SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
“Se dissermos que mantemos
comunhão com ele e andarmos nas
trevas, mentimos e não praticamos a
verdade. Se, porém, andarmos na luz,
como ele está na luz, mantemos
comunhão uns com os outros, e o
sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica
de todo pecado. Se dissermos que não
temos pecado nenhum, a nós mesmos
nos enganamos, e a verdade não está
em nós. Se confessarmos os nossos
pecados, ele é fiel e justo para nos
perdoar os pecados e nos purificar de
toda injustiça.” (I João 1.6-9)
O Espírito é aquele que opera a fé em
nós, pelo qual realmente ganhamos um
interesse na virtude purificadora do
sangue de Cristo. Pela fé recebemos a
Cristo, e pela fé recebemos todos os
benefícios de sua mediação - isto é,
como eles são oferecidos a nós nas
promessas de Deus.
2
Alguém dirá: “Mas como é que se
recebe a Cristo pela fé? Como se pode
ter a certeza de que o recebemos já que
Jesus é invisível?”
De fato não o podemos fazer por nós e
de nós mesmos. É necessário que
recebamos essa fé como um dom
diretamente da parte de Deus, para que
possamos por meio dela nos unirmos
espiritualmente a Cristo. E somente
então podemos ter experiências com a
manifestação de Sua vida sobrenatural
em nós, atuando pelo Espírito Santo.
Por isso, em toda a pregação do próprio
Cristo, dos apóstolos e na Igreja
durante os séculos, o arrependimento
sempre é colocado como sendo
necessário, antes de podermos receber
a fé e exercitá-la para nos apoderarmos
de Jesus.
É preciso dispor-se a ser convencido
pelo Espírito Santo do quanto somos
3
pecadores e necessitados do perdão de
Deus e do Seu trabalho em nós para que
possamos ser purificados. Somente
quando experimentarmos esta aversão
a nós mesmos pelo quanto somos
pecadores, é que a fé será despertada
em nós, e por ela, por nossas petições a
Jesus, é que o trabalho de conversão e
depois dele, o de santificação, serão
realizados por Deus.
Cristo é nossa propiciação pela fé como
oferecido em seu sangue; e ele é a nossa
santificação pela fé em seu sangue
aspergido. E a ação particular de fé no
sangue de Cristo, pois a purificação da
alma do pecado é exigida de nós. Uma
consciência renovada é sensível a uma
poluição em cada pecado, e não está
livre da vergonha disso em um apelo
particular ao sangue de Cristo. A
consciência põe fé na fonte aberta para
o pecado e a impureza, assim como o
doente veio para o tanque de águas
curativa e esperou por uma ocasião
para ser limpo nela, João 5.2-9. Então
4
Davi, sobre a contaminação que ele
contraiu por seus grandes pecados,
aborda a Deus com esta oração:
"Purifica-me com hissopo e ficarei
limpo: lava-me e ficarei mais alvo do
que a neve", Salmo 51.7. Ele alude à
purificação das pessoas leprosas, cuja
ordenança é instituída em Lev 14.2-7;
ou àquela instituição mais geral para a
purificação de toda impureza legal pela
água de separação, feita das cinzas da
novilha vermelha, Nm 19.4-6. Isto é ao
que nosso apóstolo se referiu em Heb
9.13,14; pois ambas as purificações
foram feitas pela aspersão de sangue ou
água com hissopo. É claro, eu digo, que
ele alude a essas instituições; mas é tão
claro que não são as coisas em si
mesmas que ele pretende. Pois não
havia nada na lei para purgar por
hissopo, aquelas pessoas que eram
culpadas dos pecados cometidos por
Davi. Portanto, ele professa no final do
Salmo, que "Pois não te comprazes em
sacrifícios; do contrário, eu tos daria; e
não te agradas de holocaustos.", no caso
5
dele, Salmos 51.16. Era, portanto, ao
que foi representado por essas
instituições que ele apelou - ele
realmente apelou ao sangue de Cristo,
pelo qual ele poderia ser "justificado de
todas as coisas, de que ele não poderia
ser justificado pela lei de Moisés," Atos
13.39; e da mesma forma ser purificado.
Da mesma maneira, todos os crentes
fazem um apelo real ao sangue de
Cristo para purificar seus pecados; até
que isso seja feito, eles têm uma
"consciência de pecados ", isto é, uma
consciência que os condena pelo pecado
e os preenche com vergonha e medo,
Heb 10.1-3.
6

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Conexão Através da Santidade
Conexão Através da SantidadeConexão Através da Santidade
Conexão Através da Santidade
 
Estudo27 justificacao pela-fe
Estudo27 justificacao pela-feEstudo27 justificacao pela-fe
Estudo27 justificacao pela-fe
 
Confie nas Palavras de Perdão
Confie nas Palavras de PerdãoConfie nas Palavras de Perdão
Confie nas Palavras de Perdão
 
Efeitos da Graca
Efeitos da GracaEfeitos da Graca
Efeitos da Graca
 
Andando pelo Caminho da Santidade
Andando pelo Caminho da SantidadeAndando pelo Caminho da Santidade
Andando pelo Caminho da Santidade
 
Santificação
SantificaçãoSantificação
Santificação
 
Justificação estudo
Justificação estudoJustificação estudo
Justificação estudo
 
E Não Haverá Mais Dor
E Não Haverá Mais DorE Não Haverá Mais Dor
E Não Haverá Mais Dor
 
A lei e a Graça
A lei e a GraçaA lei e a Graça
A lei e a Graça
 
Como Crescer em Santidade
Como Crescer em SantidadeComo Crescer em Santidade
Como Crescer em Santidade
 
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
 
Como Reconhecer a Voz de Deus
Como Reconhecer a Voz de DeusComo Reconhecer a Voz de Deus
Como Reconhecer a Voz de Deus
 
Protegendo as Áreas Vulneráveis da Vida
Protegendo as Áreas Vulneráveis da VidaProtegendo as Áreas Vulneráveis da Vida
Protegendo as Áreas Vulneráveis da Vida
 
LIVRE ARBÍTRIO
LIVRE ARBÍTRIOLIVRE ARBÍTRIO
LIVRE ARBÍTRIO
 
Aula 5 substituição
Aula 5  substituiçãoAula 5  substituição
Aula 5 substituição
 
Quem é o Deus verdadeiro de 1joão 5:20?
Quem é o Deus verdadeiro de 1joão 5:20?Quem é o Deus verdadeiro de 1joão 5:20?
Quem é o Deus verdadeiro de 1joão 5:20?
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
 
Caminho, Verdade e Vida
Caminho, Verdade e VidaCaminho, Verdade e Vida
Caminho, Verdade e Vida
 
Jmj madrid 0811
Jmj madrid 0811Jmj madrid 0811
Jmj madrid 0811
 
Cancelado
CanceladoCancelado
Cancelado
 

Semelhante a Deus requer santificação aos cristãos 61

Tratado sobre o Espirito Santo livro iv - parte 2 - John Owen
Tratado sobre o Espirito Santo   livro iv - parte 2 - John OwenTratado sobre o Espirito Santo   livro iv - parte 2 - John Owen
Tratado sobre o Espirito Santo livro iv - parte 2 - John OwenSilvio Dutra
 
A Obra de Santificação - John Owen
A Obra de Santificação - John OwenA Obra de Santificação - John Owen
A Obra de Santificação - John OwenSilvio Dutra
 
VIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REALVIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REALLc Passold
 
A remissão de pecados
A remissão de pecadosA remissão de pecados
A remissão de pecadosdimas campos
 
Desagravo à Santidade de Deus
Desagravo à Santidade de DeusDesagravo à Santidade de Deus
Desagravo à Santidade de DeusSilvio Dutra
 
Se há graça não se pode permanecer no pecado - Alex Salustino
Se há graça não se pode permanecer no pecado - Alex SalustinoSe há graça não se pode permanecer no pecado - Alex Salustino
Se há graça não se pode permanecer no pecado - Alex SalustinoAlexSalustino
 
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Lição_original com t...
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Lição_original com t...Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Lição_original com t...
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Lição_original com t...Gerson G. Ramos
 
Somente a Fé - John Owen
Somente a Fé - John OwenSomente a Fé - John Owen
Somente a Fé - John OwenSilvio Dutra
 
Como posso saber que sou perdoado - livro
Como posso saber que sou perdoado - livroComo posso saber que sou perdoado - livro
Como posso saber que sou perdoado - livroSilvio Dutra
 
Confissão de fé da Guanabara
Confissão de fé da GuanabaraConfissão de fé da Guanabara
Confissão de fé da GuanabaraVitor Germano
 
A Cruz e a Ressurreição de Cristo: Significados para a vida atual
A Cruz e a Ressurreição de Cristo: Significados para a vida atualA Cruz e a Ressurreição de Cristo: Significados para a vida atual
A Cruz e a Ressurreição de Cristo: Significados para a vida atualRamon S da Costa
 
O Mistério da Santificação por Cristo Aberto - Thomas Boston
O Mistério da Santificação por Cristo Aberto - Thomas BostonO Mistério da Santificação por Cristo Aberto - Thomas Boston
O Mistério da Santificação por Cristo Aberto - Thomas BostonSilvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 6
Deus requer santificação aos cristãos 6Deus requer santificação aos cristãos 6
Deus requer santificação aos cristãos 6Silvio Dutra
 
Ebd lições bíblicas 2°trimestre 2016 lição 7 A vida segundo o Espírito.
Ebd lições bíblicas 2°trimestre 2016 lição 7 A vida segundo o Espírito.Ebd lições bíblicas 2°trimestre 2016 lição 7 A vida segundo o Espírito.
Ebd lições bíblicas 2°trimestre 2016 lição 7 A vida segundo o Espírito.GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Deus requer santificação aos cristãos 57
Deus requer santificação aos cristãos 57Deus requer santificação aos cristãos 57
Deus requer santificação aos cristãos 57Silvio Dutra
 
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 3 - O substituto de nossos pe...
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 3 - O substituto de nossos pe...DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 3 - O substituto de nossos pe...
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 3 - O substituto de nossos pe...Natalino das Neves Neves
 
Epístola aos romanos
Epístola aos romanosEpístola aos romanos
Epístola aos romanosLaisinha Dias
 

Semelhante a Deus requer santificação aos cristãos 61 (20)

Somos a justiça de deus
Somos a justiça de deusSomos a justiça de deus
Somos a justiça de deus
 
Tratado sobre o Espirito Santo livro iv - parte 2 - John Owen
Tratado sobre o Espirito Santo   livro iv - parte 2 - John OwenTratado sobre o Espirito Santo   livro iv - parte 2 - John Owen
Tratado sobre o Espirito Santo livro iv - parte 2 - John Owen
 
A Obra de Santificação - John Owen
A Obra de Santificação - John OwenA Obra de Santificação - John Owen
A Obra de Santificação - John Owen
 
VIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REALVIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REAL
 
A remissão de pecados
A remissão de pecadosA remissão de pecados
A remissão de pecados
 
Desagravo à Santidade de Deus
Desagravo à Santidade de DeusDesagravo à Santidade de Deus
Desagravo à Santidade de Deus
 
Traducaoknox libre
Traducaoknox libreTraducaoknox libre
Traducaoknox libre
 
Se há graça não se pode permanecer no pecado - Alex Salustino
Se há graça não se pode permanecer no pecado - Alex SalustinoSe há graça não se pode permanecer no pecado - Alex Salustino
Se há graça não se pode permanecer no pecado - Alex Salustino
 
O sangue de cristo
O sangue de cristoO sangue de cristo
O sangue de cristo
 
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Lição_original com t...
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Lição_original com t...Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Lição_original com t...
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Lição_original com t...
 
Somente a Fé - John Owen
Somente a Fé - John OwenSomente a Fé - John Owen
Somente a Fé - John Owen
 
Como posso saber que sou perdoado - livro
Como posso saber que sou perdoado - livroComo posso saber que sou perdoado - livro
Como posso saber que sou perdoado - livro
 
Confissão de fé da Guanabara
Confissão de fé da GuanabaraConfissão de fé da Guanabara
Confissão de fé da Guanabara
 
A Cruz e a Ressurreição de Cristo: Significados para a vida atual
A Cruz e a Ressurreição de Cristo: Significados para a vida atualA Cruz e a Ressurreição de Cristo: Significados para a vida atual
A Cruz e a Ressurreição de Cristo: Significados para a vida atual
 
O Mistério da Santificação por Cristo Aberto - Thomas Boston
O Mistério da Santificação por Cristo Aberto - Thomas BostonO Mistério da Santificação por Cristo Aberto - Thomas Boston
O Mistério da Santificação por Cristo Aberto - Thomas Boston
 
Deus requer santificação aos cristãos 6
Deus requer santificação aos cristãos 6Deus requer santificação aos cristãos 6
Deus requer santificação aos cristãos 6
 
Ebd lições bíblicas 2°trimestre 2016 lição 7 A vida segundo o Espírito.
Ebd lições bíblicas 2°trimestre 2016 lição 7 A vida segundo o Espírito.Ebd lições bíblicas 2°trimestre 2016 lição 7 A vida segundo o Espírito.
Ebd lições bíblicas 2°trimestre 2016 lição 7 A vida segundo o Espírito.
 
Deus requer santificação aos cristãos 57
Deus requer santificação aos cristãos 57Deus requer santificação aos cristãos 57
Deus requer santificação aos cristãos 57
 
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 3 - O substituto de nossos pe...
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 3 - O substituto de nossos pe...DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 3 - O substituto de nossos pe...
DISCIPULADO - CONHECENDO O AMOR DE DEUS - LIÇÃO 3 - O substituto de nossos pe...
 
Epístola aos romanos
Epístola aos romanosEpístola aos romanos
Epístola aos romanos
 

Mais de Silvio Dutra

A Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma AliançaA Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma AliançaSilvio Dutra
 
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...Silvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdfSilvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdfSilvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2Silvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdfSilvio Dutra
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdfSilvio Dutra
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdfSilvio Dutra
 
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz MundialO Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz MundialSilvio Dutra
 
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenA firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenSilvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 73
Deus requer santificação aos cristãos 73Deus requer santificação aos cristãos 73
Deus requer santificação aos cristãos 73Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67Silvio Dutra
 

Mais de Silvio Dutra (20)

Poder
PoderPoder
Poder
 
A Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma AliançaA Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma Aliança
 
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
 
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz MundialO Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
 
O Começo e o Fim
O Começo e o FimO Começo e o Fim
O Começo e o Fim
 
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenA firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
 
Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74
 
Deus requer santificação aos cristãos 73
Deus requer santificação aos cristãos 73Deus requer santificação aos cristãos 73
Deus requer santificação aos cristãos 73
 
Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72
 
Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71
 
Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70
 
Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69
 
Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68
 
Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67
 

Último

Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaDenisRocha28
 
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 199ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19PIB Penha
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).natzarimdonorte
 
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos viniciusTaoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos viniciusVini Master
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............Nelson Pereira
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .natzarimdonorte
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfnatzarimdonorte
 
DIP Domingo da Igreja Perseguida 2024.pptx
DIP Domingo da Igreja Perseguida 2024.pptxDIP Domingo da Igreja Perseguida 2024.pptx
DIP Domingo da Igreja Perseguida 2024.pptxRoseLucia2
 
Ha muitas moradas na Casa de meu Pai - Palestra Espirita
Ha muitas moradas na Casa de meu Pai - Palestra EspiritaHa muitas moradas na Casa de meu Pai - Palestra Espirita
Ha muitas moradas na Casa de meu Pai - Palestra EspiritaSessuana Polanski
 

Último (12)

Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 199ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
9ª aula - livro de Atos dos apóstolos Cap 18 e 19
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
 
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos viniciusTaoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
Taoismo (Origem e Taoismo no Brasil) - Carlos vinicius
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
 
Mediunidade e Obsessão - Doutrina Espírita
Mediunidade e Obsessão - Doutrina EspíritaMediunidade e Obsessão - Doutrina Espírita
Mediunidade e Obsessão - Doutrina Espírita
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
 
DIP Domingo da Igreja Perseguida 2024.pptx
DIP Domingo da Igreja Perseguida 2024.pptxDIP Domingo da Igreja Perseguida 2024.pptx
DIP Domingo da Igreja Perseguida 2024.pptx
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
Ha muitas moradas na Casa de meu Pai - Palestra Espirita
Ha muitas moradas na Casa de meu Pai - Palestra EspiritaHa muitas moradas na Casa de meu Pai - Palestra Espirita
Ha muitas moradas na Casa de meu Pai - Palestra Espirita
 

Deus requer santificação aos cristãos 61

  • 1.
  • 2. “Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” (I João 1.6-9) O Espírito é aquele que opera a fé em nós, pelo qual realmente ganhamos um interesse na virtude purificadora do sangue de Cristo. Pela fé recebemos a Cristo, e pela fé recebemos todos os benefícios de sua mediação - isto é, como eles são oferecidos a nós nas promessas de Deus. 2
  • 3. Alguém dirá: “Mas como é que se recebe a Cristo pela fé? Como se pode ter a certeza de que o recebemos já que Jesus é invisível?” De fato não o podemos fazer por nós e de nós mesmos. É necessário que recebamos essa fé como um dom diretamente da parte de Deus, para que possamos por meio dela nos unirmos espiritualmente a Cristo. E somente então podemos ter experiências com a manifestação de Sua vida sobrenatural em nós, atuando pelo Espírito Santo. Por isso, em toda a pregação do próprio Cristo, dos apóstolos e na Igreja durante os séculos, o arrependimento sempre é colocado como sendo necessário, antes de podermos receber a fé e exercitá-la para nos apoderarmos de Jesus. É preciso dispor-se a ser convencido pelo Espírito Santo do quanto somos 3
  • 4. pecadores e necessitados do perdão de Deus e do Seu trabalho em nós para que possamos ser purificados. Somente quando experimentarmos esta aversão a nós mesmos pelo quanto somos pecadores, é que a fé será despertada em nós, e por ela, por nossas petições a Jesus, é que o trabalho de conversão e depois dele, o de santificação, serão realizados por Deus. Cristo é nossa propiciação pela fé como oferecido em seu sangue; e ele é a nossa santificação pela fé em seu sangue aspergido. E a ação particular de fé no sangue de Cristo, pois a purificação da alma do pecado é exigida de nós. Uma consciência renovada é sensível a uma poluição em cada pecado, e não está livre da vergonha disso em um apelo particular ao sangue de Cristo. A consciência põe fé na fonte aberta para o pecado e a impureza, assim como o doente veio para o tanque de águas curativa e esperou por uma ocasião para ser limpo nela, João 5.2-9. Então 4
  • 5. Davi, sobre a contaminação que ele contraiu por seus grandes pecados, aborda a Deus com esta oração: "Purifica-me com hissopo e ficarei limpo: lava-me e ficarei mais alvo do que a neve", Salmo 51.7. Ele alude à purificação das pessoas leprosas, cuja ordenança é instituída em Lev 14.2-7; ou àquela instituição mais geral para a purificação de toda impureza legal pela água de separação, feita das cinzas da novilha vermelha, Nm 19.4-6. Isto é ao que nosso apóstolo se referiu em Heb 9.13,14; pois ambas as purificações foram feitas pela aspersão de sangue ou água com hissopo. É claro, eu digo, que ele alude a essas instituições; mas é tão claro que não são as coisas em si mesmas que ele pretende. Pois não havia nada na lei para purgar por hissopo, aquelas pessoas que eram culpadas dos pecados cometidos por Davi. Portanto, ele professa no final do Salmo, que "Pois não te comprazes em sacrifícios; do contrário, eu tos daria; e não te agradas de holocaustos.", no caso 5
  • 6. dele, Salmos 51.16. Era, portanto, ao que foi representado por essas instituições que ele apelou - ele realmente apelou ao sangue de Cristo, pelo qual ele poderia ser "justificado de todas as coisas, de que ele não poderia ser justificado pela lei de Moisés," Atos 13.39; e da mesma forma ser purificado. Da mesma maneira, todos os crentes fazem um apelo real ao sangue de Cristo para purificar seus pecados; até que isso seja feito, eles têm uma "consciência de pecados ", isto é, uma consciência que os condena pelo pecado e os preenche com vergonha e medo, Heb 10.1-3. 6