no	
  empirismo	
  e	
  utiliza	
  
abordagem	
  interativa	
  e	
  incremental	
  para	
  
entregar	
  valor	
  com	
  frequência	
  e	
  assim	
  reduzir	
  
os	
  riscos.
38
Passamos	
  muito	
  tempo	
  fazendo	
  a	
  
	
  coisa	
  errada	
  do	
  jeito	
  certo!
39
Project	
  Noise	
  Level
40
Papeis no Scrum
● Scrum Master
● Product Owner
● Time
Scrum Master
● Garantir o Uso do Scrum
● Responsável pela aplicação dos valores e
práticas do Scrum
● Remove barreiras entre o time e o cliente.
Scrum Master
● Garante a plena funcionalidade e
produtividade da equipe
● Garante a colaboração entre os diversos
papéis e funções
●Escudo para interferências externas
Scrum Master
● Facilitar Reuniões
● Auxilia o Product Owner como product backlog
● Guardião das práticas do Scrum
Scrum Master
Eficiência x Eficácia!
46
●
Product Owner
● Define a Visão do Produto.
● Define as funcionalidades do
produto.
● Prioriza cada requisito de acordo
com seu valor para o negócio/
cliente.(gerência o product backlog)
● Responsável pela eficácia do
Produto!
Priorização
48
Product Owner
● Responsável pela rentabilidade
(ROI).
● Garantir que os especialistas de
domínio estejam disponíveis para
o time.
● Gerencia a entrada de novos
requisitos e suas prioridades
● Aceita ou rejeita o resultado dos
trabalhos
Cliente Presente
Scrum não tem Comando Controle
Comprometimento vs Envolvimento
O porco está COMPROMETIDO
A galinha está apenas ENVOLVIDA
Time
● Auto-Organizados
● Auto-Gerenciáveis
● Comprometidos com o trabalho
● De 7 a 9 pessoas!
Time
● Gerência o micro
● Comunicativos
● Organizados em um espaço físico apropriado para o
trabalho.
● Responsável pela resolução de conflitos
Time

Multi-Disciplinar !
Especialistas Generalistas !
Sprint Backlog
● Parte do Product Backlog que vai ser feita numa iteração (Sprint)
● Montado a partir das funcionalidade que estão no topo do Product
Backlog
Funcionalidade Prioridade
Func. A 10
Func. B 20
Func. C 30
Func. D 40
Func. E 50
Func. F 60
Func. N 70
Maior
prioridade
Menor Prioridade
Sprint
Backlog
Mas o que é um Sprint?
● Um período de Tempo entre 1 a 4 semanas
● Sempre deve ter um objetivo a ser atingido pela equipe.
● É normal que o tempo de duração dos Sprints possam
variar no início do projeto, mas o ideal é que se chegue
num tempo único para todos os sprints
● Todos os Sprints devem possuir uma estrutura
exatamente igual
Dinâmica do Product Backlog
A
B
C
ProductBacklog
F
G
H
I
D
Sprint 1
O que está dentro do Sprint
Não pode ser alterado.
- O que está fora do Sprint pode
Ser alterado de acordo com a
necessidade do cliente.
- Ele pode alterar prioridades,
inserir novas tarefas ou retirar
tarefas existentes.
- Algumas tarefas podem ser
inseridas pela equipe.
Ex: Montar ambiente para
Integração contínua
Prioridade
Alta
Baixa
E
Histórias
Cerimônias
Planejamento do Sprint
Reunião Diária
Review Meeting
Retrospectiva
65
Planejamento do Sprint

(Sprint Planning Meeting)
● Reunião que define
● O objetivo (meta) do Sprint
● Uma lista dos membros da equipe que estarão
comprometidos com a meta
● Um Sprint Backlog (lista com todas as funcionalidades incluídas
no sprint)
● Uma Data para demonstrar que foi produzido durante o sprint
● Hora e lugar definido para acontecerem as reuniões diárias
● Dependendo do projeto, esta reunião pode durar de 1 a 8 horas
Planejamento do Sprint

ESTIMATIVAS
●Como estimar?
●Story Points
●Um “peso” dado para cada história
●Indica quanto uma história é maior ou
mais complexa que outra
●Horas
●Tempo estimado por cada tarefa
Reunião Diária

(Scrum Daily Meeting)
Objetivo
▪ Cada membro deve responder as seguintes perguntas:
1. O que você fez desde a última reunião diária?
2. O que você pretende fazer até a próxima reunião diária?
3. Existe algum problema que o impeça de realizar suas atividades?
Duração
▪ 15 minutos (não mais que isso)
Todos em Pé
Qualquer pessoa pode participar, mas apenas o Scrum Master
e os Membros da Equipe pedem falar
Reunião de Demonstração

(Sprint Review)
● Objetivo
● Mostrar o que foi produzido no Sprint
● Duração
● 30 a 60 minutos
● Participantes
● Product Owner, Scrum Master, membros do time, clientes,
Usuários, Stakeholders e qualquer pessoa que esteja
interessada no resultado da Sprint
● Qualquer participante pode falar, fazer perguntas ou
observações
Retrospectiva

(Sprint Retrospective)
● Objetivo
● Enumerar o que funcionou e o que não funcionou durante o Sprint
● Duração
● 30 a 60 minutos
● Participantes
● Scrum Master e os membros do time e Product Owner
● Esta reunião pode ser feita à frente de um quadro branco onde
membro cola post its dizendo o que funcionou e o que não
funcionou
● Feita após cada Sprint
Retrospectiva

Exemplo
O que Funcionou O que não funcionou
Testes Comunicação entre os
membros
Usuário
Distante
Reuniões
Diárias
Alguns
membros
chegam tarde
Faltou melhor
planejamento do
Sprint
Burndown Chart
● Processos:Reunião de
planejamento,retrospectiva,reuniã
o diária,planejamento de releases,
sprint
● Ferramentas:Quadro
Kanban,ferramentas,post its,
product backlog,burndown.....
● Cultura:Time Multi-
disciplinar,Auto-
gerenciamento,valores,
envolvimento do cliente, entrega
frequente, liderança,colaboração,
respeito.....
Sprint	
  4
• Objetivo	
  :	
  Kanban	
  ,	
  Management	
  3.0,	
  
exemplos	
  reais,	
  perguntas	
  e	
  retrospectiva.
75
76
77
78
Minha Organização está
preparada para usar Scrum ?
79
● Quais as dificuldades que você teria hoje para usar
Scrum na sua empresa?
● Posso começar usando algumas práticas?
Management	
  3.0
80
81
83
84
85
@ariamaral	
  
ariamaralt@gmail.com
ari.do.amaral
(85)999445401

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Feedback - Como fazer da forma correta
Feedback - Como fazer da forma corretaFeedback - Como fazer da forma correta
Feedback - Como fazer da forma corretaMarcos Esteves
 
Estrutura organizacional e funções administrativas
Estrutura organizacional e funções administrativasEstrutura organizacional e funções administrativas
Estrutura organizacional e funções administrativasPedro Kangombe
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)Manoel Pimentel Medeiros
 
2º e 3ºaula de pcp, mrp i e mrp-ii (1)
2º e 3ºaula de pcp, mrp i e mrp-ii (1)2º e 3ºaula de pcp, mrp i e mrp-ii (1)
2º e 3ºaula de pcp, mrp i e mrp-ii (1)Moises Ribeiro
 
Aula 6 e 7 e 8 - Estoque.pdf
Aula 6 e 7 e 8 - Estoque.pdfAula 6 e 7 e 8 - Estoque.pdf
Aula 6 e 7 e 8 - Estoque.pdfPedro Luis Moraes
 
Alcançar metas pp.ppt versão jfr
Alcançar metas  pp.ppt versão jfrAlcançar metas  pp.ppt versão jfr
Alcançar metas pp.ppt versão jfrJaime F. Ribeiro
 
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdfAula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdfDenis Lima
 
Capacidade de produção
Capacidade de produçãoCapacidade de produção
Capacidade de produçãoMauro Enrique
 
Gestão da Qualidade - Logística
Gestão da Qualidade - LogísticaGestão da Qualidade - Logística
Gestão da Qualidade - LogísticaAdeildo Caboclo
 
Treinamento de Scrum
Treinamento de ScrumTreinamento de Scrum
Treinamento de ScrumLuiz Duarte
 

Mais procurados (20)

Feedback - Como fazer da forma correta
Feedback - Como fazer da forma corretaFeedback - Como fazer da forma correta
Feedback - Como fazer da forma correta
 
Estrutura organizacional e funções administrativas
Estrutura organizacional e funções administrativasEstrutura organizacional e funções administrativas
Estrutura organizacional e funções administrativas
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
 
2º e 3ºaula de pcp, mrp i e mrp-ii (1)
2º e 3ºaula de pcp, mrp i e mrp-ii (1)2º e 3ºaula de pcp, mrp i e mrp-ii (1)
2º e 3ºaula de pcp, mrp i e mrp-ii (1)
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Aula 2 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 2 - Planejamento e Controle da Produção IIAula 2 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 2 - Planejamento e Controle da Produção II
 
Kanban
KanbanKanban
Kanban
 
Sistema de Produção Puxada
Sistema de Produção PuxadaSistema de Produção Puxada
Sistema de Produção Puxada
 
Aula 6 e 7 e 8 - Estoque.pdf
Aula 6 e 7 e 8 - Estoque.pdfAula 6 e 7 e 8 - Estoque.pdf
Aula 6 e 7 e 8 - Estoque.pdf
 
Alcançar metas pp.ppt versão jfr
Alcançar metas  pp.ppt versão jfrAlcançar metas  pp.ppt versão jfr
Alcançar metas pp.ppt versão jfr
 
Aula plano de produção
Aula   plano de produçãoAula   plano de produção
Aula plano de produção
 
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdfAula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
Aula 5 - U2S2 - Análise da necessidade de capacidade instalada.pdf
 
Capacidade de produção
Capacidade de produçãoCapacidade de produção
Capacidade de produção
 
Produtividade e Qualidade
Produtividade e QualidadeProdutividade e Qualidade
Produtividade e Qualidade
 
Gestão da Qualidade - Logística
Gestão da Qualidade - LogísticaGestão da Qualidade - Logística
Gestão da Qualidade - Logística
 
Logística Reversa
Logística ReversaLogística Reversa
Logística Reversa
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
 
Exercícios Administração da Produção
Exercícios Administração da ProduçãoExercícios Administração da Produção
Exercícios Administração da Produção
 
Treinamento de Scrum
Treinamento de ScrumTreinamento de Scrum
Treinamento de Scrum
 
Treinamento de Feedback
Treinamento de FeedbackTreinamento de Feedback
Treinamento de Feedback
 

Destaque

Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresaQualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresaJCS_Consultoria
 
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Thiago Compan
 
Envolvimento x Comprometimento
Envolvimento x ComprometimentoEnvolvimento x Comprometimento
Envolvimento x ComprometimentoVagner Mello
 
Innovation Marketing® - Company Profile
Innovation Marketing® - Company ProfileInnovation Marketing® - Company Profile
Innovation Marketing® - Company ProfileInnovation Marketing
 
The last mystery from norway, geography and environment
The last mystery from norway, geography and environmentThe last mystery from norway, geography and environment
The last mystery from norway, geography and environmentEva Rekkedal
 
What next for business in a climate constrained world?
What next for business in a climate constrained world?What next for business in a climate constrained world?
What next for business in a climate constrained world?Jeremy Williams
 
Imagining the Future through Social Media as a Tool for Social Innovation (E...
Imagining the Future through  Social Media as a Tool for Social Innovation (E...Imagining the Future through  Social Media as a Tool for Social Innovation (E...
Imagining the Future through Social Media as a Tool for Social Innovation (E...Mario Guillo
 
Joseph DeLappe Selected Works 1996-2010
Joseph DeLappe Selected Works 1996-2010Joseph DeLappe Selected Works 1996-2010
Joseph DeLappe Selected Works 1996-2010Joseph DeLappe
 
樽家昌也 (日本Rubyの会)
樽家昌也 (日本Rubyの会) 樽家昌也 (日本Rubyの会)
樽家昌也 (日本Rubyの会) toRuby
 
Final assignment - Key learnings - DTAL
Final assignment - Key learnings - DTALFinal assignment - Key learnings - DTAL
Final assignment - Key learnings - DTALMatonK
 
Future-directed assessment: Learning that lasts
Future-directed assessment: Learning that lastsFuture-directed assessment: Learning that lasts
Future-directed assessment: Learning that lastsJeremy Williams
 
Aktarmalar 1
Aktarmalar 1Aktarmalar 1
Aktarmalar 1yardimt
 
American Heart Association - Campbell-Ewald: Marketing Research
American Heart Association - Campbell-Ewald: Marketing ResearchAmerican Heart Association - Campbell-Ewald: Marketing Research
American Heart Association - Campbell-Ewald: Marketing Researchctringham
 
Arun article 2
Arun article 2Arun article 2
Arun article 2chocolates
 
IncPot: Social Media Analytical Center
IncPot: Social Media Analytical Center IncPot: Social Media Analytical Center
IncPot: Social Media Analytical Center Sneh Sharma
 
Build Automation of PHP Applications
Build Automation of PHP ApplicationsBuild Automation of PHP Applications
Build Automation of PHP ApplicationsPavan Kumar N
 

Destaque (20)

Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresaQualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
Qualidade no atendmento, um diferencial competitivo para empresa
 
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
 
Envolvimento x Comprometimento
Envolvimento x ComprometimentoEnvolvimento x Comprometimento
Envolvimento x Comprometimento
 
Innovation Marketing® - Company Profile
Innovation Marketing® - Company ProfileInnovation Marketing® - Company Profile
Innovation Marketing® - Company Profile
 
The last mystery from norway, geography and environment
The last mystery from norway, geography and environmentThe last mystery from norway, geography and environment
The last mystery from norway, geography and environment
 
What next for business in a climate constrained world?
What next for business in a climate constrained world?What next for business in a climate constrained world?
What next for business in a climate constrained world?
 
Imagining the Future through Social Media as a Tool for Social Innovation (E...
Imagining the Future through  Social Media as a Tool for Social Innovation (E...Imagining the Future through  Social Media as a Tool for Social Innovation (E...
Imagining the Future through Social Media as a Tool for Social Innovation (E...
 
Joseph DeLappe Selected Works 1996-2010
Joseph DeLappe Selected Works 1996-2010Joseph DeLappe Selected Works 1996-2010
Joseph DeLappe Selected Works 1996-2010
 
談台灣創業
談台灣創業談台灣創業
談台灣創業
 
樽家昌也 (日本Rubyの会)
樽家昌也 (日本Rubyの会) 樽家昌也 (日本Rubyの会)
樽家昌也 (日本Rubyの会)
 
Corda aurea
Corda aureaCorda aurea
Corda aurea
 
Final assignment - Key learnings - DTAL
Final assignment - Key learnings - DTALFinal assignment - Key learnings - DTAL
Final assignment - Key learnings - DTAL
 
Future-directed assessment: Learning that lasts
Future-directed assessment: Learning that lastsFuture-directed assessment: Learning that lasts
Future-directed assessment: Learning that lasts
 
Aktarmalar 1
Aktarmalar 1Aktarmalar 1
Aktarmalar 1
 
American Heart Association - Campbell-Ewald: Marketing Research
American Heart Association - Campbell-Ewald: Marketing ResearchAmerican Heart Association - Campbell-Ewald: Marketing Research
American Heart Association - Campbell-Ewald: Marketing Research
 
何なのc?
何なのc?何なのc?
何なのc?
 
Arun article 2
Arun article 2Arun article 2
Arun article 2
 
IncPot: Social Media Analytical Center
IncPot: Social Media Analytical Center IncPot: Social Media Analytical Center
IncPot: Social Media Analytical Center
 
Roland Shield Sausage Room
Roland Shield Sausage RoomRoland Shield Sausage Room
Roland Shield Sausage Room
 
Build Automation of PHP Applications
Build Automation of PHP ApplicationsBuild Automation of PHP Applications
Build Automation of PHP Applications
 

Semelhante a Scrum: A arte de entregar valor

Introdução às Metodologias Ágeis de Desenvolvimento
Introdução às Metodologias Ágeis de DesenvolvimentoIntrodução às Metodologias Ágeis de Desenvolvimento
Introdução às Metodologias Ágeis de DesenvolvimentoJerry Medeiros
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPaulo Furtado
 
Workshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWorkshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWise Systems
 
Treinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumTreinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumEduardo Bregaida
 
Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2Eduardo Bregaida
 
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael RochaRafael Rocha
 
Scrum - Faça o dobro do trabalho na metade do tempo
Scrum - Faça o dobro do trabalho na metade do tempoScrum - Faça o dobro do trabalho na metade do tempo
Scrum - Faça o dobro do trabalho na metade do tempoFernando Fagonde
 
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework SCRUM
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework  SCRUMAplicando métodos ágeis utilizando o Framework  SCRUM
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework SCRUMSony Maia
 
Scrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosScrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosWilliam Lima
 
Introdução a metodologias Ágeis e o Framework scrum
Introdução a metodologias Ágeis e o Framework scrumIntrodução a metodologias Ágeis e o Framework scrum
Introdução a metodologias Ágeis e o Framework scrumAdriano Negrão
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Libia Boss
 
Slides da Aula de Gestão de Projetos Digitais
Slides da Aula de Gestão de Projetos DigitaisSlides da Aula de Gestão de Projetos Digitais
Slides da Aula de Gestão de Projetos DigitaisMárcio Oya
 

Semelhante a Scrum: A arte de entregar valor (20)

Introdução às Metodologias Ágeis de Desenvolvimento
Introdução às Metodologias Ágeis de DesenvolvimentoIntrodução às Metodologias Ágeis de Desenvolvimento
Introdução às Metodologias Ágeis de Desenvolvimento
 
Scrum Overview
Scrum OverviewScrum Overview
Scrum Overview
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em Juazeiro
 
Enter SCRUM
Enter SCRUMEnter SCRUM
Enter SCRUM
 
Workshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWorkshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horas
 
Treinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumTreinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrum
 
Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2Treinamento Agile com Scrum - V2
Treinamento Agile com Scrum - V2
 
Treinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptxTreinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptx
 
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
#HubEscola2016 | Gestão ágil de projetos para "não TI" | Rafael Rocha
 
Scrum - Faça o dobro do trabalho na metade do tempo
Scrum - Faça o dobro do trabalho na metade do tempoScrum - Faça o dobro do trabalho na metade do tempo
Scrum - Faça o dobro do trabalho na metade do tempo
 
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework SCRUM
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework  SCRUMAplicando métodos ágeis utilizando o Framework  SCRUM
Aplicando métodos ágeis utilizando o Framework SCRUM
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Agilidade Com Scrum
Agilidade Com ScrumAgilidade Com Scrum
Agilidade Com Scrum
 
Scrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de ProjetosScrum - Gerenciamento de Projetos
Scrum - Gerenciamento de Projetos
 
Introdução a metodologias Ágeis e o Framework scrum
Introdução a metodologias Ágeis e o Framework scrumIntrodução a metodologias Ágeis e o Framework scrum
Introdução a metodologias Ágeis e o Framework scrum
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
 
Slides da Aula de Gestão de Projetos Digitais
Slides da Aula de Gestão de Projetos DigitaisSlides da Aula de Gestão de Projetos Digitais
Slides da Aula de Gestão de Projetos Digitais
 
Metodologia agil scrum x pmbok
Metodologia agil   scrum x pmbokMetodologia agil   scrum x pmbok
Metodologia agil scrum x pmbok
 
Scrum trainning
Scrum trainningScrum trainning
Scrum trainning
 

Mais de Ari Amaral

habilitando o pensamento sistemico.pdf
habilitando o pensamento sistemico.pdfhabilitando o pensamento sistemico.pdf
habilitando o pensamento sistemico.pdfAri Amaral
 
businessagility2.pptx
businessagility2.pptxbusinessagility2.pptx
businessagility2.pptxAri Amaral
 
business Agility é feita de talentos!
business Agility é feita de talentos!business Agility é feita de talentos!
business Agility é feita de talentos!Ari Amaral
 
Mindset Fixo X Mindset de Crescimento
Mindset Fixo X Mindset de CrescimentoMindset Fixo X Mindset de Crescimento
Mindset Fixo X Mindset de CrescimentoAri Amaral
 
Precisamos de Skin in the game para gerar melhores resultados?
Precisamos  de Skin in the game para gerar melhores resultados?Precisamos  de Skin in the game para gerar melhores resultados?
Precisamos de Skin in the game para gerar melhores resultados?Ari Amaral
 
Rótulos: um Inibidor de Resultados Eficazes!
Rótulos:  um Inibidor de Resultados Eficazes!Rótulos:  um Inibidor de Resultados Eficazes!
Rótulos: um Inibidor de Resultados Eficazes!Ari Amaral
 
Como as empresas aprendem
Como as empresas aprendem  Como as empresas aprendem
Como as empresas aprendem Ari Amaral
 
Positive Management
Positive ManagementPositive Management
Positive ManagementAri Amaral
 
Voadora na Pleura Central da Peridural : Como não dar Feedbacks!
Voadora na Pleura Central da Peridural : Como não dar Feedbacks!Voadora na Pleura Central da Peridural : Como não dar Feedbacks!
Voadora na Pleura Central da Peridural : Como não dar Feedbacks!Ari Amaral
 
Metamorphosis - Agilidade para Mudanças organizacionais
Metamorphosis - Agilidade para Mudanças organizacionaisMetamorphosis - Agilidade para Mudanças organizacionais
Metamorphosis - Agilidade para Mudanças organizacionaisAri Amaral
 
Pare de Empurrar a sua transformação Ágil
Pare de Empurrar a sua transformação ÁgilPare de Empurrar a sua transformação Ágil
Pare de Empurrar a sua transformação ÁgilAri Amaral
 
☼Energizando Pessoas para uma Gestão mais Eficaz✔
☼Energizando Pessoas para uma Gestão mais Eficaz✔☼Energizando Pessoas para uma Gestão mais Eficaz✔
☼Energizando Pessoas para uma Gestão mais Eficaz✔Ari Amaral
 
Em Ambientes Complexos a Solução é Management 3.0
Em Ambientes Complexos a Solução é Management 3.0Em Ambientes Complexos a Solução é Management 3.0
Em Ambientes Complexos a Solução é Management 3.0Ari Amaral
 
Aprendizado Emergente para Maximizar os Resultados do Seu Empreendimento
Aprendizado Emergente para Maximizar os Resultados do Seu EmpreendimentoAprendizado Emergente para Maximizar os Resultados do Seu Empreendimento
Aprendizado Emergente para Maximizar os Resultados do Seu EmpreendimentoAri Amaral
 
Análise da Utilização de Métodos Ágeis no Desenvolvimento de Ambientes Virtua...
Análise da Utilização de Métodos Ágeis no Desenvolvimento de Ambientes Virtua...Análise da Utilização de Métodos Ágeis no Desenvolvimento de Ambientes Virtua...
Análise da Utilização de Métodos Ágeis no Desenvolvimento de Ambientes Virtua...Ari Amaral
 
Maximizando o Sucesso - Fórum de gestão comercial
 Maximizando o Sucesso - Fórum de gestão comercial  Maximizando o Sucesso - Fórum de gestão comercial
Maximizando o Sucesso - Fórum de gestão comercial Ari Amaral
 
O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!
O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!
O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!Ari Amaral
 

Mais de Ari Amaral (20)

habilitando o pensamento sistemico.pdf
habilitando o pensamento sistemico.pdfhabilitando o pensamento sistemico.pdf
habilitando o pensamento sistemico.pdf
 
businessagility2.pptx
businessagility2.pptxbusinessagility2.pptx
businessagility2.pptx
 
business Agility é feita de talentos!
business Agility é feita de talentos!business Agility é feita de talentos!
business Agility é feita de talentos!
 
Mindset Fixo X Mindset de Crescimento
Mindset Fixo X Mindset de CrescimentoMindset Fixo X Mindset de Crescimento
Mindset Fixo X Mindset de Crescimento
 
Precisamos de Skin in the game para gerar melhores resultados?
Precisamos  de Skin in the game para gerar melhores resultados?Precisamos  de Skin in the game para gerar melhores resultados?
Precisamos de Skin in the game para gerar melhores resultados?
 
Rótulos: um Inibidor de Resultados Eficazes!
Rótulos:  um Inibidor de Resultados Eficazes!Rótulos:  um Inibidor de Resultados Eficazes!
Rótulos: um Inibidor de Resultados Eficazes!
 
Como as empresas aprendem
Como as empresas aprendem  Como as empresas aprendem
Como as empresas aprendem
 
Positive Management
Positive ManagementPositive Management
Positive Management
 
Voadora na Pleura Central da Peridural : Como não dar Feedbacks!
Voadora na Pleura Central da Peridural : Como não dar Feedbacks!Voadora na Pleura Central da Peridural : Como não dar Feedbacks!
Voadora na Pleura Central da Peridural : Como não dar Feedbacks!
 
Metamorphosis - Agilidade para Mudanças organizacionais
Metamorphosis - Agilidade para Mudanças organizacionaisMetamorphosis - Agilidade para Mudanças organizacionais
Metamorphosis - Agilidade para Mudanças organizacionais
 
Pare de Empurrar a sua transformação Ágil
Pare de Empurrar a sua transformação ÁgilPare de Empurrar a sua transformação Ágil
Pare de Empurrar a sua transformação Ágil
 
☼Energizando Pessoas para uma Gestão mais Eficaz✔
☼Energizando Pessoas para uma Gestão mais Eficaz✔☼Energizando Pessoas para uma Gestão mais Eficaz✔
☼Energizando Pessoas para uma Gestão mais Eficaz✔
 
Em Ambientes Complexos a Solução é Management 3.0
Em Ambientes Complexos a Solução é Management 3.0Em Ambientes Complexos a Solução é Management 3.0
Em Ambientes Complexos a Solução é Management 3.0
 
Management 3.0
Management 3.0Management 3.0
Management 3.0
 
Aprendizado Emergente para Maximizar os Resultados do Seu Empreendimento
Aprendizado Emergente para Maximizar os Resultados do Seu EmpreendimentoAprendizado Emergente para Maximizar os Resultados do Seu Empreendimento
Aprendizado Emergente para Maximizar os Resultados do Seu Empreendimento
 
Análise da Utilização de Métodos Ágeis no Desenvolvimento de Ambientes Virtua...
Análise da Utilização de Métodos Ágeis no Desenvolvimento de Ambientes Virtua...Análise da Utilização de Métodos Ágeis no Desenvolvimento de Ambientes Virtua...
Análise da Utilização de Métodos Ágeis no Desenvolvimento de Ambientes Virtua...
 
Maximizando o Sucesso - Fórum de gestão comercial
 Maximizando o Sucesso - Fórum de gestão comercial  Maximizando o Sucesso - Fórum de gestão comercial
Maximizando o Sucesso - Fórum de gestão comercial
 
Educacao 30
Educacao 30Educacao 30
Educacao 30
 
Testador tipo t
Testador tipo tTestador tipo t
Testador tipo t
 
O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!
O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!
O segredo do sucesso : Desenvolvimento Equipes Produtivas!
 

Scrum: A arte de entregar valor

  • 1. Scrum:    A  Arte  de  Fazer  o  Dobro   do  Trabalho  na  Metade  do  Tempo Me.  Ari  do  Amaral   CSM,  CSPO,  CSD,  CSP  e  REP  da  Scrum  Alliance
  • 2. Sprint  1 • Objetivo  -­‐    Inspeção    e  Conhecer  o  ambiente  e   deixar  claro  os  objetivos  da  palestra.   • Planejamento.   • Execução   • Alinhamento   • Review   • Retrospectiva 2
  • 3. Quem  Sou  Eu  ?   3
  • 4. Mais  sobre  mim… 4 Ari  do  Amaral  Torres  Filho,  Me
  • 5. 5
  • 8. Seus  projetos  não  funcionaram   porque… 8
  • 9. Investigação • Quem  são  vocês  ?     • O  que  te  trouxe  a  estar  aqui  hoje?   • O  que  Procuram  Aprender  nessa  palestra  ?   • Quem  leu  algo  sobre  o  assunto  antes  de  vir   para  a  palestra? 9
  • 10. E  sobre  o  Scrum  ? Qual o nível dos profissionais aqui presentes em
 relação a Scrum? ✓ É meu primeiro contato com SCRUM ✓ Já li a respeito mas nunca apliquei! ✓ Já li e estou tentando aplicar.! ✓ Já uso Scrum e conheço bem o Framework! 10
  • 11. Visão  do  Produto 11 ● Uma visão é uma clara imagem de um produto que gera satisfação a clientes, pois tende a resolver um problema existente ● O Product Owner é o responsável pela criação da visão ● Ele compartilha essa visão com o time ● Ele refina essa visão com o time
  • 12. Visão do Produto ● Uma visão é uma clara imagem de um produto que gera satisfação a clientes, pois tende a resolver um problema existente ● O Product Owner é o responsável pela criação da visão ● Ele compartilha essa visão com o time ● Ele refina essa visão com o time
  • 13. Uma boa visão de produto permanece relativamente constante ao passo que o caminho para implementação da visão é frequentemente adaptado
  • 14. Elevator Statement Breve e concisa declaração sobre um negócio ou situação de negócio que pode ser entregue ao mercado .
  • 15. Como descrever uma Visão Para (cliente alvo) Que (declaração da necessidade ou oportunidade) O [nome do produto] é um [estratégia do produto] Que (benefícios, boa razão para comprar) Diferentemente (outras opções de produto) Nosso produto (diferenças-chave)
  • 16. Visão  da  Palestra Para Lideres, gestores, professores, alunos, empresários que tem o desejo de conhecer melhor sobre o Scrum e melhorar a produtividade do seu trabalho, A Palestra : “Scrum : A Arte de fazer do dobro do trabalho na metade do tempo" é uma palestra colaborativa, participativa com duração de 2 horas que analisaremos algumas problemáticas, entenderemos conceitos básicos de Scrum e sua aplicabilidade para ajudar a resolver alguns problemas , também veremos algumas empresas que usam Scrum com sucesso. Diferentemente de outras palestras, nossa palestra tem por objetivo gerar valor para os participantes permitindo-os já aplicarem alguns conceitos aprendidos aqui no seu dia a dia. 16
  • 17. Sprint  2 • Objetivo  :Visão  Sistêmica,  Multiratefas,  Lei  de   Parkinson  ,Sindrome  do  Estudante,  Sucesso,   Multitarefas  e  Multidisciplinaridade. 17
  • 18. O  Mundo  Mudou  ! • Precisamos  estar  preparados  para  mudança!   • Mudanças  são  Problemas  ou  oportunidades?   • Por  que  continuamos  fazendo  gestão  da   mesma  forma  que  50  anos  atrás  ? 18
  • 22. Quanto  mais  controle  mais  fraco  é   seu  modelo  de  gestão  ! 22
  • 23. O  que  é  sucesso  ? 23
  • 24. Doenças  da  Gestão   • Lei  de  Parkinson     • Sindrome  do  Estudante   • Multitarefas  Nocivas 24
  • 26. Multitarefas • Exercício  :  Escrever  os  números  cardinais  de  1   a  10,  Romanos  de  I  a  X  e  as  letras  de  A  até  L.   Módelo  1  -­‐  colunas 26
  • 27. 27
  • 29. “É assim que eu
 quero meu produto!” “Ok! Entendi perfeitamente que
 você deseja um balanço para
 brincar com as crianças!” Comunicação
  • 30.
  • 31.
  • 32. Mais  globalização! Mais  inovação! Mais  democratização! Mais  diversificação! 32
  • 33. Mais  Incertezas! ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ?? ? ? ??? ? ? ? ? 33
  • 34. Sprint  3 • Conceitos,  Papéis  e  Cerimônias  do  Scrum. 34
  • 36. 36
  • 38. • É  um  Framework  ágil,  simples  e  leve  utilizado   para  gestão  do  desenvolvimento  de  produtos   complexos!   • Scrum  é  embasado  no  empirismo  e  utiliza   abordagem  interativa  e  incremental  para   entregar  valor  com  frequência  e  assim  reduzir   os  riscos. 38
  • 39. Passamos  muito  tempo  fazendo  a    coisa  errada  do  jeito  certo! 39
  • 41. Papeis no Scrum ● Scrum Master ● Product Owner ● Time
  • 42. Scrum Master ● Garantir o Uso do Scrum ● Responsável pela aplicação dos valores e práticas do Scrum ● Remove barreiras entre o time e o cliente.
  • 43. Scrum Master ● Garante a plena funcionalidade e produtividade da equipe ● Garante a colaboração entre os diversos papéis e funções ●Escudo para interferências externas
  • 44. Scrum Master ● Facilitar Reuniões ● Auxilia o Product Owner como product backlog ● Guardião das práticas do Scrum
  • 47. Product Owner ● Define a Visão do Produto. ● Define as funcionalidades do produto. ● Prioriza cada requisito de acordo com seu valor para o negócio/ cliente.(gerência o product backlog) ● Responsável pela eficácia do Produto!
  • 49. Product Owner ● Responsável pela rentabilidade (ROI). ● Garantir que os especialistas de domínio estejam disponíveis para o time. ● Gerencia a entrada de novos requisitos e suas prioridades ● Aceita ou rejeita o resultado dos trabalhos
  • 51. Scrum não tem Comando Controle
  • 52. Comprometimento vs Envolvimento O porco está COMPROMETIDO A galinha está apenas ENVOLVIDA
  • 53. Time ● Auto-Organizados ● Auto-Gerenciáveis ● Comprometidos com o trabalho ● De 7 a 9 pessoas!
  • 54. Time ● Gerência o micro ● Comunicativos ● Organizados em um espaço físico apropriado para o trabalho. ● Responsável pela resolução de conflitos
  • 56.
  • 57. Sprint Backlog ● Parte do Product Backlog que vai ser feita numa iteração (Sprint) ● Montado a partir das funcionalidade que estão no topo do Product Backlog Funcionalidade Prioridade Func. A 10 Func. B 20 Func. C 30 Func. D 40 Func. E 50 Func. F 60 Func. N 70 Maior prioridade Menor Prioridade Sprint Backlog
  • 58.
  • 59.
  • 60.
  • 61.
  • 62. Mas o que é um Sprint? ● Um período de Tempo entre 1 a 4 semanas ● Sempre deve ter um objetivo a ser atingido pela equipe. ● É normal que o tempo de duração dos Sprints possam variar no início do projeto, mas o ideal é que se chegue num tempo único para todos os sprints ● Todos os Sprints devem possuir uma estrutura exatamente igual
  • 63. Dinâmica do Product Backlog A B C ProductBacklog F G H I D Sprint 1 O que está dentro do Sprint Não pode ser alterado. - O que está fora do Sprint pode Ser alterado de acordo com a necessidade do cliente. - Ele pode alterar prioridades, inserir novas tarefas ou retirar tarefas existentes. - Algumas tarefas podem ser inseridas pela equipe. Ex: Montar ambiente para Integração contínua Prioridade Alta Baixa E Histórias
  • 64. Cerimônias Planejamento do Sprint Reunião Diária Review Meeting Retrospectiva
  • 65. 65
  • 66.
  • 67. Planejamento do Sprint
 (Sprint Planning Meeting) ● Reunião que define ● O objetivo (meta) do Sprint ● Uma lista dos membros da equipe que estarão comprometidos com a meta ● Um Sprint Backlog (lista com todas as funcionalidades incluídas no sprint) ● Uma Data para demonstrar que foi produzido durante o sprint ● Hora e lugar definido para acontecerem as reuniões diárias ● Dependendo do projeto, esta reunião pode durar de 1 a 8 horas
  • 68. Planejamento do Sprint
 ESTIMATIVAS ●Como estimar? ●Story Points ●Um “peso” dado para cada história ●Indica quanto uma história é maior ou mais complexa que outra ●Horas ●Tempo estimado por cada tarefa
  • 69. Reunião Diária
 (Scrum Daily Meeting) Objetivo ▪ Cada membro deve responder as seguintes perguntas: 1. O que você fez desde a última reunião diária? 2. O que você pretende fazer até a próxima reunião diária? 3. Existe algum problema que o impeça de realizar suas atividades? Duração ▪ 15 minutos (não mais que isso) Todos em Pé Qualquer pessoa pode participar, mas apenas o Scrum Master e os Membros da Equipe pedem falar
  • 70. Reunião de Demonstração
 (Sprint Review) ● Objetivo ● Mostrar o que foi produzido no Sprint ● Duração ● 30 a 60 minutos ● Participantes ● Product Owner, Scrum Master, membros do time, clientes, Usuários, Stakeholders e qualquer pessoa que esteja interessada no resultado da Sprint ● Qualquer participante pode falar, fazer perguntas ou observações
  • 71. Retrospectiva
 (Sprint Retrospective) ● Objetivo ● Enumerar o que funcionou e o que não funcionou durante o Sprint ● Duração ● 30 a 60 minutos ● Participantes ● Scrum Master e os membros do time e Product Owner ● Esta reunião pode ser feita à frente de um quadro branco onde membro cola post its dizendo o que funcionou e o que não funcionou ● Feita após cada Sprint
  • 72. Retrospectiva
 Exemplo O que Funcionou O que não funcionou Testes Comunicação entre os membros Usuário Distante Reuniões Diárias Alguns membros chegam tarde Faltou melhor planejamento do Sprint
  • 74. ● Processos:Reunião de planejamento,retrospectiva,reuniã o diária,planejamento de releases, sprint ● Ferramentas:Quadro Kanban,ferramentas,post its, product backlog,burndown..... ● Cultura:Time Multi- disciplinar,Auto- gerenciamento,valores, envolvimento do cliente, entrega frequente, liderança,colaboração, respeito.....
  • 75. Sprint  4 • Objetivo  :  Kanban  ,  Management  3.0,   exemplos  reais,  perguntas  e  retrospectiva. 75
  • 76. 76
  • 77. 77
  • 78. 78
  • 79. Minha Organização está preparada para usar Scrum ? 79 ● Quais as dificuldades que você teria hoje para usar Scrum na sua empresa? ● Posso começar usando algumas práticas?
  • 81. 81
  • 82.
  • 83. 83
  • 84. 84