SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
História – 7º ano   Professora Carla Freitas
A Decadência do Império Romano
Causas da Decadência do Império
                Romano
 Território demasiado extenso - dificultava a administração
  e a defesa;
 Crise económica;
 Conflitos sociais entre patrícios e plebeus;
 Instabilidade política
 Crescimento do cristianismo;
 Aumento da corrupção em Roma e nas províncias;


            Enfraquecimento do Império
       Invasões Bárbaras no século V.
Invasões Bárbaras
A partir do século III d.C.os germanos (bárbaros) começam a ultrapassar os
  rios Reno e Danúbio, no século V as invasões tornam-se mais violentas
                          devido à pressão dos Hunos




                            GERMANOS:
Visigodos,Ostrogodos,Vândalos,Anglos, Saxões, Francos, Suevos, Alamanos.
Invasões Bárbaras



Visigodos       Vândalos         Ostrogodos         Suevos




               Anglos e Saxões
                                              Alamanos
Francos
476 – CONQUISTA DE ROMA PELOS OSTROGODOS




       Inicia-se um novo período da História

             IDADE MÉDIA
DISTRIBUIÇÃO DO ESPAÇO EUROPEU,
 APÓS A FIXAÇÃO DOS BÁRBAROS.
Novas Invasões
                                 Sécs. VIII a X:
                                        Vikings
                                     Escandinávia

                                     Sécs. IX e X:
                                       Magiares
                                     Ásia central




Séc. VIII- Muçulmanos-N. de África
Vikings E Muçulmanos




Vikings         Muçulmanos
OS REINOS EUROPEUS APÓS AS INVASÕES

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIVCarla Freitas
 
A queda do império romano
A queda do império romanoA queda do império romano
A queda do império romanocattonia
 
A Integração Dos Povos No Império Romano
A Integração Dos Povos No Império RomanoA Integração Dos Povos No Império Romano
A Integração Dos Povos No Império RomanoMariana Neves
 
A civilização romana
A civilização romana  A civilização romana
A civilização romana eb23ja
 
A presença romana em portugal e os seus vestigios
A presença romana em portugal e os seus vestigiosA presença romana em portugal e os seus vestigios
A presença romana em portugal e os seus vestigiosMário Tiago Viegas
 
As relações feudais
As relações feudaisAs relações feudais
As relações feudaisAntónio Rosa
 
Cultura na idade média
Cultura na idade médiaCultura na idade média
Cultura na idade médiaHCA_10I
 
O mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império iO mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império iTeresa Maia
 
Romanização 7ºAno / Historia
Romanização 7ºAno / Historia Romanização 7ºAno / Historia
Romanização 7ºAno / Historia Francisco Nogueira
 
A Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVA Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVCarlos Vieira
 
1 invasões bárbaras
1 invasões bárbaras1 invasões bárbaras
1 invasões bárbarasKerol Brombal
 
A sociedade medieval parte 1
A sociedade medieval  parte 1A sociedade medieval  parte 1
A sociedade medieval parte 1Carla Teixeira
 
Formacao de portugal
Formacao de portugalFormacao de portugal
Formacao de portugalcattonia
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa OcidentalA identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa OcidentalSusana Simões
 

Mais procurados (20)

Historia 7 ano
Historia 7 anoHistoria 7 ano
Historia 7 ano
 
22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV
 
A queda do império romano
A queda do império romanoA queda do império romano
A queda do império romano
 
A Integração Dos Povos No Império Romano
A Integração Dos Povos No Império RomanoA Integração Dos Povos No Império Romano
A Integração Dos Povos No Império Romano
 
Romanização
RomanizaçãoRomanização
Romanização
 
A civilização romana
A civilização romana  A civilização romana
A civilização romana
 
A presença romana em portugal e os seus vestigios
A presença romana em portugal e os seus vestigiosA presença romana em portugal e os seus vestigios
A presença romana em portugal e os seus vestigios
 
As relações feudais
As relações feudaisAs relações feudais
As relações feudais
 
Cultura na idade média
Cultura na idade médiaCultura na idade média
Cultura na idade média
 
O mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império iO mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império i
 
Romanização 7ºAno / Historia
Romanização 7ºAno / Historia Romanização 7ºAno / Historia
Romanização 7ºAno / Historia
 
O império carolíngio
O império carolíngioO império carolíngio
O império carolíngio
 
A Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVA Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIV
 
1 invasões bárbaras
1 invasões bárbaras1 invasões bárbaras
1 invasões bárbaras
 
A sociedade medieval parte 1
A sociedade medieval  parte 1A sociedade medieval  parte 1
A sociedade medieval parte 1
 
Romanos
RomanosRomanos
Romanos
 
Formacao de portugal
Formacao de portugalFormacao de portugal
Formacao de portugal
 
Roma antiga
Roma antigaRoma antiga
Roma antiga
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa OcidentalA identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa Ocidental
 
Idade Ma
Idade MaIdade Ma
Idade Ma
 

Destaque

19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIIICarla Freitas
 
Roma Imperial
Roma ImperialRoma Imperial
Roma Imperialeb23ja
 
Os gregos no século v a
Os gregos no século v aOs gregos no século v a
Os gregos no século v aTeresa Maia
 
O desenvolvimento económico do século xiii
O desenvolvimento económico do século xiiiO desenvolvimento económico do século xiii
O desenvolvimento económico do século xiiiAna Barreiros
 
Desenvolvimento Económico Séculos XI-XII
Desenvolvimento Económico Séculos XI-XIIDesenvolvimento Económico Séculos XI-XII
Desenvolvimento Económico Séculos XI-XIINelson Faustino
 
Paleolítico e Neolítico
Paleolítico e NeolíticoPaleolítico e Neolítico
Paleolítico e NeolíticoCarlos Vieira
 
O Império Romano
O Império RomanoO Império Romano
O Império RomanoHCA_10I
 
A Queda do Império Romano do Oriente.
A Queda do Império Romano do Oriente. A Queda do Império Romano do Oriente.
A Queda do Império Romano do Oriente. Adail Silva
 
Queda do império romano do ocidente – 476
Queda do império romano do ocidente – 476Queda do império romano do ocidente – 476
Queda do império romano do ocidente – 476Izaac Erder
 
Iberos, celtas e lusitanos
Iberos, celtas e lusitanosIberos, celtas e lusitanos
Iberos, celtas e lusitanosLúcia Ramalho
 
Os muçulmanos
Os muçulmanosOs muçulmanos
Os muçulmanoscruchinho
 

Destaque (19)

19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
19 - Crescimento económico dos séculos XII e XIII
 
Roma Imperial
Roma ImperialRoma Imperial
Roma Imperial
 
Os gregos no século v a
Os gregos no século v aOs gregos no século v a
Os gregos no século v a
 
Sociedade Medieval
Sociedade MedievalSociedade Medieval
Sociedade Medieval
 
Invasões
InvasõesInvasões
Invasões
 
O desenvolvimento económico do século xiii
O desenvolvimento económico do século xiiiO desenvolvimento económico do século xiii
O desenvolvimento económico do século xiii
 
Roma Asterix
Roma Asterix Roma Asterix
Roma Asterix
 
Desenvolvimento Económico Séculos XI-XII
Desenvolvimento Económico Séculos XI-XIIDesenvolvimento Económico Séculos XI-XII
Desenvolvimento Económico Séculos XI-XII
 
Paleolítico e Neolítico
Paleolítico e NeolíticoPaleolítico e Neolítico
Paleolítico e Neolítico
 
A grécia
A gréciaA grécia
A grécia
 
O Império Romano
O Império RomanoO Império Romano
O Império Romano
 
A crise do império romano
A crise do império romanoA crise do império romano
A crise do império romano
 
A Queda do Império Romano do Oriente.
A Queda do Império Romano do Oriente. A Queda do Império Romano do Oriente.
A Queda do Império Romano do Oriente.
 
Queda do império romano do ocidente – 476
Queda do império romano do ocidente – 476Queda do império romano do ocidente – 476
Queda do império romano do ocidente – 476
 
Classes sociais
Classes sociaisClasses sociais
Classes sociais
 
Atenas
AtenasAtenas
Atenas
 
Iberos, celtas e lusitanos
Iberos, celtas e lusitanosIberos, celtas e lusitanos
Iberos, celtas e lusitanos
 
Os muçulmanos
Os muçulmanosOs muçulmanos
Os muçulmanos
 
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo
48666509 4-ficha-em-4-º-ano-1-º-periodo
 

Semelhante a Queda do império

HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...7F
 
Francos e o império de carlos magno
Francos e o império de carlos magnoFrancos e o império de carlos magno
Francos e o império de carlos magnoWeslei Carvalho
 
Invasesbrbaraseformaodaeuropamoderna 111101132734-phpapp02
Invasesbrbaraseformaodaeuropamoderna 111101132734-phpapp02Invasesbrbaraseformaodaeuropamoderna 111101132734-phpapp02
Invasesbrbaraseformaodaeuropamoderna 111101132734-phpapp02Fatima Freitas
 
Visogodos
VisogodosVisogodos
Visogodosceap
 
Invasões bárbaras e formação da europa moderna
Invasões bárbaras e formação da europa modernaInvasões bárbaras e formação da europa moderna
Invasões bárbaras e formação da europa modernaFatima Freitas
 
História Medieval aula 03 Bárbaros. ppt
História Medieval aula 03 Bárbaros. pptHistória Medieval aula 03 Bárbaros. ppt
História Medieval aula 03 Bárbaros. pptMarcelo Abreu Gomes
 
C:\Fakepath\Ocidente Na Alta Idade MéDia
C:\Fakepath\Ocidente Na Alta Idade MéDiaC:\Fakepath\Ocidente Na Alta Idade MéDia
C:\Fakepath\Ocidente Na Alta Idade MéDiaAEDFL
 
Os francos, imp. carolingio
Os francos, imp. carolingioOs francos, imp. carolingio
Os francos, imp. carolingiohistoriando
 
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02Carolina Magalhães
 
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02Carolina Magalhães
 
A Europa cristã nos séculos VI a IX
A Europa cristã nos séculos VI a IXA Europa cristã nos séculos VI a IX
A Europa cristã nos séculos VI a IXPatrícia Morais
 
O período medieval europeu
O período medieval europeuO período medieval europeu
O período medieval europeuVagner Roberto
 
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. MedeirosOs Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. MedeirosJoão Medeiros
 

Semelhante a Queda do império (20)

HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
 
Romanos
RomanosRomanos
Romanos
 
Francos e o império de carlos magno
Francos e o império de carlos magnoFrancos e o império de carlos magno
Francos e o império de carlos magno
 
Invasesbrbaraseformaodaeuropamoderna 111101132734-phpapp02
Invasesbrbaraseformaodaeuropamoderna 111101132734-phpapp02Invasesbrbaraseformaodaeuropamoderna 111101132734-phpapp02
Invasesbrbaraseformaodaeuropamoderna 111101132734-phpapp02
 
Visogodos
VisogodosVisogodos
Visogodos
 
Invasões bárbaras e formação da europa moderna
Invasões bárbaras e formação da europa modernaInvasões bárbaras e formação da europa moderna
Invasões bárbaras e formação da europa moderna
 
Apresentação4
Apresentação4Apresentação4
Apresentação4
 
História Medieval aula 03 Bárbaros. ppt
História Medieval aula 03 Bárbaros. pptHistória Medieval aula 03 Bárbaros. ppt
História Medieval aula 03 Bárbaros. ppt
 
C:\Fakepath\Ocidente Na Alta Idade MéDia
C:\Fakepath\Ocidente Na Alta Idade MéDiaC:\Fakepath\Ocidente Na Alta Idade MéDia
C:\Fakepath\Ocidente Na Alta Idade MéDia
 
Trabalho de historia
Trabalho de historia Trabalho de historia
Trabalho de historia
 
Os francos, imp. carolingio
Os francos, imp. carolingioOs francos, imp. carolingio
Os francos, imp. carolingio
 
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
 
A alta idade média
A alta idade médiaA alta idade média
A alta idade média
 
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
Osprimeirospovosahabitarapennsulaibrica 100930151104-phpapp02
 
A Europa cristã nos séculos VI a IX
A Europa cristã nos séculos VI a IXA Europa cristã nos séculos VI a IX
A Europa cristã nos séculos VI a IX
 
O período medieval europeu
O período medieval europeuO período medieval europeu
O período medieval europeu
 
Ficha história
Ficha históriaFicha história
Ficha história
 
RESUMO Completo da Idade média
RESUMO Completo da Idade médiaRESUMO Completo da Idade média
RESUMO Completo da Idade média
 
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. MedeirosOs Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
Os Povos Bárbaros - Os Francos - Prof. Medeiros
 
Os francos, imp. carolingio
Os francos, imp. carolingioOs francos, imp. carolingio
Os francos, imp. carolingio
 

Mais de Carla Freitas

Mais de Carla Freitas (20)

11 ha m6 u1
11 ha m6 u111 ha m6 u1
11 ha m6 u1
 
11 Ha M5 u3
11 Ha M5 u311 Ha M5 u3
11 Ha M5 u3
 
11 Ha M5 u5 1
11 Ha M5 u5 111 Ha M5 u5 1
11 Ha M5 u5 1
 
Módulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - RomantismoMódulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - Romantismo
 
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIXMódulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
 
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismoMódulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
 
Módulo 8 - Naturalismo e Realismo
Módulo 8 - Naturalismo e RealismoMódulo 8 - Naturalismo e Realismo
Módulo 8 - Naturalismo e Realismo
 
11 ha m5 u4
11 ha m5 u411 ha m5 u4
11 ha m5 u4
 
11 ha m5 u2
11 ha m5 u211 ha m5 u2
11 ha m5 u2
 
11 ha m4 u3 3
11 ha m4 u3 311 ha m4 u3 3
11 ha m4 u3 3
 
11 ha m5 u1
11 ha m5 u111 ha m5 u1
11 ha m5 u1
 
11 ha m4 u4 3
11 ha m4 u4 311 ha m4 u4 3
11 ha m4 u4 3
 
11 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 211 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 2
 
11 ha m4 u4 1
11 ha m4 u4 111 ha m4 u4 1
11 ha m4 u4 1
 
11 ha m4 u3 2
11 ha m4 u3 211 ha m4 u3 2
11 ha m4 u3 2
 
11 ha m4 u3 1
11 ha m4 u3 111 ha m4 u3 1
11 ha m4 u3 1
 
11 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 211 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 2
 
11 ha m4 u2 1
11 ha m4 u2 111 ha m4 u2 1
11 ha m4 u2 1
 
11 ha m4 u1
11 ha m4 u111 ha m4 u1
11 ha m4 u1
 
11 ha m4 u2 3
11 ha m4 u2 311 ha m4 u2 3
11 ha m4 u2 3
 

Último

O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.pptDaniloConceiodaSilva
 

Último (20)

O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
 

Queda do império

  • 1. História – 7º ano Professora Carla Freitas
  • 2. A Decadência do Império Romano
  • 3. Causas da Decadência do Império Romano  Território demasiado extenso - dificultava a administração e a defesa;  Crise económica;  Conflitos sociais entre patrícios e plebeus;  Instabilidade política  Crescimento do cristianismo;  Aumento da corrupção em Roma e nas províncias; Enfraquecimento do Império Invasões Bárbaras no século V.
  • 4. Invasões Bárbaras A partir do século III d.C.os germanos (bárbaros) começam a ultrapassar os rios Reno e Danúbio, no século V as invasões tornam-se mais violentas devido à pressão dos Hunos GERMANOS: Visigodos,Ostrogodos,Vândalos,Anglos, Saxões, Francos, Suevos, Alamanos.
  • 5. Invasões Bárbaras Visigodos Vândalos Ostrogodos Suevos Anglos e Saxões Alamanos Francos
  • 6. 476 – CONQUISTA DE ROMA PELOS OSTROGODOS Inicia-se um novo período da História IDADE MÉDIA
  • 7. DISTRIBUIÇÃO DO ESPAÇO EUROPEU, APÓS A FIXAÇÃO DOS BÁRBAROS.
  • 8. Novas Invasões Sécs. VIII a X: Vikings Escandinávia Sécs. IX e X: Magiares Ásia central Séc. VIII- Muçulmanos-N. de África
  • 10. OS REINOS EUROPEUS APÓS AS INVASÕES