O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

48 newsletter maio 2013

202 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

48 newsletter maio 2013

  1. 1. Maio / 2013 Equipe da TRI participa de capacitação para atração de investimentos, no Rio A convite do Governo do Estado do Paraná, a Terra Roxa participou, dias 18 e 19 de abril, do 4º Seminário de Capacitação em Atração de Investimentos, realizado no Rio de Janeiro. Participaram o diretor-executivo, Alexandre Farina, e a analista de mercado internacional da TRI, Megumi Hayashi. Embora dirigido a técnicos dos governos estaduais, a Terra Roxa participou do seminário, junto com a Agência Paraná de Desenvolvimento e a Secretaria de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul. “Fomos indicados para participar deste treinamento, que é restrito, devido à sinergia que existe entre o trabalho da TRI e órgãos do governo estadual”, informa Farina. O evento contou com mais de 100 participantes, tendo representação de todos os Estados brasileiros e Distrito Federal. O evento O objetivo do evento foi oferecer aos participantes conhecimentos que permitam ampliar a capacidade e qualidade de atendimento a potenciais investidores. Organizado pela Rede Nacional de Informações sobre o Investimento (Renai), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o seminário contou com a parceria da fDi Intelligence (divisão do Financial Times especializada em questões atinentes aos investimentos estrangeiros diretos), Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços e Secretaria de Estado da Casa Civil do Rio de Janeiro e da Agência de Promoção de Exportações e Atração de Investimentos (Apex-Brasil). Durante os dois dias do encontro foram realizadas palestras sobre o Programa de Investimentos em Logística (PIL) e as possibilidades de cooperação com a Empresa de Planejamento e Logística (EPL), a experiência do estado do Rio de Janeiro em promoção de novos empreendimentos e apresentações de entidades estrangeiras – da Espanha, França e Japão - sobre fundos de apoio a projetos de infraestrutura no Brasil. “Esse conhecimento pode nos ajudar bastante em projetos que venham a ser realizados na região”, observa Megumi. Network Farina e Megumi destacaram a grande oportunidade que o seminário proporcionou para ampliar a rede de contatos da Terra Roxa. “Realizamos network com colegas do Brasil todo que trabalham no setor de atração de investimentos, conhecendo o estágio em que cada Estado se encontra e também estreitamos contatos com os órgãos do Estado do Paraná que participaram do evento – a Agência Paraná de Desenvolvimento e a Secretaria de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul,” comentou Farina. A equipe da Terra Roxa também recebeu informações e conheceu práticas de sucesso para atração de investimentos de várias partes do mundo. “Participar de eventos como este é renovador, porque conhecemos o que está sendo feito lá fora e buscamos sintonia com as atividades da agência”, destaca Farina. Comitiva da Namíbia volta à região Pela terceira vez, a Terra Roxa recebeu a visita de uma comitiva da Namíbia, localizada na região sul do continente africano – denominada África Austral - composta por representantes da Parceria Público Privada que está desenvolvendo um corredor logístico interligando países naquela região. Foram realizadas reuniões com o prefeito de Londrina, Alexandre Kiree, e visitas a empresas exportadoras em Arapongas e 1
  2. 2. Apucarana que, inclusive, já têm presença na África Austral. A comitiva também conheceu o projeto Minha Casa, Minha Vida, por meio de reuniões com representantes da Caixa Econômica Federal e FIEP e visitou canteiros de obras em Ibiporã. Há interesse em levar o projeto para a África. A comitiva ainda fez contatos com empresários de toda a região, que foram bastante proveitosos, com interesse de ambas as partes em ampliar e consolidar o relacionamento comercial. Os empresários aproveitaram a ocasião em que estavam em Londrina para conhecer a ExpoLondrina e se reunir com a diretoria da Sociedade Rural do Paraná. Próximos passos Após as três visitas da comitiva da Namíbia, agora é a vez de empresários brasileiros conhecerem aquele país. A Terra Roxa, que acompanhou todo o processo, está organizando uma missão comercial prospectiva norte-paranaense para o país africano. “A Terra Roxa está trabalhando na análise desses mercados e começará a desenhar as linhas gerais para a realização da missão”, informa Alexandre Farina. A equipe da Terra Roxa também recebeu informações e conheceu práticas de sucesso para atração de investimentos de várias partes do mundo. “Participar de eventos como este é renovador, porque conhecemos o que está sendo feito lá fora e buscamos sintonia com as atividades da agência”, destaca Farina. Oportunidades na região do Vêneto Em mais um evento realizado pelo Centro Internacional de Negócios, da FIEP, a Terra Roxa teve a oportunidade de trocar informações e conhecer as oportunidades de negócios da região de Vêneto, na Itália. O CIN organizou o encontro da missão italiana com empresas e entidades brasileiras, em Curitiba, no dia 15 de abril. A Terra Roxa foi representada por Megumi Hayashi, analista de mercado internacional da entidade. Os representantes italianos apresentaram oportunidades, principalmente, na área de construção civil, destacando empresas focadas na alta qualidade e sustentabilidade. Eles mostraram casas que podem ser construídas com emissão zero de carbono e estão em busca de parceiros para introduzir a tecnologia no Brasil. Uma área de grande interesse para eles é o setor de energia fotovoltaica (energia solar). Megumi apresentou a região aos empresários italianos, mostrando dados da construção civil em Londrina, como os cursos de engenharia disponíveis na região e o importante crescimento do setor nos últimos anos. “O evento reforçou novas possibilidades na área de inovação, design e realização de parcerias entre empresas daqui e da Itália”, disse Megumi. Apresentação da região à comitiva japonesa Também no dia 15 de abril, em Curitiba, a analista de mercado da Terra Roxa Investi-mentos, 2 Megumi Hayashi, fez uma segunda apresentação da região, desta vez a uma comitiva japonesa. Os empresários trabalham no ramo de soluções corporativas e estiveram no Brasil a pedido de cliente japonês que está se instalando em Campinas e busca parceiros/fornecedores de software de Sistema de ERP (Enterprise Resource Planinng) – sistema de gestão que é utilizado para gerir o uxo de recursos de uma empresa. O foco dos japoneses era conhecer mais a região, uma vez que procuram local para instalar um escritório da empresa. “Eles já têm escritório em São Paulo, mas estão abertos a conhecer outras regiões. No Japão, têm diversos clientes que estão interessados no Brasil”, informou Megumi, acres-centando que foi feito convite para que venham ao Norte do Paraná, para conhecer melhor a região. Megumi apresentou à comiti-va o Norte do Paraná com especial atenção no setor de TI, que a Terra Roxa levantou junto com parceiros da região. Missão “Ser um agente independente para atrair novos investimentos e promover negócios, integrando e desenvolvendo os setores econômicos da região Norte do Paraná”.

×