Ética, Política e Mulher

6.535 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.535
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
114
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ética, Política e Mulher

  1. 2. ÉTICA
  2. 3. <ul><li>A Ética é definida como uma reflexão sobre os costumes e ações humanas e auxilia na definição do que é certo ou errado . </li></ul><ul><li>*Costuma-se separar os problemas teóricos da ética em dois campos: </li></ul><ul><li>Problemas gerais e fundamentais – liberdade, consciência, bem, valor, leis, etc. </li></ul><ul><li>Problemas específicos – ética profissional, ética sexual, matrimonial, bioética, etc.. </li></ul><ul><li>*Álvaro Valls – Professor de Filosofia da UFRGS (O que é Ética) </li></ul>
  3. 4. <ul><li>A ética relaciona-se com todos os ramos do saber: Direito, Teologia, Estética, Psicologia, História e Economia . </li></ul><ul><li>Ela dá sentido à ação : </li></ul><ul><li>“ Subornar um funcionário é um problema econômico, ético ou tem os dois aspectos;” </li></ul><ul><li>“ E o lucro, está abaixo ou acima da ética?” </li></ul><ul><li>“ Em relação às artes, o poder de sedução da música pode (ou deve) ser usado para condicionar o comportamento das pessoas?” </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Os costumes e tradições também influenciam fortemente a ética: </li></ul><ul><li>O que é aceito entre os índios do Xingu, não é aceito em outro lugar. </li></ul><ul><li>Os romanos podiam rejeitar e abandonar crianças recém-nascidas, isto era normal. </li></ul><ul><li>Na idade média, o casamento entre primos, até o sétimo grau, era considerado incesto. Entretanto, quase toda população era analfabeta, como conhecer a árvore genealógica? Os nobres utilizavam isso a seu favor (dissolver o casamento, até conseguir um filho homem). </li></ul><ul><li>Os protestantes sempre valorizaram eticamente o trabalho e a riqueza, enquanto os católicos davam valor ao espírito de pobreza e ao sacrifício. </li></ul>
  5. 6. Com certeza, a ética é um tema dos mais difíceis , com alto grau de subjetividade, embora , em todos apareça a questão do certo e do errado (o que também é relativo). Para os gregos, ética era viver em harmonia com o “cosmos” , com ações para o bem viver (valorizavam a natureza, a estética, a Lei Natural / Moral do Mundo). Nas religiões, a ética vem de um ser superior , cujos ensinamentos devem ser seguidos e a conduta copiada
  6. 7. Para alguns filósofos e pensadores : Kant – Igualdade entre os homens é fundamental para o desenvolvimento de uma ética universal; o conhecimento verdadeiro e o agir livre constituem base para a ética. Hegel – A liberdade deve atingir os indivíduos e as instituições (ser interna e externa). O Estado como instância universal livre, garantidor dos direitos e das liberdades individuais – base para a ética Marx – Igualdade econômica; abolição das classes sociais; o Estado tem lado. Pontos da tradição da ética cristã – sacrifício presente para a construção da sociedade do futuro. Kierkegaard (Pensador Dinamarquês) – A ética está baseada na opção de preferir entre o bem ou o mal, conhecendo ambos. A liberdade de optar é que gera angústia na humanidade. O que angustia é a possibilidade.
  7. 8. A maioria dos pensadores acredita que agir eticamente é agir de acordo com o Bem . A definição de Bem é um outro problema (temos noção intuitiva do bem). Mas a distinção entre o Bem e o Mal , levantada há milênios, parece continuar válida. Assim como a polêmica entre fins e meios para justificar as ações.
  8. 9. TEORIA X PRÁTICA
  9. 10. Ética é uma questão prática... É difícil de explicar... Está no agir!!! A tendência é relevarmos a preocupação com a ética e cuidarmos de assuntos “técnicos” . Como por exemplo: arranjar dinheiro, arranjar-se na vida, progredir na vida profissional, gozar o que for possível, conseguir força para dominar e não ser dominado ou, simplesmente, deixar-se levar pelos acontecimentos .
  10. 11. A ÉTICA HOJE
  11. 12. <ul><li>Três situações são fundamentais para reflexão: </li></ul><ul><li>A Família </li></ul><ul><li>Amor X Fidelidade </li></ul><ul><li>Orientações sexuais </li></ul><ul><li>Direitos e deveres dos pais e filhos </li></ul><ul><li>Libertação da mulher </li></ul><ul><li>Sociedade civil </li></ul><ul><li>Trabalho X Propriedade </li></ul><ul><li>Educação </li></ul><ul><li>Igualdade de oportunidades </li></ul><ul><li>Individualismo X coletivo </li></ul><ul><li>O Estado </li></ul><ul><li>Estado (livre e de direito) X liberdade individual </li></ul><ul><li>O lado do Estado ( neutro ou não?) </li></ul><ul><li>Relações de e entre Estados (base na justiça ou na força) </li></ul><ul><li>Para além do Estado – A massificação (funções cada vez mais passivas das pessoas). </li></ul>
  12. 13. INFORMAÇÃO X CONSCIÊNCIA
  13. 14. Os meios de comunicação de massa democratizaram a informação , mas banalizaram o julgamento moral , a consciência eticamente mais crítica, pela simples lógica do “e”: “ O Papa visita o Brasil e os negros são mortos na África do Sul / e o câmbio oscila / e milhares morrem de fome na Somália / e o Presidente inaugura uma escola / e nova explosão mata centenas no Iraque / e a PF descobre escândalo financeiro / e bóias-frias fazem greve / e políticos envolvidos em corrupção”.
  14. 15. POLÍTICA
  15. 16. Tem seu significado derivado de “pólis” – tudo o que se refere à cidade e, conseqüentemente, o que é urbano, civil, público e, até mesmo, sociável e social. O termo Política se expandiu com a obra de Aristóteles , que leva este nome, e é o primeiro tratado sobre natureza, funções e divisão do ESTADO e formas de governo.
  16. 17. Atualmente, designa muitas outras situações e relações, mas seu peso fundamental está na esfera pública , (com ações, interseções, regulamentações), abrangendo várias áreas: Política Educacional, Política de Saúde, Política Externa, Política Econômica, Política Partidária , etc. Esta última é a base da democracia representativa, estruturante auxiliar das relações de poder. A política está altamente relacionada com a ética, com suas formulações e reflexão. É um agir que carrega constantemente opções: fins x meios, bem comum x corporações, idealismo x pragmatismo, etc .
  17. 18. E AS MULHERES, POR QUE ENTRAM NESSA DISCUSSÃO?
  18. 19. ... Porque tudo o que temos acumulado na história não foi feito pela perspectiva das mulheres . Como também não o foi pelos oprimidos, vencidos, servos... Mas a categoria GÊNERO (ser homem ou mulher) antecede às classes e divisões sociais . Devido às questões biológicas, históricas, temporais homens e mulheres pensam, sentem e trabalham de forma diferente.
  19. 20. De onde vêm essas diferenças? <ul><li>Questões biológicas: </li></ul><ul><li>Maternidade </li></ul><ul><li>Hormônios </li></ul><ul><li>Questões históricas: </li></ul><ul><li>Há dois milhões de anos... </li></ul><ul><li>Hoje </li></ul><ul><li>- Voto </li></ul><ul><li>- Os direitos / o trabalho </li></ul><ul><li>- O tempo ( as relações mulher X homem) </li></ul>
  20. 21. A reengenharia do Tempo <ul><li>Entrada da mulher no mundo público x entrada do homem no mundo privado. </li></ul><ul><li>Transgressões das mulheres concessões dos homens. </li></ul><ul><li>A igualdade foi “produzida” de forma desvirtuada: mulheres continuam fazendo o que sempre fizeram, adicionando novas atividades. </li></ul><ul><li>Assumem como um problema individual e “agüentam a duplicidade de funções”. </li></ul><ul><li>O dia das mulheres não cabe em um dia. </li></ul>
  21. 22. A reengenharia do Tempo <ul><li>Se exaustas pensam em desistir, é como se cumprissem a profecia: não têm a performance dos homens. </li></ul><ul><li>A “culpa” de ter mudado as regras. </li></ul><ul><li>A pressão para reassumir a família. </li></ul><ul><li>Só a elas cabe trabalhar a formação humana (filhos) – o tempo das crianças. </li></ul><ul><li>A importância do equilíbrio do tempo, entre homens e mulheres. </li></ul>
  22. 23. Os valores femininos para a vida pública - poder
  23. 24. Por sua questão biológica – ligada à vida, ao cuidado, reforçada no patriarcado pela cultura, que submete a mulher ao privado – os valores femininos podem salvar o planeta . A mulher preserva os valores que formam a base da vida da espécie humana: Altruísmo , Sensibilidade , Paciência e Misericórdia .
  24. 25. ESPIRITUALIDADE DESENVOLVIDA: O fato de perder o auto-respeito ao longo do patriarcado e não serem ouvidas, criou nas mulheres um sentimento de serem iludidas por todos : maridos, filhos, médicos, líderes políticos, religiosos, etc. A fé que depositavam nos outros foi quebrada. Sobrou-lhes a fé em Deus, a fé transcendental e a disposição para o intocável, mas que dá sentido à vida. Os valores femininos decorrentes da história e das funções biológicas da mulher são fundamentais para reflexões e formulações sobre ética.
  25. 26. As características na ação
  26. 27. <ul><li>Ter </li></ul><ul><li>Competição </li></ul><ul><li>Poder como privilégio </li></ul><ul><li>Hierarquização </li></ul><ul><li>Centralização </li></ul><ul><li>Hostilidade </li></ul><ul><li>Manda de cima para baixo </li></ul><ul><li>Autoritarismo </li></ul><ul><li>Sucesso competição </li></ul><ul><li>Ganha/perde </li></ul><ul><li>Administra </li></ul><ul><li>Status </li></ul><ul><li>Oprime </li></ul><ul><li>Governa pelo temor </li></ul><ul><li>Ser </li></ul><ul><li>Partilha </li></ul><ul><li>Poder como serviço </li></ul><ul><li>Liderança </li></ul><ul><li>Rede </li></ul><ul><li>Conciliação </li></ul><ul><li>Estimula de baixo para cima </li></ul><ul><li>Consenso </li></ul><ul><li>Fracasso competição </li></ul><ul><li>Ganha/ganha </li></ul><ul><li>Cuida </li></ul><ul><li>Realização </li></ul><ul><li>Capacita </li></ul><ul><li>Governa pela persuasão </li></ul>Homens Mulheres
  27. 28. As mulheres têm um papel fundamental para redefinir os rumos da história, influir na política, alterar os valores que a sustentam, trazer para o público a prática que teve e tem na esfera privada. As mulheres têm mais facilidade para fazer o movimento do “a favor” e não do contra. “ A favor da vida, dos direitos da família, etc.” Precisamos repensar a forma de fazer política e introduzir estes valores, para validá-los como instrumentos necessários às mudanças e ao que precisamos no Estado, na sociedade e nas relações privadas
  28. 29. “ Há necessidade de reintroduzir na vida humana a solidariedade e a amorosidade que se perderam nos últimos oito mil anos, quando o feminino ficou invisível. Estes valores foram substituídos pela competição e violência”. Homens e mulheres juntos, com seus valores em equilíbrio, construindo um mundo melhor. Gleisi Helena Hoffmann

×