O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Eventos de negócios com o Canadá em fevereiro 
Fevereiro de 2014 
O ano começou com agenda cheia para Terra 
Roxa e com no...
Na passagem da comitiva pela região – entre os 
dias 27 e 28 de março - serão realizadas rodadas de 
negócios com empresár...
Estas ações foram motivadas pelo anúncio oficial do traçado da ferrovia, excluindo o Norte do Paraná. De 
acordo com o nov...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

54 newsletter fevereiro 2014

183 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

54 newsletter fevereiro 2014

  1. 1. Eventos de negócios com o Canadá em fevereiro Fevereiro de 2014 O ano começou com agenda cheia para Terra Roxa e com novos e importantes contatos estabelecidos. Dando sequência às atividades de fomento de negócios e parcerias com o Canadá, a Terra Roxa alinhavou mais um elo nesta corrente, trazendo a Câmara de Comércio Brasil-Canadá no contexto dos trabalhos iniciados ano passado. Com o apoio da Câmara e também do Consulado Canadense no Brasil, e a parceria com o Sebrae, o Norte do Paraná irá receber, nos próximos dias 25 e 26 de fevereiro, uma comitiva de representantes com interesses setoriais específicos, incluindo infraestrutura, logística, educação, agronegócio, entre outros. Serão realizadas reuniões nas tardes de 25 e 26, nas sedes da ACIL e ACIM, e também o I Encontro de Negócios Internacionais – Doing Business in Canadá, a partir das 19 horas, nos dois dias, em Londrina e Maringá, respectivamente. “A Câmara de Comércio é um novo elo que conseguimos trazer para esse circuito já bem alinhado entre Brasil e Canadá. Desta forma, a sinergia aumenta e as ações ficam mais concretas e direcionadas”, comenta o diretor-executivo da Terra Roxa, Alexandre Farina. Segundo ele, a parceria com a Câmara possibilita inserir o Norte do Paraná no roteiro das comitivas do Canadá para o Brasil em 2014 e nos próximos anos. “Estamos em negociação para receber uma comitiva do agronegócio em maio”, adianta. Ano passado, o Norte do Paraná recebeu, através de iniciativa do Sebrae, a visita do Consul Stéphane Larue, que conheceu o potencial econômico da região, e em seguida foram recepcionados empresários da região de Manitoba, que vieram em busca de parcerias nas áreas de agricultura de precisão, máquinas e implementos agrícolas, armazenagem e manuseio de grãos, educação, medicina e transportes. Em setembro, uma comitiva do Norte do Paraná esteve naquela região, fortalecendo os contatos. Empresários paquistaneses chegam à região em março Está confirmada a visita de uma comitiva de 25 empresários paquistaneses ao Brasil. A comitiva incluiu o Norte do Paraná no roteiro, após aproximação feita pela Terra Roxa junto ao Ministério das Relações Exteriores, em Brasília. 1
  2. 2. Na passagem da comitiva pela região – entre os dias 27 e 28 de março - serão realizadas rodadas de negócios com empresários locais. Os paquistaneses buscam parceiros para importação e exportação em setores variados, passando pelo têxtil, agronegócio, indústria de alimentos e metalomecânico. “Um fato interessante para nós, nesta atividade, é a nossa aproximação com o Ministério das Relações Exteriores, que conhecendo melhor nosso trabalho, abre maiores possibilidades de direcionarem delegações internacionais para nossa região, sendo assim uma alternativa ao circuito São Paulo-Rio de Janeiro”, comenta Alexandre Farina. Os empresários são da região de Faisalabad, que conta com uma população estimada de 3,5 milhões de habitantes, sendo a terceira maior cidade daquele país. É considerada o maior centro industrial, também conhecida como a “Manchester do Paquistão”. Segundo estudo de 2009 da PriceWaterCoopers, a taxa média de crescimento prevista para a cidade até 2025 é de 5,7%/a.a. O grupo tem o objetivo de prospectar mercados para exportação de produtos paquistaneses (têxteis, mármore e granito, artigos plásticos e artesanato), e tem interesse de importar produtos brasileiros (algodão, maquinário, caldeiras, óleo de soja, equipamentos para geração de proteção de energia, carne halal - autorizadas de acordo com a lei islâmica -, papel e celulose, ferro e aço, cosméticos, açúcar e confeitos). 2 Ferrovia Norte-Sul será alvo de mais um encontro A data ainda não está definida, mas em breve a Terra Roxa pretende realizar reunião com lideranças políticas da região, incluindo autoridades das esferas estadual, municipal e federal, para concluir a estratégia de articulação em prol do trajeto da ferrovia Norte-Sul. Em dezembro passado, foram realizadas reuniões em Londrina e Maringá, com presença de representantes da sociedade civil organizada, lideranças políticas, empresariais e do agronegócio de toda a região para discutir o assunto.
  3. 3. Estas ações foram motivadas pelo anúncio oficial do traçado da ferrovia, excluindo o Norte do Paraná. De acordo com o novo traçado, de Panorama (SP) a rodovia deverá seguir até Maracajú, no Mato Grosso do Sul, e depois volta ao Paraná por Guaíra, Cascavel e Guarapuava. O anúncio foi feito após articulação de representantes do Oeste do Paraná e Mato Grosso do Sul. A nova ferrovia, conforme projeta o Governo Federal, servirá para estimular as transações comerciais no mercado interno. A Norte-Sul terá bitola de 1,60m e os comboios poderão trafegar com velocidade de até 70 km/h. No atual modelo, operado por concessão pela América Latina Logística (ALL) no Paraná, a bitola é de um metro e a velocidade de apenas 20 km/h. 3 Terra Roxa recepciona comitiva coreana No final de dezembro, a Terra Roxa foi contatada para atender a demanda de uma comitiva de empresários coreanos, que visitou Londrina, Maringá, Apucarana e Rolândia. Na pauta, constaram os setores de painéis fotovoltaicos, tratamento de resíduos, entre outros setores de tecnologia. Misão “Ser um agente independente para atrair novos investimentos e promover negócios, integrando e desenvolvendo os setores econômicos da região Norte do Paraná”. www.terraroxa.org.br

×