Mestrado Acadêmico em Turismo e Hotelaria
Mestrando: Kleber de Oliveira da Silva
Orientadora: Prof. Dra. Sara Joana Gadott...
1. Introdução
2. Revisão de Literatura
3. Metodologia
4. Apresentação e discussão dos
principais dados
5. Considerações fi...
Introdução: contextualização do tema
Canais de
Distribuição
Micro e
pequenos
meios de
hospedagem
Destino
periférico
Introdução: contextualização do tema
Quais?
Como?
Qual?
Introdução: problema de pesquisa
Como a estrutura de distribuição
em micro e pequenos meios de
hospedagem no destino perif...
Introdução: objetivos
Objetivo Geral:
Analisar os canais de distribuição de micro e pequenos meios de
hospedagem no destin...
Revisão de Literatura: mapas mentais
Revisão de Literatura: micro e pequenas empresas
Principais pontos da literatura:
• Motivação econômica ou estilo de vida ...
Revisão de Literatura: destinos periféricos
A utilização de indicadores de perifericidade “proporciona um valioso e
fundamental quadro geográfico para contextualizar ...
Revisão de Literatura: canais de distribuição
Fonte: Pearce e Tan (2004, p.230)
Canais de distribuição para atrações turís...
Revisão de Literatura: canais de distribuição
CANAIS DE
DISTRIBUIÇÃO
Segmento de clientes
Canais direitos e indiretos
Util...
Metodologia
• Levantamento
de Informações
1º Etapa
• População, am
ostra e
instrumento da
pesquisa
2º Etapa • Técnica de
coleta, análi...
Metodologia: levantamento de informações
Fonte: Elaboração do autor (2013)
Fonte: Elaboração do autor (2013)
Aproximadamente
334 documentos
consultados
Metodologia: levantamento de informações
Metodologia: população
Proprietários ou gerentes de micro e pequenos
meios de hospedagens da cidade de Urubici/SC
Particip...
Metodologia: amostra
Para a seleção da amostra de participantes, foi realizada 3
tentativas de contato:
- 1º Contato por e...
Metodologia: Coleta de dados e instrumento
Estratégia de
coleta de dados
Entrevistas pessoais
Utilização de roteiro
semies...
Perguntas fechadas:
• Dados tabulados em planilha do Excel 2013;
• Análise feita por meio estatística descritiva e distrib...
Metodologia
Principais dados: destino periférico Urubici/ SC
Fonte: SANTUR (2013)
Evolução populacional de Urubici (milhares e %)
Estrutura populacional – Urubici – Censo 2010
Principais Dados: população ...
Índice FIRJAN de desenvolvimento municipal
(IFDM) Urubici - 2005 a 2010
Principais dados: IFDM de Urubici/ SC
Participação dos setores econômicos no valor
adicionado bruto (VAB) em % - Urubici – Período de
2006 a 2008
Principais dad...
Principais dados: Aspectos turísticos de Urubici/ SC
Estrada que corta a serra do
corvo branco
Cumes da serra do corvo bra...
Características dos meios
de hospedagem
investigados (n=19)
Fonte: Elaboração do autor (2013)
Principais dados: meios de h...
Recursos Humanos
Todas as empresas são familiares.
Principais dados: meios de hospedagem
Tecnologias da comunicação e Info...
Principais dados: meios de hospedagem
Principais dificuldades que os meios de hospedagem da amostra
enfrentam em Urubici
Apresentação dos dados: entrevistados
Fonte: Elaboração do autor (2013)
Características gerais dos
entrevistados (n=19)
Apresentação dos dados: entrevistados
Motivo de abrir o meio de
hospedagem
a maioria dos empreendedores
apresentam tanto m...
Apresentação dos dados: canais de distribuição
Perfil dos clientes dos meios de hospedagem investigados (%)
Fonte: Elabora...
Apresentação dos dados: canais de distribuição
Canais de distribuição diretos e indiretos
Fonte: Elaboração do autor (2013)
Apresentação dos dados: canais de distribuição
Fonte: Elaboração do autor (2014)
Estrutura de distribuição dos meios de ho...
Apresentação dos dados: canais de distribuição
• Estrutura simples;
• Poucos níveis de
relacionamento;
• Baseada em vendas...
Considerações finais
Os resultados evidenciam a necessidade de um planejamento estratégico de
distribuição. Também destaca...
Considerações finais
Sugestões de pesquisas
ESTRUTURA DE
DISTRIBUIÇÃO
Meios de
hospedagem
Intermediários
Outros
setores
Co...
Referências
BOTTERILL, D. et al. Perceptions from the periphery - the experience of Wales. In: BROWN, F.; HALL, D. (Eds.)....
OBRIGADO!
kleber.silva1@hotmail.com
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Defesa dissertação: Canais de distribuição de micro e pequenos meios de hospedagem no destino periférico Urubici

464 visualizações

Publicada em

Apresentação da defesa de dissertação realizada no dia 24/02/2014, para obtenção do título de Mestre em Turismo e Hotelaria na Universidade do Vale do Itajaí

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
464
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Defesa dissertação: Canais de distribuição de micro e pequenos meios de hospedagem no destino periférico Urubici

  1. 1. Mestrado Acadêmico em Turismo e Hotelaria Mestrando: Kleber de Oliveira da Silva Orientadora: Prof. Dra. Sara Joana Gadotti dos Anjos CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO DE MICRO E PEQUENOS MEIOS DE HOSPEDAGEM NO DESTINO PERIFÉRICO URUBICI/SC
  2. 2. 1. Introdução 2. Revisão de Literatura 3. Metodologia 4. Apresentação e discussão dos principais dados 5. Considerações finais Referências Estrutura da apresentação
  3. 3. Introdução: contextualização do tema Canais de Distribuição Micro e pequenos meios de hospedagem Destino periférico
  4. 4. Introdução: contextualização do tema Quais? Como? Qual?
  5. 5. Introdução: problema de pesquisa Como a estrutura de distribuição em micro e pequenos meios de hospedagem no destino periférico de Urubici está constituída?
  6. 6. Introdução: objetivos Objetivo Geral: Analisar os canais de distribuição de micro e pequenos meios de hospedagem no destino periférico de Urubici/SC. Objetivos Específicos: 1. Identificar as características do destino periférico; 2. Caracterizar os meios de hospedagem no destino periférico; 3. Delimitar as estratégias de distribuição utilizadas pelos meios de hospedagem; 4. Analisar os principais fatores do ambiente interno e externo das empresas, que influenciam a estrutura de canais de distribuição.
  7. 7. Revisão de Literatura: mapas mentais
  8. 8. Revisão de Literatura: micro e pequenas empresas Principais pontos da literatura: • Motivação econômica ou estilo de vida dos empreendedores; • Importância financeira do negócio para a renda familiar; • Estrutura de recursos humanos; • Participação em associações; • Influência de tecnologias da comunicação e informação; • Principais dificuldades enfrentadas no destino.
  9. 9. Revisão de Literatura: destinos periféricos
  10. 10. A utilização de indicadores de perifericidade “proporciona um valioso e fundamental quadro geográfico para contextualizar e compreender as desigualdades espaciais em poder e níveis de desenvolvimento“ (Weaver, 1998, p.282) DESTINO PERIFÉRICO Meio ambiente Infraestrutura básica População Índice de desenvolvimento Educação Economia local Emprego Características da demanda turística Infraestrutura turística Revisão de Literatura: destinos periféricos
  11. 11. Revisão de Literatura: canais de distribuição Fonte: Pearce e Tan (2004, p.230) Canais de distribuição para atrações turísticas em Rotorua e Wellington, Nova Zelândia – Principais segmentos de mercado
  12. 12. Revisão de Literatura: canais de distribuição CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Segmento de clientes Canais direitos e indiretos Utilização de intermediários Formalização de parcerias Principais pontos da literatura:
  13. 13. Metodologia
  14. 14. • Levantamento de Informações 1º Etapa • População, am ostra e instrumento da pesquisa 2º Etapa • Técnica de coleta, análise e interpretação dos dados 3º Etapa Metodologia: etapas metodológicas
  15. 15. Metodologia: levantamento de informações Fonte: Elaboração do autor (2013)
  16. 16. Fonte: Elaboração do autor (2013) Aproximadamente 334 documentos consultados Metodologia: levantamento de informações
  17. 17. Metodologia: população Proprietários ou gerentes de micro e pequenos meios de hospedagens da cidade de Urubici/SC Participantes da pesquisa População de meios de hospedagens Fonte: Adaptado pelo autor (2013)
  18. 18. Metodologia: amostra Para a seleção da amostra de participantes, foi realizada 3 tentativas de contato: - 1º Contato por e-mail : 2 empreendimentos - 2º Contato por telefone : 12 empreendimentos - 3º Contato pessoalmente : 5 empreendimentos Da população total de 50 meios de hospedagem, 19 empreendimentos participaram da pesquisa, representando assim, 38% de taxa de retorno.
  19. 19. Metodologia: Coleta de dados e instrumento Estratégia de coleta de dados Entrevistas pessoais Utilização de roteiro semiestruturado com perguntas abertas e fechadas
  20. 20. Perguntas fechadas: • Dados tabulados em planilha do Excel 2013; • Análise feita por meio estatística descritiva e distribuição de frequência; Perguntas Abertas: • Transcrição e organização dos dados com auxilio do software Nvivo 10; • Análise de conteúdo: pré-análise, exploração do material e tratamento dos resultados Metodologia: análise e interpretação dos dados
  21. 21. Metodologia
  22. 22. Principais dados: destino periférico Urubici/ SC Fonte: SANTUR (2013)
  23. 23. Evolução populacional de Urubici (milhares e %) Estrutura populacional – Urubici – Censo 2010 Principais Dados: população de Urubici/ SC
  24. 24. Índice FIRJAN de desenvolvimento municipal (IFDM) Urubici - 2005 a 2010 Principais dados: IFDM de Urubici/ SC
  25. 25. Participação dos setores econômicos no valor adicionado bruto (VAB) em % - Urubici – Período de 2006 a 2008 Principais dados: economia de Urubici/ SC Número de empregados segundo os setores econômicos – Urubici – 2007 a 2010
  26. 26. Principais dados: Aspectos turísticos de Urubici/ SC Estrada que corta a serra do corvo branco Cumes da serra do corvo branco Travessia dos campos dos padres Estalagem Villa da Montanha Vista da cidade a partir do morro do Avencal Inscrições rupestres no morro do Avencal Fonte: SANTUR (2013)
  27. 27. Características dos meios de hospedagem investigados (n=19) Fonte: Elaboração do autor (2013) Principais dados: meios de hospedagem
  28. 28. Recursos Humanos Todas as empresas são familiares. Principais dados: meios de hospedagem Tecnologias da comunicação e Informação Os empreendimentos na área rural possuem dificuldade no acesso a internet e telefonia. Redes e Cooperação
  29. 29. Principais dados: meios de hospedagem Principais dificuldades que os meios de hospedagem da amostra enfrentam em Urubici
  30. 30. Apresentação dos dados: entrevistados Fonte: Elaboração do autor (2013) Características gerais dos entrevistados (n=19)
  31. 31. Apresentação dos dados: entrevistados Motivo de abrir o meio de hospedagem a maioria dos empreendedores apresentam tanto motivações de estilo de vida, quando econômica. No entanto, o maior número de respostas é para a oportunidade de um negócio lucrativo. Possui outra fonte de renda Fonte: Elaboração do autor (2013) O meio de hospedagem é a principal fonte de renda da maioria dos entrevistados.
  32. 32. Apresentação dos dados: canais de distribuição Perfil dos clientes dos meios de hospedagem investigados (%) Fonte: Elaboração do autor (2013)
  33. 33. Apresentação dos dados: canais de distribuição Canais de distribuição diretos e indiretos Fonte: Elaboração do autor (2013)
  34. 34. Apresentação dos dados: canais de distribuição Fonte: Elaboração do autor (2014) Estrutura de distribuição dos meios de hospedagem entrevistados em Urubici em relação aos segmentos de clientes nacionais e internacionais
  35. 35. Apresentação dos dados: canais de distribuição • Estrutura simples; • Poucos níveis de relacionamento; • Baseada em vendas diretas (internet e boca a boca); • Poucos intermediários; • Existência de parcerias formais (agências online e compras coletivas) e informais (agências de receptivo locais). • O meio de hospedagem é a principal fonte de renda; • Visão limitada da potencialidade de vendas do negócio; • Dificuldade de conciliar diversos afazeres; • Pequeno número de UH’s e baixas tarifas. • Participação de associações; • Indicação de estabelecimentos locais; • Dificuldade na contratação de mão de obra; • Infraestrutura de telecomunicações; • Baixa vitalidade econômica na região.
  36. 36. Considerações finais Os resultados evidenciam a necessidade de um planejamento estratégico de distribuição. Também destaca-se que regiões periféricas apresentam maior dificuldade de atingirem o desenvolvimento sustentável baseado unicamente em seus recursos e entidades. É de vital importância o suporte externo (financeiro, técnico e institucional) para superar essas fraquezas. RECOMENDAÇÕES AS EMPRESAS E AO DESTINO URUBICI Controle de informações Pesquisa de mercado Imagem do destino Programa de capacitação constante Representações comerciais População local
  37. 37. Considerações finais Sugestões de pesquisas ESTRUTURA DE DISTRIBUIÇÃO Meios de hospedagem Intermediários Outros setores Consumidores Poder Público
  38. 38. Referências BOTTERILL, D. et al. Perceptions from the periphery - the experience of Wales. In: BROWN, F.; HALL, D. (Eds.). Tourism in peripheral areas: case studies. 1. ed. FIRJAN. Índice FIRJAN de desenvolvimento municipal. Disponível em: <http://www.firjan.org.br/ifdm/consulta-ao-indice/consulta-ao-indice.htm>. Acesso em: 28 jun. 2013. IBGE. IBGE. Pirâmide etária - Cidade de Urubici - Censo 2010. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?codmun=421890&search=Santa Catarina|Urubici>. Acesso em: 26 jun. 2013. SPG. Dados estatísticos municipais - PIB - Secretaria de Estado do Planejamento - Estado de Santa Catarina. Disponível em: <http://www.spg.sc.gov.br/Estatistica/Dados Estatistico Municipais/PIB Municipal - Internet - 99-08.xls>. Acesso em: 27 jun. 2013c. SPG. Dados estatísticos municipais - População - Secretaria de Estado do Planejamento - Estado de Santa Catarina. Disponível em: <http://www.spg.sc.gov.br/Estatistica/Dados Estatistico Municipais/POPULACAO.xls>. Acesso em: 25 jun. 2013b. SPG. Número de empregados segundo os setores econômicos - Urubici - 2007 a 2010 - Secretaria de Estado do Planejamento - Estado de Santa Catarina. Disponível em: <http://www.spg.sc.gov.br/Estatistica/Dados Estatistico Municipais/TRABALHO.xls>. Acesso em: 25 jun. 2013d. SPG. Resumo Socioeconômico regional - SDR São Joaquim - - Secretaria de Estado do Planejamento - Estado de Santa Catarina. Disponível em: <http://www.spg.sc.gov.br/Estatistica/regionais/sdr- sao_joaquim.pdf>. Acesso em: 28 jun. 2013a. WEAVER, D. B. Peripheries of periphery: tourism in Tobago e Barbuda. Annals of Tourism Research, v.25, n.2, p.292-313, 2998.
  39. 39. OBRIGADO! kleber.silva1@hotmail.com

×