Plano de comunicação e visibilidade final

433 visualizações

Publicada em

Plano de comunicação e visibilidade final

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Plano de comunicação e visibilidade final

  1. 1. MULHERES NO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA PLANO DE COMUNICAÇÃO E VISIBILIDADE Nome do projeto: Fortalecimento das organizações de mulheres para o desenvolvimento socioeconômico sustentável e o acesso aos serviços públicos básicos na região amazônica, na perspectiva da equidade de gênero. Por que comunicar: Dentro do vasto ecossistema amazônico, o projeto trabalhará com grupos de mulheres de 14 Municípios distantes entre si e pertencentes a três Estados brasileiros (Amazonas, Maranhão e Pará) que possuem fortes dificuldades físicas e de infraestrutura de comunicação. Assim, o objetivo de nossa comunicação será facilitar a troca de conhecimentos e experiências ao interior dos grupos e entre eles, visibilisando informações alternativas e estabelecendo contatos que facilitem o empoderamento das mulheres, o fortalecimento de sua organização e a ampliação de conhecimento acerca da parceria com a Comunidade Europeia na região Amazônica. Isso significa que nossa mensagem deverá valorizar as organizações e redes locais e regionais e visará oferecer informações originadas nas próprias mulheres e organizações que fazem parte do projeto. Por outro lado, buscaremos a paulatina transformação cultural dos âmbitos locais e regionais com uma presença o mais ampla possível das informações sobre os avanços alcançados pelo projeto e pelos grupos de mulheres. Para dar conta disso, comunicação interna nosso Plano de Comunicação desmembra seus objetivos em dois: comunicação externa Comunicação interna: visa facilitar o diálogo e a troca de informações e materiais entre a coordenação do projeto e as mulheres participantes dos 14 Municípios envolvidos, e entre as próprias participantes. Comunicação externa: buscará alcançar o nosso público-alvo em geral, especialmente a sociedade civil e os poderes públicos locais e regionais. Objetivos gerais da comunicação: - Visibilizar o projeto local, regional (Amazônia, Maranhão e Pará) e nacionalmente INSTITUTO EQÜIT – GÊNERO, ECONOMIA E CIDADANIA GLOBAL Rua da Lapa, 180/salas 908 e 909 - LAPA - Rio de Janeiro/RJ - Brasil – 20.021-180 Tels: (+ 55 21) 2221-1182 e 2215-9510 w ww.equit.org.br APOIO:
  2. 2. MULHERES NO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA - Aumentar a visibilidade dos grupos de mulheres e fomentar a participação e a cidadania das mulheres da região - Difundir a parceria com a UE - Divulgar a atuação das entidades organizadoras: Instituto Eqüit, Lef e Formaper - Informar ao longo do projeto seu andamento e os avanços - Visibilizar os resultados do projeto Quem comunica: Os responsáveis pela comunicação e divulgação do Projeto serão as entidades organizadoras (I. EQÜIT e seus parceiros, Formaper e Lef). Porém, será muito importante a incorporação e o engajamento das mulheres participantes do projeto (em especial as chamadas pontos focais do projeto). Um processo de comunicação participativa junto às mulheres integrantes dos diversos Municípios poderá mostrar de forma mais transparente a riqueza e diversidade das vivências, além de suas próprias visões acerca do andamento do Projeto. Entendemos que, para termos uma comunicação fluida e rica, é necessário que todos os envolvidos no projeto possam e desejem aportar com seus materiais e experiências. Neste sentido, a motivação inicial e a capacitação para o uso das ferramentas e possibilidades da comunicação devem ser inicialmente enfatizadas e mantidas no transcorrer do projeto. Por isso, além da própria organização do projeto (Instituto Eqüit, e seus parceiros Lef e Formaper), é fundamental haver espaço para que as mulheres participantes tenham voz e acesso às nossas ferramentas de comunicação. Para tanto, destinaremos em nosso Primeiro Encontro Regional (previsto para novembro) um espaço para a capacitação das participantes em dois aspectos: informática (para que tenham real acesso às ferramentas destinadas à comunicação) e noções de comunicação propriamente dita. Além disso, consideramos importante a participação dos técnico/s da UE que, caso possível, poderão participar em evento do projeto e visibilizar para o público-alvo a importância da União Europeia no projeto. A quem comunicar: Interno: organizações e membros participantes do projeto nos 14 municípios envolvidos. Nossos principais públicos-alvo: Externo: Poderes Executivos (e suas respectivas Secretarias) e Legislativos dos Municípios participantes, as suas populações; as organizações sociais da Região Amazônica como um todo; outras org. de mulheres locais ou da região; INSTITUTO EQÜIT – GÊNERO, ECONOMIA E CIDADANIA GLOBAL Rua da Lapa, 180/salas 908 e 909 - LAPA - Rio de Janeiro/RJ - Brasil – 20.021-180 Tels: (+ 55 21) 2221-1182 e 2215-9510 w ww.equit.org.br APOIO:
  3. 3. MULHERES NO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA secretarias e conselhos locais e regionais da mulher; AMB- Articulação de Mulheres Brasileiras; Agências de cooperação (nacional e internacional); Redes nacionais e internacionais de mulheres, imprensa local e regional etc.. O quê comunicar: Comunicação interna: será realizada a partir do diálogo entre a coordenação e as entidades parceiras e os grupos de mulheres e versará sobre: a organização das atividades (programas, questionários, fichas de inscrição etc.); material didático e de formação; resultados das atividades (atas, informes...), descrição narrativa e documentação fotográfica das atividades (boletins, artigos); formação sobre o uso das ferramentas de comunicação (plataforma web, e-mail etc.); divulgação da parceria com a União Europeia. A orientação da comunicação interna será voltada também a melhorar a qualidade e o volume da comunicação entre os grupos de mulheres das diferentes regiões e municípios acerca das atividades, boas práticas e experiências exitosas, ações de incidência política e diálogo com as autoridades locais, resultados e consequências das formações previstas no projeto etc.. Comunicação externa: terá como foco a visibilização das ações e resultados dos projetos, as definições coletivamente alcançadas pelos grupos de mulheres alvo, tanto como a difusão da parceira entre União Europeia e as entidades organizadoras e os grupos de mulheres. Neste sentido os artigos, boletins, entrevistas, notas de imprensas, entre outras ferramentas, serão centradas em mostrar os avanços dos objetivos do projeto, das análises sociopolíticas, ambientais e econômicas elaboradas (como os diagnósticos participativos). Todo material produzido levará a logo da UE e dos demais parceiros (Inst. Eqüit, Lef e Formaper) De que formas comunicar: Como somos uma entidade que visa fortalecer a organização das mulheres, no sentido de avançar em sua autonomia econômica e política no âmbito das transformações do modelo econômico vigente – que tem empobrecido e marginalizado as mulheres –, a comunicação será um ponto forte de nosso Projeto. Afinal, é na comunicação que divulgamos nossas conquistas e articulamos os futuros engajamentos. É ainda através de uma comunicação horizontal entre as partes envolvidas no Projeto que contribuiremos para visibilização da problemática das mulheres locais. Buscaremos produzir diversos tipos de materiais, dentre eles destacamos as diversas mídias online (vídeos, áudios, imagens, artigos e digitalização de informativos e publicações), para superar as distâncias e dificuldades de comunicação das regiões de implementação do Projeto. Também em nossa comunicação nos propomos ofertar possibilidades que estão fora do mainstream, oferecendo ao nosso público-alvo informações locais e regionais que vão além das veiculadas nos principais meios de comunicação do país; sempre mantendo o cuidado de verificar nossas fontes. INSTITUTO EQÜIT – GÊNERO, ECONOMIA E CIDADANIA GLOBAL Rua da Lapa, 180/salas 908 e 909 - LAPA - Rio de Janeiro/RJ - Brasil – 20.021-180 Tels: (+ 55 21) 2221-1182 e 2215-9510 w ww.equit.org.br APOIO:
  4. 4. MULHERES NO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA As ferramentas: . Folder do Projeto . Lista de emails . Boletins . Banners . Link em páginas de entidades parceiras . Entrevistas em rádios e jornais locais . Entrevistas e curtas informativos (áudio ou vídeo); . Artigos (das organizações coordenadoras e das mulheres participantes) . Notas de imprensa . Página online (blog ou wordpress) para comunicação interna e externa: Em relação à página Web, construiremos um espaço de computação em nuvem capaz de ser acessado pelas responsáveis pelo Projeto, bem como pelas participantes locais, para que possam trocar seus respectivos materiais, opiniões e experiências. Essa plataforma terá seu espaço divido entre “comunicação interna” (estrito às partes participantes do Projeto), e “comunicação externa”, e nela disponibilizaremos os materiais produzidos ao longo do projeto (boletins, artigos, vídeos, entrevistas, denúncias etc.). Atividades da comunicação: INTERNA . Organização das atividades e cronograma (programas, questionários, fichas de inscrição etc.) . Produção de material didático e de formação . Capacitação sobre o uso das ferramentas de comunicação (plataforma web, e-mail etc.) . Facilitação e moderação das listas de comunicação interna EXTERNA . Elaboração de folders e banners do Projeto (com as logos dos parceiros e da União Europeia) . Criação da página online . Alimentação da mesma página com os diversos materiais produzidos: . Boletins e artigos . Documentação fotográfica das atividades . Pequenos materiais de vídeo e áudio . Atas e informes das atividades . Materiais informativos para comunicação entre os grupos de mulheres dos 14 Municípios . Notas de imprensa e participação em programas de rádios locais INSTITUTO EQÜIT – GÊNERO, ECONOMIA E CIDADANIA GLOBAL Rua da Lapa, 180/salas 908 e 909 - LAPA - Rio de Janeiro/RJ - Brasil – 20.021-180 Tels: (+ 55 21) 2221-1182 e 2215-9510 w ww.equit.org.br APOIO:
  5. 5. MULHERES NO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA Atividades com previsão orçamentária Atividades Orçamento Comunicação Interna: . Organização das atividades (programas, questionários, fichas de inscrição etc.) Consultoria específica (Rubrica 6) . Produção de material didático e de formação Rubrica 5.1 / $500 . Capacitação sobre o uso das ferramentas de comunicação (plataforma web, e-mail etc.) Consultoria específica (Rubrica 6) Comunicação Externa: . Criação e alimentação da página online Consultoria específica (Rubrica 6) . Produção de folders e banners do Projeto Rubrica 5.8 ($800) . Produção de boletins e artigos Equipe projeto . Documentação fotográfica das atividades Equipe projeto . Produção de pequenos materiais informativos de vídeo e áudio Consultoria específica (Rubrica 6) . Elaboração de atas e informes das atividades Equipe projeto . Materiais informativos para comunicação entre os grupos de mulheres dos 14 Municípios Consultoria específica (Rubrica 6) . Notas de imprensa e participação em programas de rádios locais Consultoria específica (Rubrica 6) e equipe do projeto . Materiais diversos para divulgação (com logo da União Europeia, das entidades organizadoras e dos grupos de mulheres). Consultoria específica (Rubrica 6) e Equipe do projeto . Eventos Rubrica 5.8 ($800) INSTITUTO EQÜIT – GÊNERO, ECONOMIA E CIDADANIA GLOBAL Rua da Lapa, 180/salas 908 e 909 - LAPA - Rio de Janeiro/RJ - Brasil – 20.021-180 Tels: (+ 55 21) 2221-1182 e 2215-9510 w ww.equit.org.br APOIO:
  6. 6. MULHERES NO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA Cronograma das atividades da comunicação (ano 1): Atividade maio junho julho agosto setembro outubro novembro dezembro Organização das atividades e cronogra- ma (programas, ques- tionários, fichas de inscrição etc.) X X X Produção de material didático e de formação X X X X Capacitação sobre o uso das ferramentas de comunicação (platafor- ma web, e-mail etc.) X Facilitação e moderação das listas de comuni- cação interna X X X X X X X Elaboração de folders e banners do Projeto (com as logos dos parceiros e da União Europeia) X X X Criação da página online X X X Alimentação da página X X X X X X Boletins e artigos X X Documentação fotográ- fica das atividades X X X Pequenos materiais de vídeo e áudio X X Atas e informes das ati- vidades X X X X X X X Materiais informativos para comunicação entre os grupos de mulheres dos 14 Municípios X X X Notas de imprensa e participação em progra- mas de rádios locais INSTITUTO EQÜIT – GÊNERO, ECONOMIA E CIDADANIA GLOBAL Rua da Lapa, 180/salas 908 e 909 - LAPA - Rio de Janeiro/RJ - Brasil – 20.021-180 Tels: (+ 55 21) 2221-1182 e 2215-9510 w ww.equit.org.br APOIO:
  7. 7. MULHERES NO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA Junho de 2014. INSTITUTO EQÜIT – GÊNERO, ECONOMIA E CIDADANIA GLOBAL Rua da Lapa, 180/salas 908 e 909 - LAPA - Rio de Janeiro/RJ - Brasil – 20.021-180 Tels: (+ 55 21) 2221-1182 e 2215-9510 w ww.equit.org.br APOIO:

×