Instituicao de pesquisa

424 visualizações

Publicada em

Apresentação de algumas instituições de pesquisa no Brasil

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
424
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
242
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Instituicao de pesquisa

  1. 1. Instituições de pesquisa no Brasil
  2. 2. GOVERNO FEDERAL MEC MCT CAPES CNPq FINEP FAPs (AC, BA, MG, SP, RJ, ES, PB, AM, PR, SC... e demais estados) GOVERNOS ESTADUAIS
  3. 3. Criada em 15 de Janeiro de 1951. A ideia da criação de uma instituição que promovesse a pesquisa científica no Brasil nasceu nos anos de 1920. Possuia como finalidade promover e estimular o desenvolvimento da investigação científica e tecnológica, mediante a concessão de recursos para pesquisa, formação de pesquisadores e técnicos, cooperação com as universidades brasileiras intercâmbio com instituições estrangeiras
  4. 4. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico tem como principais atribuições: fomentar a pesquisa científica e tecnológica;  incentivar a formação de pesquisadores brasileiros
  5. 5. Missão Em 1951  Ser o estado-maior da ciência, da técnica e da indústria, capaz de traçar rumos seguros aos trabalhos de pesquisas científicas e tecnológicas do país, desenvolvendo-os e coordenando-os de modo sistemático A partir da década de 90  Promover o desenvolvimento científico e tecnológico e executar pesquisas necessárias ao progresso social, econômico e cultural do País.
  6. 6. Nos anos 90, o CNPq cria instrumentos para as atividades de fomento:  Plataforma Lattes – padrão nacional de currículos  Diretório dos Grupos de Pesquisa - contêm informações sobre os grupos de pesquisa em atividade no País
  7. 7. Investimentos  direcionados para a formação e absorção de recursos humanos  para financiamento de projetos de pesquisa
  8. 8. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Criada em 11 de julho de 1951. Anísio Teixeira foi o 1º secretário-geral da Capes (1953-1964) Surgiu para garantir recursos específicos de formação de cientistas e pesquisadores no ambiente acadêmico.
  9. 9. 15 de março de 1990 – Governo Collor extingue a Capes através da Medida Provisória nº 150 12 de abril de 1990 – a Capes é recriada, através da lei 8.028. 11 de julho de 2007 – Nova Capes - a instituição passa por uma reestruturação. Além de coordenar o alto padrão do Sistema Nacional de Pós-Graduação brasileiro também passa a induzir e fomentar a formação inicial e continuada de professores para a educação básica
  10. 10. Missão desempenha papel fundamental na expansão e consolidação da pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em todos os estados da Federação. Em 2007, passou também a atuar na formação de professores da educação básica ampliando o alcance de suas ações na formação de pessoal qualificado no Brasil e no exterior
  11. 11. Atividades da Capes  avaliação da pós-graduação stricto sensu – Avaliação Trienal  acesso e divulgação da produção científica – Periódicos Capes  investimentos na formação de recursos de alto nível no país e exterior – bolsas de estudo, auxílios e financiamento de projetos – Ciências sem fronteiras  promoção da cooperação científica internacional  indução e fomento da formação inicial e continuada de professores para a educação básica nos formatos presencial e a distância – Parfor, Pibid, Life ...
  12. 12. Formação inicial e continuada de professores para a educação básica
  13. 13. Financiadora de Estudos e Projetos Criada em 24 de julho de 1967
  14. 14. Missão Promover o desenvolvimento econômico e social do Brasil por meio do fomento público à Ciência, Tecnologia e Inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou privadas. Visão Transformar o Brasil por meio da inovação. Perfil de Atuação Atuar em toda a cadeia da inovação, com foco em ações estratégicas, estruturantes e de impacto para o desenvolvimento sustentável do Brasil.

×