SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 45
Baixar para ler offline
Gerenciamento de Projetos de TI com SCRUM Paulo Roberto Furtado Serra, CSM 2009
Objetivos ,[object Object]
Repassar os princípios que norteiam as Metodologias Ágeis
Introduzir os principais conceitos do Scrum, bem como seus principais artefatos, papéis e cerimônias (reuniões),[object Object]
A 3 anos vem se especializando em Metodologias de Gerenciamento e Desenvolvimento Ágeis
Mestre em Engenharia de Teleinformática pela Universidade Federal do Ceará
É CertifiedScrumMaster(CSM) pela ScrumAlliance,[object Object]
Os três “Quem” - Quem já participou de algum projeto de software do Início ao Fim...  			... que tenha terminado no prazo? - Quem participa de algum projeto de software hoje? 		Se sim, esse projeto já têm algo em produção? - Quem já participou de algum projeto de software onde os requisitos não mudaram?  Se sim, então NÃO era um projeto de Software!
Estatísticas ChaosReport Fonte: 	The Standish Group 	http://www.infoq.com/articles/chaos-1998-failure-stats
Estatísticas Uso de Funcionalidades Standish Group, 2002
Problemas ... Doenças do Gerenciamento de Projetos Muita gente envolvida e pouca gente comprometida Muitas barreiras de comunicação entre cliente e desenvolvedor
Doenças do  Gerenciamento de Projetos Multi-tarefa nociva Equipes enfrentam constantemente prioridades que mudam, fazendo com que interrompam uma tarefa e trabalhem em outra Lei de Parkinson Mais tempo de segurança, mais tempo de projeto Síndrome do Estudante O trabalho quase sempre é adiado Dependência entre tarefas O atraso é passado adiante, mas o adiantamento não
Comprometimento vs Envolvimento O porcoestáCOMPROMETIDO A galinhaestáapenasENVOLVIDA
Vocês conhecem essa? Continua fazendosentido?
Então, o que fazer? Em 2001, um grupo de profissionais veteranos na área de software decidiu se reunir em uma estação de esqui, nos EUA.  O objetivo seria discutir formas de melhorar o desempenho de seus projetos.  Embora cada envolvido tivesse suas próprias práticas e teorias sobre como fazer um projeto de software ter sucesso, cada qual com as suas particularidades, todos concordavam que, em suas experiências prévias, um pequeno conjunto de princípios sempre parecia ter sido respeitado quando os projetos davam certo; O grupo era composto de grandes nomes do mundo do software, tais como: Kent Beck, Jim Highsmith, Alistair Cockburn, Martin Fowler, Ken Schwaber e Jeff Sutherland; O encontro deu origem ao  MANIFESTO ÁGIL
O Manifesto Ágil “Estamos descobrindo melhores maneiras de desenvolver software, fazendo software e ajudando outros a fazê-lo. Através deste trabalho passamos a valorizar: Processos e ferramentas Indivíduos e interações Maisque Documentação abrangente Software quefunciona Maisque Negociação de contrato Colaboração do cliente Maisque Seguir um plano Resposta à mudanças Maisque Isto é, embora haja valor nos itens do lado direito, nós valorizamos mais os do lado esquerdo.” http://www.agilemanifesto.org
Desenvolvimento em CascataPor que mudar isso?
Desenvolvimento Incremental e IterativoPensando um pouco... Planejamento Por Fase Requisitos Especific. Desenvolv Testes Produção Isso não é do jeito que eu queria !!! Iteração 1 Iteração 2 Iteração N Por que não... Iterações? ... Entrega 1 Entrega 2
Empresas/Instituções que estão tendo sucesso com Agile e outras ...
SCRUM
O que é Scrum?Algumas definições Scrum é um processo iterativo e incremental para o desenvolvimento de qualquer produto e gerenciamento de qualquer trabalho. Scrum é um processo ágil para o gerenciamento e controle de projetos; Scrum é uma abordagem para desenvolvimento de sistemas e produtos onde os requisitos sofrem constantes mudanças; Scrum é um processo que controla o caos dos conflitos de interesses;
A Dinâmica do Scrum Sprint
Artefatos ProductBacklog SprintBacklog BurndownChart
ProductBacklog Criado a partir de uma Visão do Projeto Lista de funcionalidades priorizadas Maior prioridade Menor Prioridade
SprintBacklog Parte do ProductBacklog que vai ser feita numa iteração (Sprint) Montado a partir das funcionalidade que estão no topo do ProductBacklog Maior prioridade Sprint Backlog Menor Prioridade
Mas o que é um Sprint? Um período de Tempo entre 2 a 4 semanas Sempre deve ter um objetivo a ser atingidao pela equipe É normal que o tempo de duração dos Sprints possam variar no início do projeto, mas o ideal é que se chegue num tempo único para todos os sprints Todos os Sprints devem pessuir uma estrutura exatamente igual
Estrutura de um Sprint dias 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º Apresentação SprintX Planejamento – Sprint X Planejamento – Sprint X+1 Retrospectiva Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Sprint X
Dinâmica do ProductBacklog Histórias Alta A O que está dentro do Sprint Não pode ser alterado. B Sprint 1 C D E - O que está fora do Sprint pode     Ser alterado de acordo com a      necessidade do cliente.   - Ele pode alterar prioridades,    inserir novas tarefas ou retirar    tarefas existentes. - Algumas tarefas podem ser    inseridas pela equipe.    Ex: Montar ambiente para          Integração contínua F ProductBacklog Prioridade G H I Baixa
Papéis no Scrum ProductOwner ScrumMaster  Equipe
ProductOwner Define as funcionalidades do produto Decide datas de lançamento e conteúdo Responsávelpelarentabilidade (Return Of Investiment - ROI)‏ Priorizafuncionalidades de acordo com seuvalorpara o negócio Gerencia a entrada de novosrequisitos e suasprioridades Aceitaourejeita o resultado dos trabalhos $$$$$$$$$$
Interação do PO com os Usuários Usuários Product Owner Isso não impede Equipe de desenvolvimento
ScrumMaster Representa a gerênciapara o projeto Responsávelpelaaplicação dos valores e práticas do Scrum Remove obstáculos Garante a plenafuncionalidade e produtividadedaequipe Garante a colaboração entre osdiversospapéis e funções Escudoparainterferênciasexternas
Equipe Tamanhovariável , é aconcelhávelnãomaisque 9 pessoas e nãomenosque 4 Multi-funcional Programadores, testadores, desenvolvedores... Aconcelháveltrocassónamudança de Sprints Faz o que for precisoparaalcançar a Meta do Sprint, umavezque se compromete com o quevai ser entregue Apresentaaosinteressados o resultado do Sprint
Cerimônias Planejamento do Sprint Reunião Diária Demonstração Retrospectiva
Planejamento do Sprint(SprintPlanning Meeting) Reunião que define O objetivo (meta) do Sprint Uma lista dos membros da equipe que estarão comprometidos com a meta Um SprintBacklog (lista com todas as funcionalidades incluídas no sprint) Uma Data para demonstrar que foi produzido durante o sprint Hora e lugar definido para acontecerem as reuniões diárias Dependendo do projeto, esta reunião pode durar de 4 a 16 horas
Planejamento do SprintESTIMATIVAS Como estimar? StoryPoints Um “peso” dado para cada história Indica quanto uma história é maior ou mais complexa que outra Horas Tempo estimado por cada tarefa
Planejamento do SprintESTIMATIVAS em StoryPoints PlanningPoker
Reunião de planejamento de Sprint Reunião de Planejamento Scrum Master Product Owner Time de Desenvolvimento
Reunião Diária(ScrumDaily Meeting) ,[object Object]
Cada membro deve responder as seguintes perguntas:O que você fez desde a última reunião diária? O que você pretende fazer até a próxima reunião diária? Existe algum problema que o impeça de realizar suas atividades? ,[object Object]
15 minutos (não mais que isso)
Sugestão: Todos em Pé
Qualquer pessoa pode participar, mas apenas o ScrumMaster e os Membros da Equipe pedem falar,[object Object]
Retrospectiva(SprintRetrospective) Objetivo Enumerar o que funcionou e o que não funcionou durante o Sprint Duração 30 a 60 minutos Participantes Product Owner, Scrum Master e os membros do time Esta reunião pode ser feita à frente de um quadro branco onde membro cola post its dizendo o que funcionou e o que não funcionou Feita após cada Sprint
RetrospectivaExemplo Testes Comunicação entre os membros Reuniões Diárias Faltou melhor planejamento do Sprint Usuário  Distante Alguns membros chegam tarde

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Thiago Compan
 
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterPaulo Lomanto
 
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do ScrumO Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do ScrumScrumHalf Tool
 
Scrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosScrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosSerge Rehem
 
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016Annelise Gripp
 
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do ScrumScrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do ScrumAndré Borgonovo
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPDesenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPlucianocoelho
 
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumMindMasterBrasil
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilIsrael Santiago
 
Porque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetosPorque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetosEamon Sousa, PMP
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumIgor Macaubas
 
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelScrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelManoel Pimentel Medeiros
 
Seminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XPSeminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XPLays Lopes
 
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?TargetTrust
 
Lean Kanban
Lean KanbanLean Kanban
Lean KanbanLucashgt
 

Mais procurados (20)

Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
Resumo do livro SCRUM a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo ...
 
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
 
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do ScrumO Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
O Time Scrum e suas responsabilidades - Papéis do Scrum
 
Scrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosScrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutos
 
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
 
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do ScrumScrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
Scrum - As Regras do Jogo segundo o Guia do Scrum
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPDesenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
 
"A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM""A Metodologia SCRUM"
"A Metodologia SCRUM"
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
 
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento Ágil
 
Porque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetosPorque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetos
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
 
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelScrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
 
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
 
Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
 
Seminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XPSeminário - Scrum , Kaban e XP
Seminário - Scrum , Kaban e XP
 
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Lean Kanban
Lean KanbanLean Kanban
Lean Kanban
 

Destaque

Botando o Jenkins para rodar seus testes
Botando o Jenkins para rodar seus testesBotando o Jenkins para rodar seus testes
Botando o Jenkins para rodar seus testeskinow
 
Dev ops integração contínua com jenkins
Dev ops integração contínua com jenkinsDev ops integração contínua com jenkins
Dev ops integração contínua com jenkinsMichel Cordeiro
 
Continuous Development with Jenkins - Stephen Connolly at PuppetCamp Dublin '12
Continuous Development with Jenkins - Stephen Connolly at PuppetCamp Dublin '12Continuous Development with Jenkins - Stephen Connolly at PuppetCamp Dublin '12
Continuous Development with Jenkins - Stephen Connolly at PuppetCamp Dublin '12Puppet
 
Integração contínua em PHP com Jenkins
Integração contínua em PHP com JenkinsIntegração contínua em PHP com Jenkins
Integração contínua em PHP com JenkinsGilmar Pupo
 

Destaque (9)

Gerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TIGerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TI
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Desmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & ScrumDesmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & Scrum
 
Automatização de Ambientes CI & CD & DevOps
Automatização de Ambientes CI & CD & DevOpsAutomatização de Ambientes CI & CD & DevOps
Automatização de Ambientes CI & CD & DevOps
 
Botando o Jenkins para rodar seus testes
Botando o Jenkins para rodar seus testesBotando o Jenkins para rodar seus testes
Botando o Jenkins para rodar seus testes
 
Dev ops integração contínua com jenkins
Dev ops integração contínua com jenkinsDev ops integração contínua com jenkins
Dev ops integração contínua com jenkins
 
Jenkins
JenkinsJenkins
Jenkins
 
Continuous Development with Jenkins - Stephen Connolly at PuppetCamp Dublin '12
Continuous Development with Jenkins - Stephen Connolly at PuppetCamp Dublin '12Continuous Development with Jenkins - Stephen Connolly at PuppetCamp Dublin '12
Continuous Development with Jenkins - Stephen Connolly at PuppetCamp Dublin '12
 
Integração contínua em PHP com Jenkins
Integração contínua em PHP com JenkinsIntegração contínua em PHP com Jenkins
Integração contínua em PHP com Jenkins
 

Semelhante a Palestra de SCRUM em Juazeiro

Redistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumRedistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumJuan Bernabó
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Libia Boss
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...Luiz Lemos
 
Inciando com Scrum
Inciando com ScrumInciando com Scrum
Inciando com ScrumIdéia Ágil
 
Metodologia agil scrum
Metodologia agil scrumMetodologia agil scrum
Metodologia agil scrumPablo Juan ஃ
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMLucas Vinícius
 
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)André Dias
 
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosCenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosJoão Clineu - CTFL, CSM, CSD
 
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014Vanilton Pinheiro
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareRoberto Brandini
 
PDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxPDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxluismota86
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMElumini Outdoing IT
 
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)Mariana de Azevedo Santos
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumInove
 
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de SoftwareMétodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Softwarealexandre_malaquias
 

Semelhante a Palestra de SCRUM em Juazeiro (20)

Scrum - Visão Geral
Scrum - Visão GeralScrum - Visão Geral
Scrum - Visão Geral
 
Redistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumRedistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To Scrum
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
 
Inciando com Scrum
Inciando com ScrumInciando com Scrum
Inciando com Scrum
 
Metodologia agil scrum
Metodologia agil scrumMetodologia agil scrum
Metodologia agil scrum
 
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUMGerenciamento ágil de processos - SCRUM
Gerenciamento ágil de processos - SCRUM
 
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
 
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosCenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
 
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Portuguese Scrum
Portuguese ScrumPortuguese Scrum
Portuguese Scrum
 
Agilidade Com Scrum
Agilidade Com ScrumAgilidade Com Scrum
Agilidade Com Scrum
 
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
 
PDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptxPDS_SCRUM.pptx
PDS_SCRUM.pptx
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
 
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
Minicurso Aplicando Scrum em projetos de software (2010)
 
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com ScrumIntrodução ao desenvolvimento ágil com Scrum
Introdução ao desenvolvimento ágil com Scrum
 
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de SoftwareMétodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software
 

Mais de Paulo Furtado

Micro práticas ágeis que não aprendemos na teoria
Micro práticas ágeis que não aprendemos na teoriaMicro práticas ágeis que não aprendemos na teoria
Micro práticas ágeis que não aprendemos na teoriaPaulo Furtado
 
Requisitos ageis paulofurtado_2014
Requisitos ageis paulofurtado_2014Requisitos ageis paulofurtado_2014
Requisitos ageis paulofurtado_2014Paulo Furtado
 
Gestão Ágil de projetos
Gestão Ágil de projetosGestão Ágil de projetos
Gestão Ágil de projetosPaulo Furtado
 
Levantamento Ágil de Requisitos
Levantamento Ágil de RequisitosLevantamento Ágil de Requisitos
Levantamento Ágil de RequisitosPaulo Furtado
 
Como capacitar clientes: Introdução ao conceito dos Team Guiders
Como capacitar clientes: Introdução ao conceito dos Team GuidersComo capacitar clientes: Introdução ao conceito dos Team Guiders
Como capacitar clientes: Introdução ao conceito dos Team GuidersPaulo Furtado
 
Agilidade no Governo do Ceará
Agilidade no Governo do CearáAgilidade no Governo do Ceará
Agilidade no Governo do CearáPaulo Furtado
 

Mais de Paulo Furtado (7)

Micro práticas ágeis que não aprendemos na teoria
Micro práticas ágeis que não aprendemos na teoriaMicro práticas ágeis que não aprendemos na teoria
Micro práticas ágeis que não aprendemos na teoria
 
Requisitos ageis paulofurtado_2014
Requisitos ageis paulofurtado_2014Requisitos ageis paulofurtado_2014
Requisitos ageis paulofurtado_2014
 
Gestão Ágil de projetos
Gestão Ágil de projetosGestão Ágil de projetos
Gestão Ágil de projetos
 
Levantamento Ágil de Requisitos
Levantamento Ágil de RequisitosLevantamento Ágil de Requisitos
Levantamento Ágil de Requisitos
 
Como capacitar clientes: Introdução ao conceito dos Team Guiders
Como capacitar clientes: Introdução ao conceito dos Team GuidersComo capacitar clientes: Introdução ao conceito dos Team Guiders
Como capacitar clientes: Introdução ao conceito dos Team Guiders
 
Agilidade no Governo do Ceará
Agilidade no Governo do CearáAgilidade no Governo do Ceará
Agilidade no Governo do Ceará
 
Curso Scrum
Curso ScrumCurso Scrum
Curso Scrum
 

Palestra de SCRUM em Juazeiro

  • 1. Gerenciamento de Projetos de TI com SCRUM Paulo Roberto Furtado Serra, CSM 2009
  • 2.
  • 3. Repassar os princípios que norteiam as Metodologias Ágeis
  • 4.
  • 5. A 3 anos vem se especializando em Metodologias de Gerenciamento e Desenvolvimento Ágeis
  • 6. Mestre em Engenharia de Teleinformática pela Universidade Federal do Ceará
  • 7.
  • 8. Os três “Quem” - Quem já participou de algum projeto de software do Início ao Fim... ... que tenha terminado no prazo? - Quem participa de algum projeto de software hoje? Se sim, esse projeto já têm algo em produção? - Quem já participou de algum projeto de software onde os requisitos não mudaram?  Se sim, então NÃO era um projeto de Software!
  • 9. Estatísticas ChaosReport Fonte: The Standish Group http://www.infoq.com/articles/chaos-1998-failure-stats
  • 10. Estatísticas Uso de Funcionalidades Standish Group, 2002
  • 11. Problemas ... Doenças do Gerenciamento de Projetos Muita gente envolvida e pouca gente comprometida Muitas barreiras de comunicação entre cliente e desenvolvedor
  • 12. Doenças do Gerenciamento de Projetos Multi-tarefa nociva Equipes enfrentam constantemente prioridades que mudam, fazendo com que interrompam uma tarefa e trabalhem em outra Lei de Parkinson Mais tempo de segurança, mais tempo de projeto Síndrome do Estudante O trabalho quase sempre é adiado Dependência entre tarefas O atraso é passado adiante, mas o adiantamento não
  • 13. Comprometimento vs Envolvimento O porcoestáCOMPROMETIDO A galinhaestáapenasENVOLVIDA
  • 14. Vocês conhecem essa? Continua fazendosentido?
  • 15. Então, o que fazer? Em 2001, um grupo de profissionais veteranos na área de software decidiu se reunir em uma estação de esqui, nos EUA. O objetivo seria discutir formas de melhorar o desempenho de seus projetos. Embora cada envolvido tivesse suas próprias práticas e teorias sobre como fazer um projeto de software ter sucesso, cada qual com as suas particularidades, todos concordavam que, em suas experiências prévias, um pequeno conjunto de princípios sempre parecia ter sido respeitado quando os projetos davam certo; O grupo era composto de grandes nomes do mundo do software, tais como: Kent Beck, Jim Highsmith, Alistair Cockburn, Martin Fowler, Ken Schwaber e Jeff Sutherland; O encontro deu origem ao MANIFESTO ÁGIL
  • 16. O Manifesto Ágil “Estamos descobrindo melhores maneiras de desenvolver software, fazendo software e ajudando outros a fazê-lo. Através deste trabalho passamos a valorizar: Processos e ferramentas Indivíduos e interações Maisque Documentação abrangente Software quefunciona Maisque Negociação de contrato Colaboração do cliente Maisque Seguir um plano Resposta à mudanças Maisque Isto é, embora haja valor nos itens do lado direito, nós valorizamos mais os do lado esquerdo.” http://www.agilemanifesto.org
  • 17. Desenvolvimento em CascataPor que mudar isso?
  • 18. Desenvolvimento Incremental e IterativoPensando um pouco... Planejamento Por Fase Requisitos Especific. Desenvolv Testes Produção Isso não é do jeito que eu queria !!! Iteração 1 Iteração 2 Iteração N Por que não... Iterações? ... Entrega 1 Entrega 2
  • 19. Empresas/Instituções que estão tendo sucesso com Agile e outras ...
  • 20. SCRUM
  • 21. O que é Scrum?Algumas definições Scrum é um processo iterativo e incremental para o desenvolvimento de qualquer produto e gerenciamento de qualquer trabalho. Scrum é um processo ágil para o gerenciamento e controle de projetos; Scrum é uma abordagem para desenvolvimento de sistemas e produtos onde os requisitos sofrem constantes mudanças; Scrum é um processo que controla o caos dos conflitos de interesses;
  • 22. A Dinâmica do Scrum Sprint
  • 24. ProductBacklog Criado a partir de uma Visão do Projeto Lista de funcionalidades priorizadas Maior prioridade Menor Prioridade
  • 25. SprintBacklog Parte do ProductBacklog que vai ser feita numa iteração (Sprint) Montado a partir das funcionalidade que estão no topo do ProductBacklog Maior prioridade Sprint Backlog Menor Prioridade
  • 26. Mas o que é um Sprint? Um período de Tempo entre 2 a 4 semanas Sempre deve ter um objetivo a ser atingidao pela equipe É normal que o tempo de duração dos Sprints possam variar no início do projeto, mas o ideal é que se chegue num tempo único para todos os sprints Todos os Sprints devem pessuir uma estrutura exatamente igual
  • 27. Estrutura de um Sprint dias 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º Apresentação SprintX Planejamento – Sprint X Planejamento – Sprint X+1 Retrospectiva Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Reunião diária Sprint X
  • 28. Dinâmica do ProductBacklog Histórias Alta A O que está dentro do Sprint Não pode ser alterado. B Sprint 1 C D E - O que está fora do Sprint pode Ser alterado de acordo com a necessidade do cliente. - Ele pode alterar prioridades, inserir novas tarefas ou retirar tarefas existentes. - Algumas tarefas podem ser inseridas pela equipe. Ex: Montar ambiente para Integração contínua F ProductBacklog Prioridade G H I Baixa
  • 29. Papéis no Scrum ProductOwner ScrumMaster Equipe
  • 30. ProductOwner Define as funcionalidades do produto Decide datas de lançamento e conteúdo Responsávelpelarentabilidade (Return Of Investiment - ROI)‏ Priorizafuncionalidades de acordo com seuvalorpara o negócio Gerencia a entrada de novosrequisitos e suasprioridades Aceitaourejeita o resultado dos trabalhos $$$$$$$$$$
  • 31. Interação do PO com os Usuários Usuários Product Owner Isso não impede Equipe de desenvolvimento
  • 32. ScrumMaster Representa a gerênciapara o projeto Responsávelpelaaplicação dos valores e práticas do Scrum Remove obstáculos Garante a plenafuncionalidade e produtividadedaequipe Garante a colaboração entre osdiversospapéis e funções Escudoparainterferênciasexternas
  • 33. Equipe Tamanhovariável , é aconcelhávelnãomaisque 9 pessoas e nãomenosque 4 Multi-funcional Programadores, testadores, desenvolvedores... Aconcelháveltrocassónamudança de Sprints Faz o que for precisoparaalcançar a Meta do Sprint, umavezque se compromete com o quevai ser entregue Apresentaaosinteressados o resultado do Sprint
  • 34. Cerimônias Planejamento do Sprint Reunião Diária Demonstração Retrospectiva
  • 35. Planejamento do Sprint(SprintPlanning Meeting) Reunião que define O objetivo (meta) do Sprint Uma lista dos membros da equipe que estarão comprometidos com a meta Um SprintBacklog (lista com todas as funcionalidades incluídas no sprint) Uma Data para demonstrar que foi produzido durante o sprint Hora e lugar definido para acontecerem as reuniões diárias Dependendo do projeto, esta reunião pode durar de 4 a 16 horas
  • 36. Planejamento do SprintESTIMATIVAS Como estimar? StoryPoints Um “peso” dado para cada história Indica quanto uma história é maior ou mais complexa que outra Horas Tempo estimado por cada tarefa
  • 37. Planejamento do SprintESTIMATIVAS em StoryPoints PlanningPoker
  • 38. Reunião de planejamento de Sprint Reunião de Planejamento Scrum Master Product Owner Time de Desenvolvimento
  • 39.
  • 40.
  • 41. 15 minutos (não mais que isso)
  • 43.
  • 44. Retrospectiva(SprintRetrospective) Objetivo Enumerar o que funcionou e o que não funcionou durante o Sprint Duração 30 a 60 minutos Participantes Product Owner, Scrum Master e os membros do time Esta reunião pode ser feita à frente de um quadro branco onde membro cola post its dizendo o que funcionou e o que não funcionou Feita após cada Sprint
  • 45. RetrospectivaExemplo Testes Comunicação entre os membros Reuniões Diárias Faltou melhor planejamento do Sprint Usuário Distante Alguns membros chegam tarde
  • 47. Artefatos do Scrum ProductBacklog SprintBacklog BurndownChart
  • 49. Paradigmas a serem quebrados Equipes auto-gerenciáveis Equipes multi-disciplinares Até onde a documentação é último Comunicação Referência Desenvolvimento por iterações Zonas de conforto
  • 50. Referências www.mountaingoatsoftware.com/scrum www.scrumalliance.org www.controlchaos.com scrumdevelopment@yahoogroups.com Agile Software Development with Scrum by Ken Schwaber and Mike Beedle Agile Project Management with Scrum by Ken Schwaber Scrum and the Enterprise by Ken Schwaber Scrum and XP from the trenches