Economia Criativa: Cultura, Desenvolvimento e Turismo

526 visualizações

Publicada em

Palestra desenvolvida para os alunos do MBA de Gestão de Produtos e Serviços da Universidade UNA, em Belo Horizonte - MG.

Publicada em: Design
  • Seja o primeiro a comentar

Economia Criativa: Cultura, Desenvolvimento e Turismo

  1. 1. Economia Criativa: cultura, desenvolvimento e turismo
  2. 2. - Origem na Austrália na década de 90 - Nova possibilidade de orientação econômica - Conceito em Construção - Interface entre economia, criatividade, cultura e desenvolvimento - Formada pelos “setores criativos”
  3. 3. Setores Criativos: - Formado pelas Indústrias Criativas, definidas pela Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad) como os ciclos de criação, produção e distribuição de bens e serviços que usam a criatividade e o capital intelectual como principais insumos. - Compreendem um conjunto de atividades baseadas no conhecimento que produzem bens tangíveis e intangíveis, intelectuais e artísticos, com conteúdo criativo e valor econômico.
  4. 4. Cadeia produtiva da Economia Criativa
  5. 5. Cada segmento cultural tem uma ou mais cadeias produtivas, isto é, sequências de etapas de produção até que o produto esteja pronto e colocado à venda. As etapas podem ser realizadas por diferentes agentes econômicos, sempre relacionados uns com os outros como elos de uma corrente.
  6. 6. Competências Criativas - UNA
  7. 7. Revitalização de bairros, respeito ao patrimônio cultural DESENVOLVIMENTO DE DISTRITOS CRIATIVOS EM BUENOS AIRES
  8. 8. A diferença do que ocorreu em Buenos Aires é que “geralmente as políticas desse setor são voltas ao ministério da cultura. Aqui levamos para a pasta do desenvolvimento econômico. Era preciso um novo olhar. Hoje, 10% da economia de Buenos Aires vem da economia criativa. O desenvolvimento dos distritos criativos deve equilibrar desenvolvimento social, econômico e urbano. O grande desafio é explorar a identidade, preservando-a com cuidado para não expulsar os moradores, justamente os donos do espaço”, diz Enrique Avogadro subsecretário de Economia Criativa do Governo de Buenos Aires.
  9. 9. ✓  U$S 200.000.000 investidos ✓ 150.000 m2 construídos ✓  190 empresas estabelecidas ✓  12.000 RRHH
  10. 10. ✓ Extensão do metrô ✓ Novo predio da Prefeitura ✓ Recuperação Parque ✓ Nova sede da Polícia Metropolitana
  11. 11. O primeiro distrito criado foi o tecnológico. Em 2008 não existia empresa de tecnologia na área. A isenção de imposto atraiu investimentos que já somam quase 200.
  12. 12. ✓ U$S 150.000.000 investidos ✓ 60.000 m2 comprometidos ✓ 160 empresas estabelecidas ✓ 30.000 RRHH
  13. 13. ✓  Recuperação do predio Dorrego ✓  Melhora do Espaço Público ✓ Construção Centro Metropolitano Audiovisual
  14. 14. No Distrito Audiosivual, aproveitou-se um dos mais antigos clusters de produção cinematográfica da America Latina, conhecido como Palermo Hollywood. São cerca de 160 empresas que atuam nas diferentes esferas do audiovisual e que foram capazes de alterar o cotidiano do bairro, inclusive com a presença constante de turistas.
  15. 15. ✓  70 agentes culturais estabelecidos ✓ 14 projetos em andamento
  16. 16. ✓ Recuperação da Usina del Arte ✓  Melhora do Espaço Público ✓ Estação de Metrô
  17. 17. Também o Distrito das Artes era anterior a tradição de grupos e manifestações artísticas e culturais. Além de restaurantes com dança típica e lojas de artesanato, o bairro, que hoje abriga a sede do Boca Juniors, contava com museus e fundações culturais. Atualmente são 14 projetos em curso e 70 agentes culturais estabelecidos.
  18. 18. Projeção para 15 anos: ✓  U$S 85.000.000 investimento ✓  180.000 m2 comprometidos ✓  120 empresas estabelecidas ✓  50.000 RRHH
  19. 19. ✓ Ciudad de Design pela UNESCO ✓ Recuperação Mercado del Pescado ✓  Melhora do Espaço Público
  20. 20. O caçula entre os distritos é o do Design. Já são 120 empresas, que estimam faturar em 15 anos cerca de US$ 85 milhões.
  21. 21. BA CREATIVA Promoção das Indústrias Criativas = Reforço da identidade local
  22. 22. ✓  Suporte ✓  Formação ✓  Produção do Conhecimento ✓  Laoratório de Fabricação Digital Assistência a Indústria
  23. 23. Minas Gerais tem perfil?
  24. 24. •   Passado histórico, cultural e social que moldou a identidade do destino? •  População multicultural, aberta e participativa? •  Patrimônio Imaterial? •  Tecido criativo formado por uma infinidade de artistas, artesãos e associações culturais? •  Presença de um sector das indústrias criativas •  Empresários interessados? •  A presença, em certa medida, infra-estrutura turística? www.crea(vetourismnetwork.org  
  25. 25. Podemos melhorar?
  26. 26. Você sabia que o Programa Turismo de Negócios BH iniciou em função do artesanato?
  27. 27. “Diga-me e eu esquecerei, Mostre-me e eu talvez lembre, Envolva-me e então eu aprenderei”. Confúcio
  28. 28. Obrigada!

×