Violência Infantil

27.717 visualizações

Publicada em

1 comentário
11 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
27.717
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
85
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
555
Comentários
1
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Violência Infantil

  1. 1. Cidadania<br />Violência Infantil <br />
  2. 2. Mau-trato físico<br /> É o tipo de violência mais evidente e fácil de detectar. <br />Trata-se de lesões provocadas por qualquer motivo, incluindo as reacções a condutas indesejadas pelos pais ou responsáveis pela criança.<br />Podem confundir-se com lesões acidentais, porém o olho treinado de um pediatra ou docente saberá distingui-las.<br />Área de Projecto<br />
  3. 3. Existem diferentes tipos:<br />Escoriações;<br />Hematomas;<br />Luxações;<br />Fracturas;<br />Queimaduras;<br />Feridas por objectos cortantes, desgarros.<br />As lesões podem ser provocadas por impacto, penetração, calor, uso de substâncias causticas, substâncias químicas ou drogas.<br />Área de Projecto<br />
  4. 4. Mau-trato Emocional<br /> É a consequência da hostilidade verbal crónica em forma de borla, desprezo, crítica ou ameaça de abandono e constante bloqueio das iniciativas de interacção infantil. <br />Quem maltrata psiquicamente pode adoptar atitudes tais como de humilhar a criança frente aos outros, privá-la de saídas e de sua integração social, utilizando para isto desde apenas evitar a socialização como até encerrar a criança em casa.<br />Área de Projecto<br />
  5. 5. Pode-se ilustrar este tipo de maltrato dizendo que os filhos podem ser atingidos com:<br />Atitudes;<br />Gestos e palavras;<br />Destroçando a individualidade da criança ou do adolescente de maneira tal, que impeça o seu desenvolvimento psicológico normal.<br />Área de Projecto<br />
  6. 6. Os efeitos do maltrato emocional são :<br />Ao nível do vínculo afectivo entre a criança e o adulto;<br />Baixos níveis de adaptação e funcionamento social;<br />Dificuldade para estabelecer vínculos amistosos;<br />Problemas com os pares e com a comunidade.<br />Área de Projecto<br />
  7. 7. Abuso sexual<br />É uma das formas mais graves de maltrato infantil, consiste na utilização de um menor para satisfação dos desejos sexuais de um adulto, encarregado dos cuidados da criança ou alguém no qual este confie. <br />Qualquer tipo de aproximação sexual inadequada que aconteça entre menores de diferentes etapas evolutivas e/ou o uso de algum tipo de pressão (física ou emocional), também se considera abuso sexual.<br />Área de Projecto<br />
  8. 8. Indicadores do Abuso Sexual<br />Lesões nas zonas genital e/ou anal;<br />Sangramento pela vagina e/ou pelo ânus;<br />Infecções do trato genital;<br /> Gravidez.<br />Qualquer um dos indicadores anteriores junto com hematomas ou escoriações no resto do corpo, como consequência do maltrato físico associado.<br />Área de Projecto<br />
  9. 9. Violências silenciosas<br />Quando se fala de violação dos direitos humanos em Portugal, a regra é referir a violência nas prisões ou nas esquadras, a intolerância ou o racismo. <br />Mas as «infracções» à declaração universal vão muito alem e tocam o mais intimo de cada um de nós em dia internacional dos direitos humanos, porque não falar também de um enorme contingente de crianças a sofrer violências Silenciosas.<br />Área de Projecto<br />
  10. 10. As Crianças têm direito a protecção especial<br />Em tempos de guerra e em tempos de paz, muitas crianças vivem em circunstâncias particularmente difíceis.<br /> Forçadas a combater ou a trabalhar, vítimas de abuso e negligência, sexualmente exploradas afectadas pelos efeitos devastadores da sida, estas crianças têm o direito a protecção especial. <br />São tantos os casos de infância perdida!<br />Área de Projecto<br />
  11. 11. Área de Projecto<br />

×