Afetividade

16.729 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre afetividade da Quarta NUFESP, região de Piracicaba

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.729
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15.287
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Afetividade

  1. 1. NUFESP – NÚCLEO DE FORMAÇÃO E ESPIRITUALIDADEAFETIVIDADE – O QUE É? 2
  2. 2. • Afeto (Houaiss) – Etimologia: subst. lat. affectus,us estado psíquico ou moral (bom ou mau), afeição, disposição de alma, estado físico, sentimento, vontade; Antônimos: ver desprezo e repulsão Homônimos: afeto (fl. afetar) 3
  3. 3. O afeto não tem a ver somente com o relacionamento com uma Somos afetadosO afeto está ligado pessoa exclusivamente, positivamente ou a todos os como um namorado ou negativamente.estímuloscomo muitas namorada, externosvezes pensamos, mas tema ver com nossa forma e(extra corporais) de Podemos afetar internos também daagir com todas as pessoas mesmaquais nos com as forma. (corporais). relacionamos todos os dias. 4
  4. 4. Afetividade= afeto + atividadeSoma das nossas:+ Emoções+ Sentimentos+ Ânimo+ Estado de espírito+ Espiritualidade+ Religiosidade+ Conhecimento 5
  5. 5. Como afetamos aspessoas em nosso dia a dia? 6
  6. 6. NUFESP – NÚCLEO DE FORMAÇÃO E ESPIRITUALIDADEDESENVOLVIMENTO DAAFETIVIDADE 7
  7. 7. Desenvolvimento da Afetividade• O afeto intra-útero: – Da mãe – Do pai – Dos parentes e amigos mais próximos• Toque no ventre;• Conversa 8
  8. 8. Desenvolvimento da Afetividade• Bebês: – Atenção, repetição, contato físico, estímulos sensoriais, brincadeiras... – Contato bastante estreito com os pais, familiares e outras crianças. 9
  9. 9. Desenvolvimento da Afetividade • Filhos maiores: – Amizade – Atenção – Interação – Interesse não opressivo – Participação 10
  10. 10. Desenvolvimento da Afetividade Convívio socialConvívio familiar 11
  11. 11. Desenvolvimento da Afetividade 12
  12. 12. NUFESP – NÚCLEO DE FORMAÇÃO E ESPIRITUALIDADESOMBRAS E LUZES 13
  13. 13. Sombras e luzes• Comportamentos negativos: – Rejeição – Abandono – Maus tratos – Rispidez no trato – Falta de atenção – Indiferença – Descompromisso 14
  14. 14. Sombras e luzes • Gera problemas – Depressão – Desespero – Carência afetiva – Afastamento – Aumento do egoísmo, do individualismo e do egocentrismo – Violência / agressividade 15
  15. 15. Sombras e luzes Afeto negativo que atrapalha odesenvolvimento da pessoa, a vidafamiliar e a estrutura do tecido social. 16
  16. 16. Sombras e luzesO ganho da afetividade positiva para a sociedade é grande. 17
  17. 17. Sombras e luzes A família é a base para a construção de uma afetividade positiva. O casal, cuidando de sua própria afetividade, consegue testemunhar seu amor. 18
  18. 18. Sombras e luzes As famílias educam os filhos para uma afetividade positiva. 19
  19. 19. Sombras e luzes Os filhos passam a ter alimentada a esperança e a fé na família, nas instituições e na sociedade. 20
  20. 20. Sombras e luzesA afetividade positiva faz parte doaprendizado para o relacionamento 21
  21. 21. Concluindo1. Afetividade positiva2. Sexualidade sadia e cristã3. Aprendizado para o relacionamento4. Educação ao amor 22
  22. 22. Concluindo Por quê não conseguimosrealizar essa tarefa de educar para a afetividade, para a sexualidade, paraos relacionamentos, Um beagle para o amor? (um bigôw) 23
  23. 23. Concluindo – O afeto de Deus Como é que Deus nos afeta? Ele é a origem do afeto positivo 24
  24. 24. Concluindo – O afeto de Deus 25
  25. 25. Concluindo – O afeto de Deus 26
  26. 26. Concluindo – O afeto de Deus 27
  27. 27. Concluindo – O afeto de Deus 28
  28. 28. Concluindo – O afeto de Deus 29
  29. 29. Concluindo – O afeto de Deus 30
  30. 30. OBRIGADO A TODOS!Que Deus esteja sempre no meio de nós! 31

×