SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Liderança | Shackleton CompanyWeb www.companyweb.com.br
Luta pela vida na Antártica "Do ponto de vista sentimental, esta é a última grande jornada polar que pode ser feita." Sir Ernest ShackletonEra o ano de 1914 e os pólos da Terra já haviam sido conquistados. Sobrevivente de duas tentativas sem sucesso de chegar ao ponto central da Antártida, ele participara da expedição de Scott em 1901-1904 e chefiara a sua própria no biênio 1908-1909, chegando a apenas 150 km do Pólo Sul.  Aos poucos iam se esgotando os grandes desafios exploratórios do homem e, quando despejavam-se sobre a Europa as pesadas nuvens da I Guerra Mundial, a Expedição Imperial Transantártida, liderada por Sir Ernest Shackleton e com autorização do próprio Churchill, partiu da Inglaterra rumo ao extremo sul para tentar a primeira travessia à pé do continente branco.  A bordo do navio polar Endurance, além dos 28 membros da expedição, seguiam também cães destinados à tração de trenós e uma grande quantidade de equipamentos a serem usados na travessia. Entretanto, uma vez mais Sir Shackleton ficou longe do seu objetivo.  Saga pela vidaEm pleno Mar de Wedell e a apenas um dia de navegação do continente Antártico, "como uma amêndoa num chocolate" o Endurance ficou preso no gelo solidificado. Sem muito mais a fazer além de aguardar a reabertura do mar no final da estação, os membros da expedição prepararam-se para invernar, primeiro instalando os cães em pequenos iglus fora do navio e depois ocupando-se com atividades de leitura, pesquisas, jogos e longas caminhadas sobre o gelo. Entretanto, no início da primavera o casco do navio não resistiu à pressão dos imensos blocos de gelo que iniciava a romper-se e o sonho de conquistar a Antártida submergiu esmagado junto com o Endurance, iniciando aí uma das maiores sagas em busca da vida já registradas pela história da navegação. Os marinheiros transferiram-se para uma enorme banquisa de gelo sobre a qual derivaram por quase seis meses até que, quando ela começou a derreter, lançaram-se ao furioso Atlântico Sul em três pequenos botes recuperados do naufrágio. Numa desesperada busca por terra firme e com enormes sacrifícios, terminaram finalmente por aportar nas Ilhas Elephant e depois Geórgias do Sul. E dois anos após a partida, o retorno incólume à Inglaterra de todos os 28 membros da expedição foi o que gravou na história o nome de Shackleton, cuja aventura foi em 1951 reconstruída por Alfred Lansing a partir de documentos e testemunhos colhidos dos sobreviventes e publicada no livro "A Incrível Viagem de Shackleton" que ora indico.
Shackleton já foi chamado de "o maior líder que jamais surgiu nesta terra de Deus". Este livro revela com riqueza de detalhes a grandeza do homem que conseguiu transformar sua malsucedida expedição à Antártida numa história de resistência heróica. Ao conduzir todos os seus tripulantes em segurança para casa, depois de quase dois anos isolados no gelo, Shackleton se tornou um exemplo de liderança. De 1914 a 1916, Ernest Shackleton e sua tripulação sobreviveram ao naufrágio de seu navio, o Endurance, esmagado pelo gelo da Antártida, distantes quase dois mil quilômetros da civilização, sem meios de comunicação ou esperança de socorro. As temperaturas eram tão baixas que os homens chegavam a ouvir a água congelar.  Tiveram de comer pingüins, cães e focas. Quando a situação se agravou, Shackleton partiu para buscar ajuda em sua heróica viagem de oitocentas milhas através do gelado Atlântico Sul - em um mero barco a remo. O mais incrível é que todos os membros da tripulação sobreviveram, não só em boas condições físicas como em bom estado emocional. Tudo graças à capacidade de liderança de Shackleton.  Shackleton - Uma Lição de Coragem
Shackleton - Uma Lição de Coragem Shackleton - Uma Lição de Coragem conta a história deste grande  explorador, analisando em detalhes todos os aspectos que o fizeram se  destacar como um mestre na arte de liderar.  Sua fascinante biografia nos revela que ele foi um homem que soube ensinar a  si mesmo a ser excepcional, elevando-se acima de seus pares e conquistando  a lealdade de seus homens.  Seja contratando uma boa equipe, apoiando e incentivando os colaboradores a  darem o melhor de si, administrando crises com recursos e pessoal limitados,  criando ordem a partir do caos ou liderando pelo exemplo pessoal de otimismo,  igualitarismo, humor, força, inteligência e compaixão, Ernest Shackleton é um  modelo que todos podemos seguir.
Expedição Imperial Transantártida
A viagem para o Pólo
A viagem para o Pólo
A viagem para o Pólo
O Endurance preso no gelo (banquisa)
O Endurance preso no gelo
Cotidiano
O Fim do Endurance
Cotidiano
Depois da banquisa  Ilha Elephant
Em busca de resgate -Ilha Elephant  Ilha Geórgia do Sul
Atravessia a pé pela Ilha Geórgia do Sul
Resgate da Ilha Elefante - 30 de agosto de 1916
Exemplo de Liderança Ilha Geórgia do Sul Sir Ernest Shackleton
Sugestão ENDURANCE - A LENDARIA EXPEDICAO DE SHACKLETON A ANTARTIDAALEXANDER,CAROLINE CIA DAS LETRASISBN: 8571648808  Obs.: Foco: Na expedição com fotos maravilhosas. SHACKLETON - UMA LIÇAO DE CORAGEMUM MANUAL DE LIDERANÇA INSPIRADO NUMA AVENTURAAutor:  MORRELL, MARGOT Autor:  CAPPARELL, STEPHANIE  ISBN  8575420704 Obs.: Foco: Sobre Liderança

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Destaque (11)

8 качественная оптика для видеонаблюдения fujinon
8   качественная оптика для видеонаблюдения fujinon8   качественная оптика для видеонаблюдения fujinon
8 качественная оптика для видеонаблюдения fujinon
 
CV
CVCV
CV
 
Zomorodi
ZomorodiZomorodi
Zomorodi
 
MAG code 9
MAG code 9MAG code 9
MAG code 9
 
Libro2
Libro2Libro2
Libro2
 
FCAW CODE 3
FCAW CODE 3FCAW CODE 3
FCAW CODE 3
 
Retention
RetentionRetention
Retention
 
Silabus PSPT Kelas XII SMK
Silabus PSPT Kelas XII SMKSilabus PSPT Kelas XII SMK
Silabus PSPT Kelas XII SMK
 
30 Dicas de Marketing Digital por Denis Andrade
30 Dicas de Marketing Digital por Denis Andrade30 Dicas de Marketing Digital por Denis Andrade
30 Dicas de Marketing Digital por Denis Andrade
 
seminar on hydropower presentation
seminar on hydropower presentationseminar on hydropower presentation
seminar on hydropower presentation
 
Fundraising powerpoint
Fundraising powerpointFundraising powerpoint
Fundraising powerpoint
 

Semelhante a Shackleton e a sobrevivência épica na Antártida

Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos Projetos
Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos ProjetosShackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos Projetos
Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos ProjetosPonto GP
 
Charles berlitz o triângulo das bermudas-parte2
Charles berlitz   o triângulo das bermudas-parte2Charles berlitz   o triângulo das bermudas-parte2
Charles berlitz o triângulo das bermudas-parte2Ariovaldo Cunha
 
AntáRtica
AntáRticaAntáRtica
AntáRticaecsette
 
Rms titanic
Rms titanicRms titanic
Rms titanicPAFB
 
No ano de 1866 o mundo é abalado por um acontecimento fantástico
No ano de 1866 o mundo é abalado por um acontecimento fantásticoNo ano de 1866 o mundo é abalado por um acontecimento fantástico
No ano de 1866 o mundo é abalado por um acontecimento fantásticoKatiucia Kat Alencar
 
Documento (7).pdf
Documento (7).pdfDocumento (7).pdf
Documento (7).pdfpeminada1
 
O ultimo heroi do titanic moody adams
O ultimo heroi do titanic   moody adamsO ultimo heroi do titanic   moody adams
O ultimo heroi do titanic moody adamspauloweimann
 
Geo h e_9ano_cap17_site
Geo h e_9ano_cap17_siteGeo h e_9ano_cap17_site
Geo h e_9ano_cap17_siterdbtava
 
Charles berlitz o triângulo das bermudas-parte1
Charles berlitz   o triângulo das bermudas-parte1Charles berlitz   o triângulo das bermudas-parte1
Charles berlitz o triângulo das bermudas-parte1Ariovaldo Cunha
 

Semelhante a Shackleton e a sobrevivência épica na Antártida (18)

Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos Projetos
Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos ProjetosShackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos Projetos
Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos Projetos
 
Charles berlitz o triângulo das bermudas-parte2
Charles berlitz   o triângulo das bermudas-parte2Charles berlitz   o triângulo das bermudas-parte2
Charles berlitz o triângulo das bermudas-parte2
 
A antártica
A antárticaA antártica
A antártica
 
AntáRtica
AntáRticaAntáRtica
AntáRtica
 
Antártida
AntártidaAntártida
Antártida
 
Rms titanic
Rms titanicRms titanic
Rms titanic
 
Galápagos
GalápagosGalápagos
Galápagos
 
Dez09 galápagos
Dez09 galápagosDez09 galápagos
Dez09 galápagos
 
No ano de 1866 o mundo é abalado por um acontecimento fantástico
No ano de 1866 o mundo é abalado por um acontecimento fantásticoNo ano de 1866 o mundo é abalado por um acontecimento fantástico
No ano de 1866 o mundo é abalado por um acontecimento fantástico
 
G2
G2G2
G2
 
Documento (7).pdf
Documento (7).pdfDocumento (7).pdf
Documento (7).pdf
 
Antártida
AntártidaAntártida
Antártida
 
O ultimo heroi do titanic moody adams
O ultimo heroi do titanic   moody adamsO ultimo heroi do titanic   moody adams
O ultimo heroi do titanic moody adams
 
RMS Titanic
RMS TitanicRMS Titanic
RMS Titanic
 
Geo h e_9ano_cap17_site
Geo h e_9ano_cap17_siteGeo h e_9ano_cap17_site
Geo h e_9ano_cap17_site
 
Charles berlitz o triângulo das bermudas-parte1
Charles berlitz   o triângulo das bermudas-parte1Charles berlitz   o triângulo das bermudas-parte1
Charles berlitz o triângulo das bermudas-parte1
 
Regiões polares
Regiões polaresRegiões polares
Regiões polares
 
exemplo.pdf
exemplo.pdfexemplo.pdf
exemplo.pdf
 

Mais de CompanyWeb

Jornada do Risco - 1/2 parte
Jornada do Risco - 1/2 parteJornada do Risco - 1/2 parte
Jornada do Risco - 1/2 parteCompanyWeb
 
Infográfico do Roadmap do PMO
Infográfico do Roadmap do PMOInfográfico do Roadmap do PMO
Infográfico do Roadmap do PMOCompanyWeb
 
Roadmap do PMO
Roadmap do PMORoadmap do PMO
Roadmap do PMOCompanyWeb
 
Fluxo dos projetos dentro do Escritório de Projeto (PMO)
Fluxo dos projetos dentro do Escritório de Projeto (PMO)Fluxo dos projetos dentro do Escritório de Projeto (PMO)
Fluxo dos projetos dentro do Escritório de Projeto (PMO)CompanyWeb
 
Mentoria em Compliance, BPM e Gestão de Riscos e Controles Internos
Mentoria em Compliance, BPM e Gestão de Riscos e Controles InternosMentoria em Compliance, BPM e Gestão de Riscos e Controles Internos
Mentoria em Compliance, BPM e Gestão de Riscos e Controles InternosCompanyWeb
 
LGPD - Projeto de compliance em 4 fases
LGPD - Projeto de compliance em 4 fasesLGPD - Projeto de compliance em 4 fases
LGPD - Projeto de compliance em 4 fasesCompanyWeb
 
Apresentação Executiva da CompanyWeb
Apresentação Executiva da CompanyWebApresentação Executiva da CompanyWeb
Apresentação Executiva da CompanyWebCompanyWeb
 
Privacy Manager - Para atender compliance LGPD
Privacy Manager - Para atender compliance LGPDPrivacy Manager - Para atender compliance LGPD
Privacy Manager - Para atender compliance LGPDCompanyWeb
 
Gestão Eficaz da GRC - Governança, Risco e Conformidade | Três Linhas de Defesa
Gestão Eficaz da GRC - Governança, Risco e Conformidade | Três Linhas de DefesaGestão Eficaz da GRC - Governança, Risco e Conformidade | Três Linhas de Defesa
Gestão Eficaz da GRC - Governança, Risco e Conformidade | Três Linhas de DefesaCompanyWeb
 
ISO 19600 - Programa de Compliance
ISO 19600 - Programa de ComplianceISO 19600 - Programa de Compliance
ISO 19600 - Programa de ComplianceCompanyWeb
 
EAD - FAP Formação Analista de Processos
EAD - FAP Formação Analista de ProcessosEAD - FAP Formação Analista de Processos
EAD - FAP Formação Analista de ProcessosCompanyWeb
 
Curso FAP – Analista de Processos de Negócios
Curso FAP – Analista de Processos de NegóciosCurso FAP – Analista de Processos de Negócios
Curso FAP – Analista de Processos de NegóciosCompanyWeb
 
Software riskM - Tutorial
Software riskM - TutorialSoftware riskM - Tutorial
Software riskM - TutorialCompanyWeb
 
Software riskM | Gestão Eficaz da GRC – Governança, Risco e Conformidade
Software riskM | Gestão Eficaz da GRC – Governança, Risco e ConformidadeSoftware riskM | Gestão Eficaz da GRC – Governança, Risco e Conformidade
Software riskM | Gestão Eficaz da GRC – Governança, Risco e ConformidadeCompanyWeb
 
Compliance em Fundações
Compliance em FundaçõesCompliance em Fundações
Compliance em FundaçõesCompanyWeb
 
Matriz de Risco Corporativo | em 3 passos
Matriz de Risco Corporativo | em 3 passosMatriz de Risco Corporativo | em 3 passos
Matriz de Risco Corporativo | em 3 passosCompanyWeb
 
Liderando Mudança
Liderando MudançaLiderando Mudança
Liderando MudançaCompanyWeb
 
Infográfico - Programa de Compliance & Integridade – 6 passos para implantação
Infográfico - Programa de Compliance & Integridade  – 6 passos para implantaçãoInfográfico - Programa de Compliance & Integridade  – 6 passos para implantação
Infográfico - Programa de Compliance & Integridade – 6 passos para implantaçãoCompanyWeb
 

Mais de CompanyWeb (20)

Jornada do Risco - 1/2 parte
Jornada do Risco - 1/2 parteJornada do Risco - 1/2 parte
Jornada do Risco - 1/2 parte
 
Infográfico do Roadmap do PMO
Infográfico do Roadmap do PMOInfográfico do Roadmap do PMO
Infográfico do Roadmap do PMO
 
Roadmap do PMO
Roadmap do PMORoadmap do PMO
Roadmap do PMO
 
Fluxo dos projetos dentro do Escritório de Projeto (PMO)
Fluxo dos projetos dentro do Escritório de Projeto (PMO)Fluxo dos projetos dentro do Escritório de Projeto (PMO)
Fluxo dos projetos dentro do Escritório de Projeto (PMO)
 
Mentoria em Compliance, BPM e Gestão de Riscos e Controles Internos
Mentoria em Compliance, BPM e Gestão de Riscos e Controles InternosMentoria em Compliance, BPM e Gestão de Riscos e Controles Internos
Mentoria em Compliance, BPM e Gestão de Riscos e Controles Internos
 
LGPD - Projeto de compliance em 4 fases
LGPD - Projeto de compliance em 4 fasesLGPD - Projeto de compliance em 4 fases
LGPD - Projeto de compliance em 4 fases
 
LGPD
LGPDLGPD
LGPD
 
Apresentação Executiva da CompanyWeb
Apresentação Executiva da CompanyWebApresentação Executiva da CompanyWeb
Apresentação Executiva da CompanyWeb
 
ITIL 4
ITIL 4ITIL 4
ITIL 4
 
Privacy Manager - Para atender compliance LGPD
Privacy Manager - Para atender compliance LGPDPrivacy Manager - Para atender compliance LGPD
Privacy Manager - Para atender compliance LGPD
 
Gestão Eficaz da GRC - Governança, Risco e Conformidade | Três Linhas de Defesa
Gestão Eficaz da GRC - Governança, Risco e Conformidade | Três Linhas de DefesaGestão Eficaz da GRC - Governança, Risco e Conformidade | Três Linhas de Defesa
Gestão Eficaz da GRC - Governança, Risco e Conformidade | Três Linhas de Defesa
 
ISO 19600 - Programa de Compliance
ISO 19600 - Programa de ComplianceISO 19600 - Programa de Compliance
ISO 19600 - Programa de Compliance
 
EAD - FAP Formação Analista de Processos
EAD - FAP Formação Analista de ProcessosEAD - FAP Formação Analista de Processos
EAD - FAP Formação Analista de Processos
 
Curso FAP – Analista de Processos de Negócios
Curso FAP – Analista de Processos de NegóciosCurso FAP – Analista de Processos de Negócios
Curso FAP – Analista de Processos de Negócios
 
Software riskM - Tutorial
Software riskM - TutorialSoftware riskM - Tutorial
Software riskM - Tutorial
 
Software riskM | Gestão Eficaz da GRC – Governança, Risco e Conformidade
Software riskM | Gestão Eficaz da GRC – Governança, Risco e ConformidadeSoftware riskM | Gestão Eficaz da GRC – Governança, Risco e Conformidade
Software riskM | Gestão Eficaz da GRC – Governança, Risco e Conformidade
 
Compliance em Fundações
Compliance em FundaçõesCompliance em Fundações
Compliance em Fundações
 
Matriz de Risco Corporativo | em 3 passos
Matriz de Risco Corporativo | em 3 passosMatriz de Risco Corporativo | em 3 passos
Matriz de Risco Corporativo | em 3 passos
 
Liderando Mudança
Liderando MudançaLiderando Mudança
Liderando Mudança
 
Infográfico - Programa de Compliance & Integridade – 6 passos para implantação
Infográfico - Programa de Compliance & Integridade  – 6 passos para implantaçãoInfográfico - Programa de Compliance & Integridade  – 6 passos para implantação
Infográfico - Programa de Compliance & Integridade – 6 passos para implantação
 

Shackleton e a sobrevivência épica na Antártida

  • 1. Liderança | Shackleton CompanyWeb www.companyweb.com.br
  • 2. Luta pela vida na Antártica "Do ponto de vista sentimental, esta é a última grande jornada polar que pode ser feita." Sir Ernest ShackletonEra o ano de 1914 e os pólos da Terra já haviam sido conquistados. Sobrevivente de duas tentativas sem sucesso de chegar ao ponto central da Antártida, ele participara da expedição de Scott em 1901-1904 e chefiara a sua própria no biênio 1908-1909, chegando a apenas 150 km do Pólo Sul. Aos poucos iam se esgotando os grandes desafios exploratórios do homem e, quando despejavam-se sobre a Europa as pesadas nuvens da I Guerra Mundial, a Expedição Imperial Transantártida, liderada por Sir Ernest Shackleton e com autorização do próprio Churchill, partiu da Inglaterra rumo ao extremo sul para tentar a primeira travessia à pé do continente branco. A bordo do navio polar Endurance, além dos 28 membros da expedição, seguiam também cães destinados à tração de trenós e uma grande quantidade de equipamentos a serem usados na travessia. Entretanto, uma vez mais Sir Shackleton ficou longe do seu objetivo. Saga pela vidaEm pleno Mar de Wedell e a apenas um dia de navegação do continente Antártico, "como uma amêndoa num chocolate" o Endurance ficou preso no gelo solidificado. Sem muito mais a fazer além de aguardar a reabertura do mar no final da estação, os membros da expedição prepararam-se para invernar, primeiro instalando os cães em pequenos iglus fora do navio e depois ocupando-se com atividades de leitura, pesquisas, jogos e longas caminhadas sobre o gelo. Entretanto, no início da primavera o casco do navio não resistiu à pressão dos imensos blocos de gelo que iniciava a romper-se e o sonho de conquistar a Antártida submergiu esmagado junto com o Endurance, iniciando aí uma das maiores sagas em busca da vida já registradas pela história da navegação. Os marinheiros transferiram-se para uma enorme banquisa de gelo sobre a qual derivaram por quase seis meses até que, quando ela começou a derreter, lançaram-se ao furioso Atlântico Sul em três pequenos botes recuperados do naufrágio. Numa desesperada busca por terra firme e com enormes sacrifícios, terminaram finalmente por aportar nas Ilhas Elephant e depois Geórgias do Sul. E dois anos após a partida, o retorno incólume à Inglaterra de todos os 28 membros da expedição foi o que gravou na história o nome de Shackleton, cuja aventura foi em 1951 reconstruída por Alfred Lansing a partir de documentos e testemunhos colhidos dos sobreviventes e publicada no livro "A Incrível Viagem de Shackleton" que ora indico.
  • 3. Shackleton já foi chamado de "o maior líder que jamais surgiu nesta terra de Deus". Este livro revela com riqueza de detalhes a grandeza do homem que conseguiu transformar sua malsucedida expedição à Antártida numa história de resistência heróica. Ao conduzir todos os seus tripulantes em segurança para casa, depois de quase dois anos isolados no gelo, Shackleton se tornou um exemplo de liderança. De 1914 a 1916, Ernest Shackleton e sua tripulação sobreviveram ao naufrágio de seu navio, o Endurance, esmagado pelo gelo da Antártida, distantes quase dois mil quilômetros da civilização, sem meios de comunicação ou esperança de socorro. As temperaturas eram tão baixas que os homens chegavam a ouvir a água congelar. Tiveram de comer pingüins, cães e focas. Quando a situação se agravou, Shackleton partiu para buscar ajuda em sua heróica viagem de oitocentas milhas através do gelado Atlântico Sul - em um mero barco a remo. O mais incrível é que todos os membros da tripulação sobreviveram, não só em boas condições físicas como em bom estado emocional. Tudo graças à capacidade de liderança de Shackleton. Shackleton - Uma Lição de Coragem
  • 4. Shackleton - Uma Lição de Coragem Shackleton - Uma Lição de Coragem conta a história deste grande explorador, analisando em detalhes todos os aspectos que o fizeram se destacar como um mestre na arte de liderar. Sua fascinante biografia nos revela que ele foi um homem que soube ensinar a si mesmo a ser excepcional, elevando-se acima de seus pares e conquistando a lealdade de seus homens. Seja contratando uma boa equipe, apoiando e incentivando os colaboradores a darem o melhor de si, administrando crises com recursos e pessoal limitados, criando ordem a partir do caos ou liderando pelo exemplo pessoal de otimismo, igualitarismo, humor, força, inteligência e compaixão, Ernest Shackleton é um modelo que todos podemos seguir.
  • 6. A viagem para o Pólo
  • 7. A viagem para o Pólo
  • 8. A viagem para o Pólo
  • 9. O Endurance preso no gelo (banquisa)
  • 10. O Endurance preso no gelo
  • 12. O Fim do Endurance
  • 14. Depois da banquisa  Ilha Elephant
  • 15. Em busca de resgate -Ilha Elephant  Ilha Geórgia do Sul
  • 16. Atravessia a pé pela Ilha Geórgia do Sul
  • 17. Resgate da Ilha Elefante - 30 de agosto de 1916
  • 18. Exemplo de Liderança Ilha Geórgia do Sul Sir Ernest Shackleton
  • 19. Sugestão ENDURANCE - A LENDARIA EXPEDICAO DE SHACKLETON A ANTARTIDAALEXANDER,CAROLINE CIA DAS LETRASISBN: 8571648808 Obs.: Foco: Na expedição com fotos maravilhosas. SHACKLETON - UMA LIÇAO DE CORAGEMUM MANUAL DE LIDERANÇA INSPIRADO NUMA AVENTURAAutor:  MORRELL, MARGOT Autor:  CAPPARELL, STEPHANIE ISBN  8575420704 Obs.: Foco: Sobre Liderança