Processo Criativo - Charles watson

17.766 visualizações

Publicada em

resumo do resumo feito pelo da oficina "Processo Criativo" ministrado por Charles Watson.

PPT by @eduardobrandao

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
43 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.766
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
55
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
491
Comentários
0
Gostaram
43
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Processo Criativo - Charles watson

  1. 1. processo criativo charles watson junho de 2010 globosat » novas mídias
  2. 2. charles watson • Nasceu em Helensburg, Escócia (1951). • É pintor, professor e constrói barcos. • Estudou na Bath Academy of Art (Bath, Inglaterra - 1970/1974). • Professor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, desde 1979. • Coordenador do Departamento de Pintura da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, desde 1987.Charles Watson (por Felipe Félix Oliveira)
  3. 3. charles watson Desenvolve vários projetos entre eles: • Brazilian Contemporary Art: banco de dados digital sobre a arte brasileira (desde 1991). • Dynamic Encounters: curso/viagem para visitar ateliês, galerias e os principais eventos de arte contemporânea no Brasil, Europa e EUA (desde 1998).
  4. 4. oficina de processo criativo • Workshop sobre a essência do processo criativo. • 48 horas de aula, divididas em 12 encontros de 4 horas. • Os temas não ficaram restritos ao universo da arte. Questões da física e da biologia, acerca de descobertas e de evolução, também foram abordadas.
  5. 5. gênios! Jaqueline Du Pré
  6. 6. gênios! Miles Davis
  7. 7. gênios! Leonard Cohen
  8. 8. gênios! Pablo Picasso
  9. 9. gênios! Mohamed Ali
  10. 10. gênios! Albert Einstein
  11. 11. A criatividade não é uma virtude que faz o indivíduo trazer coisas do nada, mas uma virtude que faz o indivíduo apostar em coisas até então “inúteis”*. * Inútil: resposta para um problema que ainda não existe, que ainda não foi formulado. criatividade
  12. 12. Criatividade não é qualquer coisa ‘mutcholôca’. É preciso haver a presença de ‘não-criatividade’ para que a ‘criatividade’ seja percebida ou pensada assim. Em outras palavras, criatividade implica obrigatoriamente a existência de LIMITES. “ ”
  13. 13. Picasso só foi Picasso porque ele lidou com limites absurdos! Os limites dele eram muito piores do que ‘prazos’ ou ‘grana’ ou ‘público’. Picasso lutou contra toda a história pregressa da arte. E foi justamente essa camisa de força que fez com que ele fosse tão genial. “ ”
  14. 14. • Criatividade x interdisciplinaridade. • O pensamento criativo utiliza analogias (outras áreas de conhecimento, na tentativa de resolver um problema - percepção de uma mesma estrutura em assuntos diferentes). criatividade
  15. 15. O mundo está cheio de respostas... As perguntas certas que ainda não foram formuladas. “ ”
  16. 16. eureka! Arquimedes
  17. 17. Na arte e nas outras áreas de criação humana, é o inútil que traz a evolução. “ ”
  18. 18. Um indivíduo consegue produzir inovações dentro da sua área de atuação após 10.000 horas de profundo contato com o tema. criatividade
  19. 19. 10.000 horas de trabalho Mozart
  20. 20. 10.000 horas de trabalho Tiger Woods “Tenho realmente muita sorte, mas o engraçado é que quanto mais eu pratico, mais sorte eu tenho.”
  21. 21. As pessoas que se destacaram, em todas as áreas, fizeram suas descobertas e criações em momentos de autotelismo*. * Autotelismo: a atividade é a finalidade, todo o resto é consequência (prazer em fazer). Aquilo que tem sentido apenas para si próprio. autotelismo
  22. 22. O processo criativo deve ser um fim por si só. Ninguém que se envolve em alguma atividade criativa pode ficar pensando no fim, na recompensa, porque isso automaticamente mata o processo criativo. “ ”
  23. 23. Nessa entrega você se esquece de si mesmo, abre mão de você e assim a coisa toda flui. É por isso que uma pessoa envolvida em uma tarefa que ama esquece de horários, esquece do cansaço, esquece que está com fome: ela está totalmente envolvida no processo, a noção de passado e de futuro, de background e metas, se dissolve. A pessoa e o processo são um só e é aí que a coisa anda. “ ”
  24. 24. autotelismo Estavam imersos no agora, fazendo algo de que gostavam, aquilo que mais significava em suas vidas, sem nenhuma finalidade, ou, no máximo, tendo o próprio exercício como única finalidade.
  25. 25. motivação x finalidade O surfista não espera por uma onda que o leve até a praia, mas pela unicidade de estar um com a onda (fazer parte do todo).
  26. 26. Para um pintor que pinta porque ama pintar, exposição é uma consequência. “Quando pinto, meu objetivo é mostrar o que encontrei, não o que estou procurando” (Pablo Picasso). motivação x finalidade
  27. 27. A ausência de finalidade do processo criativo tem ressonância da própria evolução biológica, que também não tem nenhuma finalidade. motivação x finalidade
  28. 28. Todo criador deve temer a sua criação. Porque quando você chega na obra, termina o processo criativo e tem a solução, acaba a melhor parte: o processo em si. Curiosamente, o ato criativo é um ato que leva invariavelmente à uma morte. E a morte é sempre dura. Criar é morrer o tempo todo. “ ”
  29. 29. Phillip Petit motivação x finalidade
  30. 30. Andrew Wiles motivação x finalidade
  31. 31. Se um poeta naufragar em uma ilha deserta, ele continua escrevendo? motivação x finalidade
  32. 32. Há a necessidade de um grupo de “peritos” capazes de identificar e entender as inovações propostas. “platéia”
  33. 33. “Só existem 3 físicos capazes de saber sobre o que eu estou falando” (Albert Einstein, quando publicou a Teoria da Relatividade). “platéia”
  34. 34. A arte é, de certa forma, elitista. Não necessariamente de uma elite social ou econômica, mas de acesso aos poucos que se aprofundam e alcançam os processos agudos das vanguardas. “platéia”
  35. 35. A arte é tão complexa quanto a física e/ou matemática. “ ”
  36. 36. A arte passou a ser qualquer coisa que um artista impregna de significado. O significado não está no objeto, mas no observador. A arte contemporânea tem relação direta com a evolução, uma vez que pretende questionar linguagens e dar passos adiante do que já existe. “platéia”
  37. 37. Como só existem 6 assuntos na história da arte, sem uma linguagem revolucionária, não há mensagem. “ ”
  38. 38. O processo criativo pressupõe: • A existência de uma cultura que contenha regras simbólicas. • Uma pessoa que traga inovações dentro dessa área simbólica. • Um grupo de “peritos” que reconheçam tal inovação. conclusão

×