Tv na educação

492 visualizações

Publicada em

O uso da televisão na Educação

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
492
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tv na educação

  1. 1. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE BACABAL DEPARTAMENTO DE LETRAS CURSO DE LETRAS ANA CARLA LOPES JARDENE CRISTINA LAGO O USO DA TELEVISÃO NA EDUCAÇÃO
  2. 2. Histórico da televisão:  Surgimento: 1935  A televisão no Brasil: 1950
  3. 3. A televisão invadiu as casas das pessoas através de programas de entretenimento, de notícias ou de divulgação, fazendo com que todos os hábitos familiares e sociais se alterassem por completo.
  4. 4. A televisão tem um mercado de milhares de milhões, pois atinge todos os públicos de todas as faixas etárias e extratos sociais. Seja para entreter, para educar ou para divulgar, este instrumento é um dos melhores meios de divulgação, sendo apenas ameaçado no início do séc. XXI pela Internet. Apesar do choque inicial, estes dois serviços conseguem complementar-se através da produção e divulgação de conteúdos.
  5. 5. SISTEMA ELETRÔNICO DE RECEPÇÃO DE IMAGENS E SOM. SOCIALMENTE, É A MAIOR COMPANHIA DE MUITA GENTE.
  6. 6. TELEVISÃO COMO ENTRETENIMENTO Já despertou o amor e o ódio de muitos educadores, psicólogos e sociólogos. É acusada de promover a violência e o consumismo.
  7. 7. Elvira Souza Lima, pesquisadora na área de neurociências aplicada à mídia, de São Paulo, explica que a linguagem que a TV usa, imagens em movimento, coloridas, trabalhadas com cortes e fusões e envolvidas em trilhas sonoras especialmente escolhidas mobiliza o sistema límbico, estrutura do cérebro responsável pelas emoções, o que leva a um estado de atenção concentrada.
  8. 8. LIGUEM A TV: VAMOS ESTUDAR! QUALQUER PROGRAMA DE TELEVISÃO PODE SER USADO NA SALA DE AULA PARA INTRODUZIR OU APROFUNDAR CONTEÚDOS E PARA DISCUTIR VALORES E COMPORTAMENTO "Tudo o que passa na televisão é educativo. Basta o professor fazer a intervenção certa e propiciar momentos de debate e reflexão", garante José Manuel Moran, professor das Faculdades Sumaré, em São Paulo, e pesquisador na área de tecnologias aplicadas à educação.
  9. 9. A TV EMBURRECE? “A televisão é e será aquilo que nós fizermos dela [...] aqui abrange todos os envolvidos no processo: produtores, consumidores, críticos, formadores e etc.” (MACHADO, 2001, p. 15- 16).
  10. 10. Dá para desprezar uma ferramenta pedagógica com essas características?  Desenvolve a imaginação dos jovens; As histórias que ela conta são tema de conversas e debates acalorados entre eles;  E tem mais: os alunos permanecem de olhos grudados nela em tempo igual ou superior ao que ficam na escola.
  11. 11. USAR A TV NA EDUCAÇÃO INFANTIL SEM PROPÓSITO, NÃO DÁ!
  12. 12. A TV deve servir para passar filmes e seriados que não estejam ao alcance da maioria e ser uma ferramenta de aprendizagem.
  13. 13. É muito importante que a escola viva o seu papel de transformadora exigindo que o professor seja alfabetizado midiaticamente.
  14. 14. Alguns pontos podem ser levados em conta:  O filme exibido às crianças é de qualidade?  Qual mediação será feita para que os pontos de interesse sejam bem explorados?  O tempo de exibição para atingir os resultados esperados está apropriado ou exagerado?  Qual o efeito educativo daquela atividade? E seu objetivo?
  15. 15. “O simples acesso à tecnologia, em si não é o aspecto mais importante, mas sim, a criação de novos ambientes de aprendizagem e de novas dinâmicas sociais a partir do uso dessas novas ferramentas”. (MORAES, 1997)
  16. 16. COMO NÃO USAR A TELINHA EM AULA Usar como tapa-buraco quando falta professor ou acontece algum contratempo;  Passar vídeo que não tenha relação com o conteúdo;  Usar o recurso em todas as aulas e esquecer outras dinâmicas: o exagero diminui a eficiência e empobrece as atividades;  Criticar sistematicamente possíveis defeitos de informação ou estéticos: se eles existirem, desafie a turma a encontrá-los e a questioná-los; Assistir à televisão com os alunos sem discussão: qualquer assunto que venha da televisão deve ser integrado com o tema da aula.
  17. 17. EXPECTATIVA DO ALUNO EM RELAÇÃO A TV. “Vídeo significa matar aula" Hora de dormir! Hora de jogar no celular! “A oportunidade de terminar o meu trabalho.”
  18. 18. HISTÓRICO DA TELEVISÃO EDUCATIVA • A história das TVs educativas não está à margem da história da televisão como um todo. Os modelos das TVs foram consequência imediata do surgimento do novo meio de comunicação.
  19. 19. TV EDUCATIVA NO MUNDO  Os pioneiros do uso da televisão para fins educacionais foram os EUA em 1930.  Inicialmente a educação a distância foi utilizada como recurso para a superação de deficiências educacionais, para a qualificação profissional e aperfeiçoamento ou atualização de conhecimentos.
  20. 20. TV EDUCATIVA NO BRASIL No Brasil a primeira emissora educativa a entrar no ar foi a TV Universitária de Pernambuco, em 1967. Desde então até 1974 surgiram nove emissoras educativas, porém sem obedecer nenhum planejamento que decorresse de uma política governamental. Em 1972, o MEC criou o Programa Nacional de Teleducação – PRONTEL, com o objetivo de coordenar as atividades no país.
  21. 21. PROGRAMAS IMPLANTADOS Projeto SACI (Satélite avançado de Comunicações Interdisciplinares); Telecursos.
  22. 22. TELECURSOS Foi uma ideia de Roberto Marinho, que acreditava na televisão como um instrumento para levar educação a um número maior de brasileiros.  Em 1978 estreou o Telecurso 2º grau;  Em 1981, foi criado o Telecurso de 1º grau. As aulas eram assistidas em casa e os fascículos eram vendidos nas bancas. As pessoas podiam concluir o ensino Fundamental e Médio e o diploma era conseguido por meio de provas aplicadas pelo governo.
  23. 23. Em 1995, foi lançado o Telecurso 2000, onde foram criadas as salas de aula, em que o professor (mediador) faz uso de equipamentos como TV, DVD, mapas, livros, dicionários e outros materiais didáticos.
  24. 24. Em 2008, o programa passou por um processo de reciclagem, com isso foi criado o novo Telecurso, com a atualização dos conteúdos disponíveis.
  25. 25. CANAIS QUE EXIBEM O TELECURSO ATUALMENTE: • TV Globo • Canal Futura • TV Cultura • TV Brasil • Entrando no site: http://www.telecurso.org.br/na-tv/, você pode olhar os horários que são oferecidas as aulas em cada canal.
  26. 26. TV Escola Fundada em 1995, com a proposta de proporcionar ao educador conhecimentos para serem utilizados em sala de aula. Programação: Exibe 24 horas diárias de séries e programas educativos, que estão divididos em cinco faixas temáticas: Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Salto para o Futuro e Escola Aberta; três programas de cursos de língua estrangeira: inglês, espanhol e francês.
  27. 27. TV Cultura Fundada em 1960 pelos Diários Associados e reinaugurada em 15 de junho de 1969 pela Fundação Padre Anchieta, apresenta programas educativos que são transmitidos para todo o Brasil.
  28. 28. “OS VÍDEOS FACILITAM A MOTIVAÇÃO, O INTERESSE POR ASSUNTOS NOVOS, SÃO DINÂMICOS, CONTAM HISTÓRIA E IMPACTAM” José Manoel Moran
  29. 29. REFERÊNCIAS: • NAPOLITANO, Marcos. Como usar a televisão na sala de aula. 2ª ed. São Paulo: Editora Contexto, 2003. • MACHADO, Arlindo . A arte do video . 3.ed . São Paulo: Brasiliense, 1995. 255p. • MORAN, José Manuel et al. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 6. ed. Campinas: Papirus, 2000.
  30. 30. OBRIGADA PELA PRESENÇA

×