Ppoint.Reciclagem

13.612 visualizações

Publicada em

Resumo sobre reciclagem.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.612
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
335
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ppoint.Reciclagem

  1. 2. Reciclagem
  2. 3. A reciclagem é um conjunto de técnicas que tem por finalidade aproveitar os detritos e reutilizá-los no ciclo de produção de que saíram.
  3. 4. A reciclagem é o tratamento de resíduos, ou de material usado, de forma a possibilitar a sua reutilização. (Aurélio, Dicionário da Língua Portuguesa)
  4. 5. É o resultado de uma série de atividades, pela qual materiais que se tornariam lixo, ou estão no lixo, são desviados, coletados, separados e processados para serem usados como matéria-prima na manufatura de novos produtos
  5. 6. Reciclagem é um termo originalmente utilizado para indicar o reaproveitamento (ou reutilização) de um polímero no mesmo processo em que, por alguma razão foi rejeitado. Reciclar outro termo usado, é na verdade fazer a reciclagem.
  6. 7. Reciclar é fazer passar por novo ciclo. Reaproveitar na obtenção ou fabricação de novos produtos. Submeter a reciclagem. ( Aurélio, Dicionário da Língua Portuguesa)
  7. 8. O retorno da matéria-prima ao ciclo de produção é chamado reciclagem, embora o termo já venha sido utilizado popularmente para designar o conjunto de operações envolvidas.
  8. 9. O vocábulo surgiu na década de 70, quando as preocupações ambientais passaram a ser tratadas com maior rigor, especialmente após o primeiro choque do petróleo, quando reciclar ganhou importância estratégica.
  9. 10. As indústrias recicladoras são também chamadas de secundárias, por processarem matéria-prima de recuperação. Na maior parte dos processos, o produto reciclado é completamente diferente do produto inicial.
  10. 11. A quantidade de lixo produzida diariamente por um ser humano é de aproximadamente 5 Kg. Se calcularmos o total produzido pelo número de habitantes adultos do planeta, com certeza os números serão assustadores.
  11. 12. O Brasil produz aproximadamente 240000 toneladas (240000 T) de lixo por dia.
  12. 13. O aumento excessivo da quantidade de lixo se deve ao aumento do poder aquisitivo e pelo perfil de consumo de uma população.
  13. 14. Além disso, quanto mais produtos industrializados, mais lixo é produzido, como embalagens, garrafas, sacos plásticos, etc.
  14. 15. <ul><li>Os principais tipos de lixo são: </li></ul><ul><li>doméstico (alimentos), </li></ul><ul><li>industrial (carvão,fumaças,químico), </li></ul><ul><li>agrícola (esterco, fertilizantes), </li></ul>
  15. 16. <ul><li>hospitalar , </li></ul><ul><li>tecnológicos (TV, rádios), </li></ul><ul><li>materiais radioativos (medicina). </li></ul>
  16. 17. <ul><li>Em torno de 85% do lixo doméstico vai para o aterro sanitário. A fermentação produz dois produtos: </li></ul><ul><li>o chorume ( resíduo líquido formado a partir da decomposição de matéria orgânica presente no lixo ) , </li></ul><ul><li>e o gás metano . </li></ul><ul><li>Menos de 5% do lixo vai para as usinas de compostagem (adubo). </li></ul>
  17. 18. O lixo hospitalar, por exemplo, deve ser incinerado. Apenas 4% do lixo de todo o Brasil é reciclado! Por quê ? Porque reciclar é em média 15 vezes mais caro do que jogar o lixo em aterros.
  18. 19. Por exemplo, uma garrafa plástica ou vidro pode levar 1 milhão de anos para se decompor. Uma lata de alumínio pode levar de 80 a 100 anos. Porém todo esse material pode ser reaproveitado, transformando-se em novos produtos ou matéria-prima, sem perder as suas propriedades.
  19. 20. Separando todo o lixo produzido em residências, estaremos evitando a poluição e impedindo que a sucata se misture aos restos de alimentos, facilitando assim seu reaproveitamento pelas indústrias.
  20. 21. Uma das formas de amenizar os impactos do crescimento de geração de lixo é a separação do lixo, tirando da coleta domiciliar materiais que podem ser reciclados.
  21. 22. Além disso, estaremos conservando o meio ambiente e contribuindo para o nosso bem estar no futuro, melhorando a cada dia a nossa qualidade de vida.
  22. 23. <ul><li>Algumas vantagens do processo de reciclagem: </li></ul><ul><li>Cada 50 Kg de papel usado, transformado em papel novo, evita que uma árvore seja cortada. </li></ul><ul><li>Pense na quantidade de papel que você já jogou fora até hoje e imagine quantas árvores você poderia ter ajudado a preservar. </li></ul>
  23. 24. <ul><li>Cada 50 Kg de alumínio usado e reciclado, evita que sejam extraídos do solo cerca de 5000 Kg de minério, a bauxita. </li></ul><ul><li>Quantas latinhas de refrigerantes você já jogou fora até hoje ? </li></ul>
  24. 25. <ul><li>Com 1 Kg de vidro quebrado, faz-se exatamente um 1 Kg de vidro novo. </li></ul><ul><li>A grande vantagem do vidro é que ele pode ser reciclado infinitas vezes. </li></ul>
  25. 26. Agora pense, imagine... Quanto material está ocupando espaço nos aterros sanitários, e que poderiam ter sido reciclados ?
  26. 27. <ul><li>Outras vantagens da reciclagem: </li></ul><ul><li>Economia de energia e matérias-primas. Menos poluição do ar, da água e do solo. </li></ul>
  27. 28. <ul><li>Melhora a limpeza da cidade, pois o morador que adquire o hábito de separar o lixo, dificilmente o joga nas vias públicas. </li></ul>
  28. 29. <ul><li>Gera renda pela comercialização dos recicláveis. </li></ul><ul><li>Diminui o desperdício. </li></ul>
  29. 30. <ul><li>Gera empregos para usuários dos programas sociais e de saúde, desenvolvidos pela própria cidade. </li></ul>
  30. 31. <ul><li>Reduz o volume de lixo de difícil degradação. </li></ul><ul><li>Prolonga a vida útil de aterros sanitários. </li></ul>
  31. 32. <ul><li>Dá oportunidade aos cidadãos de preservarem o meio ambiente (natureza) de uma forma concreta, tendo mais responsabilidade com o lixo que geram. </li></ul>
  32. 33. Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Reduzir a quantidade de lixo é um compromisso importante e permanente. Como cada pessoa produz cerca de 180 quilos de lixo em um ano , é fácil perceber que diminuir o desperdício depende muito da atitude de cada um de nós.
  33. 34. <ul><li>Que medidas podemos tomar: </li></ul><ul><li>Evitar carregar embalagens tipo caixinha  dentro de um saquinho  dentro da sacola  dentro de um sacolão. </li></ul>
  34. 35. <ul><li>Controlar o uso da água: não deixar a torneira aberta à toa, abra e feche várias vezes, é melhor do que deixar a água correr sem necessidade. </li></ul>
  35. 36. <ul><li>Desligar a TV se não estiver realmente assistindo e a luz do local onde não estiver ninguém. </li></ul><ul><li>Colocar no prato somente o que for comer. </li></ul>
  36. 37. A maior parte do que jogamos fora não é sujo, fica sujo depois de misturado. Se separarmos antes os mate-riais que podem ser recicla-dos, a quantidade de lixo a ser coletada será muito menor.
  37. 38. Muita coisa se joga “fora”, o que é um grande desperdício. Você já parou para pensar que “jogar fora” significa jogar aqui mesmo em nosso planeta, quase sempre em lugares errados, sujando as águas, o solo e destruindo os lugares mais bonitos.
  38. 39. Por isso, a reciclagem é um grande caminho para a solução do problema. Isso ajuda a diminuir a quantidade de lixo que se produz nas cidades.
  39. 41. <ul><li>Quais são os materiais que devem ser separados (materiais recicláveis) ? </li></ul><ul><li>Metal : latas de alumínio, panelas, latas de aço, casco de geladeira, fios, fogão, cadeiras de praia, utensílios de ferro, arames, pregos, parafusos, tampas, etc. </li></ul>
  40. 42. <ul><li>Papel : jornais, revistas, papelão, cadernos, caixas, papel de computador, cartões, cartolina, catálogos, envelopes, embalagens de ovo (menos isopor), embalagens de longa vida, formulários. </li></ul>
  41. 43. <ul><li>Plástico : plásticos duros e molas, sacos de leite, embalagens de refrigerante (PET), detergentes, xampu, margarina, etc. </li></ul>
  42. 44. <ul><li>Vidros : potes, frascos, garrafas, cacos de vidro, etc. </li></ul>
  43. 45. <ul><li>Quais são os materiais que não devem ser separados (materiais não-recicláveis) ? </li></ul><ul><li>Roupas e retalhos, isopor, papéis sujos e lâmpadas (inclusive fluorescentes); </li></ul>
  44. 46. <ul><li>Pilhas, louças, espuma, papel carbono e estêncil, papel de bala, de bombom, de biscoito, papel plastificado; </li></ul>
  45. 47. <ul><li>Pirex, marinex, colorex, porcelana, papel higiênico, remédios, seringas, agulhas, calçados de vime, cigarros, cerâmicas, espelhos, foto-grafias, fita crepe, etiqueta adesiva, guardanapos. </li></ul>
  46. 48. Símbolos utilizados para coleta seletiva e reciclagem:
  47. 49. As três setas que compõem o símbolo da Reciclagem ,  representam um dos grupos de pessoas que são indispensáveis para garantir que a reciclagem ocorra.
  48. 50. A primeira  representa os produtores, as empresas que fazem o produto. A segunda representa os consumidores, que adquirem os produtos.
  49. 51. E a terceira representa as companhias de reciclagem, que coletam os produtos recicláveis e através do mercado, vendem de volta o material coletado para o produtor transformá-lo em um novo produto, iniciando-se novamente o processo.
  50. 52. Principais símbolos
  51. 53. Simbologia para coleta seletiva Metal Papel Plástico Vidro
  52. 54. Coleta Seletiva Des. Sustentável Áreas de atuação Domínios entrar entrar entrar entrar Fases entrar Princípios entrar retornar Clique em “Esc” para sair.

×