Planejando a igreja local

4.855 visualizações

Publicada em

Sugestões para um planejamento prático.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.855
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
450
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planejando a igreja local

  1. 1. Seis passosfundame ntais
  2. 2. Pare e pense: o que tem definido os rumos da sua vida? Quais valorestem sido determinantes? sua vida é fruto do seu planejamento, do planejamento dos outros, ou você vive sem qualquer plano?
  3. 3. 1. Ser participativo – entre 12 a 15pessoas, com membros de todas asfaixas etárias;
  4. 4. 2. Ter claro o propósito da Igreja:⇨ Uma igreja como um instrumento de salvação. Organizadapara servir e levar o evangelho ao mundo;⇨Uma igreja com a mesma intensidade de desejo de salvarpecadores, que o Salvador, e isto é um sinal de que somosverdadeiros discípulos;⇨ Uma igreja onde pais e mães trabalham com os membrosdas próprias famílias e daquelas que estão ao redor, atravésdo seu exemplo;⇨ Uma igreja que se organiza em grupos a fim de trabalhar,pelo menos da próprias igrejas e pelos de fora.
  5. 5. 3. Analisar a história da igreja nos últimosanos e conhecer a realidade atual.• Qual o percentual de crescimento do número de membros nos últimos cinco anos? Como eles vieram: batismo ou transferência?• Qual o percentual de membros envolvidos na missão?• Tem havido perdas entre os filhos dos membros da igreja?• O rol de membros está atualizado?• A liderança tem visitado os membros da igreja, especialmente os novos?• A liberalidade e a fidelidade tem sido uma marca da sua igreja?• As ofertas tem sido suficientes para atender bem ao orçamento da igreja?
  6. 6. 4. Definir as Prioridades – os mais experientesdizem que estabelecer entre 3 a 5 prioridades é o ideal.• O propósito na visão bíblica e do Espírito de Profecia para a igreja;• A maior necessidade da igreja no momento;• O maior sonho da igreja;• O maior desafio da sua associação.
  7. 7. O planejamento não será feito pordepartamento, depois de estabelecidas asprioridades é que os departamentos devem definircomo vão contribuir para as grandes metas.
  8. 8. Ao estabelecer prioridades, consideretambém:1. Os pontos fortes da sua igreja (formação dos membros, força jovem, Desbravadores, nível de amabilidade, etc);2. Os pontos fracos da sua igreja (falta de membros com formação, poucos jovens, estrutura física do templo não atraente, cultos não animados, atraso dos membros, etc);3. As ameaças (influência dos novos meios de comunicação, membros muito ocupados, trabalhando e estudando, cansados no fim de semana, etc);4. As oportunidades (necessidades da comunidade, temas que preocupam as famílias e autoridades, etc).
  9. 9. Para cada prioridade é preciso definir resulta-dos parciais. Para cada resultado parcial é precisodefinir as ações que produzirão estes resultados. Énecessário estabelecer a data e o responsável paracada ação.Poderíamos resumir tudo em três grandes metas:1. Crescimento espiritual;2. Crescimento nos relacionamentos;3. Crescimento no amor aos perdidos.
  10. 10. 5. Preparar o Orçamento – O orçamento é umdos melhores indicadores do que é mais importante.Aplicamos nossos recursos naquilo que nos interessa.
  11. 11. 5. Definir datas para avaliar o andamento daexecução.• Pode ser mensal, bimensal ou trimestral. O ideal é não demorar muito. Nas reuniões de avaliação ajustes podem ser feitos para aprimorar o processo.

×