O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

08 newsletter dezembro 2007

231 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

08 newsletter dezembro 2007

  1. 1. DEZEMBRO 2007 Terra Roxa com novo presidente Desde o sábado, 1º de dezembro , a agência de desenvolvimento Terra Roxa Investimentos está com novo presidente. O empresário Fernando Kireeff, com negócios nos setores de comunicação, agronegócio e transportes nas regiões de Maringá e Londrina, assumiu o cargo no lugar de Adrian von Treuenfels, que passa a responder por uma das vice-presidências da entidade. A posse foi realizada sábado, durante a realização da assembléia geral da Terra Roxa. “Para 2008, nossa meta é começar a transformar em resultados práticos todo o trabalho que tem sido feito pela diretoria da Terra Roxa até agora”, disse Kireeff. “Todas as reuniões realizadas têm um valor muito grande, pois criaram condições para que a Terra Roxa concretizesse o que projetou. Ela já se consolidou. Conseguimos manter os fundadores, o espírito e o foco no projeto. Agora é hora de realmente trazermos investimentos para a região”, acrescentou. Pró-atividade A metodologia de trabalho proposta por Kireeff está focada na captação de quatro tipos de empresas: âncoras, que atraem também inúmeras outras pequenas empresas fornecedoras; clusters, que tem como uma das grandes vantagens a redução de custos por haver num só local várias empresas do mesmo segmento (como o moveleiro, em Arapongas); empresas de vocação, como agronegócio, alimentos, etc; e as de oportunidade, definidas por ele como sendo aquelas que podem se instalar em qualquer lugar, e por isso podem vir para a região se conhecer suas vantagens, como a qualidade de vida oferecida. “Mapear as empresas âncoras, entender sua cadeia e identificar suas necessidades para então bater na porta dessas empresas é um trabalho que precisamos começar já”, comentou. Outro foco proposto pelo novo presidente é atrair não só fábricas, mas também sedes de empresas, as quais significam grande valor agregado em termos salariais e de atração de outras empresas que atendem suas necessidades.
  2. 2. Kireeff defendeu ainda a continuidade do trabalho feito até hoje pela Terra Roxa e que dá sustentação para o desenvolvimento da entidade. Adrian von Treuenfels se despediu do cargo fazendo um relato do início da criação da Terra Roxa, de sua missão e enfatizando que a entidade já passou da fase de divulgação, busca de apoio e solidificação. “E está pronta para novos vôos”. Banco de Dados estará disponível até final de dezembro Dentro de mais alguns dias, o site da Terra Roxa estará disponibilizando informações sócio-econômicas das 13 cidades com mais de 50 mil habitantes na região Norte e Noroeste do Paraná. O Banco de Dados da entidade, que compila informações importantes de todos os segmentos de interesse de um investidor, está pronto para ir ao ar, faltando poucos detalhes técnicos. O instrumento, considerado de extrema importância para apresentação da região, foi um projeto colocado como estratégico pela Terra Roxa para o ano de 2007, e apresentado durante a assembléia geral da entidade, realizada no último dia 1 (sábado). Além das cidades com mais de 50 mil habitantes, o Banco de Dados também traz informações importantes sobre segmentos relevantes em cidades atendidas pelas agências de desenvolvimento da região (IDR – Maringá, AIMES – Loanda, ADR de Paranavaí, ADETEC e a própria TRI). “É um banco que aborda os aspectos ambiental, educacional, econômico, social, infra-estrutura, além de listar as empresas e clusters que temos em vários segmentos, como o moveleiro, sucroalcooleiro, etc. Mas ressaltamos que não é um banco de dados fechado. Ele estará sempre em construção, atualizando as informações disponíveis e incluindo outras consideradas importantes”, informou Flávio Vicente, diretor-executivo da TRI. Cidades com mais de 50 mil habitantes constantes no Banco de Dados Londrina Maringá Apucarana Arapongas Cambé Umuarama Sarandi Campo Mourão Paranavaí Cianorte Rolândia Ibiporã Cornélio Procópio
  3. 3. Líderes destacam a força de uma região unida Os presidentes do Sicoob Central Paraná, Jefferson Nogaroli, e da Federação das Indústrias do Estado do Paraná – Fiep – Rodrigo Rocha Loures participaram da assembléia geral da Terra Roxa e destacaram a importância do trabalho realizado e da força que representa uma região unida. “A cooperação é uma vocação da nossa região. Aqui criamos cooperativas que são exemplos para o país”, destacou Nogaroli. Ele ainda citou que os empresários que, assim como ele precisam viajar bastante para várias partes do mundo, sabem que “a região Norte e Noroeste do Paraná não perdem para nenhuma outra”. Rocha Loures também destacou que os municípios sozinhos não têm a mesma força que uma região. “Se essa comunidade de empresários está unida num propósito comum é muito difícil que o sistema político não reaja positivamente”, disse, complementando que é difícil dissociar a questão do desenvolvimento de uma atuação política competente. Livro abordará os 100 motivos para investir na região Para o próximo ano, a Terra Roxa irá ter um livro intitulado “Os 100 motivos para se investir no Norte do Paraná”. O projeto já está com layout em fase de aprovação e trabalha na captação de recursos.
  4. 4. A meta é que o livro seja enviado para embaixadas, consulados, escritórios de negócios e formadores do opinião no Brasil e exterior. Além de informações sobre as grandes empresas que estão instaladas no Norte do Estado e das diversas vantagens como clima, população jovem e qualificada, o livro falará de pessoas da região que têm destaque internacional, como o atleta Vanderlei Cordeiro de Lima entre outros. As edições serão em português e inglês. TRI participa do Encontro Brasil Alemanha Pela segunda vez, a Terra Roxa Investimentos esteve presente no Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que este ano aconteceu em Blumenau (SC), em novembro. A primeira participação da TRI foi há dois anos, na Alemanha, quando a entidade tinha, praticamente, acabado de ser criada. O encontro é realizado a cada dois anos, sendo uma edição no Brasil e outra na Alemanha. No encontro de Blumenau, participaram o então presidente da TRI, Adrian von Treuenfels, e o diretor-executivo, Flávio Vicente. Segundo Adrian, foi mais uma oportunidade para que a TRI divulgasse a região Norte e Nororeste do Paraná, num encontro que reuniu 1.400 empresários brasileiros e alemães, além de representantes dos dois governos. Evento na região Pela importância do Encontro Econômico Brasil Alemanha, lideranças reunidas na assembléia geral da Terra Roxa, dia 1, iniciaram discussão para que o evento seja realizado no eixo Londrina-Maringá daqui a quatro anos. Isso porque, a próxima edição será realizada na Alemanha. A idéia recebeu pronto apoio da Fiep e das demais lideranças presentes. “É um grande evento e precisamos que a região esteja madura para recebê-lo. Para isso precisamos do apoio de todos: governos municipais e do Estado, entidades de classe, políticos. E precisamos começar a trabalhar já”, disse Treuenfels. Visita às ADRs do RS Outra atividade da Terra Roxa no mês de novembro, visando à ampliação do networking e troca de experiências, foi uma visita à Rede de Agências de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul. O diretor-executivo, Flávio Vicente, representou a entidade. A visita foi organizada pela Rede de ADRs do Paraná. Além de maior conhecimento do trabalho realizado no RS e troca de experiências, a visita teve também como objetivo discutir a organização de um encontro de todas as ADRs, que será realizado no que vem, em Curitiba. Para a TRI, especificamente, um momento importante foi o encontro com a ADR Pólo RS, expert na atração de empresas. Prestação de contas
  5. 5. Fechando o ano de intensas atividades, a Terra Roxa apresentou o balanço de tudo que foi feito em 2007, durante a assembléia geral da entidade. Além da conclusão do projeto do Banco de Dados, foi consolidada a Rede de Agências de Desenvolvimento do Paraná, com a Terra Roxa assumindo a coordenação da entidade; recepções a comitivas e visitas; firmados convênios e parcerias; realizadas novas filiações; realizadas viagens internacionais; encaminhadas discussões sobre o trem de passageiros unindo Paiçandu a Ibiporã; além do encaminhamento da parceria que visa a instalação de uma usina de tratamento de resíduos em Apucarana. A instalação da usina é resultado de uma das recepções a comitivas de investidores estrangeiros realizadas pela TRI. O empresário Gerhard Ammon, que esteve no Brasil no primeiro semestre integrando uma comitiva de investidores alemães, se interessou em instalar na região uma usina de transformação de resíduos orgânicos e não orgânicos em materiais para a construção civil. Em breve, deve ser assinado o termo de compromisso de instalação da indústria em Apucarana. Os interessados em mais detalhes sobre o balanço de 2007 da TRI podem solicitar o relatório pelo e-mail info@terraroxa.org.br.
  6. 6. Fechando o ano de intensas atividades, a Terra Roxa apresentou o balanço de tudo que foi feito em 2007, durante a assembléia geral da entidade. Além da conclusão do projeto do Banco de Dados, foi consolidada a Rede de Agências de Desenvolvimento do Paraná, com a Terra Roxa assumindo a coordenação da entidade; recepções a comitivas e visitas; firmados convênios e parcerias; realizadas novas filiações; realizadas viagens internacionais; encaminhadas discussões sobre o trem de passageiros unindo Paiçandu a Ibiporã; além do encaminhamento da parceria que visa a instalação de uma usina de tratamento de resíduos em Apucarana. A instalação da usina é resultado de uma das recepções a comitivas de investidores estrangeiros realizadas pela TRI. O empresário Gerhard Ammon, que esteve no Brasil no primeiro semestre integrando uma comitiva de investidores alemães, se interessou em instalar na região uma usina de transformação de resíduos orgânicos e não orgânicos em materiais para a construção civil. Em breve, deve ser assinado o termo de compromisso de instalação da indústria em Apucarana. Os interessados em mais detalhes sobre o balanço de 2007 da TRI podem solicitar o relatório pelo e-mail info@terraroxa.org.br.

×