Pesquisa escolar

347 visualizações

Publicada em

DICAS PARA UMA PESQUISA ESCOLAR PERFEITA

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa escolar

  1. 1. Entendendo como tudo funciona…
  2. 2. TESES, DISSERTAÇÕES PERIÓDICOS
  3. 3. Marcelo Tas discute o conhecimento passado pelas máquinas e professores na era da informação
  4. 4. Um rico processo de aprendizado
  5. 5. "Uma pesquisa escolar bem elaborada desenvolve inúmeras habilidades, que vão desde aprender a selecionar uma informação por sua qualidade e relevância, passando pela leitura e interpretação de texto e chegando ao mais importante, que é saber se posicionar diante dos fatos e dados, reagindo a eles, tomando decisões e concordando ou não com as diversas opiniões sobre o tema“.
  6. 6. "Não ter claro os conceitos que norteiam uma boa pesquisa faz com que se perca todo o rico processo de aprendizado que ela proporciona. E o que temos visto são alunos de Ensino Médio e mesmo de graduação e até de pós-graduação com uma real dificuldade em produzir pesquisa, porque este conhecimento ficou faltando lá no começo da formação escolar“.,
  7. 7. ORGANIZAÇÃO COLETA DE DADOS PRODUÇÃO
  8. 8. 1. O primeiro passo é entender qual é material que irá complementar o tema proposto, saber o que procurar. 2. Fazer uma lista inicial do que o trabalho pode conter torna mais eficaz e produtiva a busca.
  9. 9. 1. Nesta hora, vale o "copiar e colar", pois trata-se de selecionar o material que servirá para compor o trabalho. 2. Não esquecer de anotar a referência de onde os trechos e as informações foram retirados. 3. Outra questão importante é sempre pesquisar em mais de uma fonte, para poder obter informações mais abrangentes sobre o mesmo assunto e até mesmo opiniões divergentes, para que o aluno perceba os diversos olhares possíveis da questão.
  10. 10. 4. O ideal é buscar informações em sites de institutos, grupos de pesquisa, universidades, revistas, jornais, blogs de pesquisadores ou profissionais especializados no tema, e, claro, nas versões digitalizadas de enciclopédias e livros. 5. Sempre que for viável, incentive seu aluno a ele próprio produzir informações para a pesquisa. "Às vezes, é possível incluir dados retirados da realidade do próprio aluno ou de seu entorno"
  11. 11. 1. Estruturar o trabalho: Uma pesquisa bem organizada tem: Capa, Sumário, Introdução, Desenvolvimento, Conclusã o e Referências. Encaminhe o aluno a deixar conclusão, capa, sumário e referências por último. Pergunte a ele como ele pensa em começar o trabalho, ou seja, como ele irá apresentar o tema (esta é a Introdução) e quais dados, de todos que ele encontrou, ele irá realmente usar e em que ordem (este é o Desenvolvimento). Só depois destas duas partes feitas é que ele deve partir para a Conclusão
  12. 12. 2. Preservar a autoria : Na hora de escrever, é preciso deixar de lado o "copiar e colar". O aluno deverá escolher uma ordem lógica para elencar as informações e produzir as frases que as apresentem para o leitor.
  13. 13. 3. Fazer citações : Se o aluno realmente gostou de uma ideia ou mesmo de uma frase de determinado autor, não há problema algum em incluí-la no trabalho. Basta, para isso, ele fazer uma "citação". Na citação direta, ele copia exatamente a frase, coloca-a entre aspas e indica o nome do autor. Na citação indireta, ele pode fazer uma menção ao que o autor pensa ou defende (por exemplo: "segundo o historiador José Pedro dos Santos, os brinquedos são muito importantes na infância").
  14. 14. 4. Redigir a Conclusão: "A conclusão não é um resumo do trabalho. É o espaço para o aluno dizer, com suas próprias palavras, o que ele aprendeu com aquele trabalho e porque aquele conteúdo é importante para ele", Uma boa forma de ajudar o aluno neste momento, é perguntar diretamente para ele o que ele descobriu fazendo a pesquisa, do que ele mais gostou, como ele acha que irá aplicar este conhecimento em seu dia a dia, e até mesmo que tipo de ideias sobre o tema ele tinha antes de fazer a pesquisa e se estas ideias se confirmaram ou não.
  15. 15. 5. Incluir as Referências: Hora de listar os locais de onde foram retiradas as informações contidas no trabalho. Veja o que deve conter, idealmente, cada uma das referências: - Livros - autor, título, local de edição, editora e o ano. - Jornal - título da reportagem, autor (nome do jornalista, se houver esta identificação), nome do jornal, a data da publicação, número da página. - Vídeo - título, quem participa e indicar que se trata de um vídeo - Internet - título do texto, nome do autor (se houver), link e data de acesso
  16. 16. 6 . Fazer o Sumário: O Sumário traz, de forma ordenada, o que contém o trabalho e em quais páginas se encontra cada conteúdo. Por exemplo: Introdução - página 3. "Sumário é diferente de Índice. O Índice é a listagem dos assuntos abordados no trabalho, em ordem alfabética“.
  17. 17. 7. Preparar a Capa: A Capa pode conter ou não uma ilustração, mas é ideal que traga: nome da escola, o titulo do trabalho, nome do aluno, nome do professor, ano e turma

×