Manual de Discipulador

15.505 visualizações

Publicada em

Como alcançar nosso alvo ou meta de crescimento espiritual utilizando o MDA - Modelo de Discipulado Apostólico - ferramenta poderosa para restaurar e abençoar todas as famílias de todas as nações

Publicada em: Espiritual
0 comentários
40 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.505
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
54
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
957
Comentários
0
Gostaram
40
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual de Discipulador

  1. 1. MANUAL De Discipulador Como alcançar nosso alvo ou “Meta Semanal” de Crescimento Espiritual. O segredo revolucionário do MDA (Modelo de Discipulado Apostólico), poderosa ferramenta para restaurar e abençoar todas as famílias de todas as nações. Baseado no Manual da Paz Editora www.igrejadapaz.com.br 06-10-2014
  2. 2. ÍNDICE "Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado." (Mateus 28:19-20) INTRODUÇÃO 03 INSTRUÇÕES AO DISCIPULADOR 04 COMO FAZER O CONTATO EM 24 HORAS 05 PRIMEIRA VISITA DO ACOMPANHAMENTO INICIAL 06 COMO PROCEDER EM CADA ENCONTRO 09 A IGREJA 10 IDE E FAZEI DISCÍPULOS 14 TORNANDO-SE UM DISCIPULADOR 19 COMPREENDENDO A VISÃO DA IGREJA DESCOBRINDO SEUS DONS MINISTERIAIS 23 28 ORIENTAÇÕES SOBRE DISCIPULADO – Adolescentes 31 Solteiros 34 Solteiras 37 Mãe Solteira 40 Senhoras 43 Homens 46
  3. 3. INTRODUÇÃO Parabéns! Você tem o privilégio de estar envolvido na Grande Comissão: FAZER DISCÍPULOS (filhos espirituais) para a Visão 2020 que é de estabelecer o Reino de Deus para todas as nações. Na realidade, fazer discípulos é o verdadeiro "negócio" da igreja, e todo verdadeiro cristão e unificacionista devem estar envolvido com essa tarefa. Aliás, uma pessoa que não está fazendo discípulos não é um membro normal. Sem dúvida você já cresceu bastante espiritualmente. Chegou ao ponto de ser agora um discipulador. Alguém investiu na sua vida, e agora é a sua vez de fazer o mesmo com outros. Não tenha medo de encarar esse novo desafio, pois à medida que você vai acompanhando um novo convidado ensinando o Princípio Divino, o próprio mundo espiritual vai lhe ensinando como você deve fazer. O propósito principal deste material é ajudar o novo convidado a entender algumas verdades fundamentais para a sua nova vida, assim como ajudá-lo no processo de transformação da sua alma e mudanças de tendências e valores. Além do Espírito Santo, você também será uma grande influência na vida desse novo irmão. É normal as pessoas mudarem mais rápido quando elas têm um modelo a ser seguido, e você servirá de modelo para o seu discípulo, sendo o seu discipulador. Não se preocupe com o fato de você não ser perfeito em tudo. Você não precisa fingir que é o que não é. Aliás, o Espírito Santo muitas vezes vai usar sua transparência e honestidade para encorajar o seu discípulo a continuar seguindo o caminho do Princípio Divino e dos Verdadeiros Pais. O mais importante é você andar na luz que você já tem e Deus o usará sobrenaturalmente. Sem dúvida esta experiência de encontrar-se semanalmente com o seu discípulo vai lhe beneficiar também, pois à medida que você ajuda alguém a crescer na fé, você também crescerá junto. 3
  4. 4. INSTRUÇÕES PARA O DISCIPULADOR 4 Requisitos para ser um discipulador: Rever a lição do manual, "Tornando-se um discipulador"; Estar debaixo de cobertura espiritual, o que significa ser membro fiel de uma célula ou Home Group; Ter um discipulador pessoal; Ter concluído a leitura das partes vermelhas e azuis do livro do Princípio Divino um a um; Ter recebido o treinamento prático de como usar o Manual do Discipulador; Ser designado pelo seu líder de célula; Adquirir o Manual do Discipulador e o livro do Princípio Divino, que deve ser doado ao discípulo. Características e atitudes de um bom discipulador: Ama, encoraja e é amigo do seu discípulo; Visita e promove atividades para se divertirem juntos; Ora diariamente pelo seu discípulo; Procura saber da sua vida espiritual, emocional, afetiva, familiar, seus estudos, alvos e outros interesses; Procura ser um bom exemplo para seu discípulo; Sabe ouvir o seu discípulo e é sensível às suas necessidades; Não é um dominador; Motiva seu discípulo a fazer outros discípulos, a se tornar um líder e continuar crescendo na visão da Igreja local. Como encorajar o novo convidado a começar o discipulado: Apresente o material; Mostre os benefícios que o discipulado trará na sua vida; Presenteie-o com o livro do Princípio Divino; Marque o primeiro encontro; O discípulo vai ler as partes vermelhas e o discipulador as partes azuis.
  5. 5. COMO FAZER O CONTATO 24 HORAS Após a decisão de aceitar de estudar o Princípio Divino um a um ou de participar a uma palestra ou seminário, é quase certo que o novo convidado vai receber ataques do inimigo, como dúvidas, desânimo, críticas e desprezo de parentes e amigos, vergonha ou qualquer outro artifício. Por isso, às 24 horas após a decisão são críticas e demandam atenção especial. Portanto, precisamos ser rápidos. Cada novo convidado deve ser contatado pessoalmente ou por telefone, dentro de 24 horas após a sua decisão. Esse contato não deve ser demorado. Tem como propósito parabenizá-lo pela melhor decisão que já fez na sua vida, dar as boas vindas, convidá-lo para a reunião da célula ou Home Group e marcar um encontro formal, o qual chamaremos de "visita do acompanhamento inicial". O que falar ao novo convidado no contato 24 horas? "É um grande prazer conhecê-lo!... Meu nome é..." "Seja bem vindo à família de Deus" (Demonstrar amor genuíno.) "É um privilégio poder te servir. Fui designado pela igreja para apoiá-lo nessa decisão 5 tão maravilhosa". "Eu gostaria de agendar um dia para nos encontrarmos, nos conhecermos melhor e começar o estudo do livro do Princípio Divino". Após isso, marque claramente o dia, local e hora para o próximo encontro. Convide o novo convidado para a célula ou Home Group É muito importante convidá-lo para ir com você à próxima reunião da célula, mesmo que a reunião seja antes do dia marcado para a primeira visita do acompanhamento inicial. Fale um pouco sobre a célula, enfatizando a necessidade da comunhão com outros irmãos. Ofereça-se para buscá-lo em casa "Você gostaria que eu passasse na sua casa para juntos irmos à reunião da célula? Você vai gostar muito!"
  6. 6. A PRIMEIRA VISITA DO ACOMPANHAMENTO INICIAL Nós chamamos de "Primeira Visita do Acompanhamento Inicial" a primeira visita ou encontro com o novo convidado que ocorre depois do contato 24 horas, quando esta visita deve ter sido agendada. Este primeiro encontro, que pode ser um pouco mais demorado, porém não deve se prolongar muito, tem os seguintes objetivos: Estabelecer um vínculo de amizade e discipulado; Ensinar algumas verdades importantes para a nova vida que ele tem agora; Definir dia, hora e local para começarem o Acompanhamento Inicial. Como proceder na primeira visita do Acompanhamento Inicial Os próximos nove passos são muito importantes, porém, você dever ter muito cuidado para não entrar em muitos detalhes, prolongando demais o encontro. Numa atmosfera de tranquilidade, de forma amigável, ouvindo mais e falando menos: 1 - Parabenize-o pela decisão; 2 - Pergunte como ele está, em geral, e também como está na área espiritual, desde o dia em que fez decisão de estudar o Princípio Divino; 3 - Esclareça as dúvidas, sendo atencioso e flexível; 4 - Promova um ambiente tranquilo e amoroso, para que haja liberdade de expressão. 5 - Fale sobre a importância da intimidade com Deus e como essa intimidade poderá crescer através do "tempo sozinho com Deus". Explique sobre o "tempo sozinho com Deus"; 6 - Explique o que é oração; 7 - Explique sobre a importância da leitura do Princípio Divino, começando com as 6 partes vermelhas e azuis; 8 - Explique como manter a intimidade com Deus. Não devemos pecar, mas, se por acaso pecarmos, nós não perdemos nossa salvação, mas perdemos, sim, a intimidade com Deus; 9 - Explique que, para restaurarmos a nossa intimidade com Deus, devemos confessar nossos pecados, de acordo com l João 1:9, e Tiago 5:16. Comente sobre a importância de não ter vergonha de falar de Jesus e do Rev Moon para os outros;
  7. 7. Comente sobre a importância da célula e do culto de celebração; Use o bom senso, pois essa visita não deve ser cansativa; Explique sobre o “discipulado um a um" e como essa prática o ajudará a crescer espiritualmente. Marque o próximo encontro para iniciar o discipulado; Entregue o livro do Princípio Divino e explique que ele deve estudar primeiro as partes vermelhas; Oriente-o sobre a importância de estudar o Princípio Divino; Faça uma oração por ele, dê a bênção e declare vitória; Confirme o seu próximo encontro. Os segredos para uma visita bem sucedida Dependência e intimidade com o Espírito Santo e do bom Mundo Espiritual: Orar em fé, tranquilidade, alegria; Cobertura espiritual - Submissão à Visão 2020 dos Verdadeiros Pais; Atitude de fé - Confiança na unção do Espírito Santo e no bom Mundo Espiritual. Filipenses 1:6 "Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo – (do Segundo Advento)". Rom. 15:14 "Eu próprio, meus irmãos, certo estou, a respeito de vós, que vós mesmos estais cheios de bondade, cheios de todo o conhecimento, podendo admoestar-vos uns aos outros". 1João 4:4 "Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós 7 do que o que está no mundo". Alegria genuína: Sorriso sincero; Atitude de amor e humildade; Ânimo contagiante; Unção do Espírito Santo. . Tito 3:2 "Que a ninguém infamem, nem sejam contenciosos, mas modestos, mostrando toda a mansidão para com todos os homens". l Mansidão, respeito, bom senso: Não levar muitas pessoas ou visitar em horários impróprios e não entrar numa casa com uma pessoa do sexo oposto, se você estiver sozinho; Não demorar na visita; Evitar toda aparência do mal;
  8. 8. Cuidar da aparência, da vestimenta e da higiene; Evitar chavões evangélicos; Ser amoroso, pronto para ministrar ou orar com os outros da casa; Fazer uma visita memorável, a fim de ganhar a casa para os Verdadeiros Pais. 1. Deixe claro que, ao concluir a leitura do livro do Princípio Divino, isto não significa 8 que seu convidado acabou o discipulado; 2. O seu sucesso como discipulador não é medido somente pelo fato de você passar e ensinar bem o conteúdo do livro do Princípio Divino. É medido, principalmente, pela qualidade e profundidade do relacionamento existente entre você e o seu discípulo.
  9. 9. COMO PROCEDER A CADA ENCONTRO 1. Ore e peça a direção do Espírito Santo e do bom Mundo Espiritual antes do encontro; 2. Seja amigável, mostrando interesse por aspectos gerais da sua vida e de seu 9 relacionamento com Deus; 3. Ore antes de cada lição; 4. Seja sensível a qualquer pergunta, dúvida ou problema que o discípulo esteja enfrentando. 5. Pergunte se ele estudou a lição que você indicou; 6. Faça as seguintes perguntas antes de iniciar a leitura: Qual o aspecto do Princípio divino que mais chamou a sua atenção ou mais falou com você? Por quê? Há algum ponto que você não compreendeu muito bem? Qual? Você aprendeu alguma coisa nova nessa lição? 7. Estude a lição dando ênfase aos pontos importantes, ajudando a aplicar as verdades aprendidas no dia a dia do discípulo. Mas, cuidado para não passar meia hora pregando! 8. Pedir ao seu discípulo para ler as partes vermelhas do livro do Princípio Divino e você vai acompanhando a leitura e leia as partes azuis como Discipulador; 9. Se seu convidado tiver perguntas, explique ou anota para responder depois; 10. Comente sobre os pontos importantes e verifica se ele entende. 11. Use as orientações descritas nas últimas páginas deste manual que poderá ajudá-lo a entrar na vida do seu discípulo. Faça uma cópia da página ou, usando um caderno ou agenda, anote as respostas e áreas sobre as quais ele precisa de ajuda. Por exemplo: Se seu discípulo ainda não está tirando TEMPO SOZINHO COM DEUS, anote na agenda o horário, tempo e local que ele escolher. Na próxima semana, pergunte se está dando certo. Assim você vai ajudá-lo a estabelecer e cumprir alvos – “meta semanal” - em todas as áreas da sua vida. 11. Ore encerrando o encontro.
  10. 10. A IGREJA 10 1. A IGREJA LOCAL A "igreja local" é um grupo de pessoas salvas pelo Messias que se reúne num lugar específico. Há muitas igrejas locais ao redor do mundo. Paulo começou muitas igrejas locais (Romanos 16:3-5; l Coríntios 16:19; Gaiatas 1:2; ITessalonicenses 1:1). A igreja local é muito importante por várias razões. Uma delas é que é na igreja local que você manifesta a sua aliança com Deus. Quando você nasceu de novo, você fez uma aliança com Deus, pela qual tudo o que é d' Ele é seu, e tudo que é seu, agora, é d'Ele. Existem muitas promessas na Palavra de Deus para aqueles que estão em aliança com Ele. Veja como essa aliança se manifesta dentro do contexto da igreja local, trazendo grandes bênçãos para você: Primeira bênção: a proteção de Deus A aliança com Deus implica num compromisso com a igreja local, frequentando as reuniões e submetendo-se voluntariamente aos pastores e aos líderes de célula. O verdadeiro seguidor do Messias vai querer obedecê-los. A Palavra dele diz: "Não deixemos de congregar como é de costume de alguns; antes façamos admoestações, e tanto mais quanto verdes que o dia se aproxima" (Hebreus 10:25). Veja como a Palavra de Deus mostra claramente que a proteção espiritual está ligada intimamente com a nossa submissão para com os nossos líderes espirituais: "Obedecei aos vossos guias e sede submissos para com eles; pois velam por vossas almas, como quem deve prestar contas, para que façam isto com alegria e não gemendo; porque isto não aproveita para vós outros" (Hebreus 13:17). Segunda bênção: a prosperidade de Deus A sua aliança com Deus e a sua Igreja implica numa entrega total a Ele. Agora tudo é d'Ele (Lucas 14:33) e o seu coração busca em primeiro lugar o Reino d'Ele (Mateus 6:33). No item 3 desta mesma lição, você verá como a prosperidade de Deus está ligada intimamente com as nossas atitudes e ações quanto ao dízimo e às ofertas no contexto da igreja local.
  11. 11. Terceira bênção: felicidade nos relacionamentos A sua aliança com Deus implica em ter aliança com seus irmãos e irmãs da família espiritual. Na célula, com ajuda do líder e do discipulador, você aprenderá a andar no amor de Deus e a construir relacionamentos sadios e duradouros. A sua aliança com Deus também implica em grandes bênçãos para a sua família. (Atos 16:31). Você também aprenderá a aplicar a fé e a cooperar com Deus para a salvação de toda a sua casa (Colossenses 3:18-21). Porque o Espírito Santo mora em você, agora, você tem o poder de perdoar a todos. Desta forma, nunca permita que uma mágoa esteja no seu coração. "Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós" (Colossenses 3:13). Atenção Discipulador: É muito importante perguntar ao discípulo se ele tem alguma mágoa contra alguém, se está com relacionamento abalado com alguma pessoa ou se ele não fala com alguém. Ajude-o a entender que ele agora é capacitado pelo Espírito Santo, que mora nele, para perdoar de coração todas as pessoas. Pergunte acerca dos seus relacionamentos familiares. 11 2. CÉLULA OU HOME GRUPO A melhor maneira de ter intimidade e comunhão uns com os outros na Igreja Local é através das células. A igreja local é composta por células que se reúnem nas casas dos membros. No tempo do Apóstolo Paulo, um grupo de irmãos se reunia na casa de Áquila e Priscila (l Coríntios 16:19). Em Jerusalém, os seguidores de Cristo se reuniam frequentemente para ouvir a doutrina dos apóstolos e orar, mas também comiam juntos e tinham comunhão (intimidade) entre eles (Atos 2:42). A Igreja Local em Jerusalém se reunia: A. No templo - grandes reuniões B. Nas casas - pequenas reuniões (Atos 2:46). Este exemplo da igreja local em Jerusalém é interessante. Portanto, cremos que é muito importante que todo seguidor do Messias seja fiel:
  12. 12. A. Às celebrações de domingo, onde a igreja local toda se reúne para adorar ao Senhor, ouvir d'Ele e celebrar o que Ele está fazendo. B. Às células, para que nos tornemos uma verdadeira família de Deus, andando sempre 12 juntos (Atos 2:44). Como membros do mesmo corpo, somos irmãos. Como Cristo deu sua vida por nós, devemos dar nossa vida pelos irmãos (l João 3:16-18). Se houver um irmão sofrendo necessidade, qual deve ser a atitude de outro que tenha mais recurso? Não fechar o seu coração e ajudá-lo. Não devemos amar só com palavras, mas de fato e de verdade. 3. DÍZIMOS E OFERTAS Tudo que existe foi feito por Deus e é d'Ele. Tudo o que nós temos foi emprestado por Deus e nada pertence a nós mesmos. O que temos foi apenas colocado em nossas mãos para administrarmos. Deus mandou Seu povo separar a primeira décima parte de tudo que ganhava (o dízimo) para financiar o trabalho de Deus (Deuteronômio 14:28, 29). Para suprir as próprias necessidades, o povo podia usar os 90% que sobravam. O que é um dízimo? Dízimo quer dizer: a décima parte. Por exemplo: se você ganhar 10 reais, seu dízimo será 1 real. O dízimo de 20 reais equivale a 2 reais e, o de 30 reais, será equivalente a 3 reais, e assim por diante. O dízimo de 100 reais será 10 reais. O dízimo já pertence à obra de Deus e não é para o nosso uso. Como é que roubamos a Deus? Não entregando os dízimos e ofertas (Malaquias 3:8, 9). Quando entregamos o dízimo a Deus, o que Ele promete nos dar? Benção sem medida e repreender o devorador (Malaquias 3:10-12). O dízimo deve ser dado numa atitude de fé, alegria e adoração.
  13. 13. (Provérbios 3:4-10; Malaquias 3:13-18; Deuteronômio 26). Muitas leis do Antigo Testamento não são repetidas no Novo Testamento, mas podemos ver que Jesus e o autor de Hebreus ainda ensinavam que o dízimo não deveria ser omitido (Mateus 23:23; Lucas 11:42; Hebreus 7:8). A oferta é algo além do dízimo. Tiramos nossa oferta dos 90%. Não se trata de uma quantia certa. Podemos dar a quantia que Deus nos mostrar. Em II Coríntios 8 e 9, há um relato sobre Paulo, pedindo uma oferta generosa das igrejas da Macedônia para os pobres da Judéia. Deus promete abençoar abundantemente a pessoa que dá generosamente. (II Coríntios 9:6). A OFERTA DEVE SER DADA COM MUITA ALEGRIA. DÊ A QUANTIA QUE ESTIVER NO SEU CORAÇÃO, NÃO COM TRISTEZA OU PORQUE FOI FORÇADO. DEUS AMA QUEM DÁ COM ALEGRIA (II CORÍNTIOS 9:7). 13
  14. 14. IDE E FAZEI DISCÍPULOS 1. CHAMADO PARA SER TESTEMUNHA O Messias delegou a tarefa de testemunhar e fazer discípulos a todas as pessoas que já nasceram de novo e já fizeram dele o Rei absoluto da sua vida. Isso certamente inclui você. Nossa principal missão é trazer novas pessoas para o Reino e treiná-las a fazer o mesmo com os outros. O texto de Mateus 28:18-20 é chamado de "a grande comissão". O mandamento básico que Jesus nos dá no versículo 19 é Fazer discípulos. Jesus disse que receberíamos poder para sermos Testemunhas dele. (Atos 1:8). Essa passagem de Atos é uma das mais importantes do Novo Testamento acerca do nosso chamado para testemunhar de Jesus. É um mandamento com uma promessa. O Verdadeiro Pai delegou a tarefa do Lar-igreja como “Fundamento Interno da Providência”, devemos fazer as atividades de Tong Ban Gyeokpa e a necessidade de trabalhar como Messias Tribais (Capítulo II, III e IV do Livro XIII do Cheon Seong Gyeong) 2. EVANGELISMO COMO ESTILO DE VIDA Compartilhar o evangelho e o Princípio Divino tem que se tornar um estilo de vida para todos os filhos de Deus. Uma característica que podemos observar com frequência nos primeiros seguidores de Jesus e do Verdadeiro Pai é que eles sempre estavam ocupados com a tarefa de repartir com outros a sua fé em Cristo ou Messias. E isso teve um grande impacto na cidade de Jerusalém e arredores, onde eles moravam, pois dizem que mais da metade da cidade se converteu a Jesus. A vida cristã normal inclui repartir a fé com os outros; por isso, cremos que evangelizar e fazer discípulos são um estilo de vida que Deus quer que todo cristão viva ou seguidor do Messias. 14
  15. 15. 3. ALCANÇANDO O SEU "OIKÓS" PARA O MESSIAS A Bíblia fala que os campos já estão brancos para a ceifa (João 4:35). Portanto, é fato que há muitas pessoas que já estão prontas para ouvir o evangelho e o Princípio Divino e receber o Messias. A grande mentira que o diabo tenta espalhar é que as pessoas não querem Deus. Pelo contrário, na realidade, há milhares de pessoas com fome de Deus, em cujas vidas o Espírito Santo e o Mundo Espiritual está trabalhando incansavelmente, preparando-as para a nossa chegada, com a mensagem do Evangelho e do Princípio Divino. A palavra "oikós" é uma palavra grega, mencionada várias vezes no Novo Testamento, e que tem sido traduzida por "casa" (Atos 16:31). Essa palavra aponta para aquele grupo de pessoas que faz parte da nossa rede de relacionamentos diretos, ou seja, aqueles com os quais você está em contato frequentemente, como os seus parentes, os seus amigos, os seus vizinhos, os seus colegas de trabalho, o açougueiro, o padeiro etc. A Bíblia ensina que devemos pregar o evangelho, quer oportuno, quer não, em tempo e fora de tempo, e a todas as pessoas (II Timóteo 4:2), e que devemos aproveitar, assim, todas as oportunidades (Colossenses 4:5,). Uma das maneiras mais eficientes de evangelismo é cultivar bons relacionamentos. Precisamos aprender a influenciar as pessoas que já conhecemos, aquelas com as quais já temos algum vínculo de amizade ou parentesco. É muito mais fácil uma pessoa aceitar uma mensagem, quando ela já "aceitou" o mensageiro, ou seja, se ela já tem um vínculo de amizade com o mensageiro. Portanto, o segredo é cultivar antigas amizades com o propósito de alcançá-las para Jesus e os Verdadeiros Pais e se esforçar para fazer novas amizades, pois, assim, você terá um grande "oikós" para alcançar. A amizade é o caminho mais eficiente para alcançarmos pessoas para Jesus e os Verdadeiros Pais, já que ninguém gosta de conversar sobre coisas íntimas com desconhecidos. Amigos ouvem amigos, e amigos se deixam influenciar por amigos! 4. NÃO DEIXE OS SEUS VELHOS AMIGOS PARA TRÁS Infelizmente algumas pessoas, depois de se converterem, abandonam seus velhos amigos. Depois de algum tempo seguindo a Jesus e os Verdadeiros Pais, elas não têm mais nenhuma amizade com os descrentes. Entenda bem o seguinte: uma coisa é abandonar as práticas pecaminosas que você e seus amigos faziam antes, e outra coisa é abandonar os seus amigos. Se nós nos afastarmos dos pecadores, quem os conduzirá a Cristo? 15
  16. 16. 16 5. PACTO DE ORAÇÃO POR TRÊS O pacto de oração por três é um plano estratégico para ganhar pessoas do seu círculo de amizades: pessoas que você ama, que você deseja ver salvas e tendo conhecimento de Deus. É uma prática que todo cristão, que quer se multiplicar em outras vidas, deve ter. Cada pessoa faz com Deus, juntamente com dois irmãos da sua célula, o pacto de orar e jejuar durante um mês por três pessoas não convertidas, mas que já estão maduras e abertas ao evangelho. Depois, convide-as e leve-as para a célula e para o Culto de celebração. Como escolher as pessoas por quem orar? Olhe ao seu redor e veja entre os seus amigos e conhecidos quais estão "brancos para a ceifa" e escolha três nomes. Seu campo de missões é o lugar onde você vive, trabalha ou estuda. Depois, ore e jejue. A oração e o jejum mudam as pessoas. Ore diariamente em favor das três pessoas e uma vez por semana com outros membros com os quais você fez o pacto, que chamamos de "CÉLULA EMBRIONÁRIA". Peça a Deus a oportunidade de levar-lhes o amor de Deus. Procure maneiras de fazer mais amizade com essas pessoas e ganhar sua confiança. Um simples convite para um jantar ou almoço, ou para um passeio, pode eliminar barreiras e abrir o caminho para Cristo. Depois, convide-as e leve-as ao Culto de Celebração e à célula. 6. SEU TESTEMUNHO PESSOAL, UMA FERRAMENTA PODEROSA. Cada pessoa que já teve um encontro pessoal e genuíno com o Messias tem uma valiosa e poderosa experiência para contar ao mundo! Sem dúvida, Deus usará o seu testemunho pessoal para alcançar outras pessoas. Como preparar seu testemunho É muito importante ter o nosso testemunho pessoal organizado e bem preparado, por causa das muitas oportunidades que surgem para compartilhar o amor de Deus. A melhor maneira de fazer isso é escrever a sua história de conversão, memorizando-a. Assim, você sempre estará preparado para usá-la quando as oportunidades surgirem. Preparando-se: A. Peça sabedoria a Deus para fazer isso. B. Siga um tema específico, aquele que mais se identifica com a sua situação. Por
  17. 17. exemplo: "religioso, mas sem Deus", "preso e sem saída", "tinha tudo, mas não tinha paz", "à beira da morte, encontrei a vida". C. Divida o seu testemunho em três partes: 17 1a Antes de conhecer o Messias Nesta primeira parte, fale do seu passado antes de conhecer o Messias. Conte algumas de suas experiências pecaminosas com as quais as pessoas possam se identificar. Nessa hora, você pode falar dos problemas que você teve, por exemplo, com o cigarro, a bebida, a mentira, a imoralidade sexual, a ganância, o dinheiro, a tristeza, a desonestidade, a depressão, a falta de paz, qualquer que seja o seu caso. Mas cuidado! Não fale como se estivesse se orgulhando do que fez de errado. Fale com uma atitude de profunda tristeza, mas com gratidão a Deus porte-lo limpado e perdoado. Cuidado para não condenar a outra pessoa! Evite ser detalhista e demorado. Nunca use uma linguagem religiosa, com a qual o descrente não está acostumado. Não gaste muito tempo falando do passado. 2a Como conheci o Messias Nesta segunda parte, você vai enfatizar como foi o seu encontro com o Senhor do Segundo Advento, como tudo aconteceu, quem falou do Princípio Divino pela primeira vez a você e onde você estava. Inclua no seu testemunho como você estudou o Princípio Divino, aceitou e se comprometeu a seguir e a praticar os ensinamentos dos Verdadeiros Pais. Fale sempre com muito entusiasmo e alegria, afinal, foi o melhor encontro da sua vida. Mas não se esqueça: não se estenda muito. 3a Depois que entreguei a minha vida para o Messias Nesta última parte, você vai relatar como sua vida mudou depois da sua decisão, como você foi transformado pelo renascimento através dos Verdadeiros Pais. Fale da vitória sobre aquele pecado ou ignorância que você tinha e da certeza da verdade que você tem agora (l João 5:11-13). Explique que, agora, o Messias não é somente o salvador, mas também é o Senhor da sua vida, e que a sua nova vida com o Messias é incomparavelmente melhor que a passada. Ao contar seu testemunho, você precisa apresentar o Messias de maneira simples, mas
  18. 18. atraente. Lembre-se de que somos o sal da terra e precisamos deixar as pessoas com sede de Deus. 7. CONVIDE A PESSOA A FAZER UMA DECISÃO DE ESTUDAR O PRINCÍPIO DIVINO Evangelizar ou testemunhar é apenas uma parte do trabalho; a outra é convidar a pessoa a tomar uma decisão para estudar o Princípio Divino e conduzi-la a se comprometer e marcar um horário. Quando a conversa chega a esse ponto, muitos não sabem o que fazer, perdendo, assim, uma grande oportunidade de conduzir alguém a Cristo. Não deixe isso acontecer com você. Após dar o seu testemunho ou apresentar o Princípio Divino a alguém, pergunte se ela quer marcar um horário de estudo um a um. 8. SUGESTÕES PARA VOCÊ SETORNAR UMA TESTEMUNHA BEM SUCEDIDA. • Ame as pessoas. • Não critique as pessoas. • Não fale de religião. Fale do Messias. • Não julgue as pessoas. • Não entre em debates e discussões. • Fale com Deus sobre a pessoa, antes de falar de Deus para ela. 18
  19. 19. TORNANDO-SE UM DISCIPULADOR Depois que recebemos o Messias como Senhor da nossa vida, temos a tarefa e a responsabilidade de fazer discípulos. Na lição anterior, terminamos de ensinar a você como conduzir uma pessoa a Cristo. Talvez você pense que depois que a pessoa estudou o Princípio Divino, a sua tarefa foi concluída e você já cumpriu o mandamento de fazer discípulos, o que não é verdade. Ainda resta outra parte do mandamento, "(...) ensinando a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado". O que fazer, então, depois que você leva alguém para o Messias? Assim como uma boa mãe cuida e protege seu novo bebê, você também deve se responsabilizar e cuidar do bebê espiritual que você acabou de gerar. Primeiramente, comece integrando-o na célula ou Home grupo e, depois, certifique-se de que ele vai receber todos os cuidados necessários para crescer e se tornar um seguidor dos Verdadeiros Pais saudável e maduro na fé. Para que o novo participante cresça até se tornar um forte seguidor do Messias, você precisa ser seu discipulador (ou providenciar para ele um bom discipulador, caso seja uma pessoa do sexo oposto) para acompanhá-lo. Assim, você glorificará a Deus e será responsável por aqueles que o Senhor confiou em suas mãos. O 'Manual do Discipulador' lhe dará mais detalhes de como acompanhar o novo convidado. Na grande comissão, Jesus não nos mandou fazer convertidos, mas sim "fazer discípulos". Isso inclui muito mais que a conversão. O cristão normal sempre faz discípulos. É importante que você discipule pelo menos uma pessoa. Isso não é somente um dever sagrado para cada cristão e unificacionista, mas um imenso privilégio. 19 1. O QUE É UM DISCÍPULO? A palavra discípulo significa: seguidor, praticante dos ensinos do mestre, aluno, submisso. Partindo dessa definição, podemos afirmar que discípulo de Jesus é aquele que crê em tudo o que Jesus disse e faz tudo o que Jesus manda. Há alguns termos (adjetivos) que comumente são usados nas igrejas para identificar um discípulo de Jesus, mas esses termos definem somente um aspecto da vida de um discípulo. Por exemplo: a) Salvo: alguém que foi liberto da condenação do inferno e do poder do pecado e do diabo; b) Convertido: alguém que passou por um processo de transformação da mente e de valores; c) Crente: alguém que crê em alguma coisa ou em alguém;
  20. 20. d) Evangélico: alguém que faz parte de uma das igrejas evangélicas; Nenhum desses termos está errado, mas a palavra discípulo é mais abrangente e define, exatamente, tanto uma posição como também uma condição. Foi o termo que Jesus usou, bem como os apóstolos e os primeiros cristãos. A palavra discípulo é mencionada 260 vezes no Novo Testamento, enquanto que a palavra crente aparece apenas 15 vezes, e a palavra evangélico simplesmente nem é mencionada. Ser um discípulo de Jesus implica ser muito mais do que somente um convertido a uma igreja evangélica, ou somente crer e ser salvo. Ser um discípulo de Jesus implica fazer discípulos. Da mesma forma ser representante dos Verdadeiros Pais implica muito mais do que participar da Igreja da Unificação, implica trabalhar para a salvação de todos. 2. O QUE SIGNIFICA FAZER DISCÍPULOS OU DISCIPULAR? Discipulado é a caminhada sistemática de duas pessoas do mesmo sexo, estabelecida através de um vínculo de amizade próximo, forte, natural e freqüente, visando ao seguinte: a) Transferência de vida - modelar, ser exemplo, demonstrar. b) Transferência de conhecimento - ensinar os mandamentos e a vontade do 20 Messias para a vida do discípulo. c) Prestação de contas e acompanhamento sadio e amoroso das decisões e estilo de vida do discípulo. d) Treinamento - treinar o novo convertido a exercer o chamado ministerial de fazer discípulos. 3. O QUE SIGNIFICA DISCIPULADO. Discipulado não é manter o controle da vida das pessoas. Como discipulador, você deve entender que não somos chefes e nem donos dos nossos discípulos. Nossa responsabilidade não é manipular, controlando até a cor do sapato que a pessoa pretende adquirir, mas somente cuidar e orientar sua vida espiritual. Seu alvo principal não é levar o seu discípulo a se tornar parecido com você, (por exemplo: torcer pelo mesmo time, gostar dos mesmos filmes, falar como você, orar como você, ter as mesmas experiências que você teve), mas a se tornar parecido com o Messias. Não devemos nos reproduzir na pessoa e, sim, reproduzir o caráter do Messias nela. O Messias não nos mandou fazer discípulos para nós, mas discípulos d'Ele e para Ele.
  21. 21. Nossos discípulos devem continuar sendo quem são quanto à sua personalidade. Suas preferências, gostos e opiniões devem ser respeitados quando os mesmos não são contrários à Palavra de Deus ou não são pecaminosos. No entanto, é natural que, com a convivência, o discípulo comece a se tornar parecido com o seu discipulador, até muitas vezes nos vários aspectos mencionados acima. Isso não é necessariamente errado, especialmente quando acontece de uma forma muito natural e quando a sua vida estiver realmente refletindo o Messias cada vez mais. 4. FAZER DISCÍPULOS É O "NEGÓCIO" DA NOSSA IGREJA. Na realidade, fazer discípulos é o verdadeiro "negócio" da nossa igreja e todo verdadeiro cristão ou unificacionista deve estar envolvido com essa tarefa. Aliás, uma pessoa que não está fazendo discípulos, nem é um membro normal. Sem dúvida, você deve crescer até o ponto de ser um discipulador, porque assim como você está sendo discipulado e estamos investindo tempo na sua vida, você deve fazer o mesmo com os outros. Não tenha medo de encarar esse novo desafio, pois à medida que você vai acompanhando o novo seguidor do Messias, o próprio mundo espiritual vai lhe ensinando como deve fazê-lo. 21 5. VOCÊ JÁ PODE COMEÇAR Não é preciso você esperar até chegarmos ao fim dessa apostila para começar a discipular um convidado. Você já pode conversar com o líder de sua célula para saber se há alguém de seu grupo que você possa começar a discipular. Se você ainda não é um discipulador e seu líder ainda não entrou em contato com você, procure-o e pergunte a ele o que você deve fazer para se tornar um discipulador. 6. COMO COMEÇAR A DISCIPULAR Depois de você ganhar a permissão de seu líder para começar a discipular , você deve adquirir imediatamente seu 'Manual do Discipulador'. Nesse manual, você receberá algumas instruções importantes que te ajudarão a manusear bem o material e a ser um bom discipulador. O segredo principal é confiar na capacitação que o Espírito Santo lhe dará e fazer do mesmo modo como foi feito com você. Nestes encontros semanais, você pode receber mais orientações e tirar suas dúvidas.
  22. 22. Depois, procure seu convidado e comece o discipulado. Porém, motive-o, "ponha sal na sua boca", produza interesse, faça uma boa propaganda do material. Explique os benefícios que o discipulado trará à vida dele e como serão prazerosos e edificantes estes encontros. Entregue-lhe o Princípio Divino, peça a ele que estude. 7. SER DISCIPULADOR É SER MODELO O propósito do discipulador é ajudar o novo convidado a entender verdades fundamentais para a sua nova vida. O discipulado também vai ajudá-lo no processo de transformação da sua alma, bem como na mudança de hábitos e tendências erradas e na definição de novos valores na vida. Além do Espírito Santo, você também será uma grande influência na vida desse novo irmão ou irmã. É normal a pessoa mudar mais rápido, quando ela tem um modelo a ser seguido. Como discipulador, você servirá de modelo para o seu discípulo. Não se preocupe com o fato de você não ser perfeito em todas as suas ações, pois ninguém ainda efetivamente o é. Você não precisa fingir que é o que não é. Aliás, o Espírito Santo muitas vezes vai usar a sua transparência e honestidade para encorajar o seu discípulo a continuar seguindo o Messias. O mais importante é você andar na luz que você já tem, e Deus te usará. Sem dúvida, essa experiência de encontrar-se semanalmente com o seu discípulo vai beneficiá-lo também, pois, à medida que você ajuda alguém a crescer na fé, você também cresce junto. 8. TORNANDO-SE UM MEMBRO RESPONSÁVEL DA FAMÍLIA. Quando nascemos de novo, nascemos na família de Deus. Nosso alvo é crescer, não somente no conhecimento da Palavra e das coisas pertinentes ao Reino de Deus, mas também no compromisso e na nossa responsabilidade com a nossa família espiritual. Não podemos continuar sendo meros membros frequentadores da igreja. Você, com certeza, não quer permanecer imaturo para sempre (demandando atenção e cuidados especiais). O normal e óbvio: que cresçamos e comecemos a assumir algumas responsabilidades. Isso não só é saudável, como é natural. Começar a cuidar de seu novo irmão na fé é a melhor maneira para se tornar um membro responsável da família. É claro que não basta ganhar alguém para Cristo e discipulá-lo. Isso não faz de você um membro responsável da família, mas já é um começo. Logo você chegará lá! 22
  23. 23. COMPREENDENDO A VISÃO DA IGREJA Neste capitulo, queremos estudar e compreender melhor a visão que Deus tem nos dado como igreja local. Agora, vamos ver a importância da igreja local na nossa vida e como nós devemos estar comprometidos com a sua visão. Nesta lição, queremos também esclarecer o que esperamos de você como um novo membro desta família e mostrar como e onde você pode se encaixar, para servir a Deus como um membro fiel e responsável da família de Deus. 23 1. INTRODUÇÃO AO MODELO MDA Na visão do MDA, todos os membros da igreja devem participar nas reuniões das células ou Home Grupos. Não se preocupe, pois logo você vai entender tudo. O modelo de discipulado é "um a um" e está baseado naquilo que entendemos, pelos relatos bíblicos, ter sido a prática usada por Jesus e pelos apóstolos no que diz respeito ao relacionamento e formação de seus discípulos. Cremos que, apesar de eles terem muitos momentos em grupo, a maior parte do processo do discipulado foi realizada individualmente. Para esse processo de discipulado "um a um", usamos a sigla MDA, que significa: Microcélula de Discipulado Apostólico. É importante notar que, na grande comissão, a ordem de Jesus dada a todos os cristãos não foi a de ir e fazer um discípulo; pelo contrário, a palavra está no plural: discípulos. Cremos firmemente que, no nosso contexto, todo cristão deve ter pelo menos três discípulos no modo "um a um". Por isso, usamos a sigla MDA3. Então, se alguém possui três discípulos, ele tem seu MDA3. Se ele tem quatro discípulos, ele tem MDA4, e assim por diante. Esta sigla nos caracteriza e nos identifica como uma igreja que acredita no princípio do discipulado "um a um" (e não apenas grupos de discipulado), onde todos os membros são discipulados e também geram discípulos (no mínimo três). Da mesma forma, o Reverendo Sun Myung Moon, formou três e doze discípulos ou filhos espirituais “um a um”. 2. A IGREJA LOCAL É O CORAÇÃO DO REINO DE DEUS. Sem a igreja local, não existiria a igreja mundial, pois a igreja mundial é formada por cada igreja local. Eis o porquê da importância dispensada para essa tão preciosa e sublime
  24. 24. 24 família espiritual. Se as igrejas locais de uma cidade forem fortes e abençoadas, o Reino de Deus será forte e abençoado naquela cidade. Mas, para isso acontecer, é necessário que você e eu "vistamos a camisa" da nossa igreja local, procurando compreender a sua visão e "mergulhando de cabeça" nela, envolvendo-nos sem reservas, e contribuindo de forma significativa para o seu crescimento. Cremos que Deus tem nos dado uma visão e queremos ser fieis a ela, levando-a a sério. 3. O CHAMADO Cremos que, como igreja local, somos chamados a ser: a) Um povo vencedor que subjuga o diabo, o pecado e o mundo, e que põe o Reino de Deus em primeiro lugar em sua vida, manifestando-o através da demonstração do poder de Deus: preparando candidatos qualificados para o noivado e casais no padrão do Cheon Il Guk e declarando uma mensagem de fé, paz, perdão e amor. b) Uma família cheia de amor e com muitos membros, responsáveis e comprometidos uns com os outros. c) Uma congregação de adoradores, que através da sua música e dos seus louvores (juntamente com uma vida santa e obediente) exalta e glorifica o Rei dos reis e Senhor dos senhores: os Verdadeiros Pais. d) Um grande exército que guerreia contra o mal, arrancando as vidas das mãos do diabo (o nosso único inimigo) e trazendo-as para o Reino de Deus. 4. OS OBJETIVOS Ser uma igreja viva para um Deus vivo, onde diariamente ocorre: SALVAÇÃO: as pessoas chegam ao conhecimento do Princípio Divino. CONSOLIDAÇÃO: são rapidamente assimiladas pelo corpo ou comunidade. EDIFICAÇÃO: crescem no conhecimento, obra e palavra dos Verdadeiros Pais. ADORAÇÃO: louvam e glorificam a Deus com autenticidade. SERVIÇO: tornam-se realizadas, servindo a Providência de Deus de acordo com os dons dados por Deus a cada um e dando frutos!
  25. 25. 25 5. A VISÃO Ser uma igreja que treina vencedores, onde todos estejam intimamente ligados entre si e a Cristo, compondo uma grande família e atraindo multidões para, juntos, servirmos e adorarmos o Rei dos reis. "NOSSO LEMA: TODO O MUNDO DISCIPULADO, TODO DISCÍPULO UM LÍDER COMPROMISSADO". 6. CÉLULA É O CORAÇÃO DA IGREJA LOCAL Somos uma igreja em células, ou seja, uma igreja baseada em Home Grupos, Igrejas do Lar. Isso significa que a célula é nossa prioridade. Tudo em nosso contexto acontece através e a partir das células. Você poderia pensar: "não deveria ser missões a nossa prioridade?" Mas, na realidade, não existe outra maneira melhor e mais eficaz de fazer missões como igreja local que através das células. As células não são eficazes somente para alcançar a nossa “vizinhança”, mas também para alcançar nossa "Terra Natal”, e o resto do mundo. Com a visão de células, um enorme contingente de líderes é treinado e preparado para o ministério e, mais importante, não apenas de forma teórica, como também, prática. 7. OS PEQUENOS GRUPOS TRAZEM GRANDES RESULTADOS Você pode perguntar por que os grupos (células) são tão importantes, já que se trata de algo tão pequeno. A razão é simples. Além de ser um modelo bíblico e ter sido praticado pelos primeiros cristãos, traz grandes resultados e benefícios para a igreja local. Como já estudamos, é na célula que aprendemos a desenvolver a comunhão com Deus e com os irmãos. Lá somos cuidados, pastoreados, encorajados e aprendemos a descobrir nossos dons e talentos, para começar a servir a Deus e à igreja. 8. A CÉLULA É O SEU LUGAR DE TREINAMENTO Que privilégio você tem de fazer parte de uma célula e começar a desenvolver os dons que Deus lhe tem dado para serem usados para a glória d'Ele! É no grupo que você vai poder colocar em prática o que irá aprender no TREINAMENTO DE LÍDERES (TADEL). A célula é o seu laboratório ministerial. É lá que você vai descobrir quais são os seus dons e a melhor maneira de realizar a obra de Deus.
  26. 26. 9. DISCIPULADO "UM A UM" É O CORAÇÃO DAS NOSSAS CÉLULAS Você deve lembrar-se, de que cada seguidor do Messias deve obedecer ao mandamento de fazer discípulos. Na célula, cada pessoa deve ter um discipulador e também deve ter pelo menos três discípulos ou filhos espirituais (MDA3). Este é um de nossos segredos, pois acreditamos demais neste princípio de discipulado "um a um". Sempre devemos ter alguém a quem prestamos conta de nossas vidas, assim como sempre devemos acompanhar a vida de alguém. Todo discípulo deve discipular alguém e também ser discipulado por outro. Não podemos andar sozinhos, pois isso é muito perigoso. Você já está sendo acompanhado! Glória a Deus por isso! Agora, você deve acompanhar outra pessoa. É assim que funciona. Discipulado não é uma opção, mas um mandamento! 26 10. CRESCENDO NA VISÃO Em nossa igreja, estamos montando toda uma estrutura para que você receba todo o alimento necessário para um crescimento espiritual e emocional sadio e, também, se desenvolva ministerialmente e dê frutos. Após a decisão de aceitar a estudar o Princípio Divino, a pessoa deve receber um contato dentro de 24 horas e, em seguida, ser integrada a uma célula. Imediatamente, o líder da célula deve providenciar alguém para ser seu discipulador, através do qual receberá acompanhamento e ajuda espiritual. Os dois devem se encontrar semanalmente para estudar o Princípio Divino. O convidado deve planejar a inscrever-se para os seminários de 2 e 7 dias. Futuramente devemos providenciar os conteúdos de 21 e 40 dias. Enquanto o novo convidado recebe o discipulado, ele deve participar de uma célula e do Culto de celebração do domingo. Assim, ele recebe a dieta necessária e sob medida para o seu crescimento espiritual. Porém, há uma outra reunião da qual ele, com o tempo, poderá começar a participar também, que é o TREINAMENTO DE LÍDERES (TADEL), a fim de que ele possa conhecer toda a visão sobre células e discipulado. Mas não para por aí! Durante a semana, no dia a dia, ele vai colocando em prática tudo o que ele tem aprendido no treinamento de líderes (TADEL) e no discipulado. Decisão • Contato 24 horas • Visita inicial • Célula • Discipulado • Seminários 2 e 7 dias • TADEL (Treinamento Avançado de Líderes) • 21 e 40 dias
  27. 27. 27 11. VISTA AÉREA DO MODELO MDA . Esta visão requer compromisso e dedicação. Para que você esteja totalmente integrado no modelo do MDA, observe os seguintes requisitos que você precisa preencher: 1. Ser membro fiel de uma célula; 2. Ser discipulado individualmente; 3. Participar do Culto de celebração; 4. Participar do Seminário de 2 dias; 5. Participar do Seminário de 7 dias; 6. Começar uma célula de evangelismo ou grupo de evangelismo (GE); 7. Participar do Treinamento de Líderes semanal (TADEL); 8. Cursar o conteúdo de 21 e 40 dias; 9. Ter pelo menos três discípulos (MDA 3); 10. Tornar-se um líder em treinamento, em sua célula, e iniciar o treinamento para ser um líder de célula. Além de tudo isso, o modelo do MDA da igreja local oferece muitas outras oportunidades ministeriais. Vale lembrar mais uma vez a importância de você ter pelo menos seu MDA 3 (três pessoas que você discipule "um a um")- O alvo é que todos na igreja tenham MDA 3. Se você ainda não tem, deve começar agora mesmo a se mobilizar para isso. 12. SUBINDO A ESCADA DO SUCESSO - CRESCENDO NO REINO A nossa jornada no Reino de Deus é muito semelhante a uma subida em uma escada num prédio de vários andares. Deus sempre quer levar você a experimentar novos níveis. Você se converteu e logo começou a ser discipulado. Depois, o próximo passo é começar a fazer novos discípulos. Então, você se torna líder em treinamento de seu dirigente de célula e depois um líder de célula propriamente dito. Precisamos saber quantos degraus há e identificar cada um enquanto subimos. Nós, da Igreja da Unificação, temos diretrizes bem definidas para você trilhar cada degrau necessário, no sentido de alcançar o sucesso como casal Abençoado e Messias Tribal. Seu discipulador o conduzirá em cada novo nível. Sua célula será o lugar onde você dará os primeiros passos na escada ministerial. O jeito de iniciar é discipulando um participante ou membro de seu grupo. Mas não pare por aí! Deus quer te usar muito mais!
  28. 28. DESCOBRINDO SEUS DONS MINISTERIAIS 1. O PAPEL DE CADA MEMBRO DO CORPO DE CRISTO A igreja local, aonde as famílias abençoadas são reunidas é o coração do Reino de Deus, Cheon Il Guk. É através das famílias abençoadas reunidas na igreja que o Reino de Deus é estabelecido na Terra, através de nós, pois nós somos a igreja. Somos parte importante do Corpo de Cristo. Não aceite acusações do diabo, dizendo que você não vale nada e não serve para nada. Você tem muito valor, pode contribuir com o Reino de Deus e, ao contribuir, você realiza os sonhos e os propósitos de Deus para a sua vida, a igreja local e o Reino de Deus. 28 2. CADA UM FAZENDO A SUA PARTE Se um membro da igreja falhar em cumprir a sua parte ou deixar de usar os seus dons, o corpo todo é prejudicado. Você foi chamado para servir e não apenas para congregar, pois não existe o dom de congregar. A melhor maneira da igreja funcionar como um corpo é colocando as pessoas certas nos lugares certos. Procuramos colocar cada membro da igreja de acordo com o seu chamado ministerial, paixão, encargo e dons ministeriais. Temos que ter em vista: servir uns aos outros, o desempenho dos santos e o crescimento da igreja. 3. DESCOBRINDO SEU CHAMADO Somos diferentes uns dos outros. Deus colocou dentro de nós características, habilidades e desejos próprios. Isso é o que definimos como chamado ou encargo ministerial. O chamado é dado por Deus a cada um para servir no corpo. O seu chamado está dentro de você. Você só precisa descobrir qual é. Quais atividades ou experiências trazem a você um sentimento de realização pessoal e de utilidade? O que atrai você? Sobre quais assuntos você se empolga e consegue conversar por horas e horas? À medida que você vai servindo o corpo, o seu chamado vai ficando cada vez mais definido e claro para você e para os que estão à sua volta. Alguns são chamados para
  29. 29. ajudar grupos de pessoas como crianças, casais, jovens, universitários, prisioneiros ou viciados. É importante identificar qual é o seu chamado para atuar no lugar certo, com a motivação certa, e produzir muito mais frutos para o Reino de Deus. 29 4. DESCOBRINDO O SEU DOM Assim como recebemos um chamado e devemos descobrir qual é, também recebemos dons de Deus e precisamos descobri-los. Nossos dons estão intimamente ligados ao nosso chamado. Vamos entender o que é um dom. Dons são capacitações ou habilidades especiais distribuídas pelo Espírito Santo a cada discípulo do Messias, de acordo com a soberania e a graça de Deus, visando a um propósito proveitoso no corpo de Cristo, que é a igreja (l Coríntios 12:7). Todos os dons são dados soberanamente por Deus como lhe apraz, diz a Palavra. Mas a Bíblia também nos encoraja a pedir e buscar os dons (l Coríntios 12:11,18 e31). Todo seguidor do Messias recebe, pelo menos, um dom e tem, pelo menos, uma função para desempenhar no corpo (Mateus 25:15). Cremos que todo discípulo é um ministro e, portanto, tem um ministério (l Pedro 4:10). O seu dom é normalmente identificado pela facilidade com que voc ê realiza algumas atividades e pelos resultados e frutos das suas realizações. Comece, por exemplo, a procurar saber os resultados das suas orações pelos doentes. Observe sobre a facilidade e prazer com que você realiza determinadas atividades. 5. OS DONS SÃO DIVERSOS Deus selecionou cuidadosamente o lugar no Seu Corpo e o dom com que você vai servi-lo. Foi Ele que preparou, não é nossa a escolha. Os dons são dados por desígnio de Deus e é isso o que nos torna especiais e únicos. A diferença entre outros irmãos é propósito de Deus. Ninguém é mais ou menos importante porque tem um dom diferente. Todos os dons são necessários e importantes. Não há diferença de valor e importância entre quem tem o dom de curar e o que tem o dom de ensinar. Os dons são diversos, mas são dados pelo mesmo Espírito Santo e tem sempre a mesma finalidade: servir e edificar a igreja para a glória de Deus. Vamos ver alguns dons mencionados na Bíblia: • l Coríntios 12:8-10 - Palavra de sabedoria - Palavra de conhecimento - Fé - Dons de curar - Operações de milagres - Profecia - Discernimento de espíritos - Variedades de
  30. 30. 30 línguas - Interpretação de línguas; • l Coríntios 12:28 - Apóstolos - Profetas - Mestres - Operadores de milagres - Dons de curar - Socorro - Governo -Variedade de línguas; Romanos 12:6-8 - Profecia - Ministério - Ensino - Exortação - Contribuição - Liderança - Misericórdia; • Efésios 4:11 - Apóstolos - Profetas - Evangelistas - Pastores - Mestres; • l Pedro 4:9-10 - Hospitalidade 6. POR QUE RECEBEMOS DONS Deus nos dá os dons visando um fim proveitoso: glorificá-lo e servi-lo através da igreja. Os dons não visam glória, benefício próprio ou projeção pessoal. A única razão dos dons é servir. Por isso, não se recuse a servir na área em que Deus o capacitou. 7. ONDE VOCÊ PODE SERVIR Há muitos ministérios para o bom funcionamento do Corpo, porém os ministérios não são mais importantes que a célula. Você deve estar bem envolvido na célula ou Home Grupo, ser fiel e bem sucedido, antes de fazer parte de um dos ministérios da igreja. Fale com o seu líder para saber como trabalhar em um dos ministérios da sua igreja local.
  31. 31. ORIENTAÇÕES SOBRE DISCIPULADO MICROCÉCULA DE DISCIPULADO APOSTÓLICO (MDA) DISCIPULADO 1-1 (ADOLESCENTES) A. Ore com o seu discípulo, pedindo a presença do Espírito Santo, sabedoria de Deus e total transparência. Use esta folha em todas as suas reuniões. Anote alvos nesta folha para cobrar na próxima reunião. B. Faça as seguintes perguntas: 1. Como você está? (Ouça bem a resposta). 2. Você tem algum assunto que gostaria de abrir? (Se tiver, deixe-o abrir. Seja um bom ouvinte. No seu espírito, peça a orientação do Espírito Santo de como ajudá-lo). C. Agora, entre na vida pessoal dele. Explique que para ele crescer espiritualmente, 31 ele precisa viver uma vida íntima com Deus. 1. Você está tirando o seu Tempo Sozinho com Deus todos os dias? (Explique que TSD é fazer Hoon Dok Hae, orando, meditando, louvando etc). 2. Você tem um lugar específico e um horário para o seu TSD? (Explique a importância de desenvolver o hábito de tirar o TSD). 3. Você está orando? • Ensine-o a fazer uma lista de oração para ajudá-lo a orar todos os dias pela sua família, MDA's, Natanaéis etc. • Explique a importância de orar ao levantar, antes das refeições, andando pelo caminho e ao deitar-se. 5. Você está jejuando? (Encoraje-o a jejuar pelo menos uma refeição por semana pela sua família e pela célula). 6. Você está aproveitando o seu tempo? Está gastando muito tempo com bola, TV, jogos no computador, vídeo-game etc? (Explique que é tão importante organizar o nosso tempo para incluir todas as prioridades, estabelecer uma agenda, não dando espaço para a preguiça na vida do seguidor do Messias)!
  32. 32. 7. Você sabe da importância de cuidar do que sai da sua boca? Piadas sujas, imoralidade, palavrões, etc e até pensamentos impuros são pecados. Memorize Filipenses 4:8 e diga todas as vezes que for tentado a falar ou pensar em coisas erradas. 8. Você está praticando os princípios bíblicos sobre o relacionamento com moças/ou rapazes? (É importante o aconselhamento para se preparar para o Projeto da Família Abençoada, mantendo-se pura de corpo e alma). 9. Você está sendo tentado na área de masturbação, de olhar revistas pornográficas, cenas imorais na TV etc? Ajude-o a ganhar a vitória nestas áreas através de transparência, confessando, fugindo do diabo e das paixões da mocidade, e memorizando versículos chaves para combater tudo isso- II Timóteo 2:22, Tiago 47, Efésios 6:10-18, etc. 10. Você está dando dízimos e ofertas? 11. Você tem mágoa, deixou de perdoar alguém, ou existe alguém que tem mágoa de 32 você? Mateus 6:14-15. 12. Como você trata os outros? É orgulhoso? Demonstra amor para todos? 13. Você tem algum vício (fumo, bebida, jogo, mentira etc), a respeito do qual ainda não conseguiu obter vitória? 14. A sua maneira de se vestir está agradando a Deus? 15. Você tem domínio próprio sobre alimentação? Você está fazendo algum exercício físico regularmente? 16. Você está tendo domínio próprio no horário de dormir? (Sugira que deite cedo para poder levantar cedo e tirar tempo com Deus). D. Agora, faça perguntas sobre a vida dele com a família. Conheça bem a situação dele; se tiver pais, quantos irmãos, com quem vive etc. 1. Você está sendo obediente e respeitando aos seus pais? 2. Você obedece imediatamente, completamente, e alegremente? 3. Você ajuda com os deveres da sua casa? É tão importante ser um exemplo no lar, ajudando e obedecendo, dando um bom testemunho para os outros. E. Como está a sua vida na escola? 1. Você está respeitando e obedecendo aos professores? 2. Você está estudando como deve, tirando boas notas? 3. Você sabe que é pecado colar?
  33. 33. 4. Você está sendo fiel nos trabalhos e deveres, terminando tudo antes de brincar? 5. Você está dando bom testemunho para os colegas? Eles sabem que você está seguindo o Cristo? Está testificando para eles? 6. Você está tendo cuidado com as amizades que você faz? F. Como está o seu envolvimento na visão da Igreja Local? 1. Você está sendo fiel às reuniões com o seu discipulador? 2. Você tem discípulos? (Explique que chamamos os nossos discípulos de MDA's). Tem uma hora certa para se reunir com cada um a cada semana? Está vendo crescimento nos seus discípulos? 3. Você está sendo fiel à célula? 4. Você está sendo fiel ao culto de celebração na igreja? 5. Você tem Natanaéis? Quais são? Ore, agora, com ele pelos seus Natanaéis. Encoraje-o a orar, jejuar, convidar e levar seus Natanaéis à célula e à igreja. 6. Você está praticando o Fator Barnabé? (Explique que é tirar tempo como amigo com os novos convertidos, ou seus Natanaéis, para melhor entrosá-los no grupo e na igreja). 7. Explique que o seu alvo é que ele cresça e se desenvolva espiritualmente. Encoraje-o a participar com você do Treinamento de Líderes e para desenvolver-se com líder. Conclusão: Estabeleça alvos específicos nas áreas carentes. Anote estes alvos para cobrar na próxima reunião. Ore com ele, declarando vitória em todas as áreas, em Nome dos Verdadeiros Pais! 33
  34. 34. MICROCÉCULA DE DISCIPULADO APOSTÓLICO (MDA) DISCIPULADO 1-1(SOLTEIROS) A. Ore com o seu discípulo, pedindo a presença do Espírito Santo, sabedoria de Deus e total transparência. Use esta folha em todas as suas reuniões. Anote alvos nesta folha para cobrar na próxima reunião. B. Faça as seguintes perguntas: 1. Como você está? (Ouça bem a resposta). 2. Você tem algum assunto que gostaria de abrir? (Se tiver, deixe-o abrir. Seja um bom ouvinte. No seu espírito, peça a orientação do Espírito Santo de como ajudá-lo). C. Agora, entre na vida pessoal dele. Explique que para ele crescer espiritualmente, 34 ele precisa viver uma vida íntima com Deus. 1. Você está tirando o seu Tempo Sozinho com Deus todos os dias? (Explique que TSD é fazer Hoon Dok Hae, orando, meditando, louvando etc). 2. Você tem um lugar específico e um horário para o seu TSD? (Explique a importância de desenvolver o hábito de tirar o TSD). 3. Você está orando? • Ensine-o a fazer uma lista de oração para ajudá-lo a orar todos os dias pela sua família, MDA's, Natanaéis etc. • Encoraje-o a orar em línguas todos os dias, para a sua própria edificação. • Explique a importância de orar ao levantar, antes das refeições, andando pelo caminho e ao deitar-se. 4. Você está jejuando? (Encoraje-o a jejuar pelo menos uma refeição por semana pela sua família e pela célula). 5. Você está aproveitando o seu tempo? Está gastando muito tempo com TV, jogos no computador, vídeo-game etc? (Explique que é tão importante organizar o nosso tempo para incluir todas as prioridades, estabelecer uma agenda, não dando espaço para a preguiça na vida do seguidor do Cristo)! 6. Você sabe da importância de cuidar do que sai da sua boca? Piadas sujas, imoralidade, palavrões etc e até pensamentos impuros são pecados. Memorize Filipenses 4:8 e diga todas as vezes que for tentado a falar ou pensar em coisas erradas.
  35. 35. 7. Você está sendo tentado na área de masturbação, de olhar revistas pornográficas, cenas imorais na TV etc? Ajude-o a ganhar a vitória nestas áreas através de transparência, confessando, fugindo do diabo e das paixões da mocidade, e memorizando versículos chaves para combater tudo isso- II Timóteo 2:22, Tiago 47, Efésios 6:10-18, etc. 8. Você está praticando os princípios bíblicos sobre o relacionamento com moças/ou rapazes? (É importante o aconselhamento para se preparar para o Projeto da Família Abençoada, mantendo-se pura de corpo e alma). 9. Você tem mágoa, deixou de perdoar alguém, ou existe alguém que tem mágoa de 35 você? Mateus 6:14-15. 10.Como você trata os outros? É orgulhoso? Demonstra amor para todos? 11. Você tem algum vício (fumo, bebida, jogo, mentira etc), a respeito do qual ainda não conseguiu obter vitória? 12. A sua maneira de se vestir está agradando a Deus? 13. Você tem domínio próprio sobre alimentação? Você está fazendo algum exercício físico regularmente? 14.Você está tendo domínio próprio no horário de dormir? (Sugira que deite cedo para poder levantar cedo e tirar tempo com Deus). 15. Lembre-se que a sua vida está servindo de exemplo para os seus pais, irmãos, vizinhos, MDA´s etc. E é tão importante viver uma vida irrepreensível, para a glória de Deus. D. Você está cumprindo a sua responsabilidade no lar? 1. Você está organizando o seu tempo de acordo com as suas prioridades? Suas prioridades devem ser: Seu relacionamento com Deus em primeiro lugar, depois a família, o emprego e o seu ministério na igreja. 2. Você é fiel nos dízimos e nas ofertas? 3. Você controlar as finanças no lar? Você tem dívidas? Faça tudo para sair das dívidas e seguir os princípios bíblicos de prosperidades. E. Como vai a sua vida no trabalho? 1. Você está sendo submisso, respeitando e obedecendo a seu patrão? 2. Você está sendo fiel nos trabalhos e deveres, cumprindo com todos os horários? 3. Você está dando bom testemunho para os colegas? Eles sabem que você está seguindo o Cristo? Está testificando para eles? 4. Você está tendo cuidado com as amizades que você faz?
  36. 36. F. Como vai o seu envolvimento nas coisas de Deus? 1. Você está sendo fiel às reuniões com o seu discipulador? 2. Você tem discípulos? (Explique que chamamos os nossos discípulos de MDA's). Tem uma hora certa para reunir com cada um a cada semana? Está vendo crescimento nos seus discípulos? 3. Você está sendo fiel à célula? 4. Você está sendo fiel ao culto de celebração na igreja? 5. Você tem Natanaéis? Quais são? Ore agora com ele pelos seus Natanaéis. Encoraje-o a orar, jejuar, convidar, e levar seus Natanaéis à célula e à igreja. 6. Você está praticando o Fator Barnabé? (Explique que é tirar tempo como amigo com os convidados, ou seus Natanaéis, para melhor entrosá-los no grupo e na igreja). 7. Explique que o seu alvo é que ele cresça e se desenvolva espiritualmente. Encoraje-o a participar com você do Treinamento de Líderes e para desenvolver-se com líder. Conclusão: Estabeleça alvos específicos nas áreas carentes. Anote estes alvos para cobrar na próxima reunião. Ore com ele, declarando vitória em todas as áreas, em Nome dos Verdadeiros Pais! 36
  37. 37. MICROCÉCULA DE DISCIPULADO APOSTÓLICO (MDA) DISCIPULADO 1-1 (SOLTEIRAS) A. Ore com a sua discípula, pedindo a presença do Espírito Santo, a sabedoria de Deus e total transparência. Use esta folha em todas as suas reuniões. Anote alvos nesta folha para cobrar na próxima reunião. B. Faça as seguintes perguntas: 1. Como você está? (Ouça bem a resposta). 2. Você tem algum assunto que gostaria de abrir? (Se tiver, deixe-a abrir. Seja uma boa ouvinte. No seu espírito, peça orientação do Espírito Santo de como ajudá-la). C. Agora, entre na vida pessoal dela. Explique que, para ela crescer espiritualmente, 37 precisa viver uma vida íntima com Deus. 1. Você está tirando o seu Tempo Sozinha com Deus todos os dias? (Explique que TSD é fazendo Hoon Dok Hae, orando, meditando, louvando etc.). 2. Você tem um lugar específico e um horário para o seu TSD? (Explique a importância de desenvolver o hábito de tirar o TSD). 3. Você está orando? • Ensine-a a fazer uma lista de oração para ajudá-la a orar todos os dias pela sua família, MDA's, Natanaéis etc. • Explique a importância de orarão levantar, antes das refeições, andando pelo caminho e ao deitar-se. 4. Você está jejuando? (Encoraje-a a jejuar pelo menos uma refeição por semana pela sua família e o grupo familiar). 5. Você está aproveitando o seu tempo? Está gastando muito tempo assistindo a novelas ou TV, com conversas desnecessárias, celular, Internet etc.? (Explique que é tão importante organizar o nosso tempo para incluir todas as prioridades. Explique sobre o uso da agenda semanal. Ajude-a a preencher a agenda, colocando as suas prioridades. Não há espaço para a preguiça para o seguidor do Cristo)!
  38. 38. 6. Você sabe da importância de cuidar do que sai da sua boca? Maldições, críticas, piadas sujas, imoralidade, palavrões etc. e até pensamentos impuros são pecados. Memorize Filipenses 4:8 e diga todas as vezes que for tentada a falar ou pensar em coisas erradas. 7. Você está sendo tentada na área de imoralidade, masturbação, de olhar revistas pornográficas, cenas imorais na TV etc.? Ajude-a a ganhar a vitória nestas áreas através de transparência, confessando, fugindo do diabo e das paixões da mocidade, e memorizando versículos chaves para combater tudo isso- II Timóteo 2:22, Tiago 47, Efésios 6:10-18 etc. 8. Você está praticando os princípios bíblicos sobre o relacionamento com rapazes? (É importante o aconselhamento para se preparar para o Projeto da Família Abençoada, mantendo-se pura de corpo e alma). 9. Você tem mágoa, deixou de perdoar alguém, ou existe alguém que tem mágoa de 38 você? Mateus 6:14-15. 10. Como você trata os outros? É orgulhosa? Demonstra amor para todos? 11. Você tem algum vício (fumo, bebida, jogo, mentira etc), a respeito do qual ainda não conseguiu obter vitória? 12. A sua maneira de se vestir está agradando a Deus? 13. Você tem domínio próprio sobre alimentação? Você está fazendo algum exercício físico regularmente? 14. Você está tendo domínio próprio no horário de dormir? (Sugira que deite cedo para poder levantar cedo e tirar tempo com Deus). 15. Lembre-se de que a sua vida está servindo de exemplo para os seus pais, irmãos, vizinhos, MDA's etc. É tão importante viver uma vida irrepreensível, para a glória de Deus. D. Você está cumprindo com a sua responsabilidade no lar? 1. Você está organizando o seu tempo de acordo com as suas prioridades? Suas prioridades devem ser: Seu relacionamento com Deus em primeiro lugar, depois a família, o emprego e o seu ministério na igreja. 2. Você é fiel nos dízimos e nas ofertas? 3. Você sabe controlar as finanças no lar? Você tem dívidas? Faça tudo para sair das dívidas e seguir os princípios bíblicos de prosperidade. E. Como vai a sua vida no trabalho? 1. Você está sendo submissa, respeitando e obedecendo a seu patrão? 2. Você está sendo fiel nos trabalhos e deveres, cumprindo com todos os horários?
  39. 39. 3. Você está dando bom testemunho para os colegas? Eles sabem que você está seguindo Jesus? Está testificando para eles? 4. Você está tendo cuidado com as amizades que você faz? F. Como vai o seu envolvimento na visão da Igreja Local? 1. Você está sendo fiel nas reuniões com a sua discipuladora? 2. Você tem discípulas? (Explique que chamamos as nossas discípulas de MDA's). Tem uma hora certa para se reunir com cada um a cada semana? Está vendo crescimento nas suas discípulas? 3. Você está sendo fiel à célula? 4. Você está sendo fiel ao culto de celebração na igreja? 5. Você tem Natanaéis?Quais são?Ore agora com ele pelos seus Natanaéis. Encoraje-a a orar, jejuar, convidar e levar seus Natanaéis à célula e à igreja. 6. Você está praticando o Fator Barnabé? (Explique que é tirar tempo como amiga com as novas convidadas, ou seus Natanaéis, para melhor entrosá-las no grupo e na igreja). 7. Explique que o seu alvo é que ela cresça e se desenvolva espiritualmente. Encoraje-a a participar com você do Treinamento de Líderes e para desenvolver-se como líder. Conclusão: Estabeleça alvos específicos nas áreas carentes. Anote estes alvos para cobrar na próxima reunião. Ore com ela, declarando vitória em todas as áreas, em Nome dos Verdadeiros Pais! 39
  40. 40. MICROCÉCULA DE DISCIPULADO APOSTÓLICO (MDA) DISCIPULADO 1-1(MÃE SOLTEIRA) A. Procure desenvolver um relacionamento íntimo com a sua discípula. Seja uma amiga. Enfatize que tudo que ela abrir permanecerá entre vocês duas somente, a não ser que você tenha permissão dela para falar a outra pessoa. Ore com a sua discípula, pedindo a presença do Espírito Santo, sabedoria de Deus, e total transparência. Use esta folha em todas as suas reuniões. Anote alvos nesta folha para cobrar na próxima reunião. B. Faça as seguintes perguntas: 1. Como você está? (Ouça bem a resposta). 2. Você tem algum assunto que gostaria de abrir? (Se tiver, deixe-a abrir. Seja uma boa ouvinte. No seu espírito, peça orientação do Espírito Santo de como ajudá-la). C. Agora entre na vida pessoal dela. Explique que para ela crescer espiritualmente, 40 ela precisa viver uma vida íntima com Deus. 1. Você está tirando o seu Tempo Sozinha com Deus todos os dias? (Explique queTSD é fazendo Hoon Dok Hae, orando, meditando, louvando etc). 2. Você tem um lugar específico e um horário para o seu TSD? (Explique a importância de desenvolver o hábito de tirar o TSD). 3. Você está orando? • Ensine-a a fazer uma lista de oração para ajudá-la a orar todos os dias pela sua família, MDA's, Natanaéisetc. • Explique a importância de orar ao levantar, antes das refeições, andando pelo caminho e ao deitar-se. 5. Você está jejuando? (Encoraje-a a jejuar pelo menos uma refeição por semana pela sua família e pela célula). 6. Você está aproveitando o seu tempo? Está gastando muito tempo assistindo a novelas ou TV, ou com conversas desnecessárias, celular, Internet etc.? (Explique que é muito importante organizar o nosso tempo para incluir todas as prioridades. Explique sobre o uso da agenda semanal. Ajude-a a preencher a agenda, colocando as suas prioridades. Não há espaço para a preguiça para o seguidor do Cristo)!
  41. 41. 8. Você sabe da importância de cuidar do que sai da sua boca? Maldições, críticas, piadas sujas, imoralidade, palavrões etc. e até pensamentos impuros são pecados. Memorize Filipenses 4:8 e diga todas as vezes que for tentada a falar ou pensar em coisas erradas. 9. Você está sendo tentada na área de imoralidade, masturbação, de olhar revistas pornográficas, cenas imorais na TV etc? Ajude-a a ganhar a vitória nestas áreas através de transparência, confessando, fugindo do diabo e das paixões da mocidade, e memorizando versículos chaves para combater tudo isso- II Timóteo 2:22, Tiago 47, Efésios 6:10-18, etc. 10. Você está praticando os princípios bíblicos sobre o relacionamento com rapazes? (É importante o aconselhamento para se preparar para o Projeto da Família Abençoada, mantendo-se pura de corpo e alma). 11. Você tem mágoa, deixou de perdoar alguém, ou existe alguém que tem mágoa de 41 você? Mateus 6:14-15. 12. Como você trata os outros? É orgulhosa? Demonstra amor para todos? 13. Você tem algum vício (fumo, bebida, jogo, mentira etc), a respeito do qual ainda não conseguiu obter vitória? 14. A sua maneira de se vestir está agradando a Deus? 15. Você tem domínio próprio sobre alimentação? Você está fazendo algum exercício físico regularmente? 16. Você está tendo domínio próprio no horário de dormir? (Sugira que deite cedo para poder levantar cedo e tirar tempo com Deus). 17. Lembre-se de que a sua vida está servindo de exemplo para os seus pais, irmãos, vizinhos, MDA's etc. E é tão importante viver uma vida irrepreensível, para a glória de Deus. D. Como está a sua vida com os seus filhos? 1. Você os está criando nos caminhos do Senhor? Estude Prov. 22:6 e Efésios 6:1-2. 2. Se os seus filhos são pequenos, você os está disciplinando com a vara e com muito amor e paciência? 3. Você está demonstrando amor diariamente para os seus filhos, abraçando, beijando, orando com cada um individualmente? 4. Você está conversando com cada um sobre áreas em que precisam melhorar? É importante lembrar que você é a discipuladora de cada filho. A sua influência é tremenda! 5. Você está acompanhando o seu desenvolvimento na escola, as amizades de cada um, o envolvimento deles na igreja etc?
  42. 42. E. Você está cumprindo com a sua responsabilidade no lar? 1. Você está organizando o seu tempo de acordo com as suas prioridades? Suas prioridades devem ser: Seu relacionamento com Deus em primeiro lugar, depois seus filhos, sua família, o emprego e o seu ministério na igreja. 2. Você é fiel nos dízimos e nas ofertas? 3. Você sabe controlar as finanças no lar? Você tem dívidas? Faça tudo para sair das dívidas e seguir os princípios bíblicos de prosperidade. F. Como vai a sua vida no trabalho? 1. Você está sendo submissa, respeitando e obedecendo a seu patrão? 2. Você está sendo fiel nos trabalhos e deveres, cumprindo com todos os horários? 3. Você está dando bom testemunho para os colegas? Eles sabem que você está seguindo o Messias? Está testificando para eles? 4. Você está tendo cuidado com as amizades que você faz? G. Como vai o seu envolvimento na visão da Igreja Local? 1. Você está sendo fiel às reuniões com a sua discipuladora? 2. Você tem discípulas? (Explique que chamamos os nossas discípulas de MDA's). Tem uma hora certa para reunir com cada uma a cada semana? Está vendo crescimento nas suas discípulas? 3. Você está sendo fiel à célula? 4. Você está sendo fiel ao culto de celebração na igreja? 5. Você tem Natanaéis? Quais são? Ore agora com ele pelos seus Natanaéis. Encoraje-a a orar, jejuar, convidar, e levar seus Natanaéis à célula e à igreja. 6. Você está praticando o Fator Barnabé? (Explique que é tirar tempo como amiga com as novas convertidas, ou seus Natanaéis, para melhor entrosá-las no grupo e na igreja). 7. Explique que o seu alvo é que ela cresça e se desenvolva espiritualmente. Encoraje-a a participar com você do Treinamento de Líderes e na Escola de Líderes para desenvolver-se 42 como líder. Conclusão: Estabeleça alvos específicos nas áreas carentes. Anote estes alvos para cobrar na próxima reunião. Ore com ela, declarando vitória em todas as áreas, em Nome dos Verdadeiros Pais! Peça orientação do Espírito Santo de como você pode abençoá-la. Não se esqueça de orar diariamente pela sua discípula tão preciosa!
  43. 43. MICROCÉCULA DE DISCIPULADO APOSTÓLICO (MDA) DISCIPULADO 1-1 (SENHORAS) A. Procure desenvolver um relacionamento íntimo com a sua discípula. Seja uma amiga. Enfatize que tudo que ela abrir permanecerá entre vocês duas somente, a não ser que você tenha permissão dela para falar a outra pessoa. Ore com a sua discípula, pedindo a presença do Espírito Santo, sabedoria de Deus e total transparência. Use esta folha em todas as suas reuniões. Anote alvos nesta folha para cobrar na próxima reunião. B. Faça as seguintes perguntas: 1. Como você está? (Ouça bem a resposta). 2. Você tem algum assunto que gostaria de abrir? (Se tiver, deixe-a abrir. Seja uma boa ouvinte. No seu espírito, peça orientação do Espírito Santo de como ajudá-la). C. Agora, entre na sua vida pessoal. Explique que para ela crescer espiritualmente, 43 ela precisa viver uma vida íntima com Deus. 1. Você está tirando o seu Tempo Sozinha com Deus todos os dias? (Explique que TSD é fazendo Hoon Dok Hae, orando, meditando, louvando etc.). 2. Você tem um lugar específico e um horário para o seu TSD? (Explique a importância de desenvolver o hábito de tirar o TSD). 3. Você está orando? • Ensine-a a fazer uma lista de oração para ajudá-la a orar todos os dias pela sua família, MDA's, Natanaéis etc. • Explique a importância de orar ao levantar, antes das refeições, andando pelo caminho e ao deitar-se. 4. Você está jejuando? (Encoraje-a a jejuar pelo menos uma refeição por semana pela sua família e pela célula). 5. Você está aproveitando o seu tempo? Está gastando muito tempo assistindo a novelas ou TV, ou com conversas desnecessárias etc.? (Explique que é muito importante organizar o nosso tempo para incluir todas as prioridades. Explique sobre o uso da agenda semanal. Ajude-a a preencher a agenda, colocando as suas prioridades. Não há espaço para a preguiça para o seguidor de Cristo)!
  44. 44. 6. Você sabe da importância de cuidar do que sai da sua boca? Maldições, críticas, piadas sujas, imoralidade, palavrões etc. e até pensamentos impuros são pecados. Memorize Filipenses 4:8 e diga todas as vezes que for tentada a falar ou pensar em coisas erradas. 7. Você está sendo tentada na área de imoralidade, masturbação, de olhar revistas pornográficas, cenas imorais na TV etc.? Ajude-a a ganhar a vitória nestas áreas através de transparência, confessando, fugindo do diabo e das paixões da mocidade e memorizando versículos chaves para combater tudo isso- II Timóteo 2:22, Tiago 4:7, Efésios 6:10-18 etc. 8. Você tem mágoa, deixou de perdoar alguém, ou existe alguém que tem mágoa de 44 você? Mateus 6:14-15. 9. Como você trata os outros? É orgulhosa? Demonstra amor para com todos? 10. Você tem algum vício (fumo, bebida, jogo, mentira etc.), a respeito do qual ainda não conseguiu obter vitória? 11. A sua maneira de se vestir está agradando a Deus? 12. Você tem domínio próprio sobre alimentação? Você está fazendo algum exercício físico regularmente? 13. Você está tendo domínio próprio no horário de dormir? (Sugira que deite cedo para poder levantar cedo e tirar tempo com Deus). 14. Lembre-se de que a sua vida está servindo de exemplo para os seus pais, irmãos, vizinhos, MDA's etc. É muito importante viver uma vida irrepreensível, para a glória de Deus. D. Agora faça perguntas sobre a vida dela com relação ao seu marido. 1. Você está sendo submissa? Explique o que é submissão: amando, obedecendo, agradando, apoiando no trabalho, praticando l Pedro 3:1-2 etc). 2. Você está orando por ele todos os dias? 3. Se o seu marido já é membro, você o está ajudando a cumprir com os seus deveres ministeriais? Por exemplo: Encorajando-o a participar da célula, lembrando-o do culto doméstico, apoiando-o no seu discipulado etc.? 4. Como vai a sua vida íntima? Lembre-se de que a esposa é a única que pode suprir as necessidades sexuais do marido. Se ele sair de casa totalmente farto, vai ser mais fácil resistir às tentações lá fora. Estude l Coríntios 7:3-5 E. Como está a sua vida com os seus filhos? 1. Você os está criando nos caminhos da Vontade de Deus? Estude Provérbios 22:6 e
  45. 45. 45 Efésios 6:1-2. 2. Se os seus filhos são pequenos, você os está disciplinando com a vara, com muito amor e paciência? 3. Você está demonstrando amor diariamente para os seus filhos, abraçando, beijando, orando com cada um individualmente? 4. Você está conversando com cada um sobre áreas em que precisam melhorar? É importante lembrar que você é a discipuladora de cada filho. A sua influência é tremenda! 5. Você está acompanhando o seu desenvolvimento na escola, as amizades de cada um, o envolvimento deles na igreja etc? F. Você está cumprindo com a sua responsabilidade no lar? 1. Você está organizando o seu tempo de acordo com as suas prioridades? As prioridades da esposa devem ser: Seu relacionamento com Deus em primeiro lugar, depois o marido, os filhos, sua família e, por último, seu ministério na igreja. 2. Você é fiel nos dízimos e nas ofertas? Você tem dívidas? Faça tudo para sair das dívidas e seguir os princípios bíblicos de prosperidade. 3. Você sabe controlar as finanças no lar? É muito importante concordar com o marido nesta área. Nunca cobre dele ou faça despesas além do orçamento. G. Como vai o seu envolvimento na visão da Igreja Local? 1. Você está sendo fiel às reuniões com a sua discipuladora? 2. Você tem discípulas? (Explique que chamamos os nossas discípulas de MDA's). Tem uma hora certa para se reunir com cada uma a cada semana? Está vendo crescimento nas suas discípulas? 3. Você está sendo fiel à célula? 4. Você está sendo fiel ao culto de celebração na igreja? 5. Você tem Natanaéis? Quais são? Ore agora com ela pelos seus Natanaéis. Encoraje-a a orar, jejuar, convidar e levar seus Natanaéis para o grupo e a igreja. 6. Você está praticando o Fator Barnabé? (Explique que é tirar tempo como amiga com as novas convertidas, ou seus Natanaéis, para melhor entrosá-las no grupo e na igreja). 7. Explique que o seu alvo é que ela cresça e se desenvolva espiritualmente. Encoraje-a a participar com você do Treinamento de Líderes e para desenvolver-se como líder. Conclusão: Estabeleça alvos específicos nas áreas carentes. Anote estes alvos para cobrar na próxima reunião. Ore com ela, declarando vitória em todas as áreas, em Nome dos Verdadeiros Pais! Peça orientação do Espírito Santo de como você pode abençoá-la. Não se esqueça de orar diariamente pela sua discípula tão preciosa!
  46. 46. MICROCÉCULA DE DISCIPULADO APOSTÓLICO (MDA) DISCIPULADO 1-1 (HOMENS) A. Ore com o seu discípulo, pedindo a presença do Espírito Santo, sabedoria de Deus e total transparência. Use esta folha em todas as suas reuniões. Anote alvos nesta folha para cobrar na próxima reunião. B. Faça as seguintes perguntas: 1. Como você está? (Ouça bem a resposta). 2. Você tem algum assunto que gostaria de abrir? (Se tiver deixe-o abrir. Seja um bom ouvinte. No seu espírito, peça orientação do Espírito Santo de como ajudá-lo). C. Agora, entre em sua vida pessoal. Explique que para ele crescer espiritualmente, 46 ele precisa viver uma vida íntima com Deus. 1. Você está tirando o seu Tempo Sozinho com Deus todos os dias? (Explique que TSD é fazendo Hoon Dok Hae, orando, meditando, louvando etc). 2. Você tem um lugar específico e um horário para o seu TSD? (Explique a importância de desenvolver o hábito de tirar o TSD). 3. Você está orando? • Ensine-o a fazer uma lista de oração para ajudá-lo a orar todos os dias pela sua família, MDA's, Natanaéis etc. • Explique a importância de orar ao levantar, antes das refeições, andando pelo caminho e ao deitar-se. 4. Você está jejuando? (Encoraje-o a jejuar pelo menos uma refeição por semana pela sua família e o grupo familiar). 5. Você está aproveitando o seu tempo? Está gastando muito tempo assistindo a jogos ou TV, ou jogando com os colegas? (Explique que é tão importante organizar o nosso tempo para incluir todas as prioridades. Explique sobre o uso da agenda semanal. Ajude-o a preencher a agenda, colocando as suas prioridades. Não há espaço para a preguiça para o seguidor de Cristo)! 6. Você sabe da importância de cuidar do que sai da sua boca? Maldição, críticas, piadas sujas, imoralidade, palavrões etc e até pensamentos impuros são pecados. Memorize Filipenses 4:8 e diga todas as vezes em que for tentado a falar ou pensar em coisas erradas. 7. Você está sendo tentado na área de imoralidade, masturbação, de olhar revistas pornográficas, cenas imorais na TV etc? Ajude-o a ganhar a vitória nestas áreas através de
  47. 47. transparência, confessando, fugindo do diabo e das paixões da mocidade, e memorizando versículos chaves para combater tudo isso- II Timóteo 2:22, Tiago 47, Efésios 6:10-18, etc. 8. Você tem mágoa, deixou de perdoar alguém, ou existe alguém que tem mágoa de 47 você? Mateus 6:14-15. 9. Como você trata os outros? É orgulhoso? Demonstra amor para todos? 10. Você tem algum vício (fumo, bebida, jogo, mentira etc), a respeito do qual ainda não conseguiu obter vitória? 11. A sua maneira de se vestir está agradando a Deus? 12. Você tem domínio próprio sobre alimentação? Você está fazendo algum exercício físico regularmente? 13. Você está tendo domínio próprio no horário de dormir? (Sugira que deite cedo para poder levantar cedo e tirar tempo com Deus). 14. Lembre-se de que a sua vida está servindo de exemplo para a sua esposa, seus filhos, vizinhos, MDA's etc. E é muito importante viver uma vida irrepreensível, para a glória de Deus. D. Agora faça perguntas sobre a vida dele com relação a sua esposa. 1. Você está amando a sua esposa conforma o ideal da Benção? É muito importante que ela se sinta segura e que não haja outra pessoa (a não ser Cristo) mais importante na sua vida do que ela. Os abraços, beijos e elogios são de máxima importância diariamente. 2. Você está assumindo o papel de líder do lar? Os seus discípulos principais são sua esposa e seus filhos. Você está praticando o culto doméstico? 3. Você está orando por ela e com ela todos os dias? 4. Você está ajudando a sua esposa a cumprir com os deveres da igreja local? Por exemplo: Encorajando-a a participar da célula, apoiando no seu discipulado etc. 5. Como vai a sua vida íntima? Lembre-se de que a esposa é a parte mais frágil e palavras de amor e ações são muito importantes. Estude l Coríntios 7:3-5. E. Como está a sua vida com os seus filhos? 1. Você os está criando nos caminhos dos Verdadeiros Pais? Estude Provérbios 22:6 e Efésios 6:1-2. 2. Se os seus filhos são pequenos, você os está disciplinando com a vara, com muito amor e paciência e ensinando-os a obediência? 3. Você está demonstrando amor diariamente para os seus filhos, abraçando, beijando, orando com cada um individualmente?
  48. 48. 4. Você está conversando com cada um sobre áreas em que precisam melhorar? É importante lembrar que você é o discipulador de cada filho. A sua influência é tremenda! 5. Você está acompanhando o seu desenvolvimento na escola, as amizades de cada 48 um, o envolvimento deles na igreja etc.? F. Você está cumprindo com a sua responsabilidade no lar? 1. Você está organizando o seu tempo de acordo com as suas prioridades? As prioridades do marido devem ser: Seu relacionamento com Deus em primeiro lugar, depois a esposa, os filhos, sua família e, por último, seu ministério na igreja. 2. Você é fiel nos dízimos e nas ofertas? Você tem dívidas? Faça tudo para sair das dívidas e seguir os princípios bíblicos de prosperidade. G. Como vai a sua vida no trabalho? 1. Você está sendo submisso, respeitando e obedecendo a seu patrão? 2. Você está sendo fiel nos trabalhos e deveres, cumprindo com todos os horários? 3. Você está dando bom testemunho para os colegas? Eles sabem que você está seguindo Cristo? Está testificando para eles? 4. Você está tendo cuidado com as amizades que você faz? H. Como vai o seu envolvimento nas coisas de Deus? 1. Você está sendo fiel às reuniões com o seu discipulador? 2. Você tem discípulos? (Explique que chamamos os nossos discípulos de MDAs). Tem uma hora certa para se reunir com cada um a cada semana? Está vendo crescimento nos seus discípulos? 3. Você está sendo fiel à célula? 4. Você está sendo fiel ao culto de celebração na igreja? 5. Você tem natanaéis? Quais são? Ore agora com ele pelos seus natanaéis. Encoraje-o a orar, jejuar, convidar e levar seus natanaéis à célula e à igreja. 6. Você está praticando o Fator Barnabé? (Explique que é tirar tempo como amigo com os novos convertidos, ou seus natanaéis, para melhor entrosá-los à célula e à igreja). 7. Explique que o seu alvo é que ele cresça e se desenvolva espiritualmente. Encoraje-o a participar com você do Treinamento de Líderes para desenvolver-se como líder. Conclusão: Estabeleça alvos específicos nas áreas carentes. Anote estes alvos para cobrar na próxima reunião. Ore com ele, declarando vitória em todas as áreas, em Nome dos Verdadeiros!

×