SlideShare uma empresa Scribd logo

Fundacao D Pedro IV - 2011

EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA: ESPAÇO FACILITADOR PARA O DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS TECNOLÓGICAS. Comunicação apresentada no seminário para Pais e Encarregados de Educação na Fundação D. Pedro IV

1 de 22
Baixar para ler offline
EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA: ESPAÇO FACILITADOR PARA O DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS TECNOLÓGICAS Henrique Santos Educador de Infância EB1+JI de S. Miguel – Enxara do Bispo [email_address]
De acordo com inúmeras perspectivas, evidenciadas ao longo dos últimos anos, é na transição para o  jardim de infância  que a criança começa a moldar as  competências  e  habilidades sociais , inserindo-se ou não em grupos de pares, desenvolvendo toda uma gama de comportamentos que a levarão a níveis de desenvolvimento superiores.  Que Competências e em que currículo? É nesse espaço feito de comunicações interpessoais que se vivenciam as primeiras transições, os primeiros conflitos e os primeiros confrontos com uma realidade não tão protegida quanto a familiar.
Educar para uma  acumulação de conhecimentos  deixou de ser a grande finalidade da educação, apontando-se antes para a necessidade de proporcionar a cada indivíduo as condições que lhe permitam aproveitar e utilizar, do berço até ao fim da vida, todas as oportunidades que se lhe  oferecem. Que Competências e em que currículo? no sentido de actualizar, aprofundar e enriquecer os seus primeiros conhecimentos e de se adaptar a um mundo em permanente mudança.
As sociedades actuais requerem cada vez mais a melhoria do nível de educação dos seus cidadãos por um conjunto de razões: porque a competição económica o exige mas também porque a qualidade e melhoria da vida social passa cada vez mais pelo domínio de competências, incluindo competências para  aprender ,  colaborar  e  conviver , pelo nível cultural geral dos indivíduos e pela sua capacidade de se integrarem numa sociedade construída sobre múltiplas diversidades. Que Competências e em que currículo?
É à luz destas preocupações que se compreendem as tendências no sentido de centrar as finalidades curriculares no desenvolvimento de competências que tornem  utilizáveis ,  reconvertíveis  e  operativos  os saberes, as técnicas e as práticas que forem integradas no espaço formal da educação de infância – quer o enunciado quer o implementado. Que Competências e em que currículo?
Toda a situação de aprendizagem exige a  mobilização de saberes já anteriormente adquiridos  e a sua aplicação em contexto, de forma adequada a cada nova situação com que se depara. Nesta perspectiva, a escola deve promover  aprendizagens fundamentais , que se interligam e que se constituem como pilares do conhecimento, ou seja, a escola deve:  Que Competências e em que currículo?

Recomendados

O papel do_professor_frente_às_novas_tecnologias
O papel do_professor_frente_às_novas_tecnologiasO papel do_professor_frente_às_novas_tecnologias
O papel do_professor_frente_às_novas_tecnologiasCarminha
 
Aplicações de Tecnologia em Ambiente Pré-Escolar - Algumas perguntas para nen...
Aplicações de Tecnologia em Ambiente Pré-Escolar - Algumas perguntas para nen...Aplicações de Tecnologia em Ambiente Pré-Escolar - Algumas perguntas para nen...
Aplicações de Tecnologia em Ambiente Pré-Escolar - Algumas perguntas para nen...Henrique Santos
 
TR35_G02_Ana Flávia Camboim
TR35_G02_Ana Flávia CamboimTR35_G02_Ana Flávia Camboim
TR35_G02_Ana Flávia CamboimAna Flávia Luna
 
A Sociedade Conectada - Caminhos para Formação de Professores
A Sociedade Conectada - Caminhos para Formação de ProfessoresA Sociedade Conectada - Caminhos para Formação de Professores
A Sociedade Conectada - Caminhos para Formação de Professorescidacandine
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Educação de Infância: Espaço Facilitador para o Desenvolvimento de Competênci...
Educação de Infância: Espaço Facilitador para o Desenvolvimento de Competênci...Educação de Infância: Espaço Facilitador para o Desenvolvimento de Competênci...
Educação de Infância: Espaço Facilitador para o Desenvolvimento de Competênci...Henrique Santos
 
Slide de informática e metodologia
Slide de informática e metodologiaSlide de informática e metodologia
Slide de informática e metodologiaFGedfisica
 
Educomunicação e Educação Ambiental
Educomunicação e Educação AmbientalEducomunicação e Educação Ambiental
Educomunicação e Educação AmbientalGrácia Lopes Lima
 
POSSIBILIDADES NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR EM UMA PLATAFORMA DE ENSIN...
POSSIBILIDADES NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR EM UMA PLATAFORMA DE ENSIN...POSSIBILIDADES NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR EM UMA PLATAFORMA DE ENSIN...
POSSIBILIDADES NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR EM UMA PLATAFORMA DE ENSIN...Joyce Fettermann
 
Diálogo colaborativo assíncrono na educação digital humanizada
Diálogo colaborativo assíncrono na educação digital humanizadaDiálogo colaborativo assíncrono na educação digital humanizada
Diálogo colaborativo assíncrono na educação digital humanizadaFabio Batalha M Barros
 
A educação para o século xxi e a formação do
A educação para o século xxi e a formação doA educação para o século xxi e a formação do
A educação para o século xxi e a formação doMarcio Pinto da Silva
 
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091Difusão Editora
 
Avaliar "Competência". Como e porquê?
Avaliar "Competência". Como e porquê?Avaliar "Competência". Como e porquê?
Avaliar "Competência". Como e porquê?Henrique Santos
 
Mariana bezerra mudanças no cenário educacional
Mariana bezerra   mudanças no cenário educacionalMariana bezerra   mudanças no cenário educacional
Mariana bezerra mudanças no cenário educacionalMarianna Bezerra
 
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmasFormação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmasRosemary Batista
 
Tecnologia, Educação e Professor
Tecnologia, Educação e ProfessorTecnologia, Educação e Professor
Tecnologia, Educação e Professorncorrea17
 
Envolver as Famílias no Processo Educativo. As potencialidades das TIC
Envolver as Famílias no Processo Educativo. As potencialidades das TICEnvolver as Famílias no Processo Educativo. As potencialidades das TIC
Envolver as Famílias no Processo Educativo. As potencialidades das TICHenrique Santos
 

Mais procurados (14)

Educação de Infância: Espaço Facilitador para o Desenvolvimento de Competênci...
Educação de Infância: Espaço Facilitador para o Desenvolvimento de Competênci...Educação de Infância: Espaço Facilitador para o Desenvolvimento de Competênci...
Educação de Infância: Espaço Facilitador para o Desenvolvimento de Competênci...
 
Slide de informática e metodologia
Slide de informática e metodologiaSlide de informática e metodologia
Slide de informática e metodologia
 
Educomunicação e Educação Ambiental
Educomunicação e Educação AmbientalEducomunicação e Educação Ambiental
Educomunicação e Educação Ambiental
 
POSSIBILIDADES NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR EM UMA PLATAFORMA DE ENSIN...
POSSIBILIDADES NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR EM UMA PLATAFORMA DE ENSIN...POSSIBILIDADES NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR EM UMA PLATAFORMA DE ENSIN...
POSSIBILIDADES NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR EM UMA PLATAFORMA DE ENSIN...
 
Diálogo colaborativo assíncrono na educação digital humanizada
Diálogo colaborativo assíncrono na educação digital humanizadaDiálogo colaborativo assíncrono na educação digital humanizada
Diálogo colaborativo assíncrono na educação digital humanizada
 
Tecnologia aliada a educação
Tecnologia aliada a educaçãoTecnologia aliada a educação
Tecnologia aliada a educação
 
A educação para o século xxi e a formação do
A educação para o século xxi e a formação doA educação para o século xxi e a formação do
A educação para o século xxi e a formação do
 
17432019 Tecnologias Digitais Edu
17432019 Tecnologias Digitais Edu17432019 Tecnologias Digitais Edu
17432019 Tecnologias Digitais Edu
 
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
 
Avaliar "Competência". Como e porquê?
Avaliar "Competência". Como e porquê?Avaliar "Competência". Como e porquê?
Avaliar "Competência". Como e porquê?
 
Mariana bezerra mudanças no cenário educacional
Mariana bezerra   mudanças no cenário educacionalMariana bezerra   mudanças no cenário educacional
Mariana bezerra mudanças no cenário educacional
 
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmasFormação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
 
Tecnologia, Educação e Professor
Tecnologia, Educação e ProfessorTecnologia, Educação e Professor
Tecnologia, Educação e Professor
 
Envolver as Famílias no Processo Educativo. As potencialidades das TIC
Envolver as Famílias no Processo Educativo. As potencialidades das TICEnvolver as Famílias no Processo Educativo. As potencialidades das TIC
Envolver as Famílias no Processo Educativo. As potencialidades das TIC
 

Destaque

Regulamento Interno Try Out
Regulamento Interno Try OutRegulamento Interno Try Out
Regulamento Interno Try OutHenrique Santos
 
"Entre Creixomil (Barcelos) e Enxara do Bispo (Mafra): na "porta ao lado!"
"Entre Creixomil (Barcelos) e Enxara do Bispo (Mafra): na "porta ao lado!""Entre Creixomil (Barcelos) e Enxara do Bispo (Mafra): na "porta ao lado!"
"Entre Creixomil (Barcelos) e Enxara do Bispo (Mafra): na "porta ao lado!"Henrique Santos
 
O Sono no Jardim de Infância (diapositivos)
O Sono no Jardim de Infância (diapositivos)O Sono no Jardim de Infância (diapositivos)
O Sono no Jardim de Infância (diapositivos)Henrique Santos
 
Jl comentario inicio-ano-2012
Jl comentario inicio-ano-2012Jl comentario inicio-ano-2012
Jl comentario inicio-ano-2012Henrique Santos
 
Desafiar o estabelecido...
Desafiar o estabelecido...Desafiar o estabelecido...
Desafiar o estabelecido...Henrique Santos
 
El aula del futuro. Implementación de las nuevas tecnologías en educación inf...
El aula del futuro. Implementación de las nuevas tecnologías en educación inf...El aula del futuro. Implementación de las nuevas tecnologías en educación inf...
El aula del futuro. Implementación de las nuevas tecnologías en educación inf...Henrique Santos
 
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplosDesenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplosHenrique Santos
 
A atitude dos pais face à escola e à escolaridade
A atitude dos pais face à escola e à escolaridadeA atitude dos pais face à escola e à escolaridade
A atitude dos pais face à escola e à escolaridadeHenrique Santos
 
Cartaz "Vamos à Piscina"
Cartaz "Vamos à Piscina"Cartaz "Vamos à Piscina"
Cartaz "Vamos à Piscina"Henrique Santos
 
Abordagem de projecto como construtora de competências sociais e relacionais ...
Abordagem de projecto como construtora de competências sociais e relacionais ...Abordagem de projecto como construtora de competências sociais e relacionais ...
Abordagem de projecto como construtora de competências sociais e relacionais ...Henrique Santos
 
Se não serve para Brincar...
Se não serve para Brincar...Se não serve para Brincar...
Se não serve para Brincar...Henrique Santos
 
Relatorio de auto-avaliacao_2015-2016
Relatorio de auto-avaliacao_2015-2016Relatorio de auto-avaliacao_2015-2016
Relatorio de auto-avaliacao_2015-2016Henrique Santos
 
Redesenhar o Espaço Escolar
Redesenhar o Espaço EscolarRedesenhar o Espaço Escolar
Redesenhar o Espaço EscolarHenrique Santos
 

Destaque (20)

Regulamento Interno Try Out
Regulamento Interno Try OutRegulamento Interno Try Out
Regulamento Interno Try Out
 
"Entre Creixomil (Barcelos) e Enxara do Bispo (Mafra): na "porta ao lado!"
"Entre Creixomil (Barcelos) e Enxara do Bispo (Mafra): na "porta ao lado!""Entre Creixomil (Barcelos) e Enxara do Bispo (Mafra): na "porta ao lado!"
"Entre Creixomil (Barcelos) e Enxara do Bispo (Mafra): na "porta ao lado!"
 
Fora do Quadrado
Fora do QuadradoFora do Quadrado
Fora do Quadrado
 
Malhadas2011
Malhadas2011Malhadas2011
Malhadas2011
 
O Sono no Jardim de Infância (diapositivos)
O Sono no Jardim de Infância (diapositivos)O Sono no Jardim de Infância (diapositivos)
O Sono no Jardim de Infância (diapositivos)
 
Na Porta ao Lado
Na Porta ao LadoNa Porta ao Lado
Na Porta ao Lado
 
Jl comentario inicio-ano-2012
Jl comentario inicio-ano-2012Jl comentario inicio-ano-2012
Jl comentario inicio-ano-2012
 
Competencias2009
Competencias2009Competencias2009
Competencias2009
 
Desafiar o estabelecido...
Desafiar o estabelecido...Desafiar o estabelecido...
Desafiar o estabelecido...
 
El aula del futuro. Implementación de las nuevas tecnologías en educación inf...
El aula del futuro. Implementación de las nuevas tecnologías en educación inf...El aula del futuro. Implementación de las nuevas tecnologías en educación inf...
El aula del futuro. Implementación de las nuevas tecnologías en educación inf...
 
Aprender con TACto...
Aprender con TACto...Aprender con TACto...
Aprender con TACto...
 
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplosDesenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
 
A atitude dos pais face à escola e à escolaridade
A atitude dos pais face à escola e à escolaridadeA atitude dos pais face à escola e à escolaridade
A atitude dos pais face à escola e à escolaridade
 
Uma Boa Experiência
Uma Boa ExperiênciaUma Boa Experiência
Uma Boa Experiência
 
Cartaz "Vamos à Piscina"
Cartaz "Vamos à Piscina"Cartaz "Vamos à Piscina"
Cartaz "Vamos à Piscina"
 
Abordagem de projecto como construtora de competências sociais e relacionais ...
Abordagem de projecto como construtora de competências sociais e relacionais ...Abordagem de projecto como construtora de competências sociais e relacionais ...
Abordagem de projecto como construtora de competências sociais e relacionais ...
 
Resultados OPTE
Resultados OPTEResultados OPTE
Resultados OPTE
 
Se não serve para Brincar...
Se não serve para Brincar...Se não serve para Brincar...
Se não serve para Brincar...
 
Relatorio de auto-avaliacao_2015-2016
Relatorio de auto-avaliacao_2015-2016Relatorio de auto-avaliacao_2015-2016
Relatorio de auto-avaliacao_2015-2016
 
Redesenhar o Espaço Escolar
Redesenhar o Espaço EscolarRedesenhar o Espaço Escolar
Redesenhar o Espaço Escolar
 

Semelhante a Fundacao D Pedro IV - 2011

Desenvolvendo Competências no JI
Desenvolvendo Competências no JIDesenvolvendo Competências no JI
Desenvolvendo Competências no JIHenrique Santos
 
Desenvolvimento de Competências Tecnológicas
Desenvolvimento de Competências TecnológicasDesenvolvimento de Competências Tecnológicas
Desenvolvimento de Competências TecnológicasHenrique Santos
 
Conhecimento em rede
Conhecimento em redeConhecimento em rede
Conhecimento em redeDiely Sampaio
 
Ad1 educação à distância-noelia santos de c arvalho-10212080124-magé
Ad1   educação à distância-noelia santos de c arvalho-10212080124-magéAd1   educação à distância-noelia santos de c arvalho-10212080124-magé
Ad1 educação à distância-noelia santos de c arvalho-10212080124-magéNoelia Carvalho
 
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aulaO papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aulafaustoarpm
 
Tecnologia de-gestao-educacional
Tecnologia de-gestao-educacionalTecnologia de-gestao-educacional
Tecnologia de-gestao-educacionalFabiano Alves
 
Santana do Livramento - Ana Gládis Fernandes Romeiro
Santana do Livramento - Ana Gládis Fernandes RomeiroSantana do Livramento - Ana Gládis Fernandes Romeiro
Santana do Livramento - Ana Gládis Fernandes RomeiroCursoTICs
 
Restinga Sêca - Maria Nelcinda Forrati Pereira
Restinga Sêca - Maria Nelcinda Forrati PereiraRestinga Sêca - Maria Nelcinda Forrati Pereira
Restinga Sêca - Maria Nelcinda Forrati PereiraCursoTICs
 
Ce05 grupo b-is-docproposta1
Ce05 grupo b-is-docproposta1Ce05 grupo b-is-docproposta1
Ce05 grupo b-is-docproposta1Cleangela
 
Tatiane de camargo rohrs
Tatiane de camargo rohrsTatiane de camargo rohrs
Tatiane de camargo rohrsequipetics
 
Artigo Uso das comunidades virtuais de prática na formação continuada dos pro...
Artigo Uso das comunidades virtuais de prática na formação continuada dos pro...Artigo Uso das comunidades virtuais de prática na formação continuada dos pro...
Artigo Uso das comunidades virtuais de prática na formação continuada dos pro...Eliane Ciolfi
 
1 proposta curricular geral
1   proposta curricular geral1   proposta curricular geral
1 proposta curricular geralEduardo Lopes
 
Três de Maio - Solange Backes
Três de Maio - Solange BackesTrês de Maio - Solange Backes
Três de Maio - Solange BackesCursoTICs
 
plano-de-acao-escolas-pei-oficial.pdf
plano-de-acao-escolas-pei-oficial.pdfplano-de-acao-escolas-pei-oficial.pdf
plano-de-acao-escolas-pei-oficial.pdfEduardoAparecidoAmbr
 
Santina todendi
Santina todendiSantina todendi
Santina todendiequipetics
 

Semelhante a Fundacao D Pedro IV - 2011 (20)

Desenvolvendo Competências no JI
Desenvolvendo Competências no JIDesenvolvendo Competências no JI
Desenvolvendo Competências no JI
 
Desenvolvimento de Competências Tecnológicas
Desenvolvimento de Competências TecnológicasDesenvolvimento de Competências Tecnológicas
Desenvolvimento de Competências Tecnológicas
 
Izabel pb01-grupo ab-is-consolidacaodocproposta
Izabel pb01-grupo ab-is-consolidacaodocpropostaIzabel pb01-grupo ab-is-consolidacaodocproposta
Izabel pb01-grupo ab-is-consolidacaodocproposta
 
Conhecimento em rede
Conhecimento em redeConhecimento em rede
Conhecimento em rede
 
Ad1 educação à distância-noelia santos de c arvalho-10212080124-magé
Ad1   educação à distância-noelia santos de c arvalho-10212080124-magéAd1   educação à distância-noelia santos de c arvalho-10212080124-magé
Ad1 educação à distância-noelia santos de c arvalho-10212080124-magé
 
Metodologias ativas artigo moran
Metodologias ativas artigo moranMetodologias ativas artigo moran
Metodologias ativas artigo moran
 
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aulaO papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
 
Tecnologia de-gestao-educacional
Tecnologia de-gestao-educacionalTecnologia de-gestao-educacional
Tecnologia de-gestao-educacional
 
3 modelogestao
3 modelogestao3 modelogestao
3 modelogestao
 
Santana do Livramento - Ana Gládis Fernandes Romeiro
Santana do Livramento - Ana Gládis Fernandes RomeiroSantana do Livramento - Ana Gládis Fernandes Romeiro
Santana do Livramento - Ana Gládis Fernandes Romeiro
 
Restinga Sêca - Maria Nelcinda Forrati Pereira
Restinga Sêca - Maria Nelcinda Forrati PereiraRestinga Sêca - Maria Nelcinda Forrati Pereira
Restinga Sêca - Maria Nelcinda Forrati Pereira
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Revista Refletir EdInf nº04
Revista Refletir EdInf nº04Revista Refletir EdInf nº04
Revista Refletir EdInf nº04
 
Ce05 grupo b-is-docproposta1
Ce05 grupo b-is-docproposta1Ce05 grupo b-is-docproposta1
Ce05 grupo b-is-docproposta1
 
Tatiane de camargo rohrs
Tatiane de camargo rohrsTatiane de camargo rohrs
Tatiane de camargo rohrs
 
Artigo Uso das comunidades virtuais de prática na formação continuada dos pro...
Artigo Uso das comunidades virtuais de prática na formação continuada dos pro...Artigo Uso das comunidades virtuais de prática na formação continuada dos pro...
Artigo Uso das comunidades virtuais de prática na formação continuada dos pro...
 
1 proposta curricular geral
1   proposta curricular geral1   proposta curricular geral
1 proposta curricular geral
 
Três de Maio - Solange Backes
Três de Maio - Solange BackesTrês de Maio - Solange Backes
Três de Maio - Solange Backes
 
plano-de-acao-escolas-pei-oficial.pdf
plano-de-acao-escolas-pei-oficial.pdfplano-de-acao-escolas-pei-oficial.pdf
plano-de-acao-escolas-pei-oficial.pdf
 
Santina todendi
Santina todendiSantina todendi
Santina todendi
 

Fundacao D Pedro IV - 2011

  • 1. EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA: ESPAÇO FACILITADOR PARA O DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS TECNOLÓGICAS Henrique Santos Educador de Infância EB1+JI de S. Miguel – Enxara do Bispo [email_address]
  • 2. De acordo com inúmeras perspectivas, evidenciadas ao longo dos últimos anos, é na transição para o jardim de infância que a criança começa a moldar as competências e habilidades sociais , inserindo-se ou não em grupos de pares, desenvolvendo toda uma gama de comportamentos que a levarão a níveis de desenvolvimento superiores. Que Competências e em que currículo? É nesse espaço feito de comunicações interpessoais que se vivenciam as primeiras transições, os primeiros conflitos e os primeiros confrontos com uma realidade não tão protegida quanto a familiar.
  • 3. Educar para uma acumulação de conhecimentos deixou de ser a grande finalidade da educação, apontando-se antes para a necessidade de proporcionar a cada indivíduo as condições que lhe permitam aproveitar e utilizar, do berço até ao fim da vida, todas as oportunidades que se lhe oferecem. Que Competências e em que currículo? no sentido de actualizar, aprofundar e enriquecer os seus primeiros conhecimentos e de se adaptar a um mundo em permanente mudança.
  • 4. As sociedades actuais requerem cada vez mais a melhoria do nível de educação dos seus cidadãos por um conjunto de razões: porque a competição económica o exige mas também porque a qualidade e melhoria da vida social passa cada vez mais pelo domínio de competências, incluindo competências para aprender , colaborar e conviver , pelo nível cultural geral dos indivíduos e pela sua capacidade de se integrarem numa sociedade construída sobre múltiplas diversidades. Que Competências e em que currículo?
  • 5. É à luz destas preocupações que se compreendem as tendências no sentido de centrar as finalidades curriculares no desenvolvimento de competências que tornem utilizáveis , reconvertíveis e operativos os saberes, as técnicas e as práticas que forem integradas no espaço formal da educação de infância – quer o enunciado quer o implementado. Que Competências e em que currículo?
  • 6. Toda a situação de aprendizagem exige a mobilização de saberes já anteriormente adquiridos e a sua aplicação em contexto, de forma adequada a cada nova situação com que se depara. Nesta perspectiva, a escola deve promover aprendizagens fundamentais , que se interligam e que se constituem como pilares do conhecimento, ou seja, a escola deve: Que Competências e em que currículo?
  • 7. 1. Aprender a conhecer , isto é, adquirir os instrumentos da compreensão, combinando uma cultura geral, suficientemente vasta, com a possibilidade de trabalhar em profundidade um pequeno número de matérias, o que também significa, aprender a aprender, para beneficiar das oportunidades oferecidas pela educação ao longo da vida; Que Competências e em que currículo?
  • 8. 2. Aprender a fazer , para poder agir sobre o meio envolvente, a fim de adquirir não somente uma qualificação profissional mas também competências que tornem a pessoa apta a enfrentar as mais diversas situações e a trabalhar em equipa; Que Competências e em que currículo?
  • 9. 3. Aprender a viver em comum, a fim de participar e cooperar com os outros, no respeito pelos valores do pluralismo, da compreensão mútua e da paz; finalmente, Que Competências e em que currículo?
  • 10. 4. Aprender a ser , via essencial que integra as três precedentes e que permite a cada um desenvolver melhor a sua personalidade, ganhar capacidade de autonomia, discernimento e responsabilidade. Que Competências e em que currículo?
  • 11. A utilização dos meios e tecnologias de comunicação e informação, na educação de infância, pode ser desencadeadora de variadas situações de efectiva aprendizagem e desenvolvimento de competências, nomeadamente de competências de utilização, compreensão e gestão do conhecimento e dos instrumentos tecnológicos e de comunicação. Que Tecnologias na Educação de Infância?
  • 12. O contexto , as interacções entre alunos e professores , o tipo de situações a que os alunos são expostos ou criam , podem constituir os aspectos determinantes no processo de aprendizagem que, dessa forma, podem contribuir para as recriar, permitindo uma abordagem global a desafios intelectuais. Que Tecnologias na Educação de Infância?
  • 13. Na verdade, as tecnologias são peças chave na criação de ambientes de aprendizagem motivadores e construtores do ser humano. As crianças aprendem melhor se tiverem tarefas, desafios, ou problemas nos quais as respostas não sejam óbvias ou demasiado simples. “ todas as crianças que têm um computador e uma forte cultura de aprendizagem são agentes de mudança na escola”. Papert (1998) Que Tecnologias na Educação de Infância?
  • 14. Para isso, é fundamental: partilhar experiências/recursos/saberes no seio da comunidade educativa, valorizar práticas avaliativas indutoras de melhoria da qualidade dos processos educativos, estimular estratégias pedagógicas promotoras de metodologias inovadoras, adoptar práticas que levem ao envolvimento dos alunos em trabalho prático com tecnologias, produzir, utilizar e avaliar recursos educativos potenciadores da construção do conhecimento tecnológico, Que Tecnologias na Educação de Infância?
  • 15. mudar práticas (com a integração de ferramentas de comunicação e interacção à distância) no processo de ensino e aprendizagem, prolongar momentos de aprendizagem no tempo e no espaço , fomentando a disponibilização de recursos educativos variados, desenvolver projectos/actividades que potenciem a utilização de tecnologias em contextos inter e transdisciplinares , de forma integrada e corrente e promover momentos de reflexão decorrentes da prática lectiva e também da vida quotidiana. Que Tecnologias na Educação de Infância?
  • 16. Como fazer. Algumas ideias…
  • 17. Como fazer. Algumas ideias…
  • 18. Como fazer. Algumas ideias…
  • 19. Como fazer. Algumas ideias…
  • 20. Como fazer. Algumas ideias…
  • 21.  
  • 22. Henrique Santos http://hen.no.sapo.pt [email_address] http://salamarela.no.sapo.pt http://jicheleiros.no.sapo.pt http://salaverde.no.sapo.pt http://salamarela-enxara.blogspot.com http://eb1jismiguel.grouply.com Como fazer. Algumas ideias…