Percurso Argumentativo Retorico

4.223 visualizações

Publicada em

Aula da Prof.Dra.Cibele Mara Dugaich - Percurso Argumentativo Retórico

Publicada em: Educação, Tecnologia, Turismo
  • Seja o primeiro a comentar

Percurso Argumentativo Retorico

  1. 1. Percurso Argumentativo Retórico Profa. Dra. Cibele Mara Dugaich [email_address]
  2. 2. Percurso Argumentativo Retórico <ul><li>Retórica </li></ul><ul><li>Arte do bem falar. Não é necessário usar linguagem rebuscada. O orador tem a competência de ajustar o conteúdo do seu texto à audiência. O orador fala a coisa certa para a pessoa certa. É extremamente fluente e consegue manter o interlocutor sempre atento. </li></ul>
  3. 3. Percurso Argumentativo Retórico Retórica Imagética <ul><li>Retórica construída a partir de uma imagem que tem apelo argumentativo. </li></ul><ul><li>É construída por intermédio de imagens reais, fotos, filmes e narrativa descritiva. A narrativa descritiva, quando trabalhada com propriedade, mostra-se até mais eficaz que os demais recursos de construção de imagens, porque o interlocutor vai construindo a imagem mentalmente à medida que tem acesso ao texto seja ele oral ou escrito. Cabe salientar que no caso do texto oral a eficácia pode ser ainda mais acentuada devido aos recursos próprios da língua ora – entoação e gestos. </li></ul>
  4. 4. Percurso Argumentativo Retórico <ul><li>Exemplo : </li></ul><ul><li>Namorado ciumento atira na namorada de 22 anos depois de uma discussão na qual ela afirma que não o amava mais diante de amigos no clube. Como consequência, ela fica paraplégica e tem os órgãos reprodutores severamente prejudicados. </li></ul><ul><li>A defesa alega que ele não queira matá-la, pois se o quisesse teria atirado na cabeça. Por ser um atirador de elite, ele não teria errado o alvo. </li></ul><ul><li>A promotoria alega que ele, na realidade, queria deixá-la sofrer pelo resto da vida, destruindo suas possibilidades de vida. </li></ul><ul><li>Na réplica – última fala da promotoria - o promotor pede à vítima, que está presa a uma cadeira de rodas, para entrar na sala. Essa imagem (retórica imagética) marca os jurados, pois eles imaginam como será a vida dela até a sua morte. </li></ul>
  5. 5. Percurso Argumentativo Retórico <ul><li>Fusão de Imagens </li></ul><ul><li>Usa-se outras imagens como recurso para formar uma nova imagem que é conveniente aos propósitos do sujeito. </li></ul><ul><li>A publicidade serve-se desse recurso nas imagens que constrói. </li></ul>
  6. 6. Percurso Argumentativo Retórico <ul><li>Exemplo : Crime do namorado que atirou na namorada por ciúmes,deixando-a paraplégica. </li></ul><ul><li>A defesa pega-se a depoimentos que evidenciam que ele sempre foi bom aluno, bem educado, religioso, querido pelos colegas para tentar convencer os jurados de que o que aconteceu foi uma fatalidade e não o resultado de uma mente criminosa. </li></ul>
  7. 7. Percurso Argumentativo Retórico <ul><li>Re-direcionamento argumentativo ou </li></ul><ul><li>Mudança o foco argumentativo </li></ul><ul><li>Exemplo: Crime do namorado que atirou na namorada por ciúmes,deixando-a paraplégica. </li></ul><ul><li> A defesa alega que a vítima provou a situação que gerou o homicídio, dizendo diante de todos que o amava mais, humilhando-o. </li></ul>
  8. 8. Expressões de Efeito Retórico de Evidência <ul><ul><ul><ul><ul><li>São expressões que impressionam por criarem efeito de evidência, porém não trazem evidência de fato. Ex: Muitos ( quantos ?) assinaram o manifesto. Não sabemos se ” muitos ” representa a maioria. Poucos ( quantos ?) apoiaram o movimento . Não há evidências de que ” poucos ” representa a minoria </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  9. 9. Percurso Argumentativo Retórico Escolha da Pessoa - EU <ul><li>Desvantagens : </li></ul><ul><li> instaura sentidos de subjetividade , o que compromete a adesão à proposta que o sujeito apresenta ao interlocutor. </li></ul><ul><li>Exemplo : Acredito que meu cliente não causou o acidente ( posição subjetiva do sujeito, menos autoritária porque modalizou pelo uso do verbo acreditar) </li></ul><ul><li>Só pode ser usado quando significar autoridade e não autoritário . Ele exclui o interlocutor </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>Autoridade: Esse menino sempre foi bom aluno, eu , como seu professor, já o avaliei. </li></ul><ul><li>Autoritário: Ele é inocente. (promotor/jurado fala: então leva para sua casa). </li></ul>
  10. 10. Percurso Argumentativo Retórico Escolha da Pessoa - EU <ul><li>Desvantagens: </li></ul><ul><li>Exemplo : Tenho certeza de que ele não cometeu o crime porque uma pessoa de bem ( posição subjetiva e autoritária, não há modalização no uso da expressão ter certeza ) </li></ul>
  11. 11. Percurso Argumentativo Retórico Escolha da Pessoa - EU <ul><li>Vantagem </li></ul><ul><li> quando o sujeito é reconhecidamente uma autoridade no assunto, o uso da 1ª pessoa do singular ( EU ) confere legitimidade ao argumento e conquista adesão. </li></ul>
  12. 12. Percurso Argumentativo Retórico Escolha da Pessoa - EU <ul><li>Exemplo: </li></ul><ul><li>Eu declaro que a reunião está encerrada. </li></ul><ul><li>( o sujeito tem legitimidade para fazer uso de um ato perlocucionário – ou seja um ato cujo verbo defini uma enunciação ) . </li></ul>
  13. 13. Percurso Argumentativo Retórico Escolha da Pessoa – NÓS <ul><li>Majestático </li></ul><ul><li> amplifica o poder de enunciação do sujeito porque ele enuncia em nome de um grupo (empresa, instituição, especialistas, categoria). </li></ul><ul><li> embora exclua o interlocutor, o submete à força discursiva do grupo do qual o sujeito parece ser seu porta-voz e resignifica a autoridade do argumento. </li></ul>
  14. 14. Percurso Argumentativo Retórico Escolha da Pessoa – NÓS <ul><li>Exemplo : </li></ul><ul><li>Nós (professores e coordenadores) resolvemos que a prova de vocês será no dia 10. </li></ul><ul><li>Inclusão : quando inclui o interlocutor. Envolver. </li></ul><ul><li>Ex: Vamos (professor e alunos) terminar a aula logo? </li></ul>
  15. 15. Percurso Argumentativo Retórico Escolha da Pessoa – Impessoal <ul><li>Altamente persuasiva por instaurar OBJETIVIDADE . </li></ul><ul><li>Dá efeito de que todos concordam com o argumento. </li></ul><ul><li>Esse efeito inibe o interlocutor de qualquer discordância, pois o faz pensar-se único ao discordar. </li></ul><ul><li>Ex: Acredita-se que seja justo aderir ao manifesto. </li></ul><ul><li>( quem acredita ?) </li></ul>

×