TEMA: ÈTICA NA ESCOLA
Equipe : Thais ; Brígida ; Kellyane ; Rayane ; waniene ; Messias ; Bruno ;
Janael .
Professora : Ros...
EXISTE ÉTICA NA ESCOLA ?
 Introdução
 A escola é um ambiente propício para o
exercício e aprendizado da ética. Através
d...
 Os professores
 Os professores desempenham papéis
fundamentais no que se refere à ética na
escola.
 As crianças e jove...
 Os alunos
 As crianças e jovens estão no processo de
aprendizagem e, portanto, a ética deve-lhes
ser ensinada e cobrada...
 Diretores, coordenadores e assistentes
 Estes funcionários também desempenham
um papel fundamental na construção de um
...
DESCRIÇÃO DE ALGUM CASO
ENVOLVENDO A DESTRUIÇÃO E A
VIOLÊNCIA NO MUNDO ESCOLAR
 Em tempos nos quais os índices de
violênc...
 Pesquisas recentes realizadas pela
UNESCO em vários estados do Brasil,
inclusive no Paraná, bem como a experiência
práti...
 Podem-se apontar alguns aspectos
relacionados a isso, como educadores
não capacitados para lidar com a
situação, problem...
EXISTE DEFERÊNCIA ENTRE COLAR E
ESTUDAR ?
 A cola é uma daquelas práticas amplamente
disseminadas, mas cuja importância é...
 A grande questão que se levanta é: A cola
afeta a formação do aluno, mascarando
sua incapacidade e produzindo um mau
pro...
 A Fundação Estudar existe para despertar e
desenvolver o potencial de jovens talentos.
Acreditamos no potencial empreend...
ÉTICA = EDUCAÇÃO
 A ética além de estar vinculada a moral,
também se vincula a justiça, a igualdade e a
solidariadade, pr...
 É evidente que muita coisa deve ser mudada na
educação do nosso País para que cheguemos a
atingir uma verdadeira transfo...
É POSSÍVEL SER ÉTICO NUM MUNDO QUE
PRIORIZA A FALTA DE CULTURA E EDUCAÇÃO
? POR QUE ?
 A sociedade brasileira não dispõe ...
IDEAIS
 1. ¿O Que é a ética? Chama-se ética ao conjunto de normas que regulam o
comportamento humano para que seja correc...
 3. Porque há regras de comportamento? Há regras éticas
porque o homem é de uma maneira e não de outras, de
modo que há a...
O QUE ROUSSEAU AFIRMOU A RESPEITO DA
EDUCAÇÃO ?
 A filosofia de Jean-Jacques Rousseau tem
como essência a crença de que o...
 É assim que o Homem, para Rousseau, se
transforma em uma criatura má, a qual só
pensa em prejudicar as outras pessoas. P...
 Mas Rousseau acredita que há um caminho
que pode reconduzir o indivíduo a sua antiga
bondade, o qual é teorizado politic...
 Em sua obra Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens,
Rousseau discorre sobre a questão ...
O QUE PAULO FREIRE AFIRMOU SOBRE A
EDUCAÇÃO DO OPRIMIDO ?
 Paulo freire explica a sociedade basicamente a
partir do confr...
ATUALIDADES
 Vivemos em uma sociedade que
constantemente tem sofrido mudanças de
atitudes, valores e princípios. Desta fo...
RESUMO
 Este artigo tem por objetivo, discorrer sobre a importância da
ética na educação. Abordaremos sobre a ética e a m...
VOCÊ UMA PESSOA EDUCADA ?
 Sim; temos que ser educados assim
podemos viver num mundo sem criticas e
mas educados.
TRABALHO DE FILOSOFIA 3º A ( ÉTICA NA ESCOLA).
TRABALHO DE FILOSOFIA 3º A ( ÉTICA NA ESCOLA).
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TRABALHO DE FILOSOFIA 3º A ( ÉTICA NA ESCOLA).

876 visualizações

Publicada em

PROFESSORA: ROSINEIDE

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

TRABALHO DE FILOSOFIA 3º A ( ÉTICA NA ESCOLA).

  1. 1. TEMA: ÈTICA NA ESCOLA Equipe : Thais ; Brígida ; Kellyane ; Rayane ; waniene ; Messias ; Bruno ; Janael . Professora : Rosineide Disciplina : filosofia
  2. 2. EXISTE ÉTICA NA ESCOLA ?  Introdução  A escola é um ambiente propício para o exercício e aprendizado da ética. Através dela, professores, alunos e funcionários podem obter resultados positivos no processo educacional, melhorando o ambiente de trabalho e aprendizado. Em suma, se todos agirem de forma ética na escola todos sairão ganhando, pois os resultados serão positivos.
  3. 3.  Os professores  Os professores desempenham papéis fundamentais no que se refere à ética na escola.  As crianças e jovens aprendem mais com exemplos do que com palavras. O professor que age de forma ética com alunos, professores e funcionários escolares passam aos alunos um importante modelo de comportamento ético.
  4. 4.  Os alunos  As crianças e jovens estão no processo de aprendizagem e, portanto, a ética deve-lhes ser ensinada e cobrada. Sabemos que muito do comportamento ético do aluno tem como origem a família, principalmente os pais. Porém, cabe à escola trabalhar a ética no ambiente escolar para que resulte em melhor qualidade de ensino.
  5. 5.  Diretores, coordenadores e assistentes  Estes funcionários também desempenham um papel fundamental na construção de um ambiente educacional ético
  6. 6. DESCRIÇÃO DE ALGUM CASO ENVOLVENDO A DESTRUIÇÃO E A VIOLÊNCIA NO MUNDO ESCOLAR  Em tempos nos quais os índices de violência são altos para os padrões atuais, vivemos fortes experiências de medo, irracionalidade e perda de controle, sentimentos tão contrários à ideia de paz. Exemplos disso são situações como briga entre alunos, vandalismo, consumo de drogas, bullying ou agressão a professores e alunos.
  7. 7.  Pesquisas recentes realizadas pela UNESCO em vários estados do Brasil, inclusive no Paraná, bem como a experiência prática no cotidiano das escolas indica que o fenômeno da violência escolar é um problema que tem se agravado. Por isso, em função de sua natureza complexa, exige consistência e formas variadas de intervenção para sua redução e prevenção. Essas pesquisas sobre a violência nas escolas têm mostrado que a grande maioria dos alunos e profissionais não são habitualmente violentos e nem tampouco convivem em um ambiente desestruturado ou violento. No entanto, muitas vezes acabam manifestando algumas atitudes violentas na escola.
  8. 8.  Podem-se apontar alguns aspectos relacionados a isso, como educadores não capacitados para lidar com a situação, problemas de gestão e de liderança escolar, ação policialesca com os alunos, etc.
  9. 9. EXISTE DEFERÊNCIA ENTRE COLAR E ESTUDAR ?  A cola é uma daquelas práticas amplamente disseminadas, mas cuja importância é esquecida e não levada em conta. Sem dúvida é um assunto ingrato, freqüentemente vemos moralistas se levantarem e inibir a discussão franca com sofismas de uma educação ideal. Contudo não podemos tratar como um tabu e tentarmos esconder de nós mesmos os motivos que levam à cola dentro das faculdades, motivos sérios que contestam muitos conceitos tradicionais ainda aplicados à educação superior.
  10. 10.  A grande questão que se levanta é: A cola afeta a formação do aluno, mascarando sua incapacidade e produzindo um mau profissional, no caso um engenheiro químico inadequado para o exercício de sua arte?
  11. 11.  A Fundação Estudar existe para despertar e desenvolver o potencial de jovens talentos. Acreditamos no potencial empreendedor do ser humano, a partir do qual cada indivíduo toma as rédeas de sua vida, age grande e transforma o país. Saiba mais sobre nossos programas na área de estudo, talentos e carreira.
  12. 12. ÉTICA = EDUCAÇÃO  A ética além de estar vinculada a moral, também se vincula a justiça, a igualdade e a solidariadade, principios fundamentais para que se busque uma sociedade mais justa e fraterna, de libertação pessoal e social.  Nesse sentido, a ética deve sempre ser pensada para todos os cidadãos de uma sociedade, para que seja possível se chegar ao senso moral e a consiência moral.
  13. 13.  É evidente que muita coisa deve ser mudada na educação do nosso País para que cheguemos a atingir uma verdadeira transformação social que contemple a todos. O modelo organizacional da nossa educação formal deve ser revista, a capacitacção docente deve ser apraimorada, o investimento deve ser aumentado e priorizado pelo poder público, às novas tecnologias devem ser inseridas com maior responsabilidade e rápidez, os livros didáticos devem ser revistos e atualizados de forma a tornar possivel a identificação do aluno com o conteúdo e animação.
  14. 14. É POSSÍVEL SER ÉTICO NUM MUNDO QUE PRIORIZA A FALTA DE CULTURA E EDUCAÇÃO ? POR QUE ?  A sociedade brasileira não dispõe de uma educação pública de qualidade por não ser esta uma prioridade do poder público, por outro lado o poder público não a prioriza por não ser uma demanda da sociedade. Acredita-se que para legitimar qualquer diálogo e iniciativa no campo da educação precisa-se envolver os seus legítimos protagonistas, os professores. Realizou-se, desta forma, uma pesquisa+ qualitativa com professores de uma escola municipal de ensino fundamental da cidade de São Paulo, buscando identificar, por meio de entrevistas semi-estruturadas, as suas representações sociais sobre o atual papel da escola pública e as iniciativas do poder público que buscam integrar áreas como a saúde e o meio ambiente no espaço escolar. No eixo de investigação aqui discutido, "o poder público e a escola pública", constatou-se que o assistencialismo, a ineficiência de políticas públicas e o desconhecimento da escola pelos gestores públicos são evidências do descaso do Estado para o desenvolvimento de uma escola de qualidade, sendo esses alguns dos determinantes do descumprimento do papel da instituição escola. O professor tem se sentido cada vez mais impotente, desvalorizado e desinteressado pela educação pública. Assim, cabe à sociedade assumir sua responsabilidade diante do ensino público e ao poder público cabe não só compreender, mas, principalmente vivenciar a escola estabelecendo um diálogo verdadeiro e profundo com o professor, buscando, por meio da educação, uma transformação social sustentável baseada em valores humanos mais éticos e mais justos.  Palavras-chave: Ensino fundamental. Educação de qualidade. Promoção da saúde. Professor. Poder público. Pesquisa qualitativa.
  15. 15. IDEAIS  1. ¿O Que é a ética? Chama-se ética ao conjunto de normas que regulam o comportamento humano para que seja correcto. Por outras palavras, ética é uma compilação de regras de boa conduta.  2. Como acertar com as regras de boa conduta? Há vários modos de acertar:  Seguindo princípios religiosos. - Cada religião regula os comportamentos humanos procurando agradar a Deus e isto é uma boa orientação. Nesta linha, situam-se as três grandes religiões: islão, judeus e as religiões cristãs (protestantes, ortodoxos e católicos). Principalmente são importantes as normas morais da religião católica, as quais recolhem os dez mandamentos e os ensinamentos de Jesus Cristo. Este conhecimento, é uma grande ajuda para fazer o bem.  Seguindo teorias filosóficas. - As grandes filosofias dedicaram abundantes esforços a expressar orientações éticas. Assim, aqueles que seguem o marxismo, o relativismo ou o laicismo têm muito regulado o seus modo de pensar ético.  Atendendo à própria consciência e ao conselho de boas pessoas. - Este modo de actuar pode estar unido aos sistemas anteriores e, como eles, será mais ou menos válido consoante acerte com a verdade, com o que na verdade convém ao homem.
  16. 16.  3. Porque há regras de comportamento? Há regras éticas porque o homem é de uma maneira e não de outras, de modo que há acções que lhe convêm e actos que o prejudicam. Por exemplo, o homem está submetido a regras físicas e não pode voar ou atravessar paredes. Da mesma maneira, o homem está afectado por regras biológicas e está obrigado a alimentar-se e a respirar. Desta mesma maneira, há condutas morais que convêm ao homem e acções que deve evitar.  4. Exemplos de regras éticas? As regras éticas melhores e mais famosas são os dez mandamentos, onde o próprio Deus manifestou ao homem o que lhe convém fazer.  5. Há algum sistema para descobrir regras éticas falsas? Um sistema pode ser aplicar essa regra a um caso bem conhecido. Por exemplo, um caso bem conhecido é que roubar e assassinar está mal. A inexistência de uma regra ética conduz a resultados onde roubar e assassinar estejam bem, sendo então esta regra ética falsa.
  17. 17. O QUE ROUSSEAU AFIRMOU A RESPEITO DA EDUCAÇÃO ?  A filosofia de Jean-Jacques Rousseau tem como essência a crença de que o Homem é bom naturalmente, embora esteja sempre sob o jugo da vida em sociedade, a qual o predispõe à depravação. Para ele o homem e o cidadão são condições paradoxais na natureza humana, pois é o reflexo das incoerências que se instauram na relação do ser humano com o grupo social, que inevitavelmente o corrompe.
  18. 18.  É assim que o Homem, para Rousseau, se transforma em uma criatura má, a qual só pensa em prejudicar as outras pessoas. Por esta razão o filósofo idealiza o homem em estado selvagem, pois primitivamente ele é generoso. Um dos equívocos cometidos pela sociedade é a prática da desigualdade, seja a individual, seja a provocada pelo próprio contexto social. Nesta categoria ele engloba desde a presença negativa dos ciúmes no relacionamento afetivo, até a instauração da propriedade privada como base da vida econômica.
  19. 19.  Mas Rousseau acredita que há um caminho que pode reconduzir o indivíduo a sua antiga bondade, o qual é teorizado politicamente em sua obra Contrato Social, e pedagogicamente em Emílio, outra publicação essencial deste filósofo. Ele crê que a carência de igualdade na personalidade humana é algo que integra sua natureza; já adesigualdade social deve ser eliminada, pois priva o Homem do exercício da liberdade, substituindo esta prática pela devoção aos aspectos exteriores e às normas de etiqueta.
  20. 20.  Em sua obra Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens, Rousseau discorre sobre a questão da maldade humana. Para melhor analisar esta característica, ele estabelece três etapas evolutivas na jornada do Homem. O primeiro estágio refere-se ao homem natural, subjugado pelos instintos e pelas sensações, sujeito ao domínio da Natureza; o segundo diz respeito ao homem selvagem, já impregnado por confrontos morais e imperfeições; segue-se, então, a condição do homem civilizado, marcada por intensos interesses privados, que sufocam sua moralidade.  É neste processo que o indivíduo se converte em um ser egoísta e individualista, convertendo sua bondade natural, gradualmente, em maldade. O Homem abre mão de sua liberdade e assim se desqualifica enquanto ser humano, pois se vê despojado do principal veículo para a realização espiritual. A solução apontada por Rousseau para esta situação é enveredar pelos caminhos do autoconhecimento, através do campo emotivo da Humanidade.  Na esfera da educação, exposta no Emílio, ele teoriza filosoficamente sobre o Homem. Sua principal inquietação, neste ponto, é saber se educa o indivíduo ou o cidadão, já que, para ele, estas duas facetas não podem conviver no mesmo ser, por serem completamente opostas.  Rousseau defende a formação do homem natural no seu lar, junto aos familiares, por constituir um ser integral voltado para si mesmo, que vive de forma absoluta. Já o cidadão deve ser educado no circuito público proporcionado pelo Estado, pois é tão somente uma parte do todo, e por esta razão engendra uma vida relativa. O aprendizado social, segundo o filósofo, não produz nem o homem, nem o cidadão, mas sim um híbrido de ambos. Aliar os dois implica investir no saber do ser humano em seu estágio natural – por exemplo, a criança –, e o cidadão só terá existência a partir desta condição, a qual tem como fonte a Natureza e como fio condutor a trajetória individual
  21. 21. O QUE PAULO FREIRE AFIRMOU SOBRE A EDUCAÇÃO DO OPRIMIDO ?  Paulo freire explica a sociedade basicamente a partir do confronto entre opressores e oprimidos. Segundo ele, a educação tradicional, ao não dar voz aos oprimidos, ajudava a perpetuar as injustiças sociais. A Pedagogia do Oprimido seria uma maneira de conscientizar as pessoas sobre a realidade social, com as suas contradições, como afirmam os seguidores de Paulo Freire. A educação não poderia ser desvinculada do seu principal objetivo, que, segundo Paulo Freire, é a construção de uma sociedade mais justa.
  22. 22. ATUALIDADES  Vivemos em uma sociedade que constantemente tem sofrido mudanças de atitudes, valores e princípios. Desta forma esta pesquisa tem o objetivo de demonstrar a ética naatualidade, como a sociedade atual tem se adaptado em meio de tantas transformações e como a população moderna perdeu as esperanças de uma nova ética social.
  23. 23. RESUMO  Este artigo tem por objetivo, discorrer sobre a importância da ética na educação. Abordaremos sobre a ética e a moral, pois ambas não podem ser tratadas separadamente uma vez que as duas indicam um significado comum remetido à ideia de costumes e com significações diferenciadas. A partir da perspectiva de que o ser humano vive, age e convive em sociedade, ele interage, é integrado e influenciado pelo grupo de convívio, pela sua cultura e por suas concepções. Baseado nesses pressupostos, não dá para separar os aspectos éticos da vida do sujeito, da sua vida social ou sua vida profissional. Assim procuramos fazer uma conversa entre ambos dimensionando para a vida social, educacional e profissional. Procuramos ainda relacionar ética num todo, com outros pressupostos baseados na justiça, no respeito, na solidariedade e no dialogo para a manutenção desse relacionamento social, focando a importância da ética na práxis pedagógica educacional e dentro do grupo social.
  24. 24. VOCÊ UMA PESSOA EDUCADA ?  Sim; temos que ser educados assim podemos viver num mundo sem criticas e mas educados.

×