Teresa Costa
<ul><li>A educação da afectividade, educação para o  amor como parte integrante e pano de fundo da sexualidade  prepara o ...
<ul><li>Quando falamos em Educação Sexual falamos também em Educação dos afectos no sentido de ajudar o adolescente a cons...
A afectividade é vivida pelo adolescente através do namoro que irá permitir o desenvolvimento emocional e a capacidade de ...
Os jovens têm que se sentir acompanhados por pessoas em quem confiem( família), para um melhor desenvolvimento psicossocia...
A sexualidade é um fenómeno normal da vida humana. Falar sobre sexualidade, longe de fomentar a promiscuidade, é acima de ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Edsexual

1.060 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.060
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
791
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Edsexual

  1. 1. Teresa Costa
  2. 2. <ul><li>A educação da afectividade, educação para o amor como parte integrante e pano de fundo da sexualidade prepara o jovem para a vida adulta, consciente e responsável através de uma vida afectiva estável e equilibrada, gerador de qualidade existencial. </li></ul><ul><li>(BASTOS, 2003) </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Quando falamos em Educação Sexual falamos também em Educação dos afectos no sentido de ajudar o adolescente a construir uma identidade sexual, uma auto-estima estável, a promover o amor por si próprio e pelos outros, bem como valorizar-se com base em valores éticos, morais, intelectuais e sociais, em atitudes e comportamentos responsáveis, transmitidos fundamentalmente no seio da família e pelos meios de socialização no quais se encontra inserido (Escola, Igreja…) </li></ul>
  4. 4. A afectividade é vivida pelo adolescente através do namoro que irá permitir o desenvolvimento emocional e a capacidade de Amar. Descobrir que Amar e não ser amado pode ser uma experiência traumatizante e angustiante mas principalmente irá aprender o que é a culpa, a responsabilidade, o lugar do outro ficando com a noção que não se deve brincar com os sentimentos.
  5. 5. Os jovens têm que se sentir acompanhados por pessoas em quem confiem( família), para um melhor desenvolvimento psicossocial bem como permitir a conquista da sua autonomia. Um ambiente familiar aberto para conversar sobre a Sexualidade/Afectividade, permite que os jovens que recebem uma educação sexual bem orientada, tendem a iniciar a vida sexual mais tarde.
  6. 6. A sexualidade é um fenómeno normal da vida humana. Falar sobre sexualidade, longe de fomentar a promiscuidade, é acima de tudo formar os adolescentes para atitudes e comportamentos conscientes e responsáveis na vivência da sua sexualidade, adiando o início da sua vida sexual para mais tarde e de forma mais segura.

×