Tema B

A ordem social romana
A vida quotidiana
7 º ano
Profª Teresa Maia
Na sociedade Romana, (…) os homens que nasciam livres estavam
radicalmente separados da multidão de escravos (…). Depois, ...
IN: http://curteahistoria7.blogspot.com/2009/03/sociedade-romana.html

• A diferenciação social baseava-se na liberdade, n...
Imperador

Estratos
Superiores

Ordem
Senatorial

Ordem equestre

Plebe

Estratos
inferiores

Libertos

Escravos

Cidadãos
 Era o primeiro dos cidadãos;
 Como governante absoluto de Roma e do

seu império possuía riqueza, poder e
privilégios;
...
SENADORES
• Nomeados pelo imperador;

• Eram uma minoria;
• Eram grandes proprietários rurais;
• Com uma fortuna avaliada ...
CAVALEIROS
• Com uma fortuna avaliada em cerca de
400 sestércios;
• Ocupavam cargos na administração;
• Dedicavam-se ao co...
• Camponeses, artesãos , comerciantes, armadores e
empreiteiros;
• Grupo social numeroso;
• Muitos viviam com dificuldades...
• Antigos escravos que se tornaram
livres por compra ou por vontade

dos seus dos seus senhores;
• Os seus filhos passavam...
• A escravidão não se baseava na raça;
• Eram
prisioneiros
de
guerra,
marinheiros capturados e vendidos por
piratas, ou es...
Os mais ricos:
•Viviam nas domus urbanas e/ou nas
villae rurais.
•Ocupavam os seus dias com a política
e os negócios.
•Fre...
Os mais pobres:
• Se viviam no campo, dedicavam-se aos
trabalhos agrícolas.

•Na cidade, viviam em blocos de apartamentos
...
Com maior liberdade que as mulheres
gregas, as mulheres romanas
mantiveram-se excluídas da vida política
e sem direito à e...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sociedade romana cópiablogue

1.860 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sociedade romana cópiablogue

  1. 1. Tema B A ordem social romana A vida quotidiana 7 º ano Profª Teresa Maia
  2. 2. Na sociedade Romana, (…) os homens que nasciam livres estavam radicalmente separados da multidão de escravos (…). Depois, entre os próprios homens livres existia uma diferença profunda entre aqueles que eram cidadãos romanos e os que não o eram. Por fim, mesmo os cidadãos se encontravam hierarquizados numa escala social determinada pelo nível das suas fortunas. No escalão inferior situavam-se os membros da plebe (…). No escalão superior dos cidadãos estava a ordem senatorial, cujos membros podiam ser escolhidos pelo Imperador para generais das suas legiões ou para governadores das províncias, administradores dos principais serviços da cidade de Roma. Jerome Carcopino, A Vida Quotidiana em Roma no Apogeu do Império, Ed. Livros do Brasil (adaptado)
  3. 3. IN: http://curteahistoria7.blogspot.com/2009/03/sociedade-romana.html • A diferenciação social baseava-se na liberdade, na cidadania e na fortuna. • Era uma sociedade hierarquizada, mas possibilitava a mobilidade social. • Era uma sociedade esclavagista, porque dependia do trabalho da mão-de-obra escrava. • Era uma sociedade dominada por homens (as mulheres o estatuto social dos seus pais e, depois de casarem, dos seus maridos). tinham
  4. 4. Imperador Estratos Superiores Ordem Senatorial Ordem equestre Plebe Estratos inferiores Libertos Escravos Cidadãos
  5. 5.  Era o primeiro dos cidadãos;  Como governante absoluto de Roma e do seu império possuía riqueza, poder e privilégios;  Em companhia da sua família vivia uma vida luxuosa, mas constantemente sujeito à intriga política. Estátua de Augusto, primeiro Imperador Romano IN: http://pt.wikipedia.org/wiki/Imperador_romano
  6. 6. SENADORES • Nomeados pelo imperador; • Eram uma minoria; • Eram grandes proprietários rurais; • Com uma fortuna avaliada em 1 milhão de sestércios; • Exerciam altas funções no Império (senadores, magistrados, governadores de províncias). Senadores Romanos IN: http://www.romaeterna.9f.com/Roma_Consular/La_Rebelion_de_la_Pleb e.htm
  7. 7. CAVALEIROS • Com uma fortuna avaliada em cerca de 400 sestércios; • Ocupavam cargos na administração; • Dedicavam-se ao comércio e aos negócios; • Prestavam serviço militar a cavalo; • Ingressava-se nesta ordem por mérito pessoal; • O seu poder foi aumentando ao longo do tempo. Estátua de cavaleiro romano In: http://www.pbs.org/empires/romans/empi re/equestrians.html
  8. 8. • Camponeses, artesãos , comerciantes, armadores e empreiteiros; • Grupo social numeroso; • Muitos viviam com dificuldades, por isso tornavamse dependentes (clientes) dos mais ricos (patronos); • Tinham pouco poder individual, mas juntos podiam tornar-se perigosos; por isso alguns imperadores, conscientes deste risco, procuraram manter os plebeus mais pobres razoavelmente bem alimentados e entretidos para que não se revoltassem. Este tipo de política ficou conhecida com a expressão"pão e circo". Plebeus IN: http://www.markville.ss.yrdsb.edu.on.ca/project s/classof2008/chong2/munro/plebsandpats.htm
  9. 9. • Antigos escravos que se tornaram livres por compra ou por vontade dos seus dos seus senhores; • Os seus filhos passavam a ser cidadãos romanos de pleno direito. Nesta cerimónia (manumissio) os escravos são libertados pelo toque de uma vara chamada vindicta. Têm posto o gorro da liberdade, usado como seu símbolo até aos tempos modernos. IN: http://historylib.org/historybooks/Drevniy-Rim--Byt--religiya-kultura/_33.png
  10. 10. • A escravidão não se baseava na raça; • Eram prisioneiros de guerra, marinheiros capturados e vendidos por piratas, ou escravos comprados fora do território romano; • Chegaram a atingir 40% da população em certas zonas do império; • Trabalhavam, sobretudo, nas lides domésticas, no campo, nas minas e nas obras públicas; • Os mais cultos, normalmente de origem grega, tornavam-se mestres e pedagogos dos jovens romanos; • Alguns eram muito maltratados e utilizados em espectáculos como gladiadores. Quatro escravas vestem uma dama romana IN: http://www.billcasselman.com/unpub_2 010_five/family_word_history.htm Gladiadores romanos IN: http://arquehistoria.com/files/lucha_de_gladiadores.jpg
  11. 11. Os mais ricos: •Viviam nas domus urbanas e/ou nas villae rurais. •Ocupavam os seus dias com a política e os negócios. •Frequentavam as termas, o teatro e outros espetáculos. •À noite participavam, por vezes, em banquetes ( nos quais eram servidos muitos pratos de carne de caça, aves ou peixes acompanhados com vinho de várias qualidades, misturado com água, mel e ervas aromáticas). •Tinham ao seu serviço numerosos escravos. Domus romana IN: http://files.romantigua.webnode.es/2000022179e6749f60f/domus%20romana.jpg IN: http://arquehistoria.com/wp-content/uploads/2012/03/cena_romana.jpg
  12. 12. Os mais pobres: • Se viviam no campo, dedicavam-se aos trabalhos agrícolas. •Na cidade, viviam em blocos de apartamentos - as insulae -, prédios com 4 a 5 andares, construídos em tijolo e madeira, onde o risco de incêndio era constante. •Alimentavam-se com refeições simples constituídas por uma espécie de sopa de feijão, lentilhas e cebola, acompanhada de pão e fruta. •Havia muitos desempregados, alimentados pelo Imperador e pelos mais poderosos com “pão e circo” . Insulae IN:http://iesalagon.juntaextremadura.net/web/departamentos/latin/recursos /casrom_puer/insulae.gif
  13. 13. Com maior liberdade que as mulheres gregas, as mulheres romanas mantiveram-se excluídas da vida política e sem direito à expressão pública das suas Messalina com o seu filho IN: http://lordbest.napoleonicmedals.org/gall erymessalina.html ideias. Porém, algumas mulheres ligadas à família imperial exerceram a sua influência nos destinos de Roma. Busto de Agripina Minor IN: http://www.portugalromano.com/?p=514

×