SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
Reciclagem



      Paulo Lopes
            e
       Igor vieira




Professor: Silvio machado
Reciclagem




A reciclagem é o resultado de um conjunto de
materiais e atividades que tem o objetivo de
reaproveitar e reutilizar os resíduos de substâncias em
seus ciclos de produção. Hoje, já se encontram várias
alternativas de reaproveitamento destes materiais em
confecções de produtos artesanais, vestuário,
acessórios, etc.
Índice

•   Reciclagem
•   Conceito de reciclagem
•   Quando que a palavra reciclagem ganhou destaque e porque
•   Quais são as cores e os nomes das latas de lixo
•   Vantagens das reciclagem
Reciclagem


A reciclagem é o termo geralmente utilizado para designar o
 reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-
 prima para um novo produto. Muitos materiais podem ser
 reciclados e os exemplos mais comuns são o papel, o vidro,
 o metal e o plástico. As maiores vantagens da reciclagem são a
 minimização da utilização de fontes naturais, muitas vezes não
 renováveis; e a minimização da quantidade de resíduos que
 necessita de tratamento final, como aterramento, ou
 incineração.
conceito de reciclagem


O conceito de reciclagem serve apenas para os materiais que
  podem voltar ao estado original e ser transformado novamente
  em um produto igual em todas as suas características. O
  conceito de reciclagem é diferente do de reutilização.
Quando que a palavra reciclagem ganhou
              destaque e porque



A palavra reciclagem ganhou destaque a partir do final da década
de 1980, quando foi constatado que as fontes de petróleo e de
outras matérias-primas não renováveis estavam se esgotando
rapidamente, e que havia falta de espaço para a disposição de
resíduos e de outros dejetos na natureza.
quais são as cores e os nomes das latas de
                       lixo


•     Azul: papel
•    Vermelho: plástico
•    Verde: vidro, Amarelo: metal
•    Preto: madeira
•    Laranja: resíduos perigosos
•    Branco: resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde
•    Roxo: resíduos radioativos
•    Marrom: resíduos orgânicos
•    Cinza: resíduo geralmente não reciclável, misturado ou
     contaminado, não sendo possível de separação.
O papel chamado de reciclado não é
nada parecido com aquele que foi            Outro exemplo é o vidro. Mesmo que
beneficiado pela primeira vez. Este Já      seja "derretido", nunca irá ser feito um
uma lata de alumínio, por exemplo,          outro com as mesmas características
pode ser novo papel tem cor diferente,      tais como cor e dureza, pois na primeira
textura diferente e gramatura diferente.    vez em que foi feito, utilizou-se de uma
Isto    acontece     devido      a    não   mistura formulada a partir da areia.
possibilidade de retornar o material          pode ser derretida de volta ao estado
utilizado ao seu estado original e sim      em que estava antes de ser beneficiada
transformá-lo em uma massa que ao           e ser transformada em lata, podendo
final do processo resulta em um novo        novamente voltar a ser uma lata com as
material de características diferentes.     mesmas características.
Vantagens da reciclagem

• Os resultados da reciclagem são expressivos tanto no campo
  ambiental, como nos campos econômico e social.
• No meio-ambiente a reciclagem pode reduzir a acumulação
  progressiva de resíduos a produção de novos materiais, como
  por exemplo o papel, que exigiria o corte de mais árvores; as
  emissões de gases como metano e gás carbônico; as
  agressões ao solo, ar e água; entre outros tantos fatores
  negativos.
• No aspecto econômico a reciclagem contribui para o uso mais
  racional dos recursos naturais e a reposição daqueles recursos
  que são passíveis de reaproveitamento.
• No âmbito social, a reciclagem não só proporciona
  melhor qualidade de vida para as pessoas, através das
  melhorias ambientais, como também tem gerado muitos postos
  de trabalho e rendimento para pessoas que vivem nas
  camadas mais pobres.
• Assim, para muitas das pessoas que trabalham na reciclagem
  (em especial os que têm menos educação formal), a
  reciclagem é uma das únicas alternativas de ganhar o seu
  sustento.
No Brasil existem os carroceiros       Catadores de recicláveis em lixão
ou catadores de papel, que vivem
da venda de sucatas,
papéis,alumínio e outros materiais
recicláveis deixados no lixo.Eles
também trabalham na coleta ou na
classificação de materiais para a
reciclagem. Como é um serviço
penoso, pesado e sujo, não tem
grande poder atrativo para as fatias
mais qualificadas da população.
Conclusão

Ao longo deste trabalho compreendemos que a
  Reciclagem consiste na recuperação e transformação
  de qualquer desperdício. A sua importância econômica
  traduz-se na possibilidade de aquisição de materiais por
  preços mais favoráveis que o dos mesmos materiais
  antes da sua primeira utilização. O princípio da
  reciclagem é utilizado em todas as aplicações que
  impliquem conservação dos recursos naturais da Terra e
  na resolução de problemas de poluição ambiental.
Informações


• Eu recomendo que as pessoas devem reciclar para
  melhorar o nosso meio ambiente
• Também porque o meio onde nos vive esta muito
  poluído
Reciclagem

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lixo, um problema que tem solução
Lixo, um problema que tem soluçãoLixo, um problema que tem solução
Lixo, um problema que tem soluçãokatemayre
 
10 reciclagem 3002
10 reciclagem 300210 reciclagem 3002
10 reciclagem 3002cristbarb
 
Destinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos SolidosDestinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos SolidosMatheus Pereira
 
Slides de reciclagem
Slides de reciclagemSlides de reciclagem
Slides de reciclagemmo27tta60
 
Os 3 Rs da Sustentabilidade Ambiental
Os 3 Rs da Sustentabilidade AmbientalOs 3 Rs da Sustentabilidade Ambiental
Os 3 Rs da Sustentabilidade AmbientalCatalogando Na Escola
 
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO Ricardo Arend
 
Separação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagemSeparação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagemZb Campanha
 
Lixo: consequências e solucões
Lixo: consequências e solucõesLixo: consequências e solucões
Lixo: consequências e solucõesCleber Reis
 
Apresentação Sobre Lixo e Reciclagem
Apresentação Sobre Lixo e ReciclagemApresentação Sobre Lixo e Reciclagem
Apresentação Sobre Lixo e ReciclagemClaudia Costa
 
Coleta Seletiva
Coleta SeletivaColeta Seletiva
Coleta SeletivaDeaaSouza
 
Apresentação do projeto meio ambiente
Apresentação do projeto meio ambienteApresentação do projeto meio ambiente
Apresentação do projeto meio ambientebernardesfabiana
 
O lixo reciclável e a coleta seletiva
O lixo reciclável e a coleta seletivaO lixo reciclável e a coleta seletiva
O lixo reciclável e a coleta seletivamacrina121
 

Mais procurados (20)

Slides - Reciclagem
Slides - ReciclagemSlides - Reciclagem
Slides - Reciclagem
 
Lixo, um problema que tem solução
Lixo, um problema que tem soluçãoLixo, um problema que tem solução
Lixo, um problema que tem solução
 
Aula 5 reciclagem
Aula 5  reciclagemAula 5  reciclagem
Aula 5 reciclagem
 
10 reciclagem 3002
10 reciclagem 300210 reciclagem 3002
10 reciclagem 3002
 
RECICLAGEM
RECICLAGEMRECICLAGEM
RECICLAGEM
 
Destinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos SolidosDestinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos Solidos
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Slides de reciclagem
Slides de reciclagemSlides de reciclagem
Slides de reciclagem
 
Os 3 Rs da Sustentabilidade Ambiental
Os 3 Rs da Sustentabilidade AmbientalOs 3 Rs da Sustentabilidade Ambiental
Os 3 Rs da Sustentabilidade Ambiental
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
 
Separação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagemSeparação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagem
 
Lixo
LixoLixo
Lixo
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Lixo: consequências e solucões
Lixo: consequências e solucõesLixo: consequências e solucões
Lixo: consequências e solucões
 
Apresentação Sobre Lixo e Reciclagem
Apresentação Sobre Lixo e ReciclagemApresentação Sobre Lixo e Reciclagem
Apresentação Sobre Lixo e Reciclagem
 
Coleta Seletiva
Coleta SeletivaColeta Seletiva
Coleta Seletiva
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Apresentação do projeto meio ambiente
Apresentação do projeto meio ambienteApresentação do projeto meio ambiente
Apresentação do projeto meio ambiente
 
O lixo reciclável e a coleta seletiva
O lixo reciclável e a coleta seletivaO lixo reciclável e a coleta seletiva
O lixo reciclável e a coleta seletiva
 

Destaque

Trabalhooo.Power Point
Trabalhooo.Power PointTrabalhooo.Power Point
Trabalhooo.Power PointJoão Torres
 
reciclagem(powerpoint)
reciclagem(powerpoint)reciclagem(powerpoint)
reciclagem(powerpoint)florindaisidro
 
Trabalho de Grupo sobre a Reciclagem
Trabalho de Grupo sobre a ReciclagemTrabalho de Grupo sobre a Reciclagem
Trabalho de Grupo sobre a Reciclagemceliamagalhaes
 
Projeto de Empreendedorismo "Viver o Verde" - 0708
Projeto de Empreendedorismo "Viver o Verde" - 0708Projeto de Empreendedorismo "Viver o Verde" - 0708
Projeto de Empreendedorismo "Viver o Verde" - 0708Teresa Oliveira
 
Vantagens Ambientais e econômicas no uso de borracha em asfalto
Vantagens Ambientais e econômicas no uso de borracha em asfaltoVantagens Ambientais e econômicas no uso de borracha em asfalto
Vantagens Ambientais e econômicas no uso de borracha em asfaltohyguer
 
SensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO ReciclagemSensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO Reciclagempedro
 
A Reciclagem
A Reciclagem   A Reciclagem
A Reciclagem cagasslb
 
Politica dos 4R's
Politica dos 4R'sPolitica dos 4R's
Politica dos 4R'sguestb6e50c
 
G6 trabalho de física - reciclagem
G6   trabalho de física - reciclagemG6   trabalho de física - reciclagem
G6 trabalho de física - reciclagemcristbarb
 
Sensibilizar Reciclar Semsom
Sensibilizar Reciclar SemsomSensibilizar Reciclar Semsom
Sensibilizar Reciclar Semsomguest494fb1
 
Resumo de História - 2º Bimestre
Resumo de História - 2º BimestreResumo de História - 2º Bimestre
Resumo de História - 2º Bimestrealpisveredas
 
Reciclar é Viver
Reciclar é ViverReciclar é Viver
Reciclar é Viverbabu123
 

Destaque (20)

reciclagem
reciclagemreciclagem
reciclagem
 
Trabalhooo.Power Point
Trabalhooo.Power PointTrabalhooo.Power Point
Trabalhooo.Power Point
 
reciclagem(powerpoint)
reciclagem(powerpoint)reciclagem(powerpoint)
reciclagem(powerpoint)
 
Trabalho de Grupo sobre a Reciclagem
Trabalho de Grupo sobre a ReciclagemTrabalho de Grupo sobre a Reciclagem
Trabalho de Grupo sobre a Reciclagem
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Reciclar
ReciclarReciclar
Reciclar
 
Projeto de Empreendedorismo "Viver o Verde" - 0708
Projeto de Empreendedorismo "Viver o Verde" - 0708Projeto de Empreendedorismo "Viver o Verde" - 0708
Projeto de Empreendedorismo "Viver o Verde" - 0708
 
Vantagens Ambientais e econômicas no uso de borracha em asfalto
Vantagens Ambientais e econômicas no uso de borracha em asfaltoVantagens Ambientais e econômicas no uso de borracha em asfalto
Vantagens Ambientais e econômicas no uso de borracha em asfalto
 
SensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO ReciclagemSensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO Reciclagem
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
14724[1]
14724[1]14724[1]
14724[1]
 
Como reciclar
Como reciclarComo reciclar
Como reciclar
 
A Reciclagem
A Reciclagem   A Reciclagem
A Reciclagem
 
Politica dos 4R's
Politica dos 4R'sPolitica dos 4R's
Politica dos 4R's
 
G6 trabalho de física - reciclagem
G6   trabalho de física - reciclagemG6   trabalho de física - reciclagem
G6 trabalho de física - reciclagem
 
Sensibilizar Reciclar Semsom
Sensibilizar Reciclar SemsomSensibilizar Reciclar Semsom
Sensibilizar Reciclar Semsom
 
Lixo que não é lixo
Lixo que não é lixoLixo que não é lixo
Lixo que não é lixo
 
Resumo de História - 2º Bimestre
Resumo de História - 2º BimestreResumo de História - 2º Bimestre
Resumo de História - 2º Bimestre
 
Materiais Recicláveis
Materiais RecicláveisMateriais Recicláveis
Materiais Recicláveis
 
Reciclar é Viver
Reciclar é ViverReciclar é Viver
Reciclar é Viver
 

Semelhante a Reciclagem

Semelhante a Reciclagem (20)

Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Patricik 6°a
Patricik 6°aPatricik 6°a
Patricik 6°a
 
Márcia e palmira
Márcia e palmiraMárcia e palmira
Márcia e palmira
 
Reciclagem Felipe Acei
Reciclagem Felipe AceiReciclagem Felipe Acei
Reciclagem Felipe Acei
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Equipe L.I.S.
Equipe L.I.S.Equipe L.I.S.
Equipe L.I.S.
 
Recic 1
Recic 1Recic 1
Recic 1
 
Ecossistema
EcossistemaEcossistema
Ecossistema
 
RECICLAGEM
RECICLAGEMRECICLAGEM
RECICLAGEM
 
Reciclagem2
Reciclagem2Reciclagem2
Reciclagem2
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
1648
16481648
1648
 
10 reciclagem 3002
10 reciclagem 300210 reciclagem 3002
10 reciclagem 3002
 
2014.05.25 tainá sales - 4o d - trabalho de ciências
2014.05.25   tainá sales - 4o d - trabalho de ciências2014.05.25   tainá sales - 4o d - trabalho de ciências
2014.05.25 tainá sales - 4o d - trabalho de ciências
 
Reciclagem e coleta seletiva
Reciclagem e coleta seletiva Reciclagem e coleta seletiva
Reciclagem e coleta seletiva
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Pilhão 8º B
Pilhão 8º BPilhão 8º B
Pilhão 8º B
 

Mais de -

Trabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no BrasilTrabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no Brasil-
 
Educação mundial
Educação mundialEducação mundial
Educação mundial-
 
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.-
 
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)-
 
A escola do futuro
A escola do futuroA escola do futuro
A escola do futuro-
 
A economia no mundo
A economia no mundoA economia no mundo
A economia no mundo-
 
Apresentação 2 power point
Apresentação 2  power pointApresentação 2  power point
Apresentação 2 power point-
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA-
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA-
 
Eco battery
Eco batteryEco battery
Eco battery-
 
Qualidades de nossas escolas
Qualidades  de nossas escolasQualidades  de nossas escolas
Qualidades de nossas escolas-
 
O jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalhoO jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalho-
 
O futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológicaO futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológica-
 
Miséria
MisériaMiséria
Miséria-
 
Jovens criando família
Jovens criando famíliaJovens criando família
Jovens criando família-
 
Melhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalharMelhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalhar-
 
Drogas no esporte
Drogas no esporteDrogas no esporte
Drogas no esporte-
 
Drogas na escola
Drogas na escolaDrogas na escola
Drogas na escola-
 
Drogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitasDrogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitas-
 
As barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologiaAs barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologia-
 

Mais de - (20)

Trabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no BrasilTrabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no Brasil
 
Educação mundial
Educação mundialEducação mundial
Educação mundial
 
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
 
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
 
A escola do futuro
A escola do futuroA escola do futuro
A escola do futuro
 
A economia no mundo
A economia no mundoA economia no mundo
A economia no mundo
 
Apresentação 2 power point
Apresentação 2  power pointApresentação 2  power point
Apresentação 2 power point
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA
 
Eco battery
Eco batteryEco battery
Eco battery
 
Qualidades de nossas escolas
Qualidades  de nossas escolasQualidades  de nossas escolas
Qualidades de nossas escolas
 
O jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalhoO jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalho
 
O futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológicaO futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológica
 
Miséria
MisériaMiséria
Miséria
 
Jovens criando família
Jovens criando famíliaJovens criando família
Jovens criando família
 
Melhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalharMelhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalhar
 
Drogas no esporte
Drogas no esporteDrogas no esporte
Drogas no esporte
 
Drogas na escola
Drogas na escolaDrogas na escola
Drogas na escola
 
Drogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitasDrogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitas
 
As barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologiaAs barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologia
 

Último

Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfaulasgege
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.pptDaniloConceiodaSilva
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturagomescostamma
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfSandra Pratas
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 

Último (20)

Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 

Reciclagem

  • 1. Reciclagem Paulo Lopes e Igor vieira Professor: Silvio machado
  • 2. Reciclagem A reciclagem é o resultado de um conjunto de materiais e atividades que tem o objetivo de reaproveitar e reutilizar os resíduos de substâncias em seus ciclos de produção. Hoje, já se encontram várias alternativas de reaproveitamento destes materiais em confecções de produtos artesanais, vestuário, acessórios, etc.
  • 3. Índice • Reciclagem • Conceito de reciclagem • Quando que a palavra reciclagem ganhou destaque e porque • Quais são as cores e os nomes das latas de lixo • Vantagens das reciclagem
  • 4. Reciclagem A reciclagem é o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria- prima para um novo produto. Muitos materiais podem ser reciclados e os exemplos mais comuns são o papel, o vidro, o metal e o plástico. As maiores vantagens da reciclagem são a minimização da utilização de fontes naturais, muitas vezes não renováveis; e a minimização da quantidade de resíduos que necessita de tratamento final, como aterramento, ou incineração.
  • 5. conceito de reciclagem O conceito de reciclagem serve apenas para os materiais que podem voltar ao estado original e ser transformado novamente em um produto igual em todas as suas características. O conceito de reciclagem é diferente do de reutilização.
  • 6. Quando que a palavra reciclagem ganhou destaque e porque A palavra reciclagem ganhou destaque a partir do final da década de 1980, quando foi constatado que as fontes de petróleo e de outras matérias-primas não renováveis estavam se esgotando rapidamente, e que havia falta de espaço para a disposição de resíduos e de outros dejetos na natureza.
  • 7. quais são as cores e os nomes das latas de lixo • Azul: papel • Vermelho: plástico • Verde: vidro, Amarelo: metal • Preto: madeira • Laranja: resíduos perigosos • Branco: resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde • Roxo: resíduos radioativos • Marrom: resíduos orgânicos • Cinza: resíduo geralmente não reciclável, misturado ou contaminado, não sendo possível de separação.
  • 8. O papel chamado de reciclado não é nada parecido com aquele que foi Outro exemplo é o vidro. Mesmo que beneficiado pela primeira vez. Este Já seja "derretido", nunca irá ser feito um uma lata de alumínio, por exemplo, outro com as mesmas características pode ser novo papel tem cor diferente, tais como cor e dureza, pois na primeira textura diferente e gramatura diferente. vez em que foi feito, utilizou-se de uma Isto acontece devido a não mistura formulada a partir da areia. possibilidade de retornar o material pode ser derretida de volta ao estado utilizado ao seu estado original e sim em que estava antes de ser beneficiada transformá-lo em uma massa que ao e ser transformada em lata, podendo final do processo resulta em um novo novamente voltar a ser uma lata com as material de características diferentes. mesmas características.
  • 9. Vantagens da reciclagem • Os resultados da reciclagem são expressivos tanto no campo ambiental, como nos campos econômico e social. • No meio-ambiente a reciclagem pode reduzir a acumulação progressiva de resíduos a produção de novos materiais, como por exemplo o papel, que exigiria o corte de mais árvores; as emissões de gases como metano e gás carbônico; as agressões ao solo, ar e água; entre outros tantos fatores negativos. • No aspecto econômico a reciclagem contribui para o uso mais racional dos recursos naturais e a reposição daqueles recursos que são passíveis de reaproveitamento.
  • 10. • No âmbito social, a reciclagem não só proporciona melhor qualidade de vida para as pessoas, através das melhorias ambientais, como também tem gerado muitos postos de trabalho e rendimento para pessoas que vivem nas camadas mais pobres. • Assim, para muitas das pessoas que trabalham na reciclagem (em especial os que têm menos educação formal), a reciclagem é uma das únicas alternativas de ganhar o seu sustento.
  • 11. No Brasil existem os carroceiros Catadores de recicláveis em lixão ou catadores de papel, que vivem da venda de sucatas, papéis,alumínio e outros materiais recicláveis deixados no lixo.Eles também trabalham na coleta ou na classificação de materiais para a reciclagem. Como é um serviço penoso, pesado e sujo, não tem grande poder atrativo para as fatias mais qualificadas da população.
  • 12. Conclusão Ao longo deste trabalho compreendemos que a Reciclagem consiste na recuperação e transformação de qualquer desperdício. A sua importância econômica traduz-se na possibilidade de aquisição de materiais por preços mais favoráveis que o dos mesmos materiais antes da sua primeira utilização. O princípio da reciclagem é utilizado em todas as aplicações que impliquem conservação dos recursos naturais da Terra e na resolução de problemas de poluição ambiental.
  • 13. Informações • Eu recomendo que as pessoas devem reciclar para melhorar o nosso meio ambiente • Também porque o meio onde nos vive esta muito poluído