Igreja simples

7.728 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.728
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
490
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • O Melhor fotógrafo de nossa igreja somos nós, pastores. A igreja é o que o líder é. Eu tenho paixão, estou no foco, alinhado? Perguntas.
  • Igreja simples

    1. 1. “IGREJA SIMPLES” JAIR G. GOIS
    2. 2. EU TENHO UM SONHOQue a minha igreja cresça saudável, que retorne ao métodosimples de Jesus de compartilhar o evangelho e de fazerdiscípulos; Eu tenho um sonho... Que a minha igreja nãoseja apenas ocupada, mas viva, com ministérios e atividadesque traduzam: clareza, movimento, alinhamento e foco; Eutenho um sonho... Que cada líder da minha igreja reconheçaque sua principal tarefa não é ocupar um cargo é levar aspessoas a transformação espiritual, ajudando-as a amar aDeus, amar os outros e servir ao mundo; Eu tenho umsonho... Que cada membro de minha igreja reconheça queos pequenos grupos é o melhor ambiente para as pessoasamarem umas às outras numa comunidade bíblica; Eu tenho
    3. 3. Um sonho... Que os interessados ouçam na classe bíblica que eles nãodeveriam se tornar membros antes de desejar servir; Eu tenho um sonho...Que a minha igreja esteja mais preocupada em ter uma equipe alinhadado que ter uma equipe de estrelas; Eu tenho um sonho... Que cadamembro não seja apenas alguém que professa fé nas doutrinas, masgerentes da graça de Deus; Eu tenho um sonho... Que as famílias de minhaigreja estejam organizadas em torno de um processo objetivo capaz deconduzir outras famílias à uma relação de confiança com Cristo e suamissão; Eu tenho um sonho... Que a minha igreja conduza as pessoas doculto para os pequenos grupos, da condição de observadores aparticipantes, da condição de membros a discípulos; Eu tenho um sonho...Que os cultos não sejam uma barreira para adoração, mas uma adoraçãosem barreiras; Eu tenho um sonho... Que os números não expressem oresultado, mas os resultados expressem os números; Eu tenho um sonho...Que a igreja influencie o mundo e não o mundo a igreja; Eu tenho umsonho... Que deixemos de estar ocupados fazendo igreja e que passemos aestar ocupados sendo a igreja que Cristo virá buscar.
    4. 4. A MAIORIA DE NOSSAS IGREJAS SÃO SIMPLES OU COMPLEXAS?
    5. 5. NOSSO PEQUENO GRUPO É SIMPLES OU COMPLEXO?
    6. 6. O DISCIPULADO É SIMPLES OU COMPLEXO?
    7. 7. O PROJETO FAMÍLIA POR FAMÍLIA É SIMPLES OU COMPLEXO?
    8. 8. O MINISTÉRIO DE JESUS FOI SIMPLES OU COMPLEXO?
    9. 9. A SUA IGREJA É SIMPLES OU COMPLEXA?
    10. 10. “Muitas de nossas igrejas se tornaramcomplexas. Tão complexas que as pessoastêm dificuldade de se encontrar com amensagem simples e poderosa de Cristo.Tão complexas que muitas pessoas estãoocupadas fazendo igreja em vez de serigreja.”
    11. 11. SUA IGREJA É SIMPLES OU COMPLEXA?1. SUA IGREJA REALIZA EVENTOS EXCELENTES E OS DEPARTAMENTOS ESTÃO FOCADOS EM MUITAS COISAS TODO TEMPO?2. SUA IGREJA É SEMPRE RIGOROSA NA HORA DE ESCOLHER OS OFICIAIS POR QUE JULGA MUITO IMPORTANTE TER UMA EQUIPE DE ESTRELAS?3. O SISTEMA DE COMUNICAÇÃO DE SUA IGREJA FUNCIONA A CONTENTO E OFERECE UMA GRANDE QUANTIDADE DE AVISOS E AS PESSOAS SÃO CONVIDADAS PARA TUDO?4. NA SUA IGREJA TODOS OS DEPARTAMENTOS TÊM SEUS PRÓPRIOS LÍDERES E TODOS ESTÃO SEMPRE EMPOLGADOS COM OS SEUS MINISTÉRIOS ESPECÍFICOS?5. QUANDO SURGEM NOVAS NECESSIDADES OS LÍDERES DE SUA IGREJA CRIAM IMEDIATAMENTE ALGUM PROJETO PARA ATENDER ESSES DESAFIOS?6. SUA IGREJA É ATIVA E OFERECE UM ENORME CARDÁPIO DE PROGRAMAÇÕES?
    12. 12. 7. SUA IGREJA ESTÁ CUMPRINDO A MISSÃO A PROVA DISSO É QUE ELA SEMPRE GANHA ALMAS?8. EM SUA IGREJA EXISTE UMA ORIENTAÇÃO BÁSICA PARA O MINISTÉRIO INFANTIL PARA QUE TODOS ESTUDEM A LIÇÃODIARIAMENTE?9. SUA IGREJA TEM UMA BOA LIDERANÇA QUE DÁ ENERGIA E CLAREZANA HORA DE QUALQUER EMPREENDIMENTO? HORA DE QUALQUER EMPREENDIMENTO?10. POR QUE SUA IGREJA É ATIVA É FÁCIL PERCEBER OS IRMÃOSMOVENDO-SE EM MÚLTIPLAS DIREÇÕES?OBS. A QUANTIDADE DE “SIM” REPRESENTA O PERCENTUAL DE COMPLEXIDADE DESSA IGREJA.
    13. 13. 1. HÁ UM CONSTANTE SENSO DE URGÊNCIA EM CONDUZIR AS PESSOAS ATÉ A MATURIDADE ESPIRITUAL EM VEZ DE SIMPLESMENTE VÊ-LAS CONVERTIDAS?2. SUA IGREJA ESTÁ ORGANIZADA EM PEQUENOS GRUPOS?3. SUA IGREJA ESTÁ ORGANIZADA DE MANEIRA A CONDUZIR AS PESSOAS A NÍVEIS MAIORES DE RELACIONAMENTO E COMPROMETIMENTO?4. NA SUA IGREJA OS CRENTES SÃO DESAFIADOS A CONTINUAR CRESCENDO NA FÉ?5. NA SUA IGREJA OS MEMBROS ESTABELECEM RELACIONAMENTOS VIBRANTES ENTRE SI?6. SUA IGREJA DESENVOLVE ALGUMA ESTRATÉGIA DE DISCIPULADO EM FAVOR DOS NOVOS CRENTES?
    14. 14. 7. SUA IGREJA EXIGE QUE OS NOVOS MEMBROS PARTICIPEM DE UMA CLASSE DE CAPACITAÇÃO E APROFUNDAMENTO DOUTRINÁRIO?8. AS ATIVIDADES MISSIONÁRIAS DE SUA IGREJA ESTÃO ALINHADAS EM TORNO DE UM PROPÓSITO CONHECIDO DE TODOS QUE É RELEMBRADO EM TODAS AS REUNIÕES?9. NA SUA IGREJA O CULTO É PREPARADO PARA LEVAR AS PESSOAS A UM RELACIONAMENTO COM DEUS E COM OUTROS CRISTÃOS?10. NA SUA IGREJA A GRANDE COMISSÃO É DEFINIDA NA FORMA DE UM PROCESSO DE DICIPULADO?OBS. A QUANTIDADE DE “NÃO” REPRESENTA O PERCENTUAL DE COMPLEXIDADE DESSA IGREJA.
    15. 15. DEFINIÇÃO DE IGREJAS COMPLEXAS: “OCUPADAS FAZENDO IGREJA”“COMPLEXO: QUE ABRANGE OU ENCERRA MUITOS ELEMENTOS OUPARTES, CONFUSO, COMPLICADO INTRICADO.”
    16. 16. DEFINIÇÃO DE IGREJAS SIMPLES: “OCUPADAS SENDO IGREJA”“SIMPLES: QUE NÃO É DUPLO OU DESDOBRADO EM MUITAS PARTES, NÃO CONSTITUÍDO DE PARTES OU SUBSTÂNCIAS DIFERENTES, SEM COMPLEXIDADE OU DIFICULDADE.”
    17. 17. “Geralmente uma grande quantidade de atividades nãogera mudança de vida. Apenas dá a impressão que ascoisas estão acontecendo e que há vida.”“Não estamos percebendo a transformação espiritual navida das pessoas. Ficamos satisfeitos em estar ocupados.”
    18. 18. “As igrejas complexas são como caixões de luxo”.
    19. 19. “As igrejas mais saudáveis são asque têm um processo de discipuladosimples.”
    20. 20. “Igrejas sem um processo ou com processo complicado defazer discípulos estão patinando.”“Nossa pesquisa mostra que essas igrejas não estãocrescendo.”“As igrejas simples decidiram se alinhar com o jeito de Deustrabalhar.” (Mateus 28: 18 a 20)
    21. 21. ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DE UMA IGREJA SIMPLES:1. “A DECLARAÇÃO DE MISSÃO É SIMPLES, CLARA, CONHECIDA POR TODOS E PRATICADA POR TODOS.” (EXEMPLO: AMAR A DEUS, AMAR OS OUTROS E SERVIR AO MUNDO)2. “O CULTO AJUDA A AMAR A DEUS, O PEQUENO GRUPO A AMAR OS OUTROS E OS MINISTÉRIOS A SERVIR AO MUNDO.”3. “TUDO SE ENCAIXA NA PERSPECTIVA GERAL: TUDO É GUIADO PELO PROCESSO SIMPLES DE FAZER DISCIPULOS.”
    22. 22. 4. “É UMA CONGREGAÇÃO ORGANIZADA EM TORNO DE UM PROCESSO OBJETIVO E ESTRATÉGICO QUE CONDUZ AS PESSOAS ATRAVÉS DOS ESTÁGIOS DO CRESCIMENTO ESPIRITUAL.”5. “OS LÍDERES PODEM ARTICULAR CLARAMENTE A FORMAÇÃO DE UMA PESSOA QUE COMEÇA A CAMINHADA CRISTÃ E COM O PASSAR DO TEMPO, SE TORNA UM SEGUIDOR MADURO DE CRISTO. UMA IGREJA QUE NÃO É APENAS OCUPADA, MAS VIVA COM MINISTÉRIOS E ATIVIDADES QUE FAZEM DIFERENÇA.”6. “É UMA IGREJA EM QUE ESSES 4 PONTOS SÃO ESSENCIAIS: CLAREZA, MOVIMENTO, ALINHAMENTO E FOCO.”
    23. 23. 1. CLAREZA: É A HABILIDADE DE COMUNICAR O PROCESSO E ESTE SER ENTENDIDO PELAS PESSOAS.2. MOVIMENTO SÃO OS PASSOS SEQUENCIAIS QUE FAZ COM QUE AS PESSOAS CAMINHEM PARA NÍVEIS MAIORES DE COMPROMETIMENTO.3. ALINHAMENTO É A ORGANIZAÇÃO DE TODOS OS MINISTÉRIOS E EQUIPE EM TORNO DO MESMO PROCESSO.4. FOCO É O COMPROMISSO DE ABANDONAR TUDO QUE NÃO SE ENCAIXE NO PROCESSO MINISTERIAL SIMPLES.
    24. 24. “Para ser uma Igreja Simples é preciso preparar umprocesso simples de discipulado. O processo precisa serclaro. Precisa conduzir as pessoas à maturidade. Eleprecisa estar totalmente integrado à igreja e é preciso sedesvencilhar de todo congestionamento em torno dele.”
    25. 25. Waylon Moore afirma que “Discipulado é oprocesso de tomar novos convertidos, educá-los elevá-los a um estado de maturidade e adultacomunhão com Cristo e de serviço eficiente naIgreja”. E continua: “fazer discípulo de uma pessoaé levá-la a experiência de ter Jesus como Senhor eCentro de sua vida. Ser discípulo implica num atode entrega e num processo de obediência. Umhomem é discípulo de Cristo, quando permaneceem sua palavra, glorifica ao Pai e dá frutos. ( João8.31;15.8)”.
    26. 26. Já David Kornfield, trabalhando no Brasil, atualmente compequenos grupos e Discipulado, em seu artigoDiscipulado, a Verdadeira Grande Comissão, defineDiscipulado como “uma relação comprometida e pessoalem que um discípulo mais maduro ajuda outros discípulosde Jesus Cristo a se aproximarem mais dele e assim sereproduzirem” e argumenta: “se o Discipulado perder devista o relacionamento comprometido e pessoal, deixa deser um Discipulado bíblico”. A sua ênfase está nosrelacionamentos. É no relacionamento pessoal e social quese descobre o verdadeiro valor do Discipulado. Se não hárelacionamento interpessoal, então é impossível arealidade do Discipulado de Cristo.
    27. 27. Larry Richards, em seu livro Teologia doministério pessoal comenta que “A missãoda igreja não é simplesmente conseguirconversões, mas completar o processo davida cristã fazendo discípulos”.
    28. 28. “Um dos maiores pecados da igreja, na sua missão é acharque Discipulado seja mais um método que podemosimplementar na igreja. Acredita a maioria dos lídereseclesiásticos que além dos vários programas que a igrejadispõe para atrair os convertidos, o Discipulado quandobem usado é um bom método para o crescimento daigreja. Muitos pastores e líderes quando discipulamtentam “incrementar” a igreja com mais este “programa”.Ao contrário do que se pensa, defendo Discipulado comoum princípio geral que conduz os crentes a um estilo devida.”
    29. 29. “o Discipulado fundamenta-se “no estar com”. Na vivênciacom os discípulos, Jesus em seu treinamento, serelacionava mais a caráter e personalidade do que aconhecimentos e métodos. “Muitos dos pastores andamtão ocupados com tantas diferentes coisas que a correriacom que trabalham põe em risco seu ministério e sua vidaespiritual, como também lhes torna impossível treinarpessoal e adequadamente os membros de sua igreja parao evangelismo integral.”
    30. 30. “Evangelização sem integração ou Discipulado semprefalhou e falhará no seu objetivo de ganhar o mundo. Omáximo que se consegue é a adição de algumas pessoas àigreja”.
    31. 31. “O Discipulado Missionário, se assim podemos nomeá-lo, ainda nãoestá satisfazendo biblicamente o Senhor da Seara. Ao analisarmostodos os pontos essenciais da vida de Cristo, somos inarredavelmentelevados a procurar reavaliar a vida cristã e, sobretudo, através de umaautocrítica, desafiados a tornar nossas comunidades, igrejas dediscipuladores. Carecemos de pessoas fiéis e idôneas, que possamtransmitir a outras este caráter de Cristo, não apenas pelaverbalização, mas também com a vida. A igreja necessita de umarrependimento verdadeiro e mudança de vida. Deve tornar a vidamais simples e menos rebuscada, mais cheia de frutos de vida e menosativista, mais cristã e menos institucionalizada. Se acreditarmos noDiscipulado, seremos os primeiros a mudar, e se isto acontecer defato, cumpriremos cabalmente a Grande Comissão não como umprograma a mais, mas como um estilo de vida, para a Glória e Honra deNosso Senhor Jesus Cristo.” (Soli DeoGloria)
    32. 32. “Jesus estabeleceu para a Igreja algumas prioridades, quefluíram a partir do derramamento do Espírito (At. 2).Vemos que os primeiros cristãos consideraram a comunhãodos santos (At. 2.42,46), a adoração ao Senhor (At.2.47a), a evangelização (At. 2.47b), a ação social (At.2.44,45) e o discipulado dos recém convertidos (At. 2.40,41) como prioridades de sua marcha terrestre.”
    33. 33. Por discipulado entenda-se o processo em que o novoconvertido recebe todas as instruções indispensáveis parasua formação e crescimento de sua fé, até que esteja aptoa fazer outros discípulos, reproduzindo assim o modelo docaráter cristão descrito em 2 Tm. 2.2: “E o que de minhaparte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmotransmite a homens fiéis e também idôneos para instruir aoutros.”
    34. 34. “Vemos que o crescimento explosivo da Igreja no Século Ise deu por meio do discipulado. Jesus formou o seu grupode discípulos, inicialmente com os 12 (Mt. 10.1-4), depoiscom 70 (Lc. 10.1) e, finalmente, com mais de 500discípulos (1 Co. 15.6). Logo após o Pentecostes, osdiscípulos começaram a multiplicar, ensinando e batizandoaqueles que iam sendo salvos. Jesus optou pelodiscipulado como meio de alcançar todas as nações (Mt.28.19-20), pois este modelo de crescimento supera asbarreiras temporais, isto é, funcionou nopassado, funciona hoje e funcionará até a volta de Jesus”
    35. 35. DISCUSSÃO EM GRUPO LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO AS PÁGINAS 104 A 1111. O QUE O GRUPO DESCOBRIU DE RELEVANTE AO LER E CONVERSAR SOBRE A IGREJA COMUNIDADE DE CRISTO EM MIAMI, FLORIDA, USA?2. COMO AS EXPERIÊNCIAS DA IGREJA COMUNIDADE DE CRISTO PODEM PODEM CONTRIBUIR PARA O CRESCIMENTO SAUDÁVEL EM NOSSAS IGREJAS ADVENTISTAS? E QUAIS DELAS SÃO APLICÁVEIS A NOSSA REALIDADE ADVENTISTA E QUAIS NÃO?3. DE QUE MODO VOCÊ PRETENDE APLICAR OS CONCEITOS DO SIMPLES DA COMUNIDADE DE CRISTO EM SEU MINISTÉRIO PASTORAL E EM SEU DISTRITO?4. DOS QUATRO ELEMENTOS DA IGREJA SIMPLES (CLAREZA, MOVIMENTO, ALINHAMENTO E FOCO) QUAL DELES SERÁ MAIS DIFÍCIL IMPLANTAR NA IGREJA ADVENTISTA? (JUSTIFIQUE A ESCOLHA DO GRUPO)
    36. 36. DISCUSSÃO EM GRUPO LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO AS PÁGINAS 98 A 104 1. O QUE O GRUPO DESCOBRIU DE RELEVANTE AO LER E CONVERSAR SOBRE A IGREJA BATISTA EMANUEL DE GLASGOW, KENTUCKY, USA? 2. COMO AS EXPERIÊNCIAS DA IGREJA EMANUELPODEM PODEM CONTRIBUIR PARA O CRESCIMENTO SAUDÁVEL EM NOSSAS IGREJAS ADVENTISTAS? E QUAIS DELAS SÃO APLICÁVEIS A NOSSA REALIDADE ADVENTISTA E QUAIS NÃO? 3. DE QUE MODO VOCÊ PRETENDE APLICAR OS CONCEITOS DO SIMPLES DA IGREJA EMANUEL EM SEU MINISTÉRIO PASTORAL E EM SEU DISTRITO? 4. DOS QUATRO ELEMENTOS DA IGREJA SIMPLES (CLAREZA, MOVIMENTO, ALINHAMENTO E FOCO) QUAL DELES SERÁ MAIS DIFÍCIL IMPLANTAR NA IGREJA ADVENTISTA? (JUSTIFIQUE A ESCOLHA DO GRUPO)
    37. 37. DISCUSSÃO EM GRUPO LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO AS PÁGINAS 112 A 116 1. O QUE O GRUPO DESCOBRIU DE RELEVANTE AO LER E CONVERSAR SOBRE A COMUNIDADE DE NORTHPOINT EM ALPHARETTA, AO NORTE DE ATLANTA, GEÓRGIA, USA? 2. COMO AS EXPERIÊNCIAS DA IGREJA COMUNIDADE DE NORTHPOINT PODEM CONTRIBUIR PARA O CRESCIMENTO SAUDÁVEL EM NOSSAS IGREJAS ADVENTISTAS? E QUAIS DELAS SÃO APLICÁVEIS A NOSSA REALIDADE ADVENTISTA E QUAIS NÃO? 3. DE QUE MODO VOCÊ PRETENDE APLICAR OS CONCEITOS DO SIMPLES DA COMUNIDADE DE NORTHPOINT EM SEU MINISTÉRIO PASTORAL E EM SEU DISTRITO? 4. DOS QUATRO ELEMENTOS DA IGREJA SIMPLES (CLAREZA, MOVIMENTO, ALINHAMENTO E FOCO) QUAL DELES SERÁ MAIS DIFÍCIL IMPLANTAR NA IGREJA ADVENTISTA? (JUSTIFIQUE A ESCOLHA DO GRUPO)
    38. 38. NA IGREJA SIMPLES TODO MEMBRO É DISCÍPULO E DISCIPULADOR.

    ×