O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Mobile Moments 2013

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
GINGA MOBILE FACTS
GINGA MOBILE FACTS
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 80 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Anúncio

Semelhante a Mobile Moments 2013 (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

Mobile Moments 2013

  1. 1. COLOCANDO MOBILE EM PRIMEIRO LUGAR NO PLANEJAMENTO Marcos Brabo / Head de Planejamento e Estratégia Agência Ginga
  2. 2. MOBILE FIRST
  3. 3. TEMPO MOBILE
  4. 4. Grande parte de suas revenues para 2018 vão surgir de produtos e serviços que não existem hoje
  5. 5. NIKE
  6. 6. NISSAN
  7. 7. STARBUCKS
  8. 8. GOOGLE
  9. 9. CHIPOTLE
  10. 10. Within four days of its release the game reached over 250,000 downloads... it will likely reach over a million US users within 6 months.
  11. 11. Of the 699 million daily active users who logged onto the site in June, more than two-thirds did so from a mobile device. Mobile ads (which didn't even exist a year ago) made up 41% of the company's total ad revenue in Q2, more than $655 million. The platform that it will use to sign up the site's next billion users. And probably the billion after that, too.
  12. 12. Mobile é único
  13. 13. PLANEJAMENTO É CHAVE
  14. 14. OBJETIVO ESTRATÉGICO
  15. 15. Assim como seu planejamento de comunicação "tradicional", o mobile deve ser estratégico Com objetivos claros, alinhados aos desafios e valores da sua empresa
  16. 16. #1 As empresas que simplesmente ignoram o meio
  17. 17. #2 As que fazem por "modismo” ...seguindo a tendência, sem saber porquê
  18. 18. Porque meu concorrente tem, eu preciso ter também!
  19. 19. #3 As que investem, mas criam várias iniciativas desconexas ...novamente, a ausência de questionar as razões e objetivos de suas ações
  20. 20. Sua presença em mobile precisa ser estratégica. Precisa estar alinhada aos objetivos de marketing, de comunicação e de negócio
  21. 21. Você está pensando mobile de forma estratégica em sua empresa e iniciativas?
  22. 22. CONSUMIDOR
  23. 23. Precisamos entender o nosso consumidor
  24. 24. Fonte: Blitz LA
  25. 25. Fonte: Google e IPSOS / 2012
  26. 26. Mobile mudou a maneira que lidamos com muitas coisas em nossa vida
  27. 27. Não passamos mais de uma hora sem olhar pro nosso smartphone
  28. 28. “I engage with my iPhone more than I engage with all the people I love in the world combined” Bob Kupbens, Delta's VP-marketing and digital commerce
  29. 29. Cell phone users between 18 and 24 exchange an average of 109.5 messages on an average day, more than 3,200 per month Fonte: Pew Research Centre, September 2012
  30. 30. O que você carrega de mais essencial com você? Pesquisador da Nokia, Jan Chipchase
  31. 31. “Sobrevivência” Hoje o celular é nosso elo de conexão com o mundo
  32. 32. CLINKLE
  33. 33. Estamos ficando cada vez mais obcecados por tarefas que podemos realizar em “microminutos” ou até “microsegundos”
  34. 34. Multi-devicehyper-tasking lifestyle
  35. 35. Peapod Mais de 100 lojas em estações de trem Fonte: Trendwatching
  36. 36. Snapchat Outubro de 2012, processando mais de 20 milhões de fotos por dia Fonte: Trendwatching
  37. 37. Human.co Fonte: Trendwatching
  38. 38. Tinder Fonte: Trendwatching
  39. 39. As pessoas tiram fotos, assistem vídeos, fazem check-in, pesquisam (o tempo inteiro - quem hoje espera chegar em casa pra pesquisar no computador?), ...
  40. 40. As pessoas compram pelo mobile, ou ele ao menos facilita este processo (pesquisa, geolocation, C2C, ...)
  41. 41. Fonte: Foursquare
  42. 42. “Showrooming”
  43. 43. Como ele se comporta quando navega pelo mobile? Nosso consumidor: Aonde ele está? O que ele precisa? Qual é a sua jornada?
  44. 44. Estou proprocionando algo útil para nossos clientes e usuários?
  45. 45. MOBILE TOUCHPOINTS
  46. 46. O mobile ainda precisa ser encarado como um canal relevante no marketing digital, e até protagonista em muitos momentos
  47. 47. Website Otimizado ou Responsivo Social Media Commerce Custom Applications Produto SMS MOBILE TOUCH POINTS Integração Serviço Relacion amento Advertising Email Brand experience Search
  48. 48. 3 PONTOS CHAVE A DESTACAR
  49. 49. Tecnologia Experiência Conteúdo Explorando recursos de mobilidade e de tecnologia dos devices Além do bom uso da tecnologia, pensar na experiência de uso do usuário O que meu usuário vai se interessar em consumir no mobile? Simplicidade de navegação Relevância Best Practices Visibilidade Personalização Deep linking Que tipo de relação Design DESTACAR 3 PONTOS CHAVE Athinking ele vai querer ter com Geolocation User Experience minha empresa e Call to actions produto no device? Agilidade de acesso Push notifications Integração com outros apps Recursos gerais
  50. 50. Referência: Amazon “One of the greatest things that Amazon has working in its favor is that it has credit card numbers on file...”. “...it’s much more about usability than security” Inc. Magazine
  51. 51. Referência: GVT Ivete Enquanto internautas de todo o país assistiam o show da Ivete via streaming, o site mobile promovia experiências “in loco” para a audiência
  52. 52. Certo vs. Errado
  53. 53. Referência: Skinny Ties Experiência de mobile commerce otimizada (visual e funcional)
  54. 54. Estou explorando os touch points mobile da maneira adequada?
  55. 55. ATIVAÇÃO E MENSURAÇÃO
  56. 56. Não adianta desenvolver a melhor plataforma mobile já vista, se ela não for ativada O processo de ativação é essencial para implementação da estratégia
  57. 57. Aplicativos Search Portais Verticais Ad Networks e Exchanges Social SMS ... MOBILE ADVERTISING
  58. 58. E como em qualquer iniciativa de marketing, sobretudo digital, precisamos gerar e entender os resultados
  59. 59. Mídia mobile pode mais, até mesmo que a "tradicional" mídia digital Passamos da época de celebrar um top 10 na App Store ou de KPIs básicos como downloads; apesar de óbvio, é um indicador limitado se não olharmos todo o contexto.
  60. 60. Cost per loyal user
  61. 61. #1 Mapear KPIs Qual é o objetivo primário deste touch point, iniciativa ou campanha? #2 Trackear tudo! Implementar tags que permitam a avaliação destes KPIs, além de ações de B.I. eficientes e direcionadas #3 Analisar, Re-planejar e Evoluir Análise de retorno, otimização contínua de touch-points e campanhas (plataformas de análise)
  62. 62. Estou ativando e mensurando minhas iniciativas mobile de maneira adequada?
  63. 63. TAKEWAYS Pensar mobile de forma estratégica Tornar “entender o seu consumidor” um exercício constante Explorar os touch points Investir de forma adequada no meio Uma iniciativa mobile bem feita pode ser a resposta para um grande problema de marketing ou de comunicação de sua empresa Mobile e novoas plataformas representam um mercado extremamente dinâmico. Acompanhe veículos de referência e acompanhe o MMA
  64. 64. Obrigado! Marcos Brabo Head de Planejamento e Estratégia Agência Ginga marcos@agenciaginga.com.br

×