Economia criativa

862 visualizações

Publicada em

Palestra realizada na Semana do Empresário, um evento realizado pela PUC Júnior Consultoria no Teatro TUCA em São Paulo nos dias 14 e 15 de março de 2016.

0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
862
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia criativa

  1. 1. ECONOMIA CRIATIVA O desenvolvimento está em suas mãos!
  2. 2. QUEM SOU EU? Ana Maria Magni Coelho é executiva com mais de mais de 15 anos de experiência e ampla atuação nas áreas de Gestão Empresarial, Planejamento, Inovação, Competitividade e Relacionamento Institucional, bem como consultoria especializada para Micro e Pequenas Empresas. Atuou como Gerente Regional no SEBRAE-SP e Gerente Nacional de Serviços e Turismo no SEBRAE Nacional. Foi também Gerente Executiva de Operações no Instituto Ethos de Responsabilidade Social onde foi responsável pelas áreas de planejamento e orçamento, captação de recursos, gestão de pessoas, comunicação interna e tecnologia da informação. Atualmente é consultora nas áreas de Planejamento, Marketing e Pessoas realizando mentoria e coaching com foco no desenvolvimento de modelo de negócios (Canvas); elaboração de planejamento estratégico, cadeia de valor e indicadores de desempenho de gestão (KPI) para os setores criativos. É formada em Pedagogia com especialização em Gestão de Projetos, Gestão do Conhecimento, Gerente de Cidades e MBA em Gestão Empresarial . Docente nas Universidades Mogi das Cruzes, Universidade Braz Cubas, Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP). É autora do blog Lounge Empreendedor, co-autora do do livro “Empreendedorismo Inovador” e autora dos Termos de Referência do SEBRAE nas área de Economia Criativa e Economia Digital.
  3. 3. ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO • O que é Economia Criativa? • Conceitos • Setores e Funcionamento • Cenário e Números • Seu Papel Estratégico • Perspectivas e Tendências • Como Fazer Acontecer
  4. 4. A cada novo carro produzido, novos recursos naturais são necessários. Alto impacto ambiental. Uso = desgaste do bem Desenvolvimento econômico = degradação do meio ambiente ERA INDUSTRIAL . ECONOMIA DE ESCALA . PADRONIZAÇÃO COMO VALOR ECONOMIA -> BEM DE CONSUMO
  5. 5. As músicas do álbum não perdem valor com o tempo. A difusão / fruição digital permite que o bem seja replicado sem a necessidade de novos recursos naturais. Baixo impacto ambiental. Desenvolvimento econômico <> não degrada o meio ambiente. ERA DO CONHECIMENTO . ECONOMIA CRIATIVA . DIVERSIDADE COMO VALOR ECONOMIA -> BEM INTANGÍVEL
  6. 6. Dimensão das Políticas • Políticas econômica, tecnológica, cultural e social Valores culturais e históricos • Antropologia, estética, étnico e diversidade cultura Multidisciplinar • Cultura, trabalho, comércio, tecnologia, turismo Atemporal • Tradições do passado, tecnologias atuais e visão do futuro Onipresente • Educação, trabalho, lazer e entretenimento Inclusão na sociedade • Setores público e privado, todas as classes sociais, organizações com e sem fins lucrativos DIMENSÃODE DESENVOLVIMENTO
  7. 7. ORAS... VAMOS ACABAR COM UMA LENDA: NÃO EXISTE MERCADO DIFÍCIL!!!
  8. 8. SEU PAPEL ESTRATÉGICO
  9. 9. PERSPECTIVAS E TENDÊNCIAS
  10. 10. COMO FAZER ACONTECER?
  11. 11. Não caia na armadilha de acreditar que as coisas são difíceis demais para acontecer! BOTA PRA FAZER!
  12. 12. OBRIGADA!
  13. 13. BIBLIOGRAFIA – PRINCIPAIS REFERÊNCIAS • HOWKINS, John. Economia Criativa: Como Ganhar Dinheiro com Ideias Criativas. São Paulo: M. Books Editora, 2012. • FLORIDA, Richard. A Ascensão da Classe Criativa. Porto Alegre: L&PM Editores, 2011. • DEHEINZELIN, Lala. Economia criativa, inovação e oportunidades. Cadernos de Economia Criativa: Economia Criativa e Desenvolvimento Local. SEBRAE- ES, 2007. • OSTERWALDER, A.; PIGNEUR, Y.; Business Model Generation: Inovação Em Modelos de Negócios; Rio de Janeiro: Alta Books, 2011. • REIS, Ana Carla Fonseca (org.) Economia criativa como estratégia de desenvolvimento: uma visão dos países em desenvolvimento. São Paulo: Itaú Cultural, 2008. • VELLOSO, João Paulo dos Reis. O Brasil e a economia criativa: um novo mundo nos trópicos. J. Olympio, Rio de Janeiro, 2008.
  14. 14. BIBLIOGRAFIA - WEB Indústria Criativa - Mapeamento da Indústria Criativa 2012, elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Panorama da Economia Criativa no Brasil – TD 1880 – Texto para Discussão, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Relatório de Economia Criativa 2010 – Economia Criativa: Uma Opção de Desenvolvimento Viável, elaborado pela Conferência das Nações Unidas para o Comércio o Desenvolvimento (Unctad) e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). Relatório de Economia Criativa 2013 – Edição Especial – Ampliando os caminhos do desenvolvimento local, elaborado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

×