A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

A Perseguiç ã o da
Igreja e a Expans ã o
do Eva...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Josivaldo Oliveira
A Perseguiç ã o da Igreja e ...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira
(73) 9825-7074/ (73)8842-9324/ (73)8889-6920
prj...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

O ministério de Filipe em Samaria
Ativando os d...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Não

use

o

dinheiro

para

manipular

o

sagr...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

A perseguição da Igreja e a Expansão do
Evangel...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

dispersos iam por toda parte, anunciando a
pala...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Simão e, sendo batizado, ficou de contínuo
com ...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

coração não é reto diante de Deus. Arrependete,...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

de destruir a igreja. A perseguição funciona
co...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Parte I
Perseguição e dispersão
da igreja

11
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

A

morte de Estêvão, registrada no
capítulo 7 d...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Jerusalém para pouparem suas vidas. Sim,
pois a...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

O que é interessante, é que muitas vezes, algo
...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

uma experiência que a irmã Eurides, minha
sogra...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Parte II
O ministério de Filipe
em Samaria

16
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Ativando os dons do Espírito

“E, descendo Fili...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

por isso, que a Bíblia diz que enquanto Filipe
...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

deve ter as ferramentas adequadas para a
realiz...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

não é possível seguir alguém que está parado,
q...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

muito mal àqueles que as cercam. A Bíblia diz
q...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Antes de Filipe chegar à Samaria havia ali um
f...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

acreditando que estas coisas são o poder de
Deu...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

vale encantamento. “Não há magia que possa
pren...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Desfazendo a manipulação demoníaca
Todas as vez...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Fé ilegítima
Depois de ver os sinais e milagres...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

por isso que não temos o costume de batizar
cri...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Parte III
Pedro e João foram
enviados a Samaria...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

se converterem a Jesus. Não podemos apenas
ganh...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

discípulos e eles foram cheios do Espírito
Sant...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Um dia Moisés chegou diante de Deus
sentindo-se...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

setenta eles também foram cheios do Espírito
de...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

dom de impor as mãos sobre as pessoas e
elas re...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Simão se tornou o precursor daqueles que
deseja...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Certa vez dois homens chegaram para o
pastor de...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Infelizmente, existem pessoas dentro das
igreja...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

desobediência contra Deus. Vejamos o que diz
o ...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

poderoso

para

fazer

que

lhes

seja

acresce...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as
ja...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

vossas ofertas, serão dos sacerdotes; também
AS...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

se zomba. Pois o que o homem semear, isso
també...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

não existe ninguém que seja o maior dizimista,
...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Deus deseja prosperar a sua vida, mas quando
is...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

enredado com o pecado e insistiu com ele
para q...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

um discípulo comete um pecado deve ir
pessoalme...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

Nós,

à

semelhança

dos

apóstolos

não

podem...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

dolorosas para nos despertar espiritualmente.
P...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

S

e você foi tocado pelo Espírito Santo e
gost...
A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por
Josivaldo Oliveira

7074
/(73)8889-6920
Prjosivaldo12@hotmail.com
m...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A perseguição da igreja e a expansão do evangelho

1.506 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.506
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
117
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A perseguição da igreja e a expansão do evangelho

  1. 1. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira A Perseguiç ã o da Igreja e a Expans ã o do Evangelho 1
  2. 2. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Josivaldo Oliveira A Perseguiç ã o da Igreja e a Expans ã o do Evangelho Josivaldo Oliveira, 2013 Por que decidi escrever este livro? Desde o início do meu ministério Deus tem inquietado o meu espírito para escrever, e em 2010 o Senhor me deu uma palavra Rhema: “Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: ESCREVA NUM LIVRO TODAS AS PALAVRAS QUE EU LHE FALEI” (Jeremias 30:2 ). Desde então, tenho me esforçado para transformar em texto escrito todas as mensagens que o Senhor tem me dado. Este livro é resultado dessa palavra. Por isso, leia-o e seja ricamente edificado e abençoado. Ministério Shallom – Uma família especial para você! Rua Pedro Tavares Cafezeiro, 812, Palmeira, Jaguaquara – Ba | CEP 45345-000 2
  3. 3. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira (73) 9825-7074/ (73)8842-9324/ (73)8889-6920 prjosivaldo12@hotmail.com ministerioshallom.blogspot.com Í ndice A Perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho Josivaldo Oliveira Texto bíblico (Atos 8:1-25)..........................................06 Introdução..........................................................................09 Parte I Perseguiç ã o e dispers ã o da igreja A morte Estevão...........................................................12 de A dor como instrumento de despertamento...........13 Parte II 3
  4. 4. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira O ministério de Filipe em Samaria Ativando os dons do Espírito........................................17 Ferramentas espirituais..................................................18 A Alegria do Reino...........................................................20 Quebrando o poder da feitiçaria................................22 Contra o povo de Deus não vale encantamento....................................................................23 Desfazendo a manipulação demoníaca...................25 Fé ilegítima.........................................................................26 Parte III Pedro e Jo ã o foram enviados a Samaria Consolidando os novos discípulos.............................29 Consolidando no poder do Espírito Santo...............30 Liberar do Espírito que estar dentro de nós...........31 Uma indecente................................................33 4 proposta
  5. 5. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Não use o dinheiro para manipular o sagrado.................................................................................34 Semear no Reino de Deus, uma doutrina bíblica...................................................................................37 Se as sua riquezas aumentam, não ponham nelas o coração.................................................................................4 3 Consolidar para romper as cadeias do pecado..................................................................................44 Missão cumprida..............................................................46 Conclusão............................................................................4 7 Oração..................................................................................4 9 5
  6. 6. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho Atos 8: 1-25 “Naquele dia levantou-se grande perseguição contra a igreja que estava em Jerusalém; e todos exceto os apóstolos, foram dispersos pelas regiões da Judéia e da Samaria. E uns homens piedosos sepultaram a Estevão, e fizeram grande pranto sobre ele. Saulo, porém, assolava a igreja, entrando pelas casas e, arrastando homens e mulheres, os entregava à prisão. No entanto os que foram 6
  7. 7. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira dispersos iam por toda parte, anunciando a palavra. E descendo Filipe à cidade de Samaria, pregava-lhes a Cristo. As multidões escutavam, unânimes, as coisas que Filipe dizia, ouvindo-o e vendo os sinais que operava; pois saíam de muitos possessos os espíritos imundos, clamando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos foram curados; pelo que houve grande alegria naquela cidade. Ora, estava ali certo homem chamado Simão, que vinha exercendo naquela cidade a arte mágica, fazendo pasmar o povo da Samaria, e dizendo ser ele uma grande personagem; ao qual todos atendiam, desde o menor até o maior, dizendo: Este é o Poder de Deus que se chama Grande. Eles o atendiam porque já desde muito tempo os vinha fazendo pasmar com suas artes mágicas. Mas, quando creram em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus e do nome de Jesus, batizavam-se homens e mulheres. E creu até o próprio 7
  8. 8. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Simão e, sendo batizado, ficou de contínuo com Filipe; e admirava-se, vendo os sinais e os grandes milagres que se faziam. Os apóstolos, pois, que estavam em Jerusalém, tendo ouvido que os da Samaria haviam recebido a palavra de Deus, enviaram-lhes Pedro e João; os quais, tendo descido, oraram por eles, para que recebessem o Espírito Santo. Porque sobre nenhum deles havia ele descido ainda; mas somente tinham sido batizados em nome do Senhor Jesus. Então lhes impuseram as mãos, e eles receberam o Espírito Santo. Quando Simão viu que pela imposição das mãos dos apóstolos se dava o Espírito Santo, ofereceu-lhes dinheiro, dizendo: Dai-me também a mim esse poder, para que aquele sobre quem eu impuser as mãos, receba o Espírito Santo. Mas disse-lhe Pedro: Vá tua prata contigo à perdição, pois cuidaste adquirir com dinheiro o dom de Deus. Tu não tens parte nem sorte neste ministério, porque o teu 8
  9. 9. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira coração não é reto diante de Deus. Arrependete, pois, dessa tua maldade, e roga ao Senhor para que porventura te seja perdoado o pensamento do teu coração; pois vejo que estás em fel de amargura, e em laços de iniquidade. Respondendo, porém, Simão, disse: Rogai vós por mim ao Senhor, para que nada do que haveis dito venha sobre mim. Eles, pois, havendo testificado e falado a palavra do Senhor, voltando para Jerusalém, evangelizavam muitas aldeias dos samaritanos”. Introdução No decorrer da história sempre que a igreja enfrentou perseguição ela teve a oportunidade de crescer, multiplicar e de espalhar o evangelho. Alguém certa vez disse que a igreja é como massa de pizza que quanto é mais batida mais cresce. Isso reflete uma verdade, pois a perseguição não tem o poder 9
  10. 10. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira de destruir a igreja. A perseguição funciona como um combustível que coloca a igreja em movimento em direção ao propósito de Deus. Em Atos acontecimentos 8:1-25 encontramos que três expressam essa realidade: Perseguição e dispersão da igreja (Vv.1-4); O ministério de Filipe em Samaria (Vv.5-13); e o envio de Pedro e João para Samaria (Vv.14-25). 10
  11. 11. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Parte I Perseguição e dispersão da igreja 11
  12. 12. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira A morte de Estêvão, registrada no capítulo 7 de Atos, desencadeou uma tremenda perseguição contra a igreja. O v.1 nos diz que Saulo – que mais a frente seria salvo pela graça de Jesus e transformado no apóstolo Paulo – consentia na morte de Estêvão. Nesse primeiro momento, Saulo foi um dos principais agentes de perseguição da igreja. A Bíblia nos diz que ele “mostrou-se muito cruel, devastando a igreja, invadindo as casas, levando homens e mulheres para a cadeia”. (v.3 AM). No zelo e devoção que ele tinha à lei, julgava está fazendo um serviço a Deus ao perseguir os primeiros cristãos. Essa perseguição forçou os discípulos de Jesus, com exceção dos apóstolos, a se espalharem pelas regiões da Judeia e de Samaria, em outras palavras, eles foram obrigados a fugir de 12
  13. 13. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Jerusalém para pouparem suas vidas. Sim, pois aquela perseguição não era apenas ideológica, seus opositores não iriam apenas julgá-los como fanáticos, antiquados, cafonas ou ultrapassados. Aquela perseguição lhes custaria a vida. Porém, à medida que eles se dispersavam, pregavam o evangelho em toda parte. Enquanto fugiam para outras cidades, as boas novas de Cristo eram compartilhadas com muitas outras pessoas. O evangelho estava se espalhando; agora, por causa da perseguição, não estaria mais restrito apenas à Jerusalém, mas muita gente, em outros lugares, teria a oportunidade de ouvir pela primeira vez as boas noticias a respeito de Cristo. A dor como instrumento despertamento 13 de
  14. 14. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira O que é interessante, é que muitas vezes, algo doloroso precisa acontecer para que nós sejamos despertados para cumprir a nossa missão e responder positivamente ao nosso chamado. O que precisará ocorrer para que Deus abale as nossas estruturas, arranque o nosso comodismo e nos desperte a pregar o evangelho? Será necessário alguma adversidade, perseguição ou provação, para acender a chama que nos impulsionará no cumprimento da nossa vocação ministerial? Será que Deus precisará usar a dor como um instrumento que nos fará correr com rapidez para proclamar ao mundo a mensagem do reino de Deus? Se estivermos enfrentando algum tipo de perseguição, provação ou adversidade, talvez esta seja uma maravilhosa oportunidade que Deus está nos dando para testemunhar de Cristo para outras pessoas. Eu me lembro de 14
  15. 15. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira uma experiência que a irmã Eurides, minha sogra, teve com Cristo. Ela ficou doente e precisou ser hospitalizada. Enquanto estava no hospital, recebendo cuidados médicos, ela sondava o seu coração e perguntava ao Senhor se havia algum propósito divino naquela circunstância. Deus respondeu a oração dela e falou em seu coração que Ele havia permitido aquela enfermidade para que ela tivesse a oportunidade de compartilhar o evangelho com aqueles que estavam enfermos naquele hospital. Ela obedeceu ao Senhor e anunciou o evangelho de Cristo com outros pacientes, levando, pela graça de Deus, alguns deles a entregarem suas vidas ao Senhor Jesus. 15
  16. 16. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Parte II O ministério de Filipe em Samaria 16
  17. 17. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Ativando os dons do Espírito “E, descendo Filipe a Samaria lhes pregava a Cristo”. (v.5). É interessante observar que o evangelho proclamado por Filipe em Samaria foi poderosamente acompanhado de sinais, milagres, prodígios e poder. A Bíblia deixa bem claro nos versículos 6 e 7 que os endemoninhados eram libertos, os espíritos malignos eram expulsos e os enfermos eram milagrosamente curados pelo poder de Deus. Entenda, todas as vezes que você estiver ativo no seu ministério, Deus liberará dons que lhe capacitará para cumprir a vocação que ele lhe concedeu. Neste contexto, Filipe estava exercendo o ministério de evangelista, e para exercer este ministério, com sucesso e resultados eficazes, ele precisaria de dons que o capacitaria para cumprir o seu chamado. É 17
  18. 18. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira por isso, que a Bíblia diz que enquanto Filipe estava exercendo o ministério, os dons fluíam por meio dele e havia milagres, sinais e curas extraordinárias. Volto a repetir, todas as vezes que estivermos ativos em nosso ministério, seja ele qual for, Deus libera dons que nos capacitam a cumprir com sucesso a tarefa que ele nos entregou. Ferramentas espirituais O que são os dons? Dons são ferramentas espirituais que Deus nos concede a fim de realizarmos eficazmente a tarefa que ele nos deu. Por exemplo, Se você é mecânico você precisará de ferramentas adequadas para realizar a sua tarefa. O médico precisa do bisturi, do estetoscópio, do tensiômetro, da seringa, o professor precisa de livros, piloto e lousa. Já o pedreiro precisa das ferramentas específicas da sua profissão, tais como: colher de pedreiro, prumo, nível etc. Cada ocupação 18
  19. 19. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira deve ter as ferramentas adequadas para a realização da tarefa. É por isso que quando você esta ocupado com as coisas do Reino de Deus, o Espírito Santo concede dons para você, que são as ferramentas espirituais que lhe capacitam para que você possa cumprir a sua missão. Os dons só funcionam quando você está ativo no ministério. Por exemplo, se você recebeu os dons de curar, eles só funcionaram quando você orar pelos enfermos. Se você não impuser as mão sobre os doentes e orar por eles nada vai acontecer. Quanto mais você se mover na direção do seu chamado, maior será o fluir dos dons sobre a sua vida. Jesus disse: “E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falaram novas línguas (...); e porão as mãos sobre os enfermos e os curarão” (Mc 16:17,18). Entenda, os sinais SEGUEM aos que crerem, e 19
  20. 20. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira não é possível seguir alguém que está parado, que não se move em direção ao chamado de Deus. Por isso, quem crê precisa mover-se no Reino de Deus a fim de que os sinais os sigam. Hoje Deus quer ativar os dons dele na sua vida. Por isso, mova-se e cumpra a missão que ele te entregou. A alegria do Reino A Bíblia diz no v.8 que houve muita alegria na cidade de Samaria, e isto, foi resultado da ação do Espírito Santo no ministério de Filipe. Quando nos dispomos a pregar a Palavra de Deus no Poder do Espírito, aqueles que receberem essa experimentaram Palavra profunda com alegria e fé gozo espiritual. Será que temos levado a alegria do Senhor para as pessoas ou causado problemas na vida delas? Existem pessoas que são semeadoras de dor, sofrimento, tristeza e discórdia. A presença destas pessoas causa 20
  21. 21. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira muito mal àqueles que as cercam. A Bíblia diz que a presença de Filipe trouxe muita alegria no Senhor para a cidade de Samaria. Espero que toda a sua cidade venha se alegrar com aquilo que o Senhor está fazendo nela através da sua vida. Que você possa ser um instrumento de Deus em sua cidade para pregar o evangelho aos pobres, curar os de coração partido, anunciar liberdade aos cativos, consolar todos os que choram, cuidar dos necessitados e proclamar uma mensagem de alegria em vez de notícias de calamidade (Cf. Is 61 AM). Quando isto acontecer haverá uma unção de alegria sobre aqueles que forem alcançados através do seu ministério e se multiplicará sobre as famílias, os lares e consequentemente sobre toda a cidade. Quebrando o poder da feitiçaria 21
  22. 22. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Antes de Filipe chegar à Samaria havia ali um feiticeiro chamado Simão que matinha o povo debaixo de engano. A Bíblia diz que todos, desde o menor até o maior, eram enganos por Simão. Eles acreditavam que ele tinha o poder de Deus sobre sua vida, pois já havia muitos anos que Simão praticava suas magias ali. Porém, quando Filipe chegou à Samaria e começou a pregar o evangelho de Cristo, a luz da verdade confrontou as trevas e os samaritanos começaram a se converter a Jesus e a serem libertos de todo espírito de engano liberados sobres eles pelo feiticeiro Simão. Eles deixaram a feitiçaria e correram para Jesus Cristo, o Filho de Deus. Em nossos dias não é diferente, quantas pessoas, infelizmente, estão iludidas com feitiçarias, magias, superstições, horóscopos, búzios, (consulta tarôs, aos cartomancia, mortos) 22 necromancia astrologia etc.,
  23. 23. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira acreditando que estas coisas são o poder de Deus. Existem até aqueles que na prática de suas feitiçarias usam até mesmo uma Bíblia branca como amuleto e citam o nome de Deus para enganar as pessoas. Mas, a Bíblia nos diz que não podemos adorar a dois deuses ao mesmo tempo. Amando um deus acabamos odiando o outro. Porque a adoração a um alimenta o desprezo pelo outro (Cf. Mt 6:24 AM). Contra o povo de Deus não vale encantamento Infelizmente, existem cristãos, que por não compreenderem quem são em Cristo e a autoridade que têm sobre os demônios em o nome de Jesus, tem medo de feitiçarias. Mas, se somos nascidos de Deus, cheios do Espírito Santo e temos uma vida de santidade e obediência a Palavra de Deus, não temos o que temer. Pois, contra o povo de Deus não 23
  24. 24. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira vale encantamento. “Não há magia que possa prender Jacó, nem encantamentos que possam amarrar Israel” (Nm 23:23 AM). Existem aqueles, que mesmo sendo discípulos de Jesus, têm medo de inveja. Não é preciso ter medo de inveja, pois se você está sendo invejado pelas pessoas que o cercam, isso é o sinal do favor e da benção de Deus sobre a sua vida, porque dificilmente alguém sentirá inveja de um mendigo. Não se esqueça de que sobre a sua vida está o sangue de Jesus. O Maligno não pode te tocar. O feiticeiro Simão iludiu os samaritanos com as suas magias somente até o dia em que o evangelho foi pregado por Filipe em Samaria. À medida que as boas novas do Reino de Deus eram compartilhadas com os samaritanos, seguidas de sinais e maravilhas operadas no nome de Jesus, eles eram libertados do poder do engano. 24
  25. 25. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Desfazendo a manipulação demoníaca Todas as vezes que o evangelho é proclamado no poder do Espírito Santo, pessoas são libertas da manipulação demoníaca. A feitiçaria é uma manipulação das trevas e somente o evangelho de Cristo, em sua plenitude, pode quebrar o seu poder. É por isso que quando uma pessoa, depois de ouvir o evangelho, deseja sair da feitiçaria, recebe ameaças dos demônios. Eles dizem que vão matá-la, que vão fazê-la enlouquecer, que destruirão a sua família, que colocarão doenças nos filhos etc., tudo isso com o propósito de oprimir e manipular essa pessoa para que ela não deixe a feitiçaria e continue sendo escrava deles. O diabo usa o medo como arma de manipulação e opressão. Mas quando a pessoa se mantém firme no seu propósito de servir a Jesus, o poder da manipulação demoníaca é quebrada e ela experimenta profunda libertação. 25
  26. 26. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Fé ilegítima Depois de ver os sinais e milagres que Filipe, pelo Espírito Santo, operava no meio do povo o próprio Simão creu em Jesus e veio a ser batizado. Ele ficou tão fascinado com os milagres e sinais que não saía de perto de Filipe. Mas, ao que parece Simão não se converteu genuinamente ao Senhor, tudo indica que ele estava mais interessado nos sinais – Talvez tentando aprender um truque novo para usar nas suas artes mágicas – do que na Palavra de Deus. É por isso que ele não saía de perto de Filipe, pois ele estava impressionado com o sobrenatural que fluía através da vida dele. Simão chegou a professar fé em Jesus, mas ao que parece foi apenas “da boca para fora”, e foi batizado. É preciso compreender que o batismo em si, se não for acompanhado de uma conversão genuína a Cristo, não pode salvar ninguém. É 26
  27. 27. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira por isso que não temos o costume de batizar crianças recém-nascidas, pois elas não têm a capacidade expressar qualquer nível de arrependimento ou manifestar convicção de fé em Cristo. Crianças recém-nascidas ainda estão na fase da inocência, e somente quando chegarem ao estágio da consciência é que poderão decidir se desejaram receber a Jesus Cristo e serem batizadas ou não. Simão foi batizado, mas não manifestou um genuíno arrependimento e uma conversão verdadeira a Cristo, é o que veremos um pouco mais adiante. 27
  28. 28. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Parte III Pedro e João foram enviados a Samaria Consolidando os novos discípulos O versículo 14 deixa claro que Pedro e João foram enviados pelos demais apóstolos para consolidar os novos convertidos de Samaria. O nosso ministério aos não crentes não é apenas de evangelizá-los, mas também de consolidar na Palavra de Deus aqueles que, dentre eles, 28
  29. 29. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira se converterem a Jesus. Não podemos apenas ganhar os perdidos para Cristo, mas, também, consolidá-los em Cristo. É preciso ensinar, doutrinar, ministrar, consolidar e discipular o novo convertido, pois a fé dele não deve ser fundamentada apenas em milagres, mas principalmente sobre a Palavra de Deus. Filipe chegou à Samaria primeiro, e evangelizou os samaritanos ganhando muitos deles para Cristo. Mas ele sozinho não conseguiria consolidar com qualidade todos os novos discípulos, pois agora havia uma multidão deles. Por isso, Pedro e João foram enviados àquela cidade, para ajudar a Filipe no processo de consolidação dos novos discípulos. Consolidando no Poder do Espírito Santo Quando ambos os apóstolos chegaram à Samaria, impuseram as 29 mãos sobre os
  30. 30. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira discípulos e eles foram cheios do Espírito Santo. Pois, “até aquele momento, eles tinham sido batizados apenas no nome do Senhor Jesus – o Espírito Santo ainda não tinha vindo sobre eles” (V.16 AM). Essa é uma maneira maravilhosa de consolidar nossos discípulos, orar para que eles sejam cheios do Espírito Santo. Não basta apenas batizá-los com água, eles precisam ser cheios do Espírito de Deus. Isso é um verdadeiro desafio para o consolidador, pois ninguém pode liberar sobre os outros aquilo que não tem. Isto significa que se eu quero que os discípulos de Cristo que estão sob os meus cuidados sejam cheios do Espírito Santo, eu preciso transbordar a presença do glorioso Espírito de Deus. Liberar do Espírito que está dentro de nós 30
  31. 31. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Um dia Moisés chegou diante de Deus sentindo-se cansado, ele disse para o Senhor que não conseguiria conduzir sozinho o povo de Israel à terra prometida, que aquela responsabilidade era grande demais para ele. A resposta de Deus veio imediatamente, “e o Senhor disse a Moisés: ‘Reúna setenta autoridades de Israel, que você sabe que são líderes e supervisores entre o povo. Leve-os a Tenda do Encontro, para que estejam ali com você. Eu descerei e falarei com você, E TIRAREI DO ESPÍRITO QUE ESTÁ SOBRE VOCÊ E O POREI SOBRE ELES. Eles o ajudarão na árdua responsabilidade de conduzir o povo, de modo que você não tenha que assumir tudo sozinho’” (Nm 11:14-16 NVI). Deus disse que do mesmo Espírito que estava sobre Moisés colocaria sobre os setenta anciãos que o ajudaria a conduzir o povo. Moisés tinha o Espírito Santo em sua vida, por isso quando Deus compartilhou daquele Espírito com os 31
  32. 32. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira setenta eles também foram cheios do Espírito de Deus. Porque se libera sobre os outros do Espírito que está em nós. É por isso que orientamos a igreja a não permitir que qualquer pessoa imponha as mãos sobre a sua cabeça. Porque a pessoa libera do espírito que está dentro dela. Os apóstolos Pedro e João estavam cheios do Espírito Santo, e por isso quando impuseram as mãos sobre os novos discípulos em Samaria e por eles oraram, imediatamente eles receberam o Espírito Santo. Uma proposta indecente Simão, o “ex-feiticeiro”, que era fascinado por qualquer ação sobrenatural, quando viu que pela imposição das mãos dos apóstolos, os discípulos recebiam o Espírito Santo, ofereceram-lhes dinheiro visando comprar o 32
  33. 33. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira dom de impor as mãos sobre as pessoas e elas receberem o Espírito Santo. Diante de uma proposta tão indecente, Pedro se levantou e disse a Simão: “Para o inferno você e seu dinheiro! Como ousa pensar que pode comprar o dom de Deus? Você nunca vai tomar parte da obra de Deus com suborno e barganha. Trate já de mudar de vida! Peça a Deus que o perdoe por querer usar Deus para ganhar dinheiro. Vejo que não deixou o velho hábito. Sua ganância está acabando com você!”. (Vv.20-23 AM). O dom de Deus não se compra com dinheiro. O Espírito Santo não é um objeto que pode ser comprado. Para receber o Espírito de Deus é preciso entregar a vida a Jesus, arrepender-se, renunciar o pecado e mudar de vida. Não use o dinheiro manipular o sagrado 33
  34. 34. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Simão se tornou o precursor daqueles que desejam comercializar as coisas sagradas. Infelizmente até em nossos dias existem pessoas querendo usar o dinheiro para comprar o favor de Deus. Quantas são as pessoas que querem usar a moeda da terra para “negociar” os recursos do céu. Infelizmente, existem alguns que por terem muitas riquezas se consideram donos da igreja, e querem a todo custo usar o poder que possuem (por causa da sua condição financeira elevada) para manipular seus pastores. Alguns acreditam que os profetas de Deus estão à venda. Estas pessoas tentam comprar a mensagem dos profetas do Senhor, querem que os ungidos do Senhor proclamem apenas mensagens que lhes favoreçam, que acalentem as suas almas, que mimem os seus caprichos e os seus egos. 34
  35. 35. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Certa vez dois homens chegaram para o pastor deles e disseram: “Pastor, os nossos dízimos juntos pagam o seu salário, por isso todos os meses nós iremos pagar o seu salário com o dinheiro do nosso dizimo. O senhor não precisa se preocupar, pois ainda que a igreja venha a passar por alguma dificuldade financeira, nós iremos pagar o seu salário, nós iremos lhe sustentar”. Embora essa proposta parecesse muito piedosa, o pastor a rejeitou, pois percebeu que por trás dessa aparente piedade havia a intenção de manipulação. Era como se eles quisessem intimidar o pastor, e forçá-lo a pregar apenas o que eles queriam ouvir. Ou como se eles quisessem que o pastor comesse nas mãos deles. Por isso, aquele pastor sabiamente orientou aqueles homens a entregarem seus dízimos, como os demais irmãos, no altar do Senhor. 35
  36. 36. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Infelizmente, existem pessoas dentro das igrejas (principalmente aquelas que são mais abastadas financeiramente) que se o pastor não fizer o que elas querem, ou não pregar o que elas desejam ouvir, deixam de entregar os dízimos, as ofertas e as primícias. Muitas vezes essas pessoas conseguem – por causa do espírito de manipulação que agem em suas vidas – até mesmo influenciar outras pessoas dentro da igreja a fazerem o mesmo. A intenção é maligna, tem o objetivo de deixar o líder sem suprimento a fim de forçá-lo a tomar uma das duas decisões: Comer nas mãos delas ou deixar a igreja e sair da cidade. Essas pessoas se esquecem de duas coisas: Em primeiro lugar, quem sustenta o profeta é o Senhor (I Rs 17), em segundo lugar, os dízimos, as ofertas e as primícias não pertencem a elas, pertencem ao Senhor e deixar de entregá-los 36 é entrar em
  37. 37. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira desobediência contra Deus. Vejamos o que diz o Livro Sagrado: Semear no Reino, uma doutrina bíblica “Ai de vocês, fariseus e mestres da lei, hipócritas! Vocês dão o dízimo até da folha da hortelã, da erva-doce e do cominho, mas se esquecem das coisas mais importantes – a justiça, a misericórdia e a fidelidade. SIM, VOCÊS DEVEM DAR O DÍZIMO, mas não devem deixar de fazer as coisas mais importantes” (Mateus 23:23 NBV ). “...Abraão deu o DÍZIMO DE TUDO”. (Hebreus 7:2). “Lembrem-se: aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente. Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria. E Deus é 37
  38. 38. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira poderoso para fazer que lhes seja acrescentada toda a graça, para que em todas as coisas, em todo o tempo, tendo tudo o que é necessário, vocês transbordem em toda boa obra. Como está escrito: "Distribuiu, deu os seus bens aos necessitados; a sua justiça dura para sempre. Aquele que supre a semente ao que semeia e o pão ao que come, também lhes suprirá e aumentará a semente e fará crescer os frutos da sua justiça. Vocês serão enriquecidos de todas as formas, para que possam ser generosos em qualquer ocasião e, por nosso intermédio, a sua generosidade resulte em ação de graças a Deus” (2 Coríntios 9:6-11). “...O dízimo será santo ao SENHOR”. (Levítico 27:32). “Trazei TODOS OS DÍZIMOS à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o 38
  39. 39. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes”. (Malaquias 3:10) “E, depois que se divulgou esta ordem, os filhos de Israel TROUXERAM MUITAS PRIMÍCIAS de trigo, mosto, azeite, mel, e de todo o produto do campo; também OS DÍZIMOS DE TUDO trouxeram em abundância”. (2 Crônicas 31:5) “Dar-lhe-ás as primícias do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e as primícias da tosquia das tuas ovelhas”. (Deuteronômio 18:4) “Honra ao SENHOR com os teus bens, e com as primícias de todos os teus ganhos”. (Provérbios 3:9) “E as primícias de todos os primeiros frutos de tudo, e toda a oferta de tudo, de todas as 39
  40. 40. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira vossas ofertas, serão dos sacerdotes; também AS PRIMÍCIAS DAS VOSSAS MASSAS DAREIS AO SACERDOTE, PARA QUE FAÇA REPOUSAR A BÊNÇÃO SOBRE A TUA CASA”. (Ezequiel 44:30). “Se entre vocês semeamos coisas espirituais, seria demais colhermos de vocês coisas materiais?” (1 Coríntios 9:11). “Vocês não sabem que aqueles que trabalham no templo alimentam-se das coisas do templo, e que os que servem diante do altar participam do que é oferecido no altar? Da mesma forma o Senhor ordenou àqueles que pregam o evangelho, que vivam do evangelho” (1 Coríntios 9:13-14). “O que está sendo instruído na palavra partilhe todas as coisas boas com quem o instrui. Não se deixem enganar: de Deus não 40
  41. 41. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá”. (Gálatas 6:6-7) Todos estes textos Bíblicos nos ensinam a semear para a expansão do reino de Deus e para o devido suprimento daqueles que dedicam o seu tempo integralmente a esta missão. Portanto, não podemos agir como Simão, tentar manipular a Deus ou seus profetas com dinheiro. Não podemos comprar Deus, que é o dono da prata e do ouro, com o nosso dinheiro. Aquele que faz o asfalto da cidade celestial de ouro puro, não se impressiona com o quanto de riqueza nós possuímos. Tudo no Reino de Deus é alcançado por graça, pura e simplesmente por graça. Não podemos comprar nenhum favor de Deus. Se você der um milhão de dízimo não será melhor do que aquele que dizima apenas um real. Na verdade 41
  42. 42. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira não existe ninguém que seja o maior dizimista, porque quem entrega o seu dízimo fielmente o faz proporcional a sua renda. O dízimo é décima parte (10%) de toda a sua renda, portanto, se o seu salário é mil reais e você entrega cem reais de dízimo, você é tão dizimista quanto aquele que ganha dez mil reais e entrega mil reais. É assim que funciona no Reino de Deus. Se as suas riquezas aumentam, não ponham nelas o coração Deus não fica estupefato com o nosso dinheiro. O que o Senhor deseja realmente ver em nós, é um coração quebrantado, contrito e disposto a honrar e obedecer a Sua Santa Palavra. Isso, sim, é o que faz o Senhor sorrir para nós. “Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus”. (Salmos 51:17) 42
  43. 43. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Deus deseja prosperar a sua vida, mas quando isso acontecer não fique orgulhoso, achando que você conseguiu prosperar na força do seu braço, apenas com o seu trabalho ou esforço. Deus é soberano, Ele levanta a quem quer, e abate a quem quer. O Senhor levanta o pobre do meio do lixo e o faz assentar entre os príncipes (I Sm 2:6-8), mas também pode fazer um rei extremamente rico como Nabucodonosor pastar como animal e comer capim durante sete tempos (Dn 4:29-33). “...Se as suas riquezas aumentam, não ponham nelas o coração”. (Salmos 62:10) Consolidar para romper as cadeias do pecado Simão quis comprar o dom do Espírito Santo com a moeda desta terra e foi duramente repreendido por Pedro (Vv.20-24). O apóstolo mostrou para Simão que ele ainda estava 43
  44. 44. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira enredado com o pecado e insistiu com ele para que se arrependesse e buscasse o perdão de Deus. Todavia, a resposta de Simão não foi sábia, pois pediu aos apóstolos que fizessem por ele, aquilo que, naquele momento, somente ele poderia fazer por si próprio. Aquele não era um momento para pedir a outros que orassem por ele, aquele era o momento para Simão se quebrantar e ir pessoalmente diante do Senhor em oração e arrependimento e buscar o seu perdão. Infelizmente, existem discípulos que quando cometem um pecado específico querem que seus discipuladores se tornem mediadores entre eles e Deus. Eles pedem ao discipulador para orar em favor deles, mas eles mesmos não querem orar. Querem que o líder interceda, porém não estão dispostos a mudar de vida e abandonar o pecado. Mas, não é assim que funciona no reino de Deus. Quando 44
  45. 45. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira um discípulo comete um pecado deve ir pessoalmente ao Senhor em oração, com atitude de quebrantamento e arrependimento, buscar o perdão de Deus e assim encontrar a Graça divina (I Jo 1:9). Missão cumprida (V.25) Depois que Pedro e João cumpriram sua missão em Samaria, voltaram para Jerusalém e espalharam o evangelho em cada aldeia samaritana que encontraram pelo caminho de volta para Jerusalém. Mesmo viajando de volta à sua terra natal, Pedro e João não perderam a oportunidade de espalhar a mensagem da salvação de Deus. Eles não perderam tempo, nem oportunidade. Os apóstolos não deixaram que a privilégio de semear a Palavra de Deus passasse das mãos deles. 45
  46. 46. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira Nós, à semelhança dos apóstolos não podemos perder a oportunidade e privilegio de pregar o evangelho. Devemos espalhar a Palavra de Deus em todo tempo, quer seja oportuno quer não. Indo ou voltando, mas compartilhando a verdade, a verdade em amor, mas sempre a verdade. Pedro e João foram enviados a Samaria pelos demais apóstolos que estavam em Jerusalém, e agora eles estão voltando alegres com o senso de missão cumprida, mas, ainda assim, não negligenciavam aqueles que estavam pelo caminho. Conclusão Essa é a mensagem de Deus aos nossos corações, pregue a Palavra em todo tempo, em todo lugar. Anuncie a Palavra. Deus em sua soberania pode usar até mesmo a perseguição para nos despertar para pregar o evangelho. Muitas vezes ele usa situações 46
  47. 47. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira dolorosas para nos despertar espiritualmente. Para nos motivar para um compromisso maior com ele e nos animar a cumprir a nossa vocação ministerial. Será necessário Deus permitir algum tipo de perseguição para nos despertar, assim como fez com a igreja em Jerusalém? É melhor que nós sejamos convencidos pelo Espírito, a cumprir a nossa missão de compartilhar a mensagem de Deus, do que ter que esperar vir a perseguição, a dor e o sofrimento, para que sejamos despertados. Mas, se for necessário, Deus usará a perseguição, e se ela vier, lembre-se que esta é uma oportunidade maravilhosa de proclamar Cristo a outras pessoas. 47
  48. 48. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira S e você foi tocado pelo Espírito Santo e gostaria de fazer uma aliança com Deus através de seu Filho Jesus Cristo, então faça esta oração: Senhor Jesus eu____________________ te recebo como meu único e suficiente Salvador e Senhor, nesta hora desfaço em teu nome, toda e qualquer aliança que no meu passado eu fiz com o pecado, com o mundo ou com o maligno. Senhor perdoa os meus pecados e escreva o meu nome no livro da vida. Que eu e toda a minha família experimente o milagre da tua salvação. Amém! Se você fez esta oração com fé, creia, a partir de agora você é uma nova criatura. (II Cor.5:17, João 3:3). Entre em contato conosco e nos informe sobre a sua decisão. Ministério Shallom: Rua Pedro Tavares Cafezeiro, 812, Palmeira, Jaguaquara-Ba. Cep: 45345-000. (73) 8842-9324 / (73) 982548
  49. 49. A perseguição da Igreja e a Expansão do Evangelho, por Josivaldo Oliveira 7074 /(73)8889-6920 Prjosivaldo12@hotmail.com ministerioshallom.blogspot.com Ministério Shallom ‫שלום‬ Uma família especial para você! Para aqueles que desejam semear em nosso ministério: Bradesco Ag: 2060-5 C/c: 8306-2 49

×