SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 31
AS PRIMEIRAS
SOCIEDADES PRODUTORAS
Prof. Carla Freitas
DESCOBERTA DA AGRICULTURA
 Há cerca de 10 mil anos o clima tornou-se mais
ameno, o que originou o aparecimento de novas
plantas e animais.
 DESCOBERTA DA AGRICULTURA – o Homem
percebeu que se lançasse as sementes à terra e
cuidasse delas podia produzir o seu próprio
alimento. Assim foi descoberta a agricultura.
A PRIMEIRA ZONA
ONDE SE PRATICOU AGRICULTURA
CRESCENTE
FÉRTIL
8º MILÉNIO
•Rios
•Plantas
selvagens
•Animais
ZONAS DE PRÁTICA DA ATIVIDADE
AGRÍCOLA
A DOMESTICAÇÃO DE ANIMAIS
 O Homem começou também a cuidar
de pequenas crias de animais,
colocando-as a viver junto de si, em
cercas e currais.
 Os primeiros animais domesticados
foram:
 cão,
 carneiro,
 cabra,
 porco
 boi.
 Os animais davam ao Homem:
 Carne,
 leite,
 peles,
 lã,
 ajuda nos trabalhos domésticos.
ECONOMIA DE PRODUÇÃO
 A descoberta da agricultura e a domesticação de animais
fizeram com que os homens passassem a produzir os seus
próprios alimentos e praticassem uma economia de
produção.
SEDENTARIZAÇÃO
A descoberta da agricultura e a pastorícia
obrigaram os homens a tornarem-se
sedentários, pois tinham de vigiar as
colheitas e tratar do gado.
 Isto levou à construção das primeiras
casas feitas de pedra, tijolo, madeira e argila
e cobertas de colmo
Assim surgiram as primeiras aldeias
DEFESA
 Começaram a ter de proteger as suas casas, animais
e campos de outras tribos rivais
PROGRESSOS TÉCNICOS
MOAGEM
 Permitiu moer os cereais de forma a ser mais fácil digeri-los
CESTARIA
 Permitiu fazer barcos e recipientes para guardar alimentos
CERÂMICA
 Permitiu fazer recipientes para guardar alimentos e liquidos
TECELAGEM
 Permitiu fazer tecidos para vestuário (lã, linho) e aquecimento
RODA
 Permitiu fazer veículos de rodas, rodas de oleiro, mós
PEDRA POLIDA
 Permitiu o fabrico de instrumentos mais resistentes para a
agricultura
Neolítico
NEOLíTICO - nova idade da pedra, período da pedra
polida que vai de 10 mil anos a. C. até ao aparecimento
das primeiras civilizações no 4º milénio a. C.
Nova técnica de fabrico de instrumentos: Depois
de lascada, de forma mais perfeita, a pedra passou a ser
polida.
DIFERENCIAÇÃO SOCIAL
 Profissões
 No Neolítico surgem também as primeiras profissões: agricultores,
artesãos, pastores caçadores, guerreiros e sacerdotes.
 Riqueza e prestígio
 Diferentes profissões conduziram às diferenças sociais, pois havia
algumas com mais prestígio (sacerdotes e guerreiros) e outras
com mais riqueza (sacerdotes e guerreiros).
 Também se adquire a noção de posse (os homens possuem
instrumentos de trabalho, terra, água, gado, etc.).
 Por sexos
 Os homens dedicam-se à pastorícia e aos trabalhos agrícolas mais
pesados.
 As mulheres ocupam-se na agricultura nos trabalhos mais leves, na
cerâmica e na cestaria.
CULTOS AGRÁRIOS
 A sobrevivência dos Homens
dependia da agricultura e este facto
levou-os a prestar culto à
Natureza.
 Associavam a fertilidade da terra à
da mulher e construíam pequenas
estatuetas femininas conhecidas
por deusas-mãe.
 Os cultos à Natureza (à terra, ao
sol, à lua…), são conhecidos por
cultos agrários e eram praticados
em santuários como os que vais
ver de seguida
Deusa-mãe neolítica
MONUMENTOS MEGALÍTICOS
As principais formas de arte do Neolítico foram as grandes
construções feitas de pedra, conhecidas por monumentos
megalíticos.
São formados por grandes blocos de pedra
e dividem-se em 4 tipos:
MENIRES
Menir da Meada, o maior
da Península Ibérica
Grandes pedras colocadas verticalmente
no solo, possivelmente locais de culto
Reguengos de MonsarazChamp-Dolent,
na Bretanha
ALINHAMENTOS
Conjunto de menires dispostos em
fila. Pensa-se que seriam locais de
culto ou santuários.
Alinhamento de Karnack,
em França
CROMELEQUES
Conjuntos de menires dispostos
em círculo. Pensa-se que seriam
locais de culto ou santuários
Cromeleque de Stonehenge –
Sul da Inglaterra
Cromeleque dos Almendres - Évora
ANTAS ou DÓLMENS
Serra da Aboboreira
Monumentos funerários para os elementos mais
importantes da tribo
São formadas por várias pedras erguidas
verticalmente e cobertas por grandes lages.
Podem ou não ter corredor.
 No interior situa-se a câmara onde se
sepultavam os mortos com as suas armas,
adornos e utensílios.
Eram cobertas por terra, formando as mamoas,
pequenas elevações artificiais.
Anta da Melriça,
Castelo de Vide
Anta da Zambujeira –
Évora.
Anta da Barrosa – Vila Praia de Ancora
Menir Cromeleque Alinhamento
Deusa-Mãe ou
Mãe Natureza
Como houve uma grande
transformação, diz-se que houve uma:
REVOLUÇÃO NEOLÍTICA
 O homem passa de recolector a produtor,
 Surgem novas técnicas
 Deixa de ser nómada e passa a ser sedentário,
 Surgem novas formas de diferenciação social
 Novos tipos de arte (megalitismo)
 Novos cultos (agrários)
SÍNTESE
Vivo no Neolítico,
Adoro a terra e os animais
Presto então culto,
Aos fenómenos ________
Construo menires,
Antas ou dólmens,
São feitos de pedra
E de dimensões ________
Para os construir
É preciso conhecimento
Técnicas apuradas
E grande _____________
NATURAIS
ENORMES
INVESTIMENTO
 Neolítico - Período que vai de 10 000 a. C. a 3 500 a.C. e que
corresponde ao aparecimento da agricultura e de uma nóva
técnica de fabrico de instrumentos, a pedra polida.
 Economia produtora – Economia em que o Homem já produz
os seus próprios alimentos através da agricultura e da
pastorícia.
 Sedentarismo– Modo de vida em que as comunidades se
fixam num local e aí permanecem.
 Revolução – Mudanças relativamente rápidas que provocam
uma mudança na sociedade, economia, política ou cultura.
 Revolução Neolítica– Revolução ocorrida no neolítico que
implicou transformações profundas ao nível da economia,
sociedade, religião e arte.
 Cultos agrários – Culto à natureza da qual dependem as
colheitas e a fertilidade dos animais, pode ser culto à deusa-
mãe, ao sol, à lua, etc.
 Megalitismo – Técnica de construção com grandes pedras
erguidas grosseiramente talhadas.
Conceitos a reter
Metas – O que deves saber desta matéria
1. Localizar no tempo o Neolítico.
2. Localizar no espaço as primeiras comunidades
neolíticas.
3. Caracterizar a economia do neolítico.
4. Caracterizar o modo de vida e relacioná-lo com a
economia do neolítico.
5. Justificar o aparecimento de aldeias e de povoamentos
fortificados
6. Descrever as novas técnicas artesanais e suas funções
no modo de vida do neolítico.
7. Caracterizar a divisão do trabalho nestas comunidades.
8. Caracterizar as práticas religiosas durante o neolítico,
9. Caracterizar o megalitismo, distinguindo construções e
suas funções.
10.Definir: neolítico, economia produtora, sedentarismo,
cultos agrários, revolução neolítica e megalitismo
E AGORA?....
Vamos lá a ver do que te lembras...
Tens uma ficha para preencher sobre esta
matéria
Bom Trabalho!!
AHHHHHH! É individual...
CERTO?!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Antigo Egipto
O Antigo EgiptoO Antigo Egipto
O Antigo Egiptocattonia
 
05 primeiras civilizações
05   primeiras civilizações05   primeiras civilizações
05 primeiras civilizaçõesCarla Freitas
 
Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicasCatir
 
Resumo neolítico
Resumo neolíticoResumo neolítico
Resumo neolíticoMaria Gomes
 
O Neolítico
O NeolíticoO Neolítico
O Neolíticocattonia
 
Física e Química 7º Ano - Resumo
Física e Química 7º Ano - ResumoFísica e Química 7º Ano - Resumo
Física e Química 7º Ano - Resumoricardodavidtt
 
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA EditoraDas sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA EditoraEscoladocs
 
Paleolítico
PaleolíticoPaleolítico
Paleolíticocattonia
 
Comunidades recolectoras e agro pastoris
Comunidades recolectoras e agro pastorisComunidades recolectoras e agro pastoris
Comunidades recolectoras e agro pastoriscruchinho
 
Civilizações grandes rios
Civilizações grandes riosCivilizações grandes rios
Civilizações grandes riosPatrícia Morais
 

Mais procurados (20)

O Antigo Egipto
O Antigo EgiptoO Antigo Egipto
O Antigo Egipto
 
2º As comunidades agro-pastoris
2º As comunidades agro-pastoris2º As comunidades agro-pastoris
2º As comunidades agro-pastoris
 
05 primeiras civilizações
05   primeiras civilizações05   primeiras civilizações
05 primeiras civilizações
 
Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
 
Resumo neolítico
Resumo neolíticoResumo neolítico
Resumo neolítico
 
Hominização
HominizaçãoHominização
Hominização
 
Civilização Grega
Civilização GregaCivilização Grega
Civilização Grega
 
O antigo egípcio 7 ano História
O antigo egípcio 7 ano HistóriaO antigo egípcio 7 ano História
O antigo egípcio 7 ano História
 
O Neolítico
O NeolíticoO Neolítico
O Neolítico
 
Solo
SoloSolo
Solo
 
Grécia antiga
Grécia antigaGrécia antiga
Grécia antiga
 
Física e Química 7º Ano - Resumo
Física e Química 7º Ano - ResumoFísica e Química 7º Ano - Resumo
Física e Química 7º Ano - Resumo
 
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA EditoraDas sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
Das sociedades recoletoras às primeiras comunidades ASA Editora
 
Solo
SoloSolo
Solo
 
Paleolítico
PaleolíticoPaleolítico
Paleolítico
 
O paleolitico
O paleoliticoO paleolitico
O paleolitico
 
Periodo Neolitico
Periodo NeoliticoPeriodo Neolitico
Periodo Neolitico
 
Comunidades recolectoras e agro pastoris
Comunidades recolectoras e agro pastorisComunidades recolectoras e agro pastoris
Comunidades recolectoras e agro pastoris
 
A grécia
A gréciaA grécia
A grécia
 
Civilizações grandes rios
Civilizações grandes riosCivilizações grandes rios
Civilizações grandes rios
 

Destaque

Destaque (7)

PaleolíTico E NeolíTico
PaleolíTico E NeolíTicoPaleolíTico E NeolíTico
PaleolíTico E NeolíTico
 
NeolíTico
NeolíTicoNeolíTico
NeolíTico
 
O neolítico
O neolíticoO neolítico
O neolítico
 
O Neolítico
O NeolíticoO Neolítico
O Neolítico
 
A vida do homem no neolítico
A vida do homem no neolíticoA vida do homem no neolítico
A vida do homem no neolítico
 
Neolítico
NeolíticoNeolítico
Neolítico
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
 

Semelhante a Primeiras sociedades agrícolas e progressos técnicos no Neolítico

História 7º Ano
História 7º AnoHistória 7º Ano
História 7º AnoAcademiaAS
 
Pré história Professora Maida Marciano
Pré história Professora Maida MarcianoPré história Professora Maida Marciano
Pré história Professora Maida MarcianoMaida Marciano
 
Períodos pré-históricos
Períodos pré-históricosPeríodos pré-históricos
Períodos pré-históricosJunior Silva
 
Revolucao neolitica
Revolucao neoliticaRevolucao neolitica
Revolucao neoliticaDiabzie
 
As grande civilizaes_antigas - cópia
As grande civilizaes_antigas - cópiaAs grande civilizaes_antigas - cópia
As grande civilizaes_antigas - cópiaElaine Santos
 
As Primeiras Comunidades Recoletoras
As Primeiras Comunidades RecoletorasAs Primeiras Comunidades Recoletoras
As Primeiras Comunidades RecoletorasAlexandra12silva
 
O património genetico dos portugueses
O património genetico dos portuguesesO património genetico dos portugueses
O património genetico dos portuguesesRicardo_Roque
 
Processo de hominização
Processo de hominizaçãoProcesso de hominização
Processo de hominizaçãoCarlos Silva
 
Pré história- Os primeros povoadores da terra
Pré história- Os primeros povoadores da terraPré história- Os primeros povoadores da terra
Pré história- Os primeros povoadores da terraGeronimo barbosa Costa
 
Paleolítico e neolítico
Paleolítico e neolíticoPaleolítico e neolítico
Paleolítico e neolíticoRenata Telha
 
Introdução - Pré-História - aula 01.pptx
Introdução - Pré-História - aula 01.pptxIntrodução - Pré-História - aula 01.pptx
Introdução - Pré-História - aula 01.pptxProfWellingtonAleixo
 

Semelhante a Primeiras sociedades agrícolas e progressos técnicos no Neolítico (20)

Neolítico
NeolíticoNeolítico
Neolítico
 
História 7º Ano
História 7º AnoHistória 7º Ano
História 7º Ano
 
Pré história Professora Maida Marciano
Pré história Professora Maida MarcianoPré história Professora Maida Marciano
Pré história Professora Maida Marciano
 
Períodos pré-históricos
Períodos pré-históricosPeríodos pré-históricos
Períodos pré-históricos
 
Revolucao neolitica
Revolucao neoliticaRevolucao neolitica
Revolucao neolitica
 
Pré histó..
Pré histó..Pré histó..
Pré histó..
 
As grande civilizaes_antigas - cópia
As grande civilizaes_antigas - cópiaAs grande civilizaes_antigas - cópia
As grande civilizaes_antigas - cópia
 
Neolítico e paleolítico
Neolítico e paleolíticoNeolítico e paleolítico
Neolítico e paleolítico
 
Sociedades Produtoras
Sociedades ProdutorasSociedades Produtoras
Sociedades Produtoras
 
As Primeiras Comunidades Recoletoras
As Primeiras Comunidades RecoletorasAs Primeiras Comunidades Recoletoras
As Primeiras Comunidades Recoletoras
 
H.S.T
H.S.TH.S.T
H.S.T
 
O património genetico dos portugueses
O património genetico dos portuguesesO património genetico dos portugueses
O património genetico dos portugueses
 
Pré-história
Pré-história Pré-história
Pré-história
 
Processo de hominização
Processo de hominizaçãoProcesso de hominização
Processo de hominização
 
Pré.história 03
Pré.história 03Pré.história 03
Pré.história 03
 
Artes
ArtesArtes
Artes
 
Pré história- Os primeros povoadores da terra
Pré história- Os primeros povoadores da terraPré história- Os primeros povoadores da terra
Pré história- Os primeros povoadores da terra
 
Paleolítico e neolítico
Paleolítico e neolíticoPaleolítico e neolítico
Paleolítico e neolítico
 
Introdução - Pré-História - aula 01.pptx
Introdução - Pré-História - aula 01.pptxIntrodução - Pré-História - aula 01.pptx
Introdução - Pré-História - aula 01.pptx
 
Trabalho de artes
Trabalho de artesTrabalho de artes
Trabalho de artes
 

Mais de Carla Freitas

Mais de Carla Freitas (20)

11 ha m6 u1
11 ha m6 u111 ha m6 u1
11 ha m6 u1
 
11 Ha M5 u3
11 Ha M5 u311 Ha M5 u3
11 Ha M5 u3
 
11 Ha M5 u5 1
11 Ha M5 u5 111 Ha M5 u5 1
11 Ha M5 u5 1
 
Módulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - RomantismoMódulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - Romantismo
 
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIXMódulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
 
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismoMódulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
 
Módulo 8 - Naturalismo e Realismo
Módulo 8 - Naturalismo e RealismoMódulo 8 - Naturalismo e Realismo
Módulo 8 - Naturalismo e Realismo
 
11 ha m5 u4
11 ha m5 u411 ha m5 u4
11 ha m5 u4
 
11 ha m5 u2
11 ha m5 u211 ha m5 u2
11 ha m5 u2
 
11 ha m4 u3 3
11 ha m4 u3 311 ha m4 u3 3
11 ha m4 u3 3
 
11 ha m5 u1
11 ha m5 u111 ha m5 u1
11 ha m5 u1
 
11 ha m4 u4 3
11 ha m4 u4 311 ha m4 u4 3
11 ha m4 u4 3
 
11 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 211 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 2
 
11 ha m4 u4 1
11 ha m4 u4 111 ha m4 u4 1
11 ha m4 u4 1
 
11 ha m4 u3 2
11 ha m4 u3 211 ha m4 u3 2
11 ha m4 u3 2
 
11 ha m4 u3 1
11 ha m4 u3 111 ha m4 u3 1
11 ha m4 u3 1
 
11 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 211 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 2
 
11 ha m4 u2 1
11 ha m4 u2 111 ha m4 u2 1
11 ha m4 u2 1
 
11 ha m4 u1
11 ha m4 u111 ha m4 u1
11 ha m4 u1
 
11 ha m4 u2 3
11 ha m4 u2 311 ha m4 u2 3
11 ha m4 u2 3
 

Último

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalSilvana Silva
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 

Último (20)

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 

Primeiras sociedades agrícolas e progressos técnicos no Neolítico

  • 2. DESCOBERTA DA AGRICULTURA  Há cerca de 10 mil anos o clima tornou-se mais ameno, o que originou o aparecimento de novas plantas e animais.  DESCOBERTA DA AGRICULTURA – o Homem percebeu que se lançasse as sementes à terra e cuidasse delas podia produzir o seu próprio alimento. Assim foi descoberta a agricultura.
  • 3. A PRIMEIRA ZONA ONDE SE PRATICOU AGRICULTURA CRESCENTE FÉRTIL 8º MILÉNIO •Rios •Plantas selvagens •Animais
  • 4. ZONAS DE PRÁTICA DA ATIVIDADE AGRÍCOLA
  • 5. A DOMESTICAÇÃO DE ANIMAIS  O Homem começou também a cuidar de pequenas crias de animais, colocando-as a viver junto de si, em cercas e currais.  Os primeiros animais domesticados foram:  cão,  carneiro,  cabra,  porco  boi.  Os animais davam ao Homem:  Carne,  leite,  peles,  lã,  ajuda nos trabalhos domésticos.
  • 6. ECONOMIA DE PRODUÇÃO  A descoberta da agricultura e a domesticação de animais fizeram com que os homens passassem a produzir os seus próprios alimentos e praticassem uma economia de produção.
  • 7. SEDENTARIZAÇÃO A descoberta da agricultura e a pastorícia obrigaram os homens a tornarem-se sedentários, pois tinham de vigiar as colheitas e tratar do gado.  Isto levou à construção das primeiras casas feitas de pedra, tijolo, madeira e argila e cobertas de colmo Assim surgiram as primeiras aldeias
  • 8. DEFESA  Começaram a ter de proteger as suas casas, animais e campos de outras tribos rivais
  • 10. MOAGEM  Permitiu moer os cereais de forma a ser mais fácil digeri-los
  • 11. CESTARIA  Permitiu fazer barcos e recipientes para guardar alimentos
  • 12. CERÂMICA  Permitiu fazer recipientes para guardar alimentos e liquidos
  • 13. TECELAGEM  Permitiu fazer tecidos para vestuário (lã, linho) e aquecimento
  • 14. RODA  Permitiu fazer veículos de rodas, rodas de oleiro, mós
  • 15. PEDRA POLIDA  Permitiu o fabrico de instrumentos mais resistentes para a agricultura
  • 16. Neolítico NEOLíTICO - nova idade da pedra, período da pedra polida que vai de 10 mil anos a. C. até ao aparecimento das primeiras civilizações no 4º milénio a. C. Nova técnica de fabrico de instrumentos: Depois de lascada, de forma mais perfeita, a pedra passou a ser polida.
  • 17.
  • 18. DIFERENCIAÇÃO SOCIAL  Profissões  No Neolítico surgem também as primeiras profissões: agricultores, artesãos, pastores caçadores, guerreiros e sacerdotes.  Riqueza e prestígio  Diferentes profissões conduziram às diferenças sociais, pois havia algumas com mais prestígio (sacerdotes e guerreiros) e outras com mais riqueza (sacerdotes e guerreiros).  Também se adquire a noção de posse (os homens possuem instrumentos de trabalho, terra, água, gado, etc.).  Por sexos  Os homens dedicam-se à pastorícia e aos trabalhos agrícolas mais pesados.  As mulheres ocupam-se na agricultura nos trabalhos mais leves, na cerâmica e na cestaria.
  • 19. CULTOS AGRÁRIOS  A sobrevivência dos Homens dependia da agricultura e este facto levou-os a prestar culto à Natureza.  Associavam a fertilidade da terra à da mulher e construíam pequenas estatuetas femininas conhecidas por deusas-mãe.  Os cultos à Natureza (à terra, ao sol, à lua…), são conhecidos por cultos agrários e eram praticados em santuários como os que vais ver de seguida Deusa-mãe neolítica
  • 20. MONUMENTOS MEGALÍTICOS As principais formas de arte do Neolítico foram as grandes construções feitas de pedra, conhecidas por monumentos megalíticos. São formados por grandes blocos de pedra e dividem-se em 4 tipos:
  • 21. MENIRES Menir da Meada, o maior da Península Ibérica Grandes pedras colocadas verticalmente no solo, possivelmente locais de culto Reguengos de MonsarazChamp-Dolent, na Bretanha
  • 22. ALINHAMENTOS Conjunto de menires dispostos em fila. Pensa-se que seriam locais de culto ou santuários. Alinhamento de Karnack, em França
  • 23. CROMELEQUES Conjuntos de menires dispostos em círculo. Pensa-se que seriam locais de culto ou santuários Cromeleque de Stonehenge – Sul da Inglaterra Cromeleque dos Almendres - Évora
  • 24. ANTAS ou DÓLMENS Serra da Aboboreira Monumentos funerários para os elementos mais importantes da tribo São formadas por várias pedras erguidas verticalmente e cobertas por grandes lages. Podem ou não ter corredor.  No interior situa-se a câmara onde se sepultavam os mortos com as suas armas, adornos e utensílios. Eram cobertas por terra, formando as mamoas, pequenas elevações artificiais. Anta da Melriça, Castelo de Vide Anta da Zambujeira – Évora. Anta da Barrosa – Vila Praia de Ancora
  • 26.
  • 27. Como houve uma grande transformação, diz-se que houve uma: REVOLUÇÃO NEOLÍTICA  O homem passa de recolector a produtor,  Surgem novas técnicas  Deixa de ser nómada e passa a ser sedentário,  Surgem novas formas de diferenciação social  Novos tipos de arte (megalitismo)  Novos cultos (agrários)
  • 28. SÍNTESE Vivo no Neolítico, Adoro a terra e os animais Presto então culto, Aos fenómenos ________ Construo menires, Antas ou dólmens, São feitos de pedra E de dimensões ________ Para os construir É preciso conhecimento Técnicas apuradas E grande _____________ NATURAIS ENORMES INVESTIMENTO
  • 29.  Neolítico - Período que vai de 10 000 a. C. a 3 500 a.C. e que corresponde ao aparecimento da agricultura e de uma nóva técnica de fabrico de instrumentos, a pedra polida.  Economia produtora – Economia em que o Homem já produz os seus próprios alimentos através da agricultura e da pastorícia.  Sedentarismo– Modo de vida em que as comunidades se fixam num local e aí permanecem.  Revolução – Mudanças relativamente rápidas que provocam uma mudança na sociedade, economia, política ou cultura.  Revolução Neolítica– Revolução ocorrida no neolítico que implicou transformações profundas ao nível da economia, sociedade, religião e arte.  Cultos agrários – Culto à natureza da qual dependem as colheitas e a fertilidade dos animais, pode ser culto à deusa- mãe, ao sol, à lua, etc.  Megalitismo – Técnica de construção com grandes pedras erguidas grosseiramente talhadas. Conceitos a reter
  • 30. Metas – O que deves saber desta matéria 1. Localizar no tempo o Neolítico. 2. Localizar no espaço as primeiras comunidades neolíticas. 3. Caracterizar a economia do neolítico. 4. Caracterizar o modo de vida e relacioná-lo com a economia do neolítico. 5. Justificar o aparecimento de aldeias e de povoamentos fortificados 6. Descrever as novas técnicas artesanais e suas funções no modo de vida do neolítico. 7. Caracterizar a divisão do trabalho nestas comunidades. 8. Caracterizar as práticas religiosas durante o neolítico, 9. Caracterizar o megalitismo, distinguindo construções e suas funções. 10.Definir: neolítico, economia produtora, sedentarismo, cultos agrários, revolução neolítica e megalitismo
  • 31. E AGORA?.... Vamos lá a ver do que te lembras... Tens uma ficha para preencher sobre esta matéria Bom Trabalho!! AHHHHHH! É individual... CERTO?!