AS TELECOMUNICAÇÕES
E O SEU IMPACTO
Andreia Macedo, nº2 11ºB Joana Rodrigues, nº7
ÍNDICE
• Introdução;
• O que é a Sociedade de Informação?
• Caracterização da Sociedade de Informação;
• Impacto das TIC n...
INTRODUÇÃO
• As telecomunicações são algo de muito influente no nosso meio, pois têm
facilitado bastaste as tarefas do nos...
O QUE É A SOCIEDADE DE
INFORMAÇÃO?
• Sociedade em que as principais atividades
estão integradas pelas novas tecnologias da...
• Aceleração dos processos de
produção e de disseminação
da informação e do
conhecimento;
• A organização que domina, é
em...
IMPACTO DAS TIC NAS RELAÇÕES ENTRE OS ESPAÇOS
GEOGRÁFICOS, E NO SEU DINAMISMO
• As TIC constituem um recente e importante ...
VÍTOR CAMPOS
DIRETOR GERAL DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E
DESENVOLVIMENTO URBANO
“Consciente desta forte relação com o des...
TELECOMUNICAÇÕES:
DIMINUEM OU ACENTUAM AS
DESIGUALDADES
• O desenvolvimento das TIC permite reduzir as distâncias e aproxi...
ESFORÇOS DE PORTUGAL
PARA SE INSERIR NOS
OBJETIVOS COMUNITÁRIOS
• Também com o objetivo de reduzir as desigualdades, foi c...
O Programa Ligar Portugal, integrado no Plano Tecnológico, visa mobilizar a sociedade
portuguesa para os desafios estratég...
2. Tecnologia - Vencer o atraso científico e tecnológico, apostando no reforço das
competências científicas e tecnológicas...
PAPEL DAS TIC NA
VIDA DAS PESSOAS
As TIC têm-se revelado muito importantes,
pois transformaram completamente o modo de
vid...
FONTES
Além dos sites fornecidos pelos professor:
• Livro: Geografia A 11º Ano
• http://gied.web.simplesnet.pt/soc_da_info...
As TIC e o seu impacto
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As TIC e o seu impacto

2.674 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.674
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As TIC e o seu impacto

  1. 1. AS TELECOMUNICAÇÕES E O SEU IMPACTO Andreia Macedo, nº2 11ºB Joana Rodrigues, nº7
  2. 2. ÍNDICE • Introdução; • O que é a Sociedade de Informação? • Caracterização da Sociedade de Informação; • Impacto das TIC nas relações entre os espaços geográficos, e no seu dinamismo; • Telecomunicações: Aumentam as igualdades ou acentuam as desigualdades; • Esforços de Portugal para se inserir nos objetivos comunitários; • Papel das TIC na vida das pessoas.
  3. 3. INTRODUÇÃO • As telecomunicações são algo de muito influente no nosso meio, pois têm facilitado bastaste as tarefas do nosso dia-a-dia, sem contar com os benefícios que estas nos tem trazido com o seu desenvolvimento. • Em Portugal, têm-se registado grandes progressos na criação de infraestruturas, no alargamento das redes de comunicação e difusão das TIC, o que se insere na política comunitária, que através de vários programas, tem privilegiado o desenvolvimento das telecomunicações como instrumento de desenvolvimento económico e coesão social em cada estado-membro e a nível comunitário.
  4. 4. O QUE É A SOCIEDADE DE INFORMAÇÃO? • Sociedade em que as principais atividades estão integradas pelas novas tecnologias da informação e comunicação e a informação circula em redes eletrónicas. • As atividades sociais organizam-se em formatos onde convergem organização, ação e comunicação, ditos “modelos de negócio”, funcionando sobre plataformas tecnológicas.
  5. 5. • Aceleração dos processos de produção e de disseminação da informação e do conhecimento; • A organização que domina, é em rede (das hierarquias para a regulação e a governação). • Uso intensivo de computadores e redes (infraestruturas e acessos); • Elevado número de atividades produtivas que dependem da gestão de fluxos informacionais, aliado ao uso intenso das novas TIC; • A informação que conta, é a digital (minimizar esforços e fluxos);
  6. 6. IMPACTO DAS TIC NAS RELAÇÕES ENTRE OS ESPAÇOS GEOGRÁFICOS, E NO SEU DINAMISMO • As TIC constituem um recente e importante fator de competitividade territorial. • Elas moldam e estruturam o território, criando vantagens comparativas entre territórios, em função não apenas do acesso às suas infraestruturas físicas, mas também do acesso aos serviços que as suportam e aos serviços que nelas são suportados. • Há uma tendência para o aparecimento de novas economias de aglomeração definidas pelas TIC, que em certa medida parecem contrariar a noção geral que aponta para uma maior flexibilidade nas opções de localização das atividades por via da maior facilidade de comunicação e acesso à informação. • Juntamente, as TIC vieram criar novas possibilidades para o desenvolvimento das ações de governação territorial, oferecendo à administração, aos cidadãos e a outras organizações representativas de interesses, condições de participação nos processos territoriais.
  7. 7. VÍTOR CAMPOS DIRETOR GERAL DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E DESENVOLVIMENTO URBANO “Consciente desta forte relação com o desenvolvimento do território e dos novos desafios que as TIC colocam à sua organização e à sua gestão, a DGOTDU encomendou a uma equipa liderada pela Universidade de Aveiro, um estudo sobre as relações entre o ordenamento do território e as TIC. Esse estudo, iniciado em finais de 2004, ficou recentemente concluído. Com a organização deste Seminário, a DGOTDU pretende não só proporcionar a divulgação dos resultados obtidos, mas também promover o debate alargado do tema, numa ótica de identificação de novos objetivos e prioridades para o seu futuro aprofundamento. Complementarmente, pretende-se sensibilizar as entidades públicas mais diretamente envolvidas, em particular os municípios, para a necessidade de darem à temática das TIC uma adequada consideração nas suas estratégias de desenvolvimento e nas suas ações de gestão do território.”
  8. 8. TELECOMUNICAÇÕES: DIMINUEM OU ACENTUAM AS DESIGUALDADES • O desenvolvimento das TIC permite reduzir as distâncias e aproximar agentes económicos e pessoas de todo o mundo. Porém, e porque contribuem para o desenvolvimento económico e social, as diferenças no acesso e na capacidade de uso dessas tecnologias aumentam as desigualdades entre regiões do mundo e de cada país e entre os cidadãos. • As possibilidades de acesso e a capacidade de utilização das TIC são diferentes consoante o desenvolvimento das regiões, mas dependem também das características dos indivíduos.
  9. 9. ESFORÇOS DE PORTUGAL PARA SE INSERIR NOS OBJETIVOS COMUNITÁRIOS • Também com o objetivo de reduzir as desigualdades, foi criado em 1986, a nível comunitário, o Programa STAR, já concluído, que englobou um conjunto de ações especiais no domínio das telecomunicações, para promover a introdução e o desenvolvimento de serviços e redes avançados nas regiões periféricas menos favorecidas da EU. • Em Portugal, as regiões autónomas beneficiaram deste programa, que contribuiu para a criação de infraestruturas de apoio e para o incentivo às empresas privadas na aquisição de meios e na prestação de serviços na área das telecomunicações.
  10. 10. O Programa Ligar Portugal, integrado no Plano Tecnológico, visa mobilizar a sociedade portuguesa para os desafios estratégicos da Sociedade da Informação e do Conhecimento. EIXOS DE AÇÃO - De acordo com o Programa do Governo, apresentado na Assembleia da República, o Plano Tecnológico está estruturado em três eixos de ação: 1. Conhecimento - Qualificar os portugueses para a sociedade do conhecimento, fomentando medidas estruturais vocacionadas para elevar os níveis educativos médios da população, criando um sistema abrangente e diversificado de aprendizagem ao longo da vida e mobilizando os portugueses para a Sociedade de Informação.
  11. 11. 2. Tecnologia - Vencer o atraso científico e tecnológico, apostando no reforço das competências científicas e tecnológicas nacionais, públicas e privadas, reconhecendo o papel das empresas na criação de emprego qualificado e nas atividades de investigação e desenvolvimento (I&D). 3. Inovação - Imprimir um novo impulso à inovação, facilitando a adaptação do tecido produtivo aos desafios impostos pela globalização através da difusão, adaptação e uso de novos processos, formas de organização, serviços e produtos. Neste esforço será desejável, não só apoiar os agentes individuais, mas também reforçar a sua ação sistémica.
  12. 12. PAPEL DAS TIC NA VIDA DAS PESSOAS As TIC têm-se revelado muito importantes, pois transformaram completamente o modo de vida da nossa sociedade, tornando-a mais fácil. Estas são uma poderosa ferramenta que nos permitiu ultrapassar obstáculos, tais como a mobilidade, a acessibilidade, entre outros, trazendo-nos a possibilidade da criação de novas oportunidades no mercado, flexibilidade para minimizar ou até eliminar, por completo, os congestionamentos provocados pelos métodos de trabalho ditos “normais” ou “tradicionais”, incluindo os que são impostos pela distância e tempo.
  13. 13. FONTES Além dos sites fornecidos pelos professor: • Livro: Geografia A 11º Ano • http://gied.web.simplesnet.pt/soc_da_informacao.htm • http://www.apdsi.pt/uploads/news/id545/2-5.1_artur%20castro%20neves_070626.pdf • http://bdigital.ufp.pt/bitstream/10284/4062/1/si_uminho2013.pdf • http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/14854/1/Revista_Educa%C3%A7 %C3%A3o,VolXVIII,n%C2%BA1_5-22.pdf • http://www.dgz.org.br/out11/Art_01.htm

×