Desvendando o Mistério da Vida

342 visualizações

Publicada em

Uma breve reflexão de como a vida poderia ter surgido por processos puramente naturais, em uma abordagem simples e objetiva.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
342
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desvendando o Mistério da Vida

  1. 1. Valdemy DomingosValdemy Domingos PROJETO SYMBIAN APRESENTAPRESENT AA
  2. 2. DesDesvenvendandandodo oo MiMistéstériorio ddaa VViiddaa Valdemy DomingosValdemy Domingos SÉRIE CRIACIONISMOSÉRIE CRIACIONISMO CIENTÍFICOCIENTÍFICO VOL. 01VOL. 01
  3. 3. Valdemy DomingosValdemy Domingos Cientistas acreditam que a evolução da vida começou, naturalmente, há cerca de 4 bilhões de anos atrás, com a formação de um organismo microscópico a partir de uma série de reações químicas espontâneas. Eles se referem a este evento teórico como sendo a origem da vida, momento a partir do qual toda a cadeia evolutiva da vida começou. De acordo com a teoria da evolução, ao longo de bilhões de anos este organismo único, formado espontaneamente, se transformou em todas as bactérias, fungos, plantas e animais que vivem ou já viveram sobre a terra até hoje.
  4. 4. Valdemy DomingosValdemy Domingos Apesar de alguns cientistas já terem sido capazes de sintetizar com êxito, em laboratório, compostos orgânicos elementares, necessários à formação da vida, ainda estamos longe de produzir, por métodos artificiais, um organismo vivo completo, por mais simples que seja. Contudo, relatórios de cientistas mencionando a síntese de moléculas orgânicas têm sido mal interpretados pelo público em geral. A vida jamais foi recriada em qualquer um desses experimentos, mas apenas uma parte dos compostos químicos orgânicos necessários para a sua formação. Problemas teóricos ainda abundam no que se refere à produção de vida através de um processo químico natural e espontâneo, como defendido pela teoria da evolução. A fim de compreendermos as enormes dificuldades associadas à formação espontânea do primeiro organismo vivo a partir de compostos químicos, é necessário identificarmos os elementos considerados essenciais para a vida existir.
  5. 5. Valdemy DomingosValdemy Domingos Todos os organismos vivos (bactérias, fungos, plantas e animais) são compostos, no mínimo, por proteínas, DNA e uma membrana celular. Esses componentes teriam sido necessários para formar o primeiro organismo vivo, presumivelmente, há cerca de 4 bilhões de anos atrás. O DNA contém o código genético da vida, razão pela qual é o principal responsável por transmitir as características de cada ser vivo para as próximas gerações. Os cientistas concordam que todos os organismos vivos, incluindo bactérias, fungos, plantas e animais, possuem na estrutura do DNA o repositório de seu código genético. Nenhum organismo vivo pode funcionar ou se reproduzir sem a ajuda do DNA.
  6. 6. Valdemy DomingosValdemy Domingos Se conjecturarmos que um organismo simples possa ser formado de modo acidental, com todos os componentes necessários à vida, tais como proteínas e uma membrana celular, sem DNA, ele jamais poderia se reproduzir, estando fadado a morrer de forma estéril. Sem DNA, organismos vivos não podem se reproduzir. Um dos maiores problemas enfrentados pelos cientistas evolucionistas é explicar como o DNA poderia ter surgido pela interação aleatória de compostos químicos. Muitos estudiosos que se opõem à teoria evolucionista enxergam no DNA um indício inegável de um projeto inteligente.
  7. 7. Valdemy DomingosValdemy Domingos Em sua função, o DNA é como um programa de computador em um disquete. Ele armazena e transfere informação codificada em instruções. Estima-se que o DNA humano seja capaz de armazenar um código de informações grande o suficiente para encher 1.000 livros de 500 páginas cada um de letras muito pequenas e compactadas. O código genético contido no DNA produz um resultado muito mais sofisticado do que o de qualquer máquina ou aparelho fabricado pelo homem. Assombrosamente, esse enorme conjunto de instruções cabe com facilidade dentro de uma simples célula e rotineiramente dirige a formação de adultos humanos inteiros, começando de um único óvulo fertilizado. Mesmo o DNA de uma bactéria é altamente complexo, contendo no mínimo 3 milhões de instruções, todas alinhadas em uma sequência muito precisa e significativa.
  8. 8. Valdemy DomingosValdemy Domingos “O DNA é o livro de instruções para os organismos vivos. Nele estão contidas as informações necessárias para permitir que um organismo cresça, se desenvolva e amadureça. A informação contida no DNA (tal como produzir uma proteína) não poderia surgir naturalmente. Toda a informação requer uma fonte inteligente.” Dra. Geórgia Purdom, Ph.D. em genética molecular, pesquisadora e porta voz do Museu da Criação em Petersburg, Kentucky, Ohio, USA. http://blogs.answersingenesis.org/blogs/georgia- purdom/2012/01/31/i-dont-believe-in-mutations/
  9. 9. Valdemy DomingosValdemy Domingos O Paradoxo da Vida Quem surgiu primeiro: O DNA ou as proteínas? Neste ponto, surge um velho dilema: o que veio primeiro: o ovo ou a galinha? O DNA é indispensável para a produção de proteínas, ao passo que um número considerável de diferentes proteínas estão diretamente envolvidas na cópia e na tradução da informação contida no DNA. Cientistas que se opõem à teoria da evolução apontam este fato como uma forte evidência de que a evolução jamais poderia ter ocorrido como resultado de interações químicas aleatórias e costumam desafiar seus colegas com esta pergunta. Se a vida foi originada por acaso, então esta indagação precisa ser respondida.
  10. 10. Valdemy DomingosValdemy Domingos Quão longo um filamento de DNA deveria ser para proporcionar as condições necessárias ao processo de síntese de uma proteína? Considerando que são necessárias três bases nitrogenadas (ou um códon) para instruir a célula na produção de um único aminoácido, e que a maioria das proteínas possuem, em média, 300 aminoácidos em cadeia, o trecho necessário de DNA para se produzir apenas uma proteína teria que ser de, aproximadamente, 900 bases nitrogenadas.
  11. 11. Valdemy DomingosValdemy Domingos Então, qual o tamanho mínimo necessário do DNA para que pudesse existir vida em um elementar organismo unicelular? A bactéria mais rudimentar que conhecemos tem centenas de proteínas específicas. Cientistas acreditam que o primeiro organismo vivo teria exigido, no mínimo, 20 ou mais proteínas básicas para funcionar adequadamente. Se cada uma dessas 20 proteínas básicas requer 900 bases nitrogenadas para ser formada, seriam necessárias, em tese, 18.000 bases nitrogenadas para gerar o primeiro organismo vivo unicelular.
  12. 12. Valdemy DomingosValdemy Domingos Há um problema, contudo. Os cientistas observaram as cadeias de DNA que se formam naturalmente em laboratório e constataram que apenas filamentos de até 20 bases nitrogenadas se originam. Aqui reside um grande obstáculo para os cientistas que tentam entender como a vida poderia formar-se espontaneamente. Depois de formadas 20 bases em sequência, o filamento de DNA começa a se quebrar. Imagine por um instante as imensas cadeias de bases nitrogenadas (centenas ou dezenas de milhares delas) necessárias para se formar um DNA completo. Simplesmente não se formam naturalmente, porque as propriedades químicas do DNA evitam que isso aconteça.
  13. 13. Valdemy DomingosValdemy Domingos Outro problema observado está relacionado à forma (ou a estereoquímica) das moléculas que compõem a cadeia do DNA. A molécula de DNA é feita de bilhões de moléculas complexas denominadas nucleotídeos (pentose + base nitrogenada + agrupamento fosfato), que se organizam em pares, e existem como isômeros ópticos do tipo “D” (ou destrógiros). Os isômeros do tipo “L” (ou levógiros) podem até ser sintetizados em laboratório, mas não existem no DNA natural. Nenhuma forma de vida conhecida pode usar uma combinação de ambos. Adicionar sequer um nucleotídeo levógiro a uma cadeia de isômeros destrógiros poderia desintegrar toda a cadeia! Quando sintetizados em laboratório, há sempre uma mistura de 50% das duas formas. Apenas através de processos altamente avançados e inteligentemente controlados essas duas formas podem ser separadas.
  14. 14. Valdemy DomingosValdemy Domingos Mesmo que longos filamentos de DNA pudessem se formar naturalmente ou espontaneamente, com a estereoquímica correta, ainda restaria um outro obstáculo. As 18.000 bases nitrogenadas do DNA necessárias para iniciar a vida em um organismo unicelular simples também necessitariam estar na ordem correta para que fizessem algum sentido. Em outras palavras, as bases não poderiam estar em ordem aleatória. Bases nitrogenadas aleatórias não possuem significado algum, assim como letras aleatórias digitadas em uma página não produzem sentenças inteligíveis, ou seja, se as bases de um DNA precisam ter na sequência os códons ACC-TAC-CGT-GAG, mas, ao contrário, possuem na sequência os códons CCC-TCG-CAG- TTC, o DNA não produz as proteínas funcionais necessárias para a vida existir. As 18.000 bases nitrogenadas precisam estar alinhadas em uma ordem específica para produzir determinados aminoácidos em uma cadeia específica, de forma a sintetizar as proteínas necessárias à vida.
  15. 15. Valdemy DomingosValdemy Domingos Qual, então, é a probabilidade de 18.000 bases nitrogenadas de DNA se alinharem na sequência correta por mero acaso? A probabilidade de serem agrupadas 18.000 bases nitrogenadas na ordem correta em uma reação química espontânea pode ser facilmente calculada. A probabilidade de qualquer base específica ocupar qualquer posição sobre a cadeia do DNA é, simplesmente, uma em quatro, uma vez que existem apenas quatro bases nitrogenadas possíveis (A, C, T ou G). Por conseguinte, a probabilidade de uma base correta ocupar qualquer posição é de 1 em 4 ou 1/4. Logo, a probabilidade de 18.000 bases assumirem a posição correta no filamento de DNA também pode ser calculada usando este princípio. A probabilidade de múltiplos eventos aleatórios ocorrerem simultaneamente é, simplesmente, a multiplicação das probabilidades de cada único evento ocorrer. A probabilidade de, acidentalmente, sequenciarmos duas bases consecutivas do DNA, na ordem correta, seria: 1/4 x 1/4 = 1/16. A probabilidade de, acidentalmente, sequenciarmos três bases consecutivas na ordem correta, seria 1/4 x 1/4 x 1/4 = 1/64. Qual seria, então, a probabilidade de sequenciarmos corretamente 18.000 bases? A resposta pode surpreendê-lo.
  16. 16. Valdemy DomingosValdemy Domingos A probabilidade de 18.000 bases nitrogenadas se alinharem na ordem correta é de, aproximadamente, 1 em 1 . 201 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 .
  17. 17. Valdemy DomingosValdemy Domingos 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 . 000 .
  18. 18. Valdemy DomingosValdemy Domingos Seguido de 9.616 zeros adicionais… Para colocar este número em perspectiva, tenha em mente que as chances de você ser atingido por um raio em toda a sua vida é de 1 em 5.000 (3 zeros); A chance de ganhar na Mega Sena, fazendo uma única aposta de 6 dezenas é de, aproximadamente, 1 em 50.000.000 (7 zeros); A chance de ganhar na Mega Sena todos os dias, durante um ano inteiro, fazendo uma única aposta de 6 dezenas por vez, é de, aproximadamente, 1 em 13 seguido de 2.809 zeros. Se ganhar na Mega Sena seguidamente dessa forma parece algo altamente improvável, ainda mais improváveis são as chances da vida ter sido formada por meio de processos espontâneos. Por conta disso, alguns cientistas e matemáticos têm sugerido que a vida jamais poderia ter se originado através de métodos naturais.
  19. 19. Valdemy DomingosValdemy Domingos Como se isso ainda não bastasse, os problemas com a ordem das bases nitrogenadas, com a forma da molécula e com o comprimento do filamento, não são os únicos identificados pelos cientistas, há inúmeros outros que necessitariam ser contornados, ou seja, mesmo que esses insuperáveis obstáculos não existissem, outros ainda bem maiores restariam para a produção expontânea de vida. Há numerosas razões pelas quais as moléculas se desintegrariam, ou antes, nunca se formariam. Além disso, a vida requer muito mais do que uma molécula de DNA. Dois cientistas bem renomados calcularam as chances da formação da vida por processos naturais. Eles estimaram que há menos de 1 chance em 1040.000 de que a vida poderia ter se originado por tentativas aleatórias. De acordo com a maioria dos evolucionistas, o universo tem menos de 30 bilhões de anos, e há menos de 10 elevado a 18 (1018 ) segundos em 30 bilhões de anos. Então, mesmo que a natureza pudesse, de alguma forma, ter produzido trilhões de combinações de código genético a cada segundo por 30 bilhões de anos, as probabilidades contra a produção do mais simples animal unicelular por tentativa e erro ainda continuariam sendo inconcebivelmente imensas!
  20. 20. Valdemy DomingosValdemy Domingos As probabilidades favorecem enormemente a idéia de que um projetista inteligente foi responsável até pelas moléculas mais simples de DNA. Por essa razão, vários pesquisadores altamente qualificados pensam ter provado cientificamente, além de qualquer dúvida, que os elementos necessários para o surgimento da vida nunca poderiam ter vindo a existir por acaso ou por qualquer processo natural. Matemáticos geralmente concordam que, estatisticamente falando, qualquer probabilidade além de 1 em 10 elevado a 50 (1:1050 ) tem zero por cento (0%) de chance de alguma vez ocorrer ("e mesmo quando dado o benefício da dúvida!")
  21. 21. Valdemy DomingosValdemy Domingos "A idéia de que a evolução orgânica poderia ser responsável pelas complexas formas de vida do passado e do presente tem sido abandonada há tempos, desde então, por homens que compreenderam a importância do código genético do DNA.“ Dr. John Josef Greb "No momento em que o sistema DNA/RNA tornou- se conhecido, o debate entre evolucionistas e criacionistas deveria ter sofrido uma parada brusca. …as implicações do DNA/RNA foram óbvias e claras. Matematicamente falando, baseado em conceitos de probabilidade, não há nenhuma possibilidade de que a evolução tenha sido o mecanismo que criou as aproximadamente 6.000.000 de espécies de plantas e animais que reconhecemos hoje.“ Pesquisador e Matemático I. L. Cohen
  22. 22. Valdemy DomingosValdemy Domingos "A complexidade do mais simples tipo de célula conhecido é tão grande que é impossível aceitar que tal objeto pudesse ter sido montado repentinamente por algum tipo de evento anormal, enormemente improvável. Tal ocorrência não poderia ser distinguida de um milagre." Dr. Michael Denton “A possibilidade de formação espontânea da vida poderia ser comparada à possibilidade que um tornado atravessando um depósito de ferro velho tem de montar um Boeing 747 com as peças em seu interior.” Sir Fred Hoyle
  23. 23. Valdemy DomingosValdemy Domingos "… uma tentativa de explicar a formação do código genético a partir dos componentes químicos do DNA… é comparável à suposição de que o texto de um livro surgiu das moléculas do papel onde as frases aparecem, e não de qualquer fonte externa de informação." "Como um cientista, eu estou convencido de que a pura química de uma célula não é suficiente para explicar o funcionamento de uma célula, embora o funcionamento seja químico. As operações químicas das células são controladas por informações que não residem nos átomos e moléculas da célula. Há um autor que transcende o material e a matéria da qual esses filamentos são feitos. O autor primeiramente concebeu a informação necessária para fazer uma célula, então a escreveu e depois a fixou em um mecanismo que a lesse e pusesse em prática - assim as células constroem-se sozinhas a partir da informação…“ Dr. A. E. Wilder-Smith
  24. 24. Valdemy DomingosValdemy Domingos Durante toda a história humana documentada, nunca houve um caso comprovado de uma criatura viva que tenha sido produzida por alguma coisa que não fosse outra criatura viva. Até agora, o evolucionismo não produziu uma explicação cientificamente plausível para a origem de imensas complexidades como o DNA, o cérebro humano e muitos outros complexos elementos do cosmos. É altamente prematuro para os materialistas afirmarem que todas as criaturas se formaram a partir de processos evolutivos enquanto a ciência ainda tem de descobrir como até uma simples molécula de proteína poderia de fato ter vindo a existir por processos naturais. Não há prova científica de que a vida tenha (ou alguma vez poderia ter) vindo a existir a partir de matéria sem vida. Além disso, existem evidências substanciais de que a geração espontânea (ou abiogênese) é impossível. Apenas DNA é conhecido como capaz de produzir DNA. Nenhuma interação química de moléculas tem ao menos chegado perto de produzir esse código ultra complexo que é tão essencial a vida.
  25. 25. Valdemy DomingosValdemy Domingos OBRIGADO Esta apresentação foi criada e adaptada por Valdemy Domingos a partir do livro “Evolução: O Grande Experimento”, escrito pelo Dr. Carl Werner. © Todos os direitos autorais reservados. Usado apenas para fins educativos. Visite: www.thegrandexperiment.com www.newleafpress.net

×