O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

47 newsletter abril 2013

210 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

47 newsletter abril 2013

  1. 1. Abril / 2013 1 Nova diretoria da Terra Roxa tem posse prestigiada No último dia 2 de abril, a nova diretoria da Agência de Desenvolvimento Terra Roxa Investimentos tomou posse numa cerimônia bastante prestigiada, realizada em Apucarana, reunindo prefeitos, vereadores, secretário de Estado e representantes de entidades de classe. O novo presidente da entidade, José Carlos Valêncio, de Maringá, enfatizou, na cerimônia, a necessidade de uma ampla divulgação dos trabalhos realizados pela TRI. “A agência presta serviços muito importantes para toda a região, com um banco de dados socioeconômicos disponível para todos”, comentou Valêncio, acrescentando que a entidade é um elo de ligação entre os municípios e instituições do Norte do Paraná. Classicando a região como uma “metrópole linear”, Valêncio é um grande entusiasta do trabalho da Terra Roxa, integrando a entidade há vários anos. “Nós já somos uma região unida pelo próprio traçado feito pela companhia colonizadora da região. Essa metrópole linear vai continuar crescendo”. Lições da integração Fernando Kiree, que respondeu pela presidência nos últimos quatro anos e que assumiu o cargo de primeiro vice-presidente, sintetizou, em seu discurso de despedida da presidência, a lições que aprendeu na função. “Aprendi que essa articulação a que a Terra Roxa se propõe é trabalhosa, mas uma vez feita se torna uma vantagem competitiva frente a outras regiões. Aprendi também que a atração de investimentos, hoje, não se dá apenas com incentivos scais; mas é necessário apresentar soluções completas para os negócios. Temos que apresentar logística, mão de obra qualicada; uma boa qualidade de vida. Outro ensinamento é que, se a gente souber coordenar os ativos e a oferta de ativos da região como um todo, teremos sim um grande diferencial.” Apoio regional Os prefeitos de Maringá, Carlos Roberto Pupin, Londrina, Alexandre Kiree, e Apucarana, Carlos Roberto Preto, também destacaram o papel da Terra Roxa e o apoio desses municípios ao trabalho realizado. Todos enfatizaram que o desenvolvimento regional é bom para todos e garantiram apoio ao projeto do Trem Pé-Vermelho, que está em fase adiantada de estudo, e que unirá 13 municípios, entre Paiçandu e Ibiporã.
  2. 2. 2 Apoio Estadual Também presente à cerimônia, o vice-presidente do Sistema Fiep, Carlos Walter Martins Pedro, pediu aos prefeitos que trabalhem pela união da região. No mesmo tom foi o discurso do secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, que na ocasião representou o governo do Estado. Ele salientou que a Terra Roxa mostrou, desde sua criação, em 2004, que o melhor não é um município da região disputar contra o outro e sim trabalhar em conjunto. Sicoob reforça parceria com a Terra Roxa O presidente do Sicoob Paraná (Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil) e um dos fundadores da agência Terra Roxa, Jeerson Nogaroli, esteve presente na cerimônia de posse da nova diretoria da TRI e destacou a importância do trabalho de ambas as entidades, que trilham o caminho do desenvolvimento econômico e humano da região. “A função do Sicoob é a mesma da Terra Roxa, ou seja, promover o desenvolvimento da comunidade. Eu costumo dizer que quem quer, encontra um caminho e quem não quer, encontra uma desculpa. Nós queremos e todos juntos, puxando a corda para um mesmo lado, vamos continuar crescendo”, disse. Em breve, Trem Pé-Vermelho será tema de audiência pública O resultado do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental do Trem Pé-Vermelho está disponível para consulta públi-ca no portal do Ministério dos Transportes, no endereço eletrônico http://www.transportes.gov.br/index/conteudo/id/78215, até dia 30 de abril. Após o encerramento do prazo, será realizada audiência pública na região para maiores esclarecimentos sobre o projeto. O diretor-executivo da Terra Roxa, Alexandre Farina, informa que a data e local para a realização da ocasião ainda estão sendo denidas e serão divulgadas em breve. Os estudos foram concluídos no nal do ano passado pelo Laboratório de Transporte e Logística da Universidade Federal de Santa Catarina e mostraram ser perfeitamente viáveis, conforme destacou o geólogo do laboratório Luiz Antônio Aranovich. Ele esteve na região, recentemente, para a cerimônia de posse da nova diretoria da Terra Roxa. Missão “Ser um agente independente para atrair novos investimentos e promover negócios, integrando e desenvolvendo os setores econômicos da região Norte do Paraná”.

×